História Close to the edge- Taehyung(18) - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Taehyung (V)
Tags Bangtanboys, Bts, Taetae
Visualizações 38
Palavras 1.468
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 10 - Capítulo 10


 

20/08

 

Você me fez sentir coisas que nenhuma outra foi capaz de fazer...

 

Garota seus toques me viciaram, seu cheiro me entorpeceu...

 

E agora eu a perdi...

 

Kim Taehyung

 

~/~

 

(S/N)—Taehyung!- eu gritei pausando as mãos pelas têmporas, ele voltou seu olhar pra mim.—Eu meu humilhei, eu fui atrás de você por que ficar sem você me machucava muito, porque você era mais importante que meu próprio orgulho.- disse com a respiração descompassada. — Eu procurei maneiras diferentes pra tentar falar com você, enquanto você... Enquanto você me ignorava.- as palavras simplesmente vinham.— Eu fui sua como nunca fui de nenhum outro, eu me entreguei inteiramente pra você, eu dei tudo de mim, e você usou e foi embora, me ignorando de novo...- senti lágrimas escorrerem por meu rosto.— Mas agora eu sei o por que... Sinceramente você podia ter dito antes, ter dito que tinha outra pessoa, que não me queria...- eu só deixei tudo o que estava preso em minha garganta sair.— Você se afastou daquele jeito por causa dela, não foi? Por que você fez isso? Se tinha outra pessoa por que me fez acreditar que tava tudo bem? Como você conseguiu tocar outra mulher como me tocava, beija-la como me beijava? Foi por causa dela que você se afastou, não foi ? Não minta pra mim....por favor, diz a verdade, pelo menos uma vez. 

 

(Tae)—No foi por causa dela (S/N), eu nunca tratei outra mulher como eu te tratei, eu nunca beijei, eu nunca toquei outra como eu fiz com você. 

 

(S/N)— Então por que você se afastou de mim? POR QUE ME TRATOU DAQUELE JEIT...-gritei.

 

(Tae)—PORQUE EU VI ELE TE TOCAR...- gritou me interrompendo.— Eu o vi tocar na minha mulher...    e-eu ouvi você dizer o nome dele como dizia o meu e não pude fazer nada, como acha que eu senti? Você realmente achou que ficaria tudo bem?

 

(S/N)— Tae...eu...- eu queria dizer que aquilo não tinha significado nada pra mim, mas ele não me deixou falar.

 

(Tae)— Tae não...me poupe (S/N), você deixou bem claro que não temos nada, daí agora você vem e diz que eu não posso ficar com quem eu quero? Me poupe garota.

 

(S/N)— Sabe...Eu errei, mas me arrependi, pois queria fazer algo bom, queria ser o melhor que eu podia pra você...-pausa.— E o que eu recebi?-levantei uma das sobrancelhas.— Facas de prata cortando a minha pele. Eu vivi com dor e estresse todos esses dias, e eu culpo você, eu culpo você pôs me fez amá-lo, me fez me sentir especial, me fez querer apenas você, me fez ser sua, enquanto você não era meu...

 

(Tae)— Eu sempre fui seu...-me interrompeu.

 

(S/N)—  Foi mesmo?- pausa. Olhei a garota e ele se afastou dela. —  Taehyung, eu estava me sentindo sozinha, triste e eu apenas queria que você me abraçasse, eu apenas queria você, eu chorei por você...- disse chorando.— E eu odeio, odeio você, por ter te escolhido não importa o quê e você ter tirado isso de mim.- as lágrimas escorriam por meu rosto.

 

(Tae)— Você quer que eu diga que não amo você? É isso? Desculpa mas eu não consigo.

 

(S/N)— Mas você desistiu de nós...

 

(Tae)—E-Eu... eu desisti de nós? Você desistiu de nós...Desistiu de nós quando ficou com ele.- disse apontando pro Pedro.

 

(S/N)— Primeiramente eu estava bêbada, segundo por que você não disse como se sentia?

 

(Tae)— Olha eu não quero ficar aqui brigando com você...Não me faz bem...-disse se virando.

 

(S/N)— E se essa fosse a última vez que você me visse, o que você diria?

 

(Tae)— Eu diria que não sei muito sobre relacionamentos, que eu definitivamente não sei nada sobre o amor e que eu sinto muito por tudo...- ele continuou de costas pra mim.  

 

(S/N)— Eu vou embora daqui uma semana...- o interrompi.

 

(Luíza)(Pedro)(Gabriel)— Como é?-perguntaram mas eu não os respondi.

 

(Tae)— Você vai o que?-perguntou ficando de frente mim.

 

(S/N)— Quando você vê algo que gosta, você vai atrás, não porque você precisa disso, mas porque você só quer ganhar. Eu não quero isso pra alguém...

 

(Tae)—  Você nunca foi isso pra mim, sempre foi mais, você foi tudo pra mim. Eu quero você...Por favor não vai...Eu preciso de você- disse vindo até mim.

