História Clichê - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Red Velvet
Personagens Irene, Jeon Jungkook (Jungkook), Joy, Kim Seokjin (Jin), Park Jimin (Jimin), Seulgi, Wendy, Yeri
Tags Bts, Jeon Jungkook, Jungri, Kim Yerim, Menções Seulmin, Red Velvet, Vrene
Visualizações 147
Palavras 1.161
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


SungYoon mozão na capa <3

Capítulo 11 - Décimo primeiro


Fanfic / Fanfiction Clichê - Capítulo 11 - Décimo primeiro

SungYoon não sabia ao certo o que estava acontecendo, em sua cabeça e coração tudo estava bagunçado. A única coisa que conseguia pensar era, que precisava cuidar de Yeri.

-Oppa estou pronta, vamos?

Saiu de seus pensamentos ao ver a menina parada em sua frente tentando desajeitadamente  vestir seu casaco.

-Esse casaco não é grande demais para você?

Perguntou rindo das tentativas falhas da menina se vestir.

Yeri lhe lançou um olhar mortal e deixou o casaco de qualquer jeito.

-Te ajudo.

SungYoon ajudou-a com o casaco e os dois se dirigiram a saída.

-Será que vamos encontrar algum disponível?

Perguntou preocupada.

Não era sempre que haviam cãezinhos disponíveis para serem adotados.

-Claro que sim.

SungYoon pos a mão na cintura da menina e quando estavam prestes a sair Jungkook apareceu na escada.

Tanto Yeri como SungYoon olharam para ele, que sorriu, Yeri conhecia aquele sorriso cínico.

-Deveriam adotar um cachorro pequeno pra combinar com você, Yeri.

Yeri forçou um sorriso e SungYoon a puxou para fora de casa.

Entraram no carro e até cruzarem os portões da mansão dos Jeon, os dois estavam quietos.

-Yeri...

Ela continuou parada, ainda pensando sobre tudo o que estava acontecendo nesses últimos dias.

-Jungkook não está mais te perturbando, não é?

Todas aquelas perguntas sobre Jungkook, sempre era sobre ele.

Parecia que SungYoon tinha algum tipo de problema com o irmão e usava Yeri para "punir" ele.

-Jungkook oppa nunca me perturbou, ele também não me enganou oppa. Nós realmente estamos apaixonados.

SungYoon apertou a direção e riu, sem nenhum humor.

Yeri finalmente o olhou e assim que o sinal fechou ele retribuiu a esse olhar.

-Você não conhece o meu irmão, Yeri aquele garoto é terrível.

-Não, não. Ele não é.

O sinal abriu e ele dirigiu até estacionar em uma vaga qualquer.

-Alguém já te falou da Chayoung?

-Chayoung?

SungYoon passou as mãos desajeitadamente pelo cabelo o deixando mais bagunçado que antes.

-Minha irmãzinha, ela morreu após ser jogada do terceiro andar da nossa casa.

-Jogada?

-Jungkook tem problemas Yeri, nossa mãe tentou seguir em frente e ninguém nunca mais tocou no nome da nossa irmã.

Yeri abriu a porta do carro e saiu.

SungYoon foi até ela.

-Por isso me preocupo tanto com você, você é como minha nova irmãzinha e ninguém vai te tirar de mim. Ninguém ouviu?

E então ele a abraça.

¿¿¿¿¿¿

-Você conhece o Jungkook oppa há bastante tempo né?

Seulgi estava terminando sua tarefa quando Yeri chegou em sua casa de surpresa.

Agora estavam em seu quarto iniciando uma conversa meio estranha.

-Antes mesmo de namorar o Jimin eu já estava na mesma escola que o Jungkook.

-Unnie, você sabe sobre Chayoung?

Seulgi pensou um pouco, aquele nome parecia familiar, até que lembrou.

-No ano que Jungkook chegou na minha antiga escola ele havia acabado de perde a irmãzinha em um acidente terrível. Você não sabe, a menina caiu do terceiro andar da casa dele?

Não queria acreditar que Jungkook tinha algo a ver com aquilo. Não, SungYoon estava errado e Yeri ia descobrir o que realmente havia acontecido.

-Eu... Eu preciso ir agora unnie.

Seulgi achou muito estranho Yeri não saber de nada e mais estranho ainda a forma como ela saiu de sua casa. Parecia meio perturbada, mas teve que voltar a sua atenção para a lição de casa.

¿¿¿¿¿¿

-E o cachorro?

Yeri entrou na sala e encontrou Jungkook no sofá, parecia está a esperando.

