História Coexistence - ICarly e Victourius - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias ICarly, One Direction, Selena Gomez, Shawn Mendes, Victorious
Personagens André Harris, Beck Oliver, Carly Shay, Cat Valentine, Elizabeth Gillies, Freddie Benson, Gibby Gibson, Harry Styles, Jade West, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Rex Powers, Robbie Shappiro, Sam Puckett, Shawn Mendes, Spencer Shay, Tori Vega, Zayn Malik
Visualizações 38
Palavras 1.120
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Luta, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oieeeee! Como estão vocês, flores? Sei que demorei pra postar mas esse capítulo é meio grandinho e tem bastante falas. Então vou os recompensar com ele!
Boa leitura!

Capítulo 15 - Pessoa Horrível


2 dias depois..

POV Sam

-Deixa eu ficar, por favor?!- disse com voz de bebê.

-Amo quando você faz isso, mas não Sam.- Harry disse guardando a mochila na mala.

-Mas o médico disse que tem grandes chances dele acordar hoje!- Louis falou com os olhos brilhando.

-Por favor?!- Niall pediu outra vez.

-Zayn, da uma ajudinha aqui!- sussurrei pra ele que apenas observava a cena.

-Harry, olha o rosto dessas pobres crianças. O que a mídia vai pensar de você?- Zayn falou irônico e demos dedo do meio.

-Já chega! Todo mundo pro carro!- Harry falou impaciente e os meninos entraram, menos eu.

Cruzei meus braços e fiz bico. Ele me fitou, revirou os olhos e tirou do bolso, uma costeleta cheia de molho. 

-Isso é jogo sujo!- gritei indignada.

-Não é não.- disse e jogou a costeleta dentro do carro.

Fui correndo até o carro e quando fui entrar pra pegar a costeleta, Harry fechou a porta. 

-Ah Sam, você era a nossa única esperança!- Niall disse tristonho.

-Você caiu no truque dele?- Zayn perguntou e eu arqueei uma sombrancelha.

-Truque? Que truque? CADÊ A COSTELETA?- gritei ao ver que ele tinha me enganado. O olhei sedenta e ele arregalou os olhos.

-Sam, eu tô dirigindo!- falou quase num pedido de socorro.

Pulei no pescoço dele, o impedindo de ver a visão do trânsito. Não sei quem gritava mais: os meninos ou ele. Depois de alguns minutos, com muita gritaria e buzinas me tiraram de cima dele.

-Você é maluca!- disse recuperando o fôlego, enquanto estacionava o carro.

-Eu sei.- falei sorridente e eles continuaram com os olhos arregalados.

                           (...)

Entrei no meu quarto e fechei a porta. Coloquei meu pijama e prendi meu cabelo num rabo de cavalo. Afofei meu travesseiro e me deitei.

A cama não parecia tão fofa quanto antes. O quarto nem era mais tão bonito. A luz da lua, que antes passava pelas persianas e invadia o quarto, parecia não existir. Foi então, que percebi, que o problema não era a cama; o quarto e muito menos a Lua.

Levantei da cama, peguei minha coberta e o meu travesseiro, calcei minhas pantufas e fui ao quarto de Liam. Deitei me em sua cama e adormeci abraçada com seu travesseiro.

                          (...)

Vesti rapidamente um casaco e calcei minhas pantufas. Desci as escadas, quase que correndo, tranquei a porta da frente e entrei no carro.

-Você vai sair assim?- Zayn disse se referindo ao meu pijama e eu revirei os olhos.

-São três horas da manhã ok?!- falei impaciente.

Chegamos no hospital e fomos correndo pro quarto de Liam. Que conversava com o médico.

-Estamos aqui!- Louis gritou ao entrar na sala, como se fosse uma lista de chamada.

-Acordei vocês?- Liam disse quase num sussurro.

-Pois é!- falei apontando pras minhas pantufas de macaco.

-Então amigo, vai fazer a cirurgia?- Harry perguntou.

-Não.- Liam respondeu me deixando surpresa.

-O que?! Você está maluco Liam?!- disse indignada e já sentindo meus olhos marejarem.

- Não vou arriscar a minha vida numa cirurgia que nem é tão necessária assim.- eu não estava acreditando no que ouvia.

-"Nem é tão necessária"? É claro que é necessária! Você vai perder a chance de se curar?!- disse deixando uma lágrima escapar.

