1. Spirit Fanfics >
  2. Close your eyes >
  3. Needed me

História Close your eyes - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Needed me


Fanfic / Fanfiction Close your eyes - Capítulo 2 - Needed me

Involuntariamente jimin pula da cama ao som do despertador, o avisando que chegara a hora de se levantar e por estar "atrasado" para sua entrevista de emprego em uma empresa de vendas internacionais.

Rapidamente tirando as roupas que vestia e seu box, entrando embaixo do chuveiro aquela água morna relaxar seus músculos, e acalmar suas estremidades.

Ao terminar seu banho, jimin saia do banheiro com uma toalha em volta de sua cintura, abrindo o guarda-roupa vasculhando agarrando dois cabides onde estava pendurado seus ternos que sua Omma o tinha dado de presente para uma entrevista de emprego formal.

Vestindo o terno, a calça, e o sapato preto social fazendo uma laço no cadarço de ambos, jimin se levanta pegando as chaves de seu carro e saindo.

Apressadamente jimin atravessa a sala de sua casa chegando a porta de entrada e saída, e saindo por ela o mesmo desbloqueia o carro que logo o permitiu abrir a porta do carro, e se sentar no assento do motorista, e girando a chave fervorosamente ligando o carro, pois de uns dias para cá, seu Ford Ka não queria pegar, por esta causa teve que levar ao concerto — não era muito confiável — saindo da garagem de sua casa.

                     °. °. °.

Ajeitando seu terno desabotoando dois botões, e andando até entrar em sua empresa, passando pela recepção nem ao menos comprimentava seus empregados, dificilmente o viam com bom humor.

Ainda em silêncio, entrando em sua sala, puxando a cadeira de sua mesa para si logo se sentando sobre seu estofado. Uma tímida mulher, alta, atraente e elegante se aproximava lentamente — não queria chamar algum tipo de atenção do senhor frio — e com mais timidez ainda, ela se pronuncia:

— Senhor você terá uma entrevista de emprego hoje daqui a alguns minutos. — diz. Ela suspira aliviando-se.

— certo. — responde. parecia desatento a moça, mais estava escutando o que ela falara.

Curvando-se sentindo-se atraída de alguma forma para o homem atrás daquela mesa, sua pele clara, lábios com tons rosados, os cabelos longos e escuros, podia se ver as veias saltadas em ambas mãos, todas alinhadas, eram realmente um pecado. A garota saindo de seus devaneios, deixa a sala de seu chefe voltando assim a seus deveres na empresa.

Jimin portanto estava na espera, fechando os olhos e rezando para o seu futuro chefe contrata-lô, o seu nervosismo era notável, sua respiração era curta seguida de longos suspiros, até ouvir seu nome ser chamado no corredor.

" Tá tudo bem. Você consegue Park jimin ".

Dizia para si mesmo ao ser guiado por uma moça até o escritório do chefe. Ao entrar jimin aprecia aquelas mãos grandes com veias saltadas sobre a mesa de trabalho, o olhar que estava sobre si era algo comprometedor, aquele olhar o deixou um pouco envergonhado despertando junto a coridêz de suas bochechas avermelhadas, o que provocou um riso malicioso no rosto de expressão fria do homem a sua frente.

— Sente-se por favor. — diz convidativo.

Jimin suspira, mais logo volta a seu objetivo de conseguir o emprego, passando suas pernas pela borda da mesa delicadamente trazendo a cadeira encostando-a em si, jimin se senta e olhava em direção a mesa — não queria manter contato visual — e por essa decisão, foi sujeito a um interrogatório.

— porque não olha para mim ?. — diz sorrindo maliciosamente.

Jimin não podia negar, que aquele sorriso malicioso o estava deixando aos desejos de experimentar daqueles lábios de tons rosados.

— Desculpa. — diz jimin olhando aqueles olhos que o fitava.

— vamos ver o seu currículo. — diz, abrindo a pasta que foi posto sobre sua mesa com as informações do garoto a sua frente. — Estudou em Huang, cursou faculdade de empreendedorismo e economia, qual é o seu nome ?. — pergunta.

— Park jimin. — responde segurando o nervosismo.

— Meu nome é Kim taehyung. Seu currículo é bom, mais, o que você tem a oferecer para a empresa, ou melhor o que você tem para dar a mim. — falava juntando as mãos — como se fosse orar — fitando o homem a sua frente, que o olhava inquieto.

