1. Spirit Fanfics >
  2. Coffe - FACK >
  3. Um anjo caído...

História Coffe - FACK - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Desculpem por sumir, minhas aulas começam em janeiro e minha cabeça explodiu...
Espero que gostem!!!

-Choco

Capítulo 5 - Um anjo caído...


Fanfic / Fanfiction Coffe - FACK - Capítulo 5 - Um anjo caído...

~°•19:47 pm•°~

~°•Jack•°~

Já estava chegando a hora... eu ia ver o famoso Finn Wolfhard. Meu uber estava chegando, em mais ou menos 2 minutos iria chegar para que eu fosse me encontrar com ele. Assim que o homem parou em frente a minha casa, eu senti um arrepio, mas era bom, como aquela sensação de que tudo está dando certo, ou de receber um presente. Eu sabia que ele ia estar lindo, mas ainda estava curioso, "ele realmente me ama?" " Eu estou bem?" E milhares de pensamentos negativos e positivos aleatórios. O cachecol de Jullie me aquecia e me deixava tão confortável. Eu sentia que ela estava me dando um de seus abraços quentes e macios, as vezes ela lembrava o Olaff de Frozen, haha... 

Eu saio do carro e pago o motorista. Logo em seguida vou até a tal praia, e lá estava deserto,  com- pletamente vazio. Eu estava quase chorando, já havia passado das oito, e nada dele. Fiquei mais nervoso, apeetando minhas mãos nos bolsos e tocando em meu cabelo. Eu pensdi em ir embora mastropecei e...

~°•Finn•°~

Eu peguei Jack por trás e o abracei forte, mas queria -preferia- um beijo daquela boca vermelha. Ele estava quase chorando e isso partiu meu coração, ver alguém triste, principalmente alguém tão fofo é horrível. Eu continuei o abraço por mais alguns segundos, eu apertava sua cintura e ele um pouco abaixo do meu pescoço.

~°•Narradora•°~

Finn o vendou e levou Jack a um lugar separado da praia, um local onde havia uma mesa, velas, duas cadeiras e uma toalha vermelha com tons de branco. 

- Vo-Você gostou?- perguntou Finn com um sorriso de canto.

- C-claro que sim!!!- Jack chorou em seu peito, envolvendo seus braços em seu pescoço. 

- Sente-se, Pequeno.

- Obrigado, Poste!

O jantar foi servido por um "garçom". Tocava uma melodia calma e bonita no local. Eles acabaram e se retiraram do " restaurante" e foram à outro lugar daquela praia bela. Era tão bonita a vista dos morros de areia, que por sorte estavam altos. Eles se estavam juntos, apreciando a vista maravilhosa do céu e das estrelas. Estavam felizes e isso era o que importava, realmente se amavam e isso dava para enxergar de longe, naquela noite, eles se uniram, se conheceram melhor e juntaram as mãos. Era tão fofos juntos. Finn era 10 cm mais alto que Jack, mas seu corpo se encaixava tão perfeito no do menor, como se fossem feitos realmente para um ao outro. Romeu e Julieta e Adão e Eva eram o mesmo que nada perto de Fack. Eles continuaram o encontro em um dos parques maravilhosos da cidade. Era realmente bonito, tinha árvores de todas as cores, bancos públicos brancos, postes retrô, Flores coloridas e muitas lojas e casas.

~°•22:52 pm•°~  

Eles tomaram sorvete, andaram, conversaram, tocaram as mãos e nada estava desconfortável. Até que o celular de Jack tocou 

~°•Ligação on•°~

- Jack!?

- Mamãe?

- Onde você está? Já está tarde e nada de você em casa!

- Estou passeando com um amigo. Não se preocupe, estou ótimo. 

-Não me assuste mais! Ficamos preocupados! 

- Não se repetirá! Eu te amo, ja estou a cami-     nho de casa, até.

- Até, Rapazinho!

~°• Ligação off•°~ 

-Bem...tenho que ir...

- Eu te acompanho, não vou deixar você sozinho uma hora dessas. 

-Tudo bem, Finn. 

-Vamos, então... 

- Sim, quero chegar logo em casa...

- por que? Está com medo?

- Não, eu sou corajoso de mais.

~°•Jack on•°~

Finn me deixou em casa, nos despedimos e eu entrei. Tirei meus sapatos e meu agasalho. 

-Já chegou, Jack?

-Sim, Mamãe, estou aqui na sala

-Seu pai mandou um beijo, ele ja está dormindo

-Tudo  bem, Boa noite!

Boa noite, meu pequeno...- ela me deu uma beijo e eu retrebui.

Subi as escadas e Jaeden já estava dormindo, suas roupas pareciam ter sido colocadas com pressa, provavelmente pela sua impaciência com objetos inanimados. Seu livro estava aberto na mesa, junto de um bilhete de cor lilás, mas ignorei. Troquei minha roupa e vesti o meu pijama azul com branco preferido. Deite sob a cama, me cobri e fiquei pensando em uma frase que Finn me disse pouco antes de me levar aqui para casa: "Eu sou um demônio, já você, Um Anjo caído..."


~°•Continua•°~


Notas Finais


-Obrigada por ler
-Desculpe qualquer erro ortográfico
-Digam quem vocês estam shippando
-Espero que tenham gostado e um beijão

Choco~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...