1. Spirit Fanfics >
  2. Cloud Recesses School >
  3. Roupas Trocadas

História Cloud Recesses School - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Bem eu estava com essa ideia na minha cabeça e imaginar tudo estava me fazendo rir sozinha então pensei em escrever para outras pessoas rirem também, eu sempre gostei muito de Rebelde (tanto o Mexicano quanto o Brasileiro) e pensei que seria muito legal os personagens de MDZS nesse universo.
Não pretendo fazer algo grande talvez dois à quatro capitulos vai depender da minha criatividade, agora sem delongas vamos ao primeiro capitulo.

Capítulo 1 - Roupas Trocadas


Era pela manhã quase próximo das 7:20 quando o som da porta do quarto compartilhado foi tão alta que despertou o jovem ainda adormecido, o som da peça de madeira veio acompanhada da voz irritada de um garoto já vestido no típico uniforme da escola — calça e blazer pretos com uma camisa social branca por baixo e uma gravata azul, com o símbolo de nuvens bordadas de forma meticulosa tanto nela quanto no blazer —, aquele era o uniforme do 2º ano, já que assim era mais fácil para diferenciar os vários alunos.

— Levanta seu idiota, faltam 30 minutos pra aula! Você nem tomou café! — a voz brava fez o que dormia resmungar se sentando na cama e usando o travesseiro para tentar abafar a voz alheia.

— Jiang Cheng, por que não me acordou junto com você? — questionou em tom manhoso esfregando os olhos para acostumar com a claridade.

— Você é o que? Uma criança? Se até Jin Ling levanta na hora certa, por que você não pode?

Um sorriso travesso pairou sobre os lábios do outro e Jiang Cheng soube que iria ouvir coisas que preferiria não saber, mas não era como se seu estúpido irmão fosse simplesmente calar a boca, isso nunca ocorria, depois que ele aprendeu a falar não parou mais e por consequência veio causando dores de cabeça para si por ser um "língua solta".

Foram 16 anos de muitas travessuras, castigos e acessos de raiva (esse último por parte do mais novo).

— Me encontrei com o Lan Zhan ontem na área das piscinas. Meu Er-Gege não me deixou escapar com vida, nunca mais vou olhar para as piscinas da mesma forma.

O rosto do outro garoto estava uma divisão perfeita entre raiva e choque, ouvir o relato fez suas bochechas esquentarem e uma imagem infernal passar por sua cabeça. Sem dúvidas ele não precisava ouvir aquilo.

— Você é mesmo um desavergonhado, eu nunca mais entro em nenhuma delas nem que eu tenha que forjar uma falsa alergia ao cloro. — falou ainda um pouco horrorizado tendo consciência que sua reação estava divertindo seu irmão que havia se levantado.

— Você deveria aproveitar a ideia e tentar com o meu cunhado, se nem o Lan Zhan é tão certinho, imagino que Zewu-Jun seja quase tão criativo quanto eu. — provocou indo para o banheiro.

— Cala a boca Wei Wuxian! Lembre-se que quem está atrasado aqui não sou eu.

— A aula começa às 8 horas, não precisa se preocupar, irmãozinho. — gritou de lá de dentro.

— Pare de falar e ande logo com isso, não vou ficar ouvindo você resmungando que está com fome até o horário do almoço. — avisou se sentando em sua respectiva cama e mexendo no celular enquanto ainda não estava no horário das aulas.

Passados quase 10 minutos, Wei Wuxian saiu do banheiro com uma toalha envolvendo sua cintura e o rosto já indicando mais disposição, ele andou até o seu próprio guarda-roupa para pegar seu uniforme, no entanto assim que o abriu teve uma surpresa.

— Oh merda, não acredito nisso. — falou pegando as peças que estavam lá.

Jiang Cheng levantou o olhar do aparelho que mexia e viu quando o irmão mais velho se virou segurando o que deveria ser o uniforme de Cloud Recess, e realmente era, no entanto aquele era.... O que as garotas usavam.

— Oh porra, o que diabos isso está fazendo aqui? — perguntou o mais baixo.

