História Clube dos Fracassados - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Os Heróis do Olimpo, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Annabeth Chase, Bianca di Angelo, Calipso, Clarisse La Rue, Frank Zhang, Grover Underwood, Hazel Levesque, Jason Grace, Leo Valdez, Luke Castellan, Nico di Angelo, Percy Jackson, Piper McLean, Rachel Elizabeth Dare, Reyna Avila Ramírez-Arellano, Silena Beauregard, Thalia Grace, Will Solace
Tags Annabeth, Jasiper, Jason, Leo Valdez, Luke, Nico Di Angelo, Percabeth, Percy, Piper, Romance, Solangelo, Thalia, Thaluke
Visualizações 97
Palavras 1.875
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá pessoal!
Primeiro desculpas porque era pra eu ter postado isso ontem ou ante-ontem mas passei bem mal e não rolou.... Mas aqui estou eu firme e forte de novo!
Segundo, a Fic passou de 20 favoritos! Obrigado por todo apoio que vocês tem me dado, realmente me motiva muito <3
Por fim, o capítulo. Aproveitem a leitura!

Capítulo 5 - A garota nova põe ordem na casa


 

Naturalmente a noite quase foi totalmente estragada.

Quando Jason chegou na sala e seus amigos viram nós, o clube dos fracassados, sentados em seu sofá, eles quase enlouqueceram. Nos rostos das seis pessoas se via um misto de confusão, nojo, medo e, até se no caso vermos o do Jason, vergonha.

- Hm, Jason? - Começou Reyna, depois de uma longa pausa nos observando com nervosismo. Tinha cabelos castanhos que caíam sobre os ombros, e os olhos passavam por nós com incredulidade. - Por que eles estão aqui?

 Jason forçou uma risada engraçada.

- Então, história engraçada...

Ele contou sobre o pequeno incidente da noite. Calypso se adiantou. Tinha cabelos cor de caramelo, olhos castanhos, e eu já até tinha tido uma quedinha por ela quando ela falava comigo.

- Mas... Eles querem usar a televisão também? Como isso funcionaria?

Então me adiantei, em um surto de coragem. Annabeth não estava lá por algum motivo, mas não me importava muito. Ignorei os olhares que sempre me deixaram com vergonha e falei.

- Podemos ver todos juntos. Não seria um grande problema.

Acho que o tanto de olhar que recebi me julgando já teria me tornado réu há muito tempo.

- Ver juntos? - Falou Will, o garoto loiro e alto. - Hã... Octavian sabe disso?

- Octavian não precisa saber, Will. - Rebateu Jason. A garota do lado dele levantou uma sobrancelha. Piper era talvez a garota mais bonita da escola inteira - mesmo que não gostasse disso. E mesmo fazendo uma expressão desconfiada, estava tão bonita como sempre.

- Você apoia isso Jason?

O garoto pareceu um pouco sem graça. Abriu a boca para falar algo, mas logo fechou. Nico deu um passo a frente.

- Jason está certo. Octavian não precisa saber. E qual seria o problema? Do que vocês tem medo? - Perguntou ele, fazendo eles se entreolharem. Admirei sua coragem. Thalia revirou os olhos.

- Percy, eu avisei. Não vai dar certo...

- Eu não vejo exatamente um problema nisso. - Interrompeu a garota mais pequena que estava do lado dele. Hazel, adivinhei. Eu nunca tinha tido muito contato com ela, visto que ela era "nova" e era prima de Piper. Mas os olhos dourados dela brilhavam como uma medalha refletindo a luz do sol. - Octavian é um... um merda! - Falou isso como se tivesse treinado por muito tempo. - Não devíamos nos rebaixar a ele, ainda mais quando ele está longe.

- Nós trouxemos comida. - Argumentei, apontando para as sacolas na cozinha. - Iriamos fazer algo pra comer durante o filme... Leo tem dotes culinários incríveis.

Leo corou, mas deu um sorriso e ergueu a mão em um like.

- Podem me chamar de Gordon Ramsay gatas! Chef Leo preparado para o serviço.

Calypso o olhou como se perguntasse "o que diabos você está fazendo" e iria falar algo, se naquele momento a porta não abrisse. Annabeth apareceu, carregando Luke junto com outra garota que eu nunca vira na minha vida.

- Annabeth? - Chamou Jason. 

- Rápido, ponha ele no sofá! - Gritou ela. Jason foi ajudar, enquanto o resto olhava confuso. Luke babava e repousou no sofá. Estava completamente inconsciente.

