História Coelhinho - Coelhinho - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Byun Baek-hyun (Baekhyun), Do Kyung-soo (D.O), Kim Jong-in (Kai), Park Chan-yeol (Chanyeol)
Tags Abo, Baekyeol, Chanbaek, Chanyeolômega, Esterioriotipo, Jonginômega, Kaisoo, Sookai
Visualizações 18
Palavras 1.102
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Comédia, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Antes de qualquer coisa, quero que saibam que essa fanfic não é nenhuma fanfic que para servir de inspiração, que vai contar uma história vai te inspirar ou mudar sua vida. Pelo contrário, é algo bobo, e propositalmente, é completamente cheia de esteriótipos e clichês. E uma estória pequena, para ler quando tiverem entediados. É apenas um coisa que surgiu na minha cabeça e quis postar ela, antes de começar a postar minhas futuras fanfics longs. Não esperem muito dela okay? Apenas curtam se é isso que estão procurando para ler.

Baekhyun e Kyungsoo tops, delícia né? Ah, os dois casais são igualmente importante, os dois são protagonistas, nenhum é secundários, mas quis começar por chanbaek, mas isso não significa nada okay?

Capítulo 1 - Lobo Mal


O alfa Baekhyun caminhava pensativo pela floresta. Não conseguira tirar da cabeça os dizeres do  amigo, as palavras ainda ecoavam na sua cachola. 


"— Baekhyun, ômegas coelhos são muito mais submissos, esses ômegas lobos de hoje em dia são muito exigentes — O alfa falava tentando convencer Baekhyun a procurar um coelhinho para poder se casar, pois segundo o mesmo, valiam muito mais a pena. — Eles fazem exatamente tudo o que a gente manda, comida na mesa e roupas lavadas, além de serem extremamente férteis!" 


O alfa nem tão alta assim, caminhava realmente refletindo sobre o assunto, já tinha seus quase 30 anos e era completamente só, morava em uma cabana enorme, e não tinha nenhuma companhia, além de ter que lavar a própria a roupa! Ora! Isso era uma afronta a sua classe. 



Foi tirado de seus devaneios ao ver uma movimentação estranha em arbusto ao seu lado, as folhas balançavam de um lado para o outro, fazendo um leve barulho. Pensou que talvez fosse o vento, mas logo foi atingido por um aroma adocicado, e extremamente viciante; Ômega.


Baekhyun sentiu se como se estivesse sendo levado pelo cheiro e seus pés não tivessem encostando no chão, parecia que estava flutuando, sendo carregado pelo cheiro. 


A curiosidade tomou todo o ser do jovem, nem se deu conta quando já estava afastando o arbusto para que pudesse ver o que estava acontecendo ali e de onde vinha o precioso aroma. 


Ao afastar algumas folhas e galhos, deu de cora com a cena mais excitante que já vira em sua não tão longa vida. Tinha um coelhinho ômega, de quatro, abocanhando uma frutinhas, completamente distraído, provavelmente nem tinha percebido sua presença ali - o que era completamente ofensivo para si, pois o alfa tinha um cheiro amadeirado que despertava a atenção de qualquer um -. Mas o que tornava a cena tão tentadora, era o fato do ômega está com o rabo virado em sua direção, com o rabinho branquinho e felpudo dando leves mexidas, e o fazendo perceber que aquele aroma inebriante, vinha daquela região, sim, vinha debaixo do rabinho felpudo. 


Sem pensar muito no que estava fazendo e sendo levado pelos seus instintos primitivos, o alfa se abaixou na altura da cintura do ômega que estava completamente distraído comendo suas tão deliciosas frutinhas, logo metendo o nariz, sem pensar duas vezes, naquela região, abaixo do rabinho branco, que era coberta por um tecido fino de uma peça de roupa. Fazendo o ômega enfim notar sua presença, soltando um grito alto e assustado. 


— O QUE??? — gritou, virando em sua direção.


Baekhyun ficou de queixo caído, ao pôr os olhos na beleza fora do normal, do jovem ômega de orelhas brancas avantajadas - mais que o normal -, que o olhava com grandes olhos redondos, completamente arregalados, com a boca de lábios fartos, completamente manchados de vermelho, pelas frutinhas que comia. 


