1. Spirit Fanfics >
  2. Codinome Beija-Flor

História Codinome Beija-Flor


Escrita por: Shidai

Fanfic / Fanfiction Codinome Beija-Flor
Sinopse:
Em 1986, Bento Araújo Neto se prepara para finalizar o ensino médio e embarcar em uma nova jornada rumo à realização de seu maior sonho: Ser poeta. Dono de uma intensidade sem igual, Bento acredita que seus últimos dias como um colegial serão tão entediantes quanto os outros. Contudo, sua concepção muda a partir do momento que conhece Dionísio de Miranda, o professor estagiário de Música. Com seu jeito cuidadoso e despojado, Dionísio arrebata não só o carinho e a admiração dos alunos, como conquista o afeto de Bento, que passa a dedicar um pequeno espaço de seu coração para aquele cujos lábios possuem a forma do amor.

Conforme os dois se relacionam, em meio a caminhos tortuosos, viagens decisivas e realizações profissionais, o poeta e o músico entendem que o amor, não só o romântico, mas também o próprio, são necessários para um recomeço. 

[BAEKSOO: CAPITAIS DO BRASIL & POETA X MÚSICO & SONGFIC]
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Visualizações 27
Favoritos 33
Comentários 2
Listas de Leitura 10
Palavras 6.062
Concluído Não
Categorias EXO
Personagens Byun Baek-hyun (Baekhyun), Do Kyung-soo (D.O), Park Chan-yeol (Chanyeol)
Tags Baekhyun Poeta Baiano, Baeksoo, Bento, Dionísio, Kyungsoo Músico Grego, O Poeta Está Vivo, Shidai, Shidai 2021, Shortfic, Songfic, Soobaek, Viva Cazuza!

NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama / Tragédia, Gay / Yaoi, LGBTQIA+, Musical (Songfic), Romântico / Shoujo, Universo Alternativo
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de difamar ou violar as imagens dos artistas.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1
I. Entre sonhos e realidades.
2
27
6.062

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por helwa
Capítulo 1 - I. Entre sonhos e realidades.
Usuário: helwa
Usuário
Ô shidai linda do meu coração, o que foi isso????? Cara, não tem coisa melhor do que ler uma obra que se passa no meu brasilzinho, apesar de estar com tanta raiva de tanta coisa nesse país ultimamente, é impossível e até mesmo imoral negar que minhas raízes me deixam mais feliz ao ver histórias assim. Essa fanfic em específico me fez lembrar do porquê de eu amar o que você faz, porque foi através de uma BR!Au que eu descobri essa autora linda e apaixonada que é você. Fico até sem jeito comentando suas criações, porque como anteriormente, você sempre será minha inspiração, uma das ficws que eu mais adoro. Vamos lá, começar com a história, então. O que dizer sobre esses personagens cativantes que tu fez? Meu, o Bento Byun é uma coisa DE OUTRO NÍVEL, juro. Eu costumo pensar que sou aqueles bichinhos tipo tatu que se esconde de gente, sabe? E eu sempre sou meio que adotada por pessoas extrovertidas quando faço parte de algum grupo, na vida. Esse Bento seria uma das pessoas extrovertidas, tenho certeeza. Esse carisma me contagia e me faz querer entrar na fanfic pra abraçar ele, meu deus do céu! Senti uma vontade tão grande de protegê-lo após ver tudo o que ele sofre, sabe... Desde o início, essas questões dele ser bolsista me afetaram, porque são questões tão... Reais. Eu senti a dor dele, mesmo nunca tendo passado por isso, e vi com as palavras que ele é uma pessoa extremamente doce. Que rapazinho mais precioso ): Todo o ambiente foi criado de forma maravilhosa, aqui na cidade vizinha tem mitas construções mais antigas e bonitas, e eu seeempre as olho divagando como o Bento o fez. Caramba, o sentimento de me sentir representada, mesmo que por uma cena, foi enorme! Agora, sobre esse Dionísio... que homem perfeitooooooo gente do céuu. O momento em que o Bento entrou na nova sala de música e tudo em conjunto com os raios solares se fragmentaram no piano e na figura do professor, pareceu mágico. A conversa que eles trocaram me encheu de algo como, sei lá, uma fagulha de melancolia, sabe? Assim como a conversa entre o Bento e o pai dele. Poxa, sei bem o que é querer ser desenhista e escritora num mundo onde apenas a elite pode sobreviver disso (sem generalizar, claro), às vezes é como se o meu sonho tivesse longe e tão perto ao mesmo tempo. Dói, e eu vejo essa mesma dor nas palavras e nos atos do Bento. Mas o mundo não é só derrota, mesmo nascendo sem muitas vantagens, eu acredito no Bento! E, não só nele... Acredito em nós. Que os artistas possam realizar seus sonhos pelo mundo, mesmo quando só há uma folha amassada no chão e uma caneta falhando. Dionísio, seja aquela alma amiga que ele precisa. Minha ansiedade pra ler o próximo tá ENORME. Eu tô encantada. A sua escrita é uma das minhas preferidas, meu deus do céu. Vários quotes printados... Vai pro meu diário de leitura, aliás. Obrigada por escrever essas coisas lindas, nem acredito que é tudo de graça, meu deus... EU SOU AMIGA DE UMA ESCRITORA INCRÍVEL E NÃO PAGO PELAS OBRAS DELA ?? (ainda. Shidai book em breve).