 

(S/N)— Eu só queria dizer obrigada...Embora eu sinta sua falta todos os dias, eu quero dizer obrigada...Obrigada por me inspirar, por me ajudar a vencer meus medos, você me fez querer ser o melhor de mim, me fez trabalhar duro por mim mesma, e apesar disso, fazer isso sem você foi uma das coisas mais difíceis que já me ocorreram...- disse passando as mãos por seus ombros.

 

(Tae)— Por favor não faça isso.-disse me interrompendo.

 

(S/N)— E-E eu estou fazendo isso... Estou aprendendo a viver sozinha, por mim e pra mim...

 

(Tae)—(S/N)... Não vá embora.- ele disse me abraçando.

 

(S/N)— E eu vou, e eu não estou indo porque deixei te amar, até porque não sou capaz de fazer isso. Eu só estou com dor...- disse apontando pro meu coração.— Eu só preciso de um tempo pra mim...

 

(Tae)— Por favor, não faça isso, por favor...

 

(S/N)— Mas eu lhe desejo tudo de bom, que você tenha sucesso em tudo que se comprometer, mesmo que eu não esteja lá pra comemorar junto com você. Eu quero que você se ame, que seja você mesmo, por que foi isso o que me conquistou. Seja a luz que deseja ver nesse mundo e eu prometo que um dia ela me trará de volta até você.- selei nossos lábios o puxando pra mim.— Adeus Taehyung!- me afastei, eu não o deixei falar, não olhei pra trás pois sabia que isso me impediria de ir. Eu simplesmente fui.

 

~/~

 

Apesar de tudo eu acho que precisávamos disso, precisávamos de um tempo pra nós, precisávamos saber quem eramos e o que sentíamos, antes de sermos um do outro...

 

Eu nunca deixei de te amar, eu nunca deixei de te sentir em mim, nem por um segundo...

 

Eu sempre serei sua, apenas sua...

 

~/~

 

-------

 

2 anos depois

 

Taehyung P.V(on)

 

Sentado e encostado em uma árvore qualquer do parque central, eu sentia as lágrimas escorrerem pelo meu rosto, meus dedos passavam pelas palavras escritas a mão naquele livro que eu recebi dias atrás. Eu não consegui abri-lo antes, talvez por medo de saber o que ali estava escrito ou por falta de coragem, mas eu quando finalmente o li, eu não soube distinguir meus sentimentos, eu estava atento demais ao que lia, lembrando e sentindo  tudo, parecia  que tudo tinha acontecido ontem.

 

Eu estava com tanta saudade dela, e agora todas as lembranças, todos os momentos, tudo o que ela sentiu estava escrito ali e eu só queria abraçá-la novamente, pelo menos mais uma vez.

 

(S/N)— Taehyung!?- eu ouvi sua voz e me virei.

 

(Tae)— Oi.- sussurrei sorrindo, ela correu até mim e selou nossos lábios com um beijo suave e terno, um beijo só nosso. Não dissemos nada, pois as palavras não foram o mais importante naquele momento.

 

~/~

 

Já faz tanto tempo...

 

 Eu sinto falta de como eramos antes...

 

Você se lembra de todas aquelas vezes? 

 

Você costumava vir e me fazer companhia toda vez que me sentia sozinho. Eramos só eu e você. 

 

Você foi a melhor coisa que me aconteceu e embora eu nunca tenha dito, isso não é mentira. 

 

Você me provocou de um jeito, se entregou de uma forma, que eu sou capaz de reviver cada cena em minha mente, pois ainda é real pra mim.

 

Por que não me disse o que você sentia de verdade? Que queria que eu fosse só seu? Menina eu já era seu muito antes de eu perceber.

 

Eu esperei tanto tempo pra te encontrar e agora não posso simplesmente te perder assim, você é minha mulher, sempre foi minha, nenhum outro será capaz de te fazer feliz, de te amar, te tocar como eu fiz, pois eu conheço seu corpo como a palma da minha mão e não adianta negar, você sabe disso tanto quanto eu.

 

Amor, eu nunca fui de outra como eu fui seu, eu nunca toquei outra como eu te toquei, ninguém nunca será capaz de te substituir, você me inspirou, me mostrou um lado em mim que eu não conhecia, por favor volte, volte pra mim, eu te amo como nunca fui capaz de amar alguém. Eu preciso de você, não seja injusta comigo, o que será de mim?

 

Não é apenas questão de te querer, eu preciso de você. Diga que sou egoísta se quiser, mas sinto sua falta, preciso do seu abraço, eu não posso viver sem você, eu não quero viver sem você.

 

Eu nunca amei alguém assim... Tão bem!

 

( Uma carta de Kim Taehyung que jamais será entregue à (S/N).)

 

*******

 


Notas Finais


Oii meus amorzinhos, eu não postei antes porque minha irmã mais velha tá se mudando pra Alemanha hoje, logo essa semana passei o tempo todo com ela, mil desculpas...
Espero que tenham curtido,
Bjsss KimRach


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...