- O que... aconteceu? - Perguntou Will, transtornado. Annabeth botou o cabelo atrás da orelha. Estava linda. A garota do lado dela estava me olhando. Tinha olhos verdes intensos, sardas e um cabelo ruivo grande. Era mais linda ainda, e meu coração perdeu uma batida.

- Esse idiota - Começou Annabeth, irritada. - Estava bebendo antes de vir pra cá. Veio bebendo no caminho inteiro. Quando entramos na rua, desmaiou.

A fitei, confuso. Luke bebendo? Ele sempre tinha sido contra essas coisas. Ainda mais com os problemas em sua família, e sua mãe que... Bem, digamos que ela não era a pessoa mais indicada para ser uma mãe. Annabeth me olhou, como se percebesse minha presença agora.

- Percy? - Chamou ela, surpresa. - Thalia? O que estão fazendo aqui?

Thalia bufou.

- Você realmente acabou de perguntar o que estou fazendo na minha casa? - Respondeu, irritada. - Estávamos discutindo quem iria ver filmes, até que seu ex-namoradinho estúpido e seu amiguinho loiro deram a brilhante ideia de vermos juntos. 

- Oi. - Falei, acenando para Annabeth, Ela me encarou, com uma expressão sofrida. A garota ruiva continuava a me olhar.

- Eu... Não vejo problema nisso. - Murmurou ela. Thalia revirou os olhos. 

- Seja como for. É por causa desse tipo de coisa - Ela apontou para Luke - que não me envolvo com essa gente estúpida. Vou pro meu quarto. Podem ficar com essa merda de televisão pra vocês.

E então subiu as escadas, irritada. Nico assobiou.

- Grande jeito de começar a noite.

- Temos que levar Luke para a cama. - Falou Jason, subitamente, preocupado. - No meu quarto, lá em cima. Will, pode dar uma olhada nele?

- Com certeza. - Disse o Loiro. Ele examinou Luke. Eu sabia que ele tinha um dote para medicina já que seu pai era médico e ele seguia o mesmo caminho, então não me surpreendi. - Ele está bem. Inconsciente, mas não é um coma alcoólico. Só deu uma exagerada e apagou.

Jason e seus amigos suspiraram, aliviados. Fez-se silêncio, então Jason pigarreou.

- Percy, pode me ajudar a carregar ele lá em cima? Ele precisa ficar em uma cama.

Assenti e o ajudei a carregar ele pela escada. Ficamos em silêncio pelo caminho, só falando quando deitamos ele na cama e eu sem querer bati sua cabeça no encosto da cama.

- Cuidado, Percy. - Jason falou, segurando a risada. Ajeitamos ele na cama, e ele dormia que nem uma pedra. Bati as mãos.

- Então... - Puxei assunto. - Como vamos resolver isso?

Jason estudou Luke e esticou a coluna.

- Não sei, Percy. Eu faria isso numa boa. Mas o pessoal não é tão cabeça aberta assim.

Assenti. Olhei pelo corredor. A porta de Thalia estava fechada, com vários adesivos de várias bandas colados na mesma.

- Thalia não aceitou isso muito bem. - Admiti. - Mas acho que... Poderíamos tentar convencê-los. 

Jason suspirou. E então ouvi gritos vindo do andar de baixo. Nos entreolhamos e descemos.

- O que está havendo?

Calypso segurava a mão, enquanto um Leo nervoso pedia desculpas intensamente e a ruiva e nico rolavam de rir. Annabeth revirou os olhos, mas também segurava o riso.

- Leo... Fez a brincadeira do choque com Calypso.

Reyna e Will examinavam a mão de Calypso, que estava aterrorizada. Era uma garota do campo, então não tinha muita noção de tecnologias. Suprimi um sorriso junto com Jason, ainda mais depois de ver Leo nervoso.

- Então, vamos ver os filmes ou não?

Reyna levantou uma sobrancelha. Calypso se virou, irritada.

- Olhe o que ele fez comigo! - Exclamou ela. - E vocês... Nós somos populares! Sabe o que aconteceria com a gente se vissem com quem nós andamos?

- Pelo amor de deus, Calypso. Você se importa realmente com isso? - Interrompeu a garota ruiva. A voz dela era doce, mas ao mesmo tempo um pouco sarcástica. - Foi uma brincadeira. Cresça um pouco. Não é como se ele tivesse pensado "hm vou machucar ela de propósito porque sei que ela não gosta". E sinceramente, não vejo nenhum problema... neles.

