1. Spirit Fanfics >
  2. Classic l noart. >
  3. As flores.

História Classic l noart. - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


é, eu voltei p outras fic's sim

1/3🍓

Capítulo 8 - As flores.


Fanfic / Fanfiction Classic l noart. - Capítulo 8 - As flores.


Beauchamp.


— Tenho que fazer isso mesmo? — Pergunto pela milésima vez, fazendo Noah revirar os olhos.


— Sim, vai ser moleza. — Ele diz, dando de ombros.


— Por um acaso vai ser no seu carro? — Pergunto, e ele suspira.


— Josh, você é meu melhor amigo ou não é? Eu faria por você. — Ele diz, me fazendo revirar os olhos.


— Tá bom. — Eu digo, e ele sorri. — Mas você não vai usar mais isso durante um ano. — Ele ri, colocando o último buquê de flores dentro do meu carro. — Noah, um dia eu ainda te mato. — Digo, e ele me da um tapinha nas costas, sorrindo.


— Você me ama. — Ele diz, enquanto eu travo meu carro.


— Hahahahahaha, mas não amo mesmo! — Eu exclamo, correndo até minha irmã. — SINA! — Grito, fazendo a mesma dar um pulo. 


— Hey, Josh. — Ela acena, com um olhar triste.


— O que aconteceu? — Pergunto, a puxando para um abraço.


— O contatinho não mandou cartas hoje. — Lisa diz, e eu sorrio. — Disse algo engraçado? — Lisa franze o cenho, e eu balanço uma carta, fazendo a mesma sorrir.


— Vocês estão me assustando, isso sim. — Sina diz, se soltando do abraço, me fazendo esconder a carta. — Vamos? — Ela pergunta, e eu assinto, beijando a testa de Lisa, e em seguida dando um selinho rápido na minha namorada. — Tchau, meninas. — Ela diz, com um sorriso fraco.


— Vem cá. — Eu digo, enroscando meu braço no pescoço da minha irmãzinha. — Não fique assim, maninha. — Eu digo, bagunçando os cabelos dela.


— Já faz dois dias, Josh! Será que ele desistiu de mim? — Ela pergunta, fazendo biquinho.


— Da um tempo pra ele, Si, talvez esteja ocupado com outras coisas. — Enchendo o carro do melhor amigo de flores? Talvez.


— Eu não sou importante? — Ela pergunta, com os olhinhos brilhando.


Não faz isso comigo, loira.


— Claro que é, meu bem, só que... — Paro de falar, assim que avistamos Noah parado na frente da escola. — Hey, cara! O que faz por aqui? — Pergunto, e Sina ajeita a postura, me fazendo franzir o cenho.


— Hey, Josh! — Ele exclama, com um sorriso. — Hey... Sina. — O sorriso dele aumenta, e eu reviro os olhos.


— Hey, Noah! — Ela exclama, abraçando o mesmo, que continua paralisado.


— Abrace ela. — Sussurro, abraçando a mim mesmo.


— Tá bom. — Ele movimenta os lábios, abraçando minha irmã.


— Como você está? — Ela pergunta, enlaçando a cintura de Noah com um braço.


Eu mordo o lábio inferior, segurando um grito estérico de felicidade.


O meu shipp, caralho!


— Ele diria, "melhor agora". — Eu digo, fazendo Noah me lançar um olhar mortal.


Não tenho medo de você, cunhadinho.


— Crie vergonha, Josh. — Sina me xinga, fazendo Noah rir. — O que é engraçado? — Ela pergunta, com o cenho franzido.


— Sempre quando nos encontramos, você me protege de alguém. — Ele diz, fazendo a mesma dar de ombros.


ELE SABE FALAR!!!!


— Vocês me fazem tão feliz, cara. — Choramingo, abraçando os dois. 


— Você é meio estranho, cara. — Noah diz, fazendo Sina rir.


— Foda-se. — Eu digo, ainda abraçado neles.


— Ok, Josh, precisamos ir. — Sina diz, saindo do abraço, e em seguida me puxando. — Tchau, Noah. — Ela umedece os lábios, passando a mão suavemente no cabelo.


Ela não tá tendo seduzir o Noah não, né?


— Tchau... Sina. — Ele sorri, umedecendo os lábios também.


Que flerte avançado é esse, senhor Urrea?


— Ok, chega de putaria na minha frente. — Eu digo, arrastando Sina para o estacionamento.


— ME LIGA! — Ela grita, me fazendo rir alto.


— Você não tem jeito, né? — Eu digo, e ela ri. — Vai mesmo atender se ele ligar? — Pergunto, e ela assente.


— Ele tá solteiro, Jojo. — Ela pisca para mim, se virando. — MEU DEUS! — Ela grita, colada na janela do meu carro. — É pra mim? — Pergunta, assim que eu destravo o carro.


— Parece que hoje ele mandou cartas pra mim. — Brinco, sentando no banco do motorista.


— Tem cartas pra mim? — Ela pergunta, agarrando o primeiro buquê.


— Acho que sim. — Digo, dando de ombros.


Four dozen roses

(Quatro dúzias de rosas)


É só isso? — Pergunto, assim que ela abre o primeiro cartão.


— Tem um recadinho. — Ela diz, enquanto arranco com o carro. — Girassóis são as minhas favoritas também. — Ela lê o recado, depois morde o lábio inferior. — Como ele sabe? — Ela pergunta a mim, que dou de ombros.


— Não sei. — Eu que conto essas coisas ao Noah.


— Tem outro! — Ela exclama, me fazendo rir alto.


— Então lê, criatura. — Eu digo, e ela rasga o envelope. 


Anything for you to notice

(Qualquer coisa para você perceber)


— Só tem isso? — Pergunto, e ela nega. — Então pra que essa pausa dramática? — Pergunto, fazendo a mesma rir.


— Não sei também. — Da de ombros, com um sorriso. — Gostaria de saber sua opinião sobre algo. Prefere cachinhos na testa ou escorrido pro lado? — Ela lê, arqueando a sobrancelha.


Isso fui eu que escrevi.


Noah não é criativo porra nenhuma.


— O cabelo, Sininho. — Digo, e ela assente.


— Cachinhos na testa, óbvio. — Ela dá de ombros, me fazendo sorrir.


Quem é o idiota agora, Urrea?


— Lê a próxima, Sina, não para. — Eu digo, fazendo ela rir.


All the way to serenade you

(De todos os jeitos pra te fazer uma serenata)


— Esse não é dos meus. Romântico demais. — Eu digo, e Sina ri.


Gosto de azul, pois me lembra a Cinderela, e a Cinderela me lembra você. — Ela diz, com um sorriso apaixonado.


E O MEU AMIGO ACERTA UMA!!!


— Eu pareço com a Cinderela? — Ela pergunta, me fazendo assentir.


— Lê a última, mulher, tem nas três, tem que ter na última. — Eu digo, e ela assente, rindo.


Doing in Sinatra style

(No estilo bem Sinatra)


— Sinatra? Interessante. — eu digo, fazendo a loira rir alto.


Gosto quando banca a durona. — Ela lê, com o mesmo sorriso apaixonado. — Eu sou durona. — Ela diz, me fazendo rir.


Tão pitica.



Notas Finais


aqui vemos que o Josh é a maior cadelinha de noart

sempre representandokkkkkkkkkkk

- Gabi🍓


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...