1. Spirit Fanfics >
  2. Coffee Shop >
  3. 02

História Coffee Shop - Capítulo 3


Escrita por: maxxx_

Notas do Autor


Antes eu sofria, agora eu sou fria 😫🖐️

Capítulo 3 - 02


Fanfic / Fanfiction Coffee Shop - Capítulo 3 - 02

Deidara havia acabado de  chegar em sua casa, teve um dia exaustivo, tudo o que queria fazer agora era se sentar na frente da jenela de seu quarto e desenhar enquanto olhava a chuva que não tinha começado a muito tempo. Exatamente como eu disse, ele queria porém a sua mente só pensava em uma coisa...naquele maldito Uchiha! Porra, o loirinho passou o dia todo pensando nele e em como ele era gostoso.

- Desenhar, vamos desenhar! Estou começando a pensar besteira.– O mesmo vai até a sua tela de pintura e começa a olha-la pensando no que poderia desenhar.– Humm...uma paisagem não seria uma má ideia...

Então depois dessa frase Deidara pega um lápis e começar a fazer um esboço de seu desenho, seus movimentos eram serenos, desenhando sutilmente na tela para que não marcasse após o contorno, deixou um pouco de lado a sua pintura e conectou via bluetooth seu celular na sua caixa de som, colocando uma de suas músicas prediletas para tocar.

Depois de algumas horas ali, Deidara continuava a pintar, para ele era como uma terapia, ele pintava e seus problemas fugiam, parecia que sua cabeça desconectava da realidade e iria pro seu próprio mundo, e como um passo de mágica o tempo passava e ele nem percebia, mas isso é bem normal, geralmente é isso que acontece quando fazemos o que gostamos ficamos horas e horas fazendo aquilo que nem percebemos que o tempo já se passou.

- Deidara, meu filho você já não deveria estar dormindo?– Kushina, sua mãe aparece na porta de seu quarto dando esse pequeno aviso.

- Ah, oi mãe.– Ele para de desenhar e abaixa o volume da caixa de som– Não precisa se preocupar e aliás ainda são nove da noite.

- Filho, vai dar duas da manhã. Fui beber um copo d'água agora, e no relógio eram uma e cinquenta.

- Que? Já?! Eu nem percebi o tempo passar, que droga! 

- É melhor você ir dormir agora se não amanhã estará indisposto para ir pra faculdade, e sem contar que irá trabalhar mais amanhã, não é?

- Sim, eu vou, eu irei dormir agora. Boa noite mãe.–Falou colocando seu pincel em pote de água para pode limpa-lo.

- Boa noite, não se esquece de desligar tudo, a conta de luz está ficando cada vez mais cara.

- Pode deixar.– Ela foi de volta para seu quarto.– Já são quase duas? Caramba, quando eu fuir começar a desenhar era umas nove e pouca...ah, em vez de pensar nisso é melhor eu ir dormir. 

E assim foi, Deidara se ajeitou e foi direto para sua cama. Não demorou nem dois segundos e o loiro capotou, ele estava realmente cansado.


E o dia chegou com raios solares adentrando em seu quarto, batendo no rosto dele, que se encomodou e virou sua cabeça para o lado na tentativa de voltar a dormir mas logo o seu despertador toca e ele é obrigado a levanta-se para pode ir pra sua faculdade. O loiro se desperta rapidamente com um bom banho de água morna e vai tomar seu café assim que termina de se troca.

- Hum Dei, você poderia me levar para a escola hoje?– Falou Naruto, indo na direção de Deidara que estava preparando algumas coisas para ir embora–Estou com uma baita preguiça de ir andando.

- Aí não sei não Naruto, você sabe que a mãe não gosta de você andando comigo de moto, e inclusive na última vez que você foi, tu quase caiu.

- Por favor, Deidei! Te pago vinte pratas!

- Não, obrigado. Já vou indo.

- Você é tóxico!–Ele revira os olhos para tentar demonstrar reprovação.

- Hahaha, aí ai...vou lembrar disso na próxima vez que você me pedir pra comprar pizza. 

- É brincadeira, você sabe que eu te amo! Tô só zuando, desculpaaaa!

- Eu sei, cabeça de pika.

- Vai me levar ou não?

- Levo só se você me der aquelas vinte pratas e ainda irá me ajudar a arrumar a casa.