— VOCÊ É LINDO! — respondeu o alfa Byun, quase babando em cima do ômega.


— Sai — o ômega falou amedrontado, saindo da posição em que estava, ficando de pé, deixando Baekhyun assustado, ao se dar conta da altura dele, o ômega tinha pernas enormes, ele era bem mais alto que si, mas isso só animou o alfa. 


— Que pernas enormes e suculentas, e você é tão gordo — falou essa última parte, ao olhar para o tamanho do bucho do jovem,  lambendo os beiços com vontade, estava com água na boca. 


Enquanto que, o ômega estava completamente assustado, tremendo da cabeça aos pés, seus pais sempre falavam para tomar cuidado com lobos, pois eles eram mal. Que ômegas fracos e inocentes como ele, deveriam se manter longe deles.  


O ômega só queria fugir para bem longe do alfa desconhecido. 


— Quero tomá-lo como meu — Baekhyun continuava babando no ômega, não tinha nenhuma dúvida, queria aquele ômega para si. — Tão apetitoso, ah, vou comer você todinho — ainda lambia os lábios com muita vontade, com muita água na boca. 


— Por favor não — o ômega entrou em pânico ao ouvir as palavras do lobo, ele queria comer ele? Não podia ser, era tão jovem para morrer. 


— Está decidido! Você será meu ômega — Baekhyun continuava falando, sem reparar nas palavras e no medo do ômega. — Leve-me até os seus pais. 


Como assim, até os "seus pais"?. Pensou o ômega. Ele queria comer seus paizinhos também? Não iria permitir. Então com uma súbita coragem, disse:


— NÃO! — falou cruzando os braços grande, fazendo biquinho e olhando para os lados. Não iria permitir que aquele lobo mal fizesse alguma ruim com os seus pais, tá, não era como se pudesse fazer contra, mas tinha pelo menos que tentar.


— Como? — perguntou chocado com o atrevimento do ômega, bom, ele era tão bonito que iria dá um desconto. — Vamos, me leve logo, não seja um coelhinho mal. 


— Eu não sou mal, você que é — falou ainda fazendo biquinho. 


— Eu não sou, pelo contrário, aposto que seus pais irão me amar. — E estava realmente seguro sobre suas palavras, qualquer um, iria querê-lo como genro, era um partidão! — o que está esperando? — Perguntou, estendendo a mão, delicada demais para um alfa, em direção ao ômega. 


Estranhou o receio do outro, o olhando com curiosidade, olhando nos olhos dele, o persuadindo, vendo o outro apenas o encarar sem muita reação. Baekhyun suspirou frustrado, era tão impaciente. Tá, talvez tivesse sendo muito rápido e por isso o medo do outro. 


— Como é seu nome hum? Eu me chamo Byun Baekhyun — tentou soar simpático, sorrindo para o ômega, mas com um sorriso muito assustador na opinião do jovem, parecia um lobo doido. 


— Não quero! — falou virando o rosto novamente, mas isso fez Baekhyun rosnar, não era tão paciente assim. O jovem estremeceu, mas logo respondeu — Cha-Chanyeol, Park Chanyeol — gaguejou devido ao medo. 


— Um lindo nome, para um lindo ômega — ainda sorria de maneira esquisita. — Pronto, já nos conhecemos o suficiente, não precisa mais ter medo, vamos, me leve ao meus futuros sogros. — falou pegando nas mãos de Chanyeol o puxando para qualquer direção. — vamos princesa, não seja teimoso, sim? 


Chanyeol não tinha forças e nem coragem para lutar contra o alfa que descobriu se chamar Baekhyun, o que tinha de alto, tinha de fracote e medroso. Iria o levar até os seus pais, talvez eles soubessem como se livrar daquele alfa anão, pois não sabia como fazer isso sozinho, e bom, não era tão longe dali afinal.


Era sua única opção. 



Notas Finais


Os capítulos vão ser curtinhos mesmo, não me odeiem.
Aceito críticas.
Até o próximo cap.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...