— Dar o meu melhor senhor. — diz jimin, confiante de suas palavras.

— Dar o seu melhor. Achas que é o suficiente ?. — indaga Taehyung vendo jimin abaixar a cabeça diante de tal pergunta, parecia que o Park não estava muito preparado, e o Kim presenciava aquela despreparação e diz:

— pode sair. — diz rude.

Sem mais nenhuma palavra, jimin se retirava da sala em total submissão e silêncio.

Sua voz, doce se pronuncia.

— conseguiu ?. — pergunta a moça que outrora o tinha guiado até o escritório do rude Kim taehyung.

— Acho que não. — diz jimin.

— Boa sorte da próxima. — diz positiva tentando animar o rapaz, mais não deu muito certo.

— Obrigado. — jimin agradece.

Realmente jimin saiu desistente de procurar emprego e falhar mais uma vez, como achava que falhou nesta.

                     °. °. °.

A campainha estava sendo esfolada a cada um segundo era tocada novamente, jimin saia da cozinha já com uma calça e uma blusa moletom para dormir, indo até a porta abrindo-a e se deparar com um ser alegre e eufórico a sua frente.

— Oiê.

— jin o que você tá fazendo aqui já são 10 da noite. — falava jimin, um pouco sonolento.

— a qual é vim te parabenizar. — diz com um sorriso orgulhoso no rosto.

— Seokjin eu não consegui o emprego. — diz jimin.

— estou indo. — diz jin virando-se para sair.

— ué.

— eu vim aqui te parabenizar, não apoiar a sua derrota. — diz.

— que amigo você é em Seokjin. — diz jimin bufando.

— vamos logo beber. — diz.

E jimin não recusou aquele convite, e colocando um sapato qualquer no canto da porta.

— que se foda.

Diz jimin ao trancar a porta, e seguir

Seokjin até um bar break mais próximo do centro de Seul.

Jimin não fazia muito acepção de lugar, só queria beber para afundar de vez em seus fracassos — oh sim fracasso — Seokjin lhe colocou em seu copo uma dose de vodka, jimin sem mais nem menos vira aquele copo em sua boca, sentindo aquela bebida quente descer rasgando em sua garganta.

— Aiishh...

— ei trate de beber que nem princesa, eu não vou te carregar até em casa não. — falava jin dando um tapa na mão de jimin.

O seu celular começa a tocar, jimin por um momento se conteve, não queria que ninguém incomodasse sua noite de embriaguez, ou também poderia ser só sua Omma querendo saber se conseguiu o emprego.

Mas rejeitando tudo aquilo, jimin pega seu celular, olhando e reparando que era um número que não estava em sua lista de contatos, ou melhor dizendo um número desconhecido, deslizando seu dedo e sem muito o que dizer — não sabia quem era — jimin apenas diz:

— Alô.

— esteja aqui amanhã às 6:00 da manhã em ponto, não tolero atrasos. — falava a voz na linha, que por um momento o fez arrepiar e sentir que conhecia aquela voz.

— Desculpa, quem é ?.

— Não está reconhecendo minha voz ? Sou eu Kim taehyung seu chefe agora. — diz.

Jimin levanta rapidamente de seu assento assustando Seokjin que estava bem a sua frente.

— Oh, sim.

— 6:00 horas em ponto.

Essas foram as últimas palavras do Kim e logo após desligou. Jimin portanto ainda estava em choque, sentindo-se calmamente na cadeira da mesa daquele Bar, jin o chama o tirando de seus pensamentos.

— jimin, quem era ?.

— Era da empresa, eu fui aceito, Seokjin eu fui aceito. — diz jimin eufórico.

— yeah...

                     °. °. °.

Com seus cabelos umidecidos sendo os fios bagunçados por uma toalha que secava seu cabelo.

Apertando mais a toalha em sua cintura para não cair, olhando fixamente para sua cama, e em sua mente lembrando daquelas palavras — bobas — pra ele não.

" Dar o meu melhor senhor ". Era tão gostoso pensar naquelas palavras — não eram nada — mais para Taehyung era saboroso deliciar-se com tais palavras com que jimin com aqueles lábios carnudos e rosados dissera. Aqueles lábios com certeza carregavam a impureza, e seu desejo por ter aqueles lábios carnudos experimentando dos seus, era seu novo objetivo.


Notas Finais


Continua ??
É minha primeira fic, a segunda tentativa, espero que vocês gostem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...