- Beleza! Vamos.

- Pega um capacete pra tu.

- Tá.– Após alguns minutos Naruto volta com o capacete e finalmente os dois Uzumaki's vão embora. 

– Pronto, esse é o seu destino.– Diz parando na frente da escola de Naruto.

- Merda...- Naruto resmunga.

- O que foi?

- Por que você não parou um pouco mais distante da entrada? Sério, agora todos estão olhando.

- Qual o problema disso, Naruto? Você nunca teve vergonha disso.

- É mais agora eu tenho! Esse colégio não é como o outro!– Naruto estudava em outra escola, mas infelizmente ele teve que sair no meio do ano e entrar nessa nova, e ele não está muito contente. – Eles vão me zuar...

- Eles já fizeram bullying com você antes? 

- Talvez...

- Já teve alguma agressão verbal ou física?

- Só verbal...

- Manda eles tomarem no cu, e se continuarem te enchendo o saco eu dou uma surra neles.– Os dois caem no riso.– Agora vaza, eu tenho que ir pra faculdade, você pode ir embora sozinho? Viu direto pro Ichiraku hoje.

- Acho que sim, mas o clima não está muito bom.

- Mas é bom, você não toma banho a quanto tempo? Um mês, hein?

- Eu tomo banho todo sábado, tá bom?

- Idiota, agora sai logo vai, tô falando sério se eles te baterem eu devolvo por ti.

- Não posso ir com você não? Vai, você me coloca na bolsa! Eu acho que me encaixo certinho.– Deidara deu um pequeno suspiro e saiu da moto fazendo seu irmão mais novo ir junto.– Dei-deidara, o que vai fazer?!

- Vou falar com o diretor.–Diz tirando seu capacete

- Não! Não estraga a minha vida!

- Eu vou fazer o a o contrário, vou ajudar a sua vida!

- Deidara, eu tô falando sério. Não!– Naruto tinha medo em sua olhos, dava pra ver, suas mãos começaram a tremer.

- Por que não? Do que você está com tanto medo?

- É difícil de explicar, por favor, não faz barraco.

- Eu só não vou fazer um barraco porque irei me atrasar, mas eu quero saber o que aconteceu depois, ouviu?– Diz colocando seu capacete novamente e se sentando na moto novamente.

- Sim, eu te conto tudo agora vai embora! Tchau.

- Tchau.– Fala dando partida.

°Q.D.T° 

– Konan, você acredita que o Naruto tá sofrendo bullying?

 – Sério?! Meu deus, sofrer bullying é a pior coisa do mundo, acaba com sua autoestima e cria inseguranças. Você conversou com ele direito?

- Sim eu sei, eu já sofri é horrível, vou conversar com ele mais tarde. Não quero que meu irmão tenha medo de uns panacas.

- Qual é treta dessa vez?– Hidan chega se sentando no balcão, não tinha nenhum cliente então não tinha problema ele fazer isso.

- Meu irmão tá sofrendo bullying.

- Vixe... isso é terrível.

- Eu sei...

- Você tem que ensinar ele a bater nos outros, sabe? Aprender a se defender.

- Sim, eu sei Hidan. Porém conhecendo o Naruto, do jeito que ele é todo pacífico ele irá tentar resolver na base de um diálogo, tenho certeza absoluta.

- Hum... então a última coisa a fazer é contar pro diretor.

- Eu acho que não é uma não ideia também, eu falei para ele que iria contar e o Naruto ficou apavorado, como se contasse para o diretor seria muito pior. Vou esperar até a noite, assim irei poder julgar melhor a situação.

- Qualquer coisa, amigo, me chama que a gente dá uma porrada naquela idiotas.– Konan e Deidara começam a rir com a frase de Hidan– Não entendi. Tô procurando a graça, e olha não estou achando.

- Desculpa, é só que essa frase ficou um pouco engraçada!– Konan disse entre risos e Hidan acaba cendendo as gargalhadas de seus amigos, até que o sino que fica pendurado na porta toca avisando que um novo cliente entraria e apareceu a quem eles menos esperavam...




Notas Finais


Não se esqueçam de comentar, isso é muito importante, preciso saber se vcs estão gostando.

Amo, o jeito que eu me refiro a vcs porém só tem uma pessoa lendo essa fic kkkjkkkkkjjk



Cada “K” é uma lágrima...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...