1. Spirit Fanfics >
  2. Classic l noart. >
  3. Família Deinert Beauchamp.

História Classic l noart. - Capítulo 16


Escrita por:


Notas do Autor


KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK gente queria ter a coragem do matheus (os memeiros vão entender)

(sequência de riverdale pq essas fotos são tudo😔✊🏼)

Capítulo 16 - Família Deinert Beauchamp.


Fanfic / Fanfiction Classic l noart. - Capítulo 16 - Família Deinert Beauchamp.


Deinert.


— Não, Sina, vamos ficar aqui fora! — Noah exclama, me fazendo rir. — Por favor, o seu pai já me odeia! Imagina quando ele descobrir que estou namorando a garotinha dele! — Ele exclama, e eu o puxo para dentro de casa.


— O meu pai gosta de você, só que ele também gosta de assustar as pessoas. — Eu digo, e ele ri, de nervoso. — Você estava tão relaxado. O que aconteceu? — O puxo pela blusa, e ele suspira.


— Bom, o que será que aconteceu lá em casa pra me deixar tão relaxado? — Ele pergunta, me fazendo rir alto.


— Noah, Sina. — Meu pai aparece na sala. — Chegou tarde hoje, querida. — Ele beija meus cabelos, e Noah aperta minha mão.


— Bom, eu estava na casa do meu namorado. — Sorrio, e meu pai arregala os olhos. 


Faço discretamente um sinal com a cabeça para Noah, e ele assente, com um pequeno sorriso.


Ele adora o Noah.


— Bom, e como esse namorado é? Faz faculdade de medicina? Tem uma vida financeira instável? Ele realmente gosta de você? — Meu pai me bombardeia de perguntas, e sei que está fazendo isso só para deixar Noah mais nervoso.


E está conseguindo, Noah está suando frio.


— Bom, eu s-só vim v-ver o J-Josh. — Noah gagueja, fazendo meu pai rir alto.


— Isso foi maldade, pai! — Exclamo, empurrando o ombro dele.


— Sei que o namorado é você, Noah, e gosto disso. — Ele pisca para Noah, que assente. — Você é simpático. — Ele sorri, bagunçando os cabelos de Noah. — JOSH! SUA IRMÃ TROUXE UM NAMORADO! - Ele grita, voltando para a cozinha.


— SINA! SÓ DANDO NA SUA CARA, NÉ? EU FALEI QUE SE VOCÊ MAGOASSE O IDIOTA DO MEU AMIGO, EU IA ACABAR COM A SUA RAÇ... — Josh para de gritar, assim que se depara comigo e com Noah na sala, de mãos dadas.


Também, né?


Só assim para o querido não fugir.


— NÃO! — Ele grita, se aproximando da gente.


— Sim. — Eu digo, e ele solta vários gritos estéricos.


— EU TORCI TANTO POR ISSO, MEU DEUS! O MEU CASAL, CARALHO! AI EU AMO VOCÊS DEMAIS! CASEM, E ME DÊEM SOBRINHOS! EU SOU TÃO APAIXONADO! — Josh grita, nos abraçando. — EU NASCI PRA VER ISSO ACONTECENDO! O SURTO, MEU PAI! GENTE, CALMA QUE EU VOU COLOCAR NO JORNAL! EU TÔ MUITO FELIZ! — Ele ri, fazendo a gente pular. — VOCÊS SÃO TUDO PRA MIM! EU TÔ TÃO FELIZ, AF! E TEM COMO MELHORAR? CASEM, SÉRIO! — Ele grita, se afastando da gente. — Meu Deus, que surto grande da porra. — Ele senta no sofá, fazendo eu e Noah rirmos alto.


— Que gritaria é essa, Joshua? — Minha mãe pergunta, aparecendo na sala.


— Sina e Noah estão namorando. — Ele bate palminhas, me fazendo rir.


— Meus parabéns! — Ela exclama, abraçando nós dois. — Vão ficar para o jantar? — Ela pergunta, me fazendo assentir. — Any, Lisa, e uma tal de Rosé vão vir também. — Ela sorri, voltando para a cozinha. 


— Any me odeia! — Noah exclama, enquanto eu o puxo para o segundo andar, especificamente para o meu quarto.


— Ela vai aprender a gostar de você, como eu gosto. — Eu digo, e ele franze o cenho. — Não exatamente como eu gosto, mas deu pra entender. — Eu digo, fazendo ele rir. — Posso perguntar uma coisa? — Pergunto, assim que pisamos dentro do meu quarto. — Você não era virgem, era? — Eu pergunto, sentando em minha cama.


— Ah não! Eu fiz errado? — Ele pergunta, sentando na cama, me fazendo rir. 


— Não, você fez certo. — Puxo ele para deitar, enquanto ele assente. 


— Bom, eu fiz sexo uma vez, com a Sabina. — Ele conta, me fazendo arregalar os olhos. — É estranho, mas é verdade. Ela descobriu que eu era virgem, e resolveu aproveitar o momento. — Ele da de ombros, me fazendo assentir.


— Bom, foi a minha primeira vez. — Eu digo, fazendo ele sorrir. — Pensava que eu já tinha transado com a metade da Constance, né? — Pergunto, e ele nega.


— Eu nunca pensei em você como uma garota que passa o rodo. — Ele diz, me fazendo assentir. — Penso em você como uma garota que ajuda os velhinhos a atravessar a rua. — Ele diz, me fazendo rir.


— Você é tão fofo. — Me aproximo dele, fazendo o mesmo sorrir.


Eu nunca estive tão apaixonada, meu Deus.



Notas Finais


acho que vou fazer uma adaptação da série Friends...

estou imaginando aqui, juntando algumas peças, e vai ser divertido🥰

mas não sei ainda, talvez eu só me inspire na série.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...