-Não... Não, escolhi.

Caminhou em passos lentos até ele e sentou ao seu lado.

-Oppa...

Jungkook olhou a menina que estava prestes a chorar.

-Você está bem?

Perguntou preocupado, Yeri o abraçou forte deixando-o ainda mais preocupado.

-Oppa você a empurrou? Empurrou a Chayoung?

Agora Yeri já estava aos plantos, Jungkook saiu do abraço e a olhou surpreso por ela falar sobre isso.

-Como sabe da minha irmã?

Sua voz estava falha, Yeri sentis seus olhos sob si, mas não o encarava.

-Jeon Jungkook você a empurrou?

Perguntou novamente.

Jungkook se afastou, encarou o chão e ficou quieto por alguns segundos.

Yeri levantou o olhar e ficou o observando em uma certa distância.

-Porque eu empurraria? Você também acha que eu sou louco Yeri? Agora vai acreditar nas mentiras do SungYoon?

Sua voz agora era alta, nervosa e irritada.

Yeri novamente se aproximou, passou a mão ao redor do seus ombros e o abraçou.

-Você pode me contar qualquer coisa, não vou te deixar sozinho oppa.

Na verdade ela estava com medo, medo do que realmente era Jungkook. Ou SungYoon.

Alguém estava mentindo e Yeri precisava descobrir quem era.

-Eu não quero ficar longe de você, sabe até já consegui resolver as coisas com a Eunha, se você ficar querendo saber o que aconteceu naquela época vai ficar tudo muito mal, Yeri. Eu preciso de você aqui, comigo e bem.

Jungkook abraçou a menina forte. E ela não disse mais nada.

-Não acredite no SungYoon, por favor.

¿¿¿¿¿¿¿¿

Na segunda-feira na escola, Wendy notou a forma estranha como Yeri estava distante e resolveu questionar.

-Ok, algo está acontecendo e você precisa me contar o que é.

As duas caminhavam até o refeitório da escola.

-Acho que Jungkook pode acidentalmente ter matado a irmã mais nova.

Wendy parou de andar e segurou no braço de Yeri a fazendo parar também.

-O QUE?

-Wendy fala baixo!

A mais nova puxou a outra para a grama onde quase nenhum aluno estava naquele horário.

-Yeri você está saindo com um assassino? E ainda viver sob o mesmo teto que ele? Sua tia é louca?

-Wendy por favor, eu não sei o que aconteceu e só estou te contando isso porque confio em você.

-A partir de agora você vai morar comigo!

-Unnie, você precisa me ajudar a descobrir a verdade.

-Claro, mas como?

Yeri havia arquitetado todo o seu plano na noite anterior e tratou de explicar tudo nos mínimos detalhes para a amiga.

¿¿¿¿¿¿¿

-O que é isso, uma reunião sem mim?

Joy fingiu está brava ao ver suas amigas todas juntas aparentemente conversando sobre uma festa.

-Estávamos mesmo te esperando!

Diz Irene, a mais animada das quatro.

-Então, acabei de chegar.

Ela sorrir e senta em frente à Yeri que devorava seu sanduíche de kiwi.

-Wendy havia nos sugerido que déssemos uma festa no final do semestre, aproveitando que será logo depois do jogo dos meninos então daria certinho.

Enquanto Irene explica tudo a Joy, Wendy e Yeri trocam olhares cúmplices por aquilo fazer parte de seus planos.

¿¿¿¿¿¿¿¿

-Yerizinha, vai a festa?

Yugyeom se aproveitou do momento que Yeri estava sozinha recolhendo suas coisas no armário e se aproximou.

Yeri o cumprimentou e sorrio.

-Yaaah, fiquei responsável pela organização.

Guarda seus livros na mochila e fecha o armário.

-Que coincidência, eu também fiquei com essa tarefa.

Yeri rir e sai da escola junto com ele.

-Na sexta vamos nos reunir na casa da Wendy para resolver algumas coisas. Você precisa ir Yug.

Ele sorrir andando de frente para ela.

-Adoro quando você chama de Yug.

Diz todo bobo.

-Yug, Yug, Yug.

Ele finge desmaiar e Yeri rir.

-Já está indo para casa?

Perguntou e imediatamente ela parou de sorrir.

Jungkook ainda estava no treino e SungYoon em casa. Ela não arriscaria ficar sozinha com ele.

-Ani, vou esperar pelo Jungkook oppa.

-Ah, estão namorando?

Yeri não sabia, mas preferiu dizer que sim. Talvez fosse melhor cortar as esperanças dele de uma vez.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...