-Sam por favor, não chora.- disse e eu neguei com a cabeça.

-Não dá Liam. Não dá.- disse e saí do quarto.

Eu sei que a decisão é dele e tudo mais, mas eu não consigo ver ele rejeitar um tratamento que vai melhorar a vida dele e concordar com isso. 

Enquanto andava distraída pelos corredores do hospital, acabei por esbarrar em alguém. "Aí!" Falei num sussurro, ainda com a mão na testa.

-Me descul..Shawn?- perguntei ao perceber quem era o indivíduo.

-Ér..Oi..Sam.- falou sem graça.

Sua boca sangrava um pouco e suas mãos estavam machucadas. Tinha também, a camisa manchada com um pouco de sangue. A fitei assustada e o puxei pra uma sala aleatória.

-Nós não podemos entrar aí..

-Cala a boca!- o puxei pra dentro e fechei a porta.

-Tinha alguns caras lá e..

-Você quis bancar o herói de novo. - falei irritada, enquanto procurava o interruptor pra acender as luzes.

-O que você está fazendo aqui?

-Liam tá internado. Ou estava. Não sei. Nem quero saber dele.- disse finalmente acendendo as luzes.

-Hm.

-O que significa "hm"?

-Que eu não me importo.

-Peraí querido. Essa frase é minha.

Ele se aproximou e começou a alisar meu rosto. O olhei confusa e quando percebi o que estava prestes a acontecer, o empurrei pra longe.

-O que foi?

-Você tem namorada Shanw. Não vou ser o motivo do seu término.- falei sincera.

-Você sabe tão bem quanto eu, que meu relacionamento nem se pode ser chamado assim.- se aproximou novamente e segurou o meu rosto.

-Mas isso não é descul...- parei de falar quando ouvimos alguém abrir a porta.

-Vocês não podem ficar aqui.- disse uma enfermeira.

-É, nós sabemos..- Shanw falou sem graça e eu concordei.

-Então saíam logo!- falou e saímos.

POV Shawn

Saímos daquela sala e começamos a caminhar pelo hospital. Na verdade, a Sam tentava me evitar mas eu estava indo atrás dela.

-Qual é o problema?- perguntei rindo.

-Para de me seguir?- continuou andando a minha frente.

Segurei ela pela cintura, virando-a para mim. Me aproximei e alisei seu rosto. Ela estava corada e assustada. Não sabia como reagir. Com esse jeito envergonhada, me arrancou um breve sorriso. Ela sorriu tímida e aproveitei este momento para lhe roubar um beijo.

-Shawn.- sussurrou entre os beijos que eu roubava.

-Hm?- disse dando outro selinho nela.

-Eu não posso fazer isso.- me afastou com cuidado.

A olhei relutante e ela negou outra vez. 

POV Harry

Liam estava conversando com os garotos, enquanto saí pra procurar a Sam. E quando finalmente a encontrei, me arrependi:

Ela estava beijando o Shawn. Como se nada mais importasse; como se o Liam não estivesse doente; como se tudo estivesse bem.

Respirei fundo ao vêr a cena, que tanto mexeu com o meu coração. Não entendi o porquê, mas preferi esquecer daquela sensação. 

Caminhei até eles e toquei no ombro dela, que ao me ver corou intensamente e o empurrou pra longe. Ri de leve e Shawn revirou os olhos.

-Vim ver como você está. Mas parece que já tem uma ótima companhia.- falei fingindo não me importa.

-Nós não..Eu não...- ficou na ponta do pé e me abraçou.

-Ok.- disse a apertando em meus braços e com um sorriso bobo no rosto.

Ainda com os braços em volta de meu pescoço, se virou e fitou Shanw. 

-Eu vou indo nessa..- falou sem graça e saiu.

Ela voltou a me abraçar e logo senti lágrimas molharem minha camisa.

-Eu sou uma pessoa horrível. Eu ajudei uma pessoa a trair. Eu não consigo aceitar e apoiar a decisão do meu melhor amigo.- falou chorando e eu a apertei.

-Você não é uma pessoa horrível. Você é a Sam.- disse isso e ela me soltou.

-"Você é a Sam"?- falou como se fosse um peso.

-Sim?

-Eu não quero ser a Sam.- disse com o olhar triste e longe. 

A abracei forte, com medo dela fugir daqui. 









Notas Finais


Estamos com 19 favoritos❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...