Ela falou isso olhando diretamente para mim, então pode imaginar que falei algo bem inteligente diante daquilo.

- Hã, dã. - Balancei a cabeça. O que estava havendo? - Quer dizer, eu concordo com ela. E vocês não precisam falar com nós, só iremos ver algo juntos.

Elas se entreolharam por um segundo. Hazel se adiantou.

- Eu não tenho problema.

- Nem eu. - Falaram Will, Annabeth e Piper ao mesmo tempo.

- Confio em Jason. - Murmurou Piper, mas todos conseguiram ouvir. Um trovão ecoou lá fora. Começara a chover. Depois de uns segundos de silêncio, Jason, que disfarçava como um mestre encarando Piper, pigarreou.

- Certo, acho que iremos por bem ou por mal aparentemente. Luke iria querer que nos divertíssemos independente de tudo, então vamos nessa. - Ele olhou para mim e para Leo. - O que vocês trouxeram?

Leo deu um sorriso, ressaltando as feições latinas.

- Material pra Pizza, cara. Nada melhor que isso.

- E também podemos fazer Brigadeiro e Salgadinhos. - Completei. Jason sorriu.

- Temos sorvete e refrigerante aqui. Vamos fazer disso um banquete. 

Então ele dividiu as tarefas. Leo, Hazel, Calypso e Piper cozinhariam. Reyna, Nico e Will tentariam achar algo legal para nós vermos. E, como isso é uma fanfic e eu tenho que ter minha dose de azar, obviamente eu fiquei com Annabeth, Jason, Piper e a garota e cabelos vermelhos. Ficamos responsáveis para arrumar a sala de modo que doze pessoas pudessem ficar confortáveis.

- Você não vai cozinhar? - Disse Annabeth, puxando assunto.

- Não. - Respondi, frio. - Sempre fui uma negação na cozinha.

- Não é isso que seus bolinhos azuis diziam quando eu ia na sua casa.

Apenas fiz uma careta e não respondi. Eu estava determinado a falar o mínimo possível com ela. Não sentia raiva, obviamente, pois ela não era obrigada a gostar de mim. Mas isso doía muito. E estava cansado de sofrer. Sabia que estava sendo um pouco injusto com ela, mas queria sair disso tudo. Então apenas fui fazer outra coisa, depois de terminar a tarefa em silêncio.

Estava carregando um colchão com Piper e a garota ruiva. Piper pigarreou, puxando assunto.

- Então, Percy. - Falou ela. - Jason me contou... que vocês conversaram.

Levantei as sobrancelhas. Por um minuto pensei que estivesse falando da conversa que tivemos sobre ela, mas sei que Jason não teria coragem para isso.

- É. Ele é um cara mais legal do que eu pensava.

- Ele também falou muito bem de você. - Ela disse, sincera. Os olhos dela pareciam mágicos - eu não conseguia dizer se eram castanhos, azuis, verdes ou cinzas. Parecia até que eles alternavam de cor... Ali de perto, ela era mais bonita ainda. Mas eu de alguma forma não me sentia atraído por ela. Ela me encarava atentamente, e então eu percebi que ela estava em dúvida se se aproximava de mim ou não. Apenas dei um sorriso.

- Fico feliz por isso. Ele também me falou muito bem de você.

Ela deu um sorriso e corou depois que percebeu o que eu tinha falado.

- Percy. - Chamou ela, desviando o olhar, mas não pôde esconder o sorriso satisfatório de mim. - Essa é Rachel. Ela é nova na escola, uma amiga nossa antiga. Veio de um internato... qual era o nome mesmo?

- Academia de Moças de Clarion. Um inferno, se quer saber.

Dei um sorriso sarcástico.

- Pode acreditar, a Goode é tão ruim quanto. - Falei, confiante. - Sou Percy, prazer.

- Com você lá? Duvido muito. O prazer é todo meu, Percy.

Ela me encarava tão intensamente que deve ter percebido que corei com o comentário. Piper deu uma risadinha.

- Isso vai ser interessante...

E então deixamos o colchão no chão. Nossa tarefa estava concluída. Podia sentir o cheiro de Pizza, salgadinhos e Brigadeiro. A chuva caía la fora. A diversão estava prestes a começar.


Notas Finais


E aí? O que acharam?
Tentarei trazer outro fim de semana
comentem hehe
até o próximo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...