— Eu não faço ideia, tenho certeza que meu uniforme estava aqui no final de semana. Como que esse está no lugar dele?

Wanyin arqueou a sobrancelha e estreitou os olhos observando as roupas dobradas no cabide, aquilo estava estranho demais e logo que começou a pensar sobre todos os acontecimentos anteriores uma pequena lâmpada se acendeu em sua mente.

Wei Wuxian observou o rosto e o olhar de seu irmão se tornar sombrio e a boca se apertar antes de finalmente dizer o que pensava:

— Xue Yang.

— Mas ele não costuma deixar a "marca" dele quando faz uma pegadinha direta? — questionou o de cabelos castanhos.

— Olha os bolsos pode ter algo. — o de olhos azuis disse e rapidamente Wei Ying verificou as duas aberturas para mãos que tinha no blazer.

No bolso da esquerda não tinha nada, mas foi na da direita que suas suspeitas se confirmaram, pois, ali havia uma balinha de caramelo, e não precisava ser gênio para saber que era uma das balas preferidas do arruaceiro de sua turma.

— Acho que isso daqui é a resposta para o cabelo de arco-íris dele. — comentou o mais velho se recordando quando misturou várias tintas para cabelo e colocou no shampoo que a escola fornecia, poucos alunos usavam os produtos da escola, mas Wei Wuxian tinha ouvido falar que Xue Yang era um deles. E se aproveitando de uma brecha foi fácil trocar o pote normal pelo "batizado".

Foi uma manhã muito prazerosa quando Xue Yang adentrou a sala de touca, mas por ser a primeira aula a de Lan Qiren — que apesar de ser o diretor insistia em dar aulas para o desespero de muitos — o velho tinha o feito retirar o acessório, mostrando a toda a sala a confusão de cores que seu cabelo havia se tornado gerando uma questão de se ele não havia decidido pular Carnaval mais cedo.

Toda a sala havia rido até o professor os forçar a parar, mas claro que ainda houve risadinhas e olhares para onde Xue Yang sentava, Wei Wuxian poderia jurar que até mesmo seu sério e composto namorado WangJi tinha curvado os lábios levemente diante de sua brincadeira, afinal ele também não gostava do garoto, mesmo que sendo mais por sua causa.

As coisas só haviam voltado ao normal dois dias depois que foi quando Xue Yang pintou o cabelo de volta para sua cor natural. No entanto sempre que ele estava próximo, Wei Wuxian, Jiang Cheng e seu companheiro de quarto Nie Huaisang não conseguiam evitar sorrir de forma zombeteira.

— Depois disso não dá pra negar que não foi ele. Mas o que você vai fazer? — Jiang Cheng perguntou.

Wei Ying observou as roupas por um momento e uma ideia rapidamente tomou conta de seus pensamentos, já sabia exatamente o que iria fazer.

— Eu já tenho algo em mente. Porém preciso que você seja um bom irmão e vá no refeitório pegar algo para eu não morrer de fome. — fez os típicos olhos de cachorro que caiu do caminhão da mudança e desarmou Wanyin de qualquer objeção que ele tivesse, no entanto não evitou seu costumeiro revirar de olhos.

— Tá, vou ver o que consigo, mas o que vai fazer enquanto saio?

— Simples, vou falar com os meus contatos. Agora não pergunte mais e se apresse. — Wei Wuxian praticamente o expulsou do quarto antes que pudesse insistir na pergunta.

Do lado de fora do dormitório Jiang Cheng suspirou começando a andar de volta para o refeitório.

— Espero não me arrepender de ter concordado com o que quer que seja isso.


Notas Finais


E esse foi o primeiro capitulo, a coisa vai esquentar e o Jiang Cheng que se prepare para a nova dor de cabeça dele kkk, espero que tenham gostado, agradeceria se me dissesem o que acharam, pois ainda sou nova no fandom e nas fanfics de mdzs.
De qualquer forma agradeço a quem chegou até aqui e logo to de volta com o próximo.Bye bye ;)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...