1. Spirit Fanfics >
  2. Coincidências do Destino >
  3. Capítulo 2

História Coincidências do Destino - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Essa imagem foi a mais próxima a eu consegui pra "descrever" o André, só desconsiderem o cigarro :3 kkkkkkkk

Ah, o ponto de vista dessa vez é do André. Espero que vcs gostem...:3

Capítulo 2 - Capítulo 2


Fanfic / Fanfiction Coincidências do Destino - Capítulo 2 - Capítulo 2

POV: -André-

Dia 27 de março de 2020/06:15 da manhã.

“Que sem graça...” falava André, enquanto escovava seus dentes no banheiro, pensando sobre como o dia poderia ser. Ele morava sozinho por consequência de seus pais estarem ausentes por um motivo que o fez ter uma dura e triste infância conturbada de problemas.

- Que merda... Parece que eu vou ter comprar leite antes de ir para o colégio...

André sai de seu pequeno apartamento para ir comprar leite. Quando chega a loja de conveniências se depara com uma situação meio inesperada, ele vê uma garota que estudava na sua antiga escola, que agora parecia estar com o uniforme de sua atual escola, Breck Highschool, “ Aquela garota, eu acho que conheço ela... Se eu não me engano ela estudava na minha antiga escola, e o seu nome era Em...” sem aviso nenhum a gorata se aproxima de André e chama sua atenção.

- Ei você, tu estudava comigo no meu antigo colégio, Truee Academy, o seu nome e André não e?

“ Merda... Ela me reconheceu. Oque eu posso fazer agora? Hummm... Não sei!” tento me fazer de desentendido porém ela ainda insiste a o ponto de me deixar muito estressado.

- Sim sim é você mesmo... Como eu poderia me esquecer de você e aqueles seus pais drogados... Como eles estão? Ainda presos, hahahahaha...

- Por favor não fale assim DELES!! Eu me excitei muito e acabei chamando atenção desnecessária na loja, mas foi tanta atenção que até às pessoas foram perguntar se estava tudo bem.

- Calma gente, não precisão se preocupar eu já estou de saída. Boa sorte nas suas compras André... E tomara que seus pais saiam logo da cadeia, ou não né, a gente se vê pelo colégio.

“ Agora eu me lembrei... Essa raiva que eu estou sentindo agora...! Só poderia ser ela... EMMA!” André estava tão furioso que após comprar o leite e voltar para seu apartamento apenas pensan em como a odiava a mesma.

Após chegar em seu apartamento e tomar seu café André começa a pensar em seu passado e como ele era alvo de bullying na sua escola anterior, “ Eu sei que nunca fui uma pessoa com muito dinheiro... Mas esse não era o motivo que me fazia ser bullynado pelos meus antigos colegas de classe... O real motivo era os meus pais... Eu sempre soube sobre que eles eram traficantes, ladrões, golpistas ou qualquer outra coisa. Mas eu também sabia... Que eles faziam isso por mim... Só para tentar me dar o melhor do melhor. E por isso eu me metia em muita confusão, sempre que mexiam com a minha família, por este motivo eu era bullynado e aquela menina de antes... A Emma... Ela era a pessoa que mas me fazia sentir um lixo humano... Mas eu lutei para sair daquela situação...e agora que eu estou morando em outra cidade eu pensei que poderia recomeçar... Mas parece que eu estava errado, nada vai mudar e eu vou continuar sozinho”. André sai de seu apartamento e vai para a escola.

Em caminho para escola André escuta um grito e corre para ver oque é. Quando chega próximo a o local do grito ele vê duas pessoas caídas com dois homens em volta, era um menino e uma menina. “ Eu prometi para mim mesmo nunca mas me envolver em qualquer tipo de briga, dentro ou fora da escola... Mas eu não consigo resistir!” André corre na direção dos dois homens e de forma Rápida e inesperada André derruba os dois homens no chão e grita para os dois, que estavam no chão, correrem.

- CORRAMMMM!! AGORA!

Depois deles terem corrido André pega outro caminho para confundir os homens que ficam sem saber o que fazer e acabam não fazendo mas nada por enquanto. “ Eu não acredito que eu to correndo de dois caras! Porque diabos eu fiz aquilo!??” André acha um lugar isolado e fica lá por um tempo até tudo se acalmar.

- Merda eu tô atrasado. Melhor eu me apresar logo e ir para o colégio.

Chegando no colégio André pede desculpas para o coordenador e vai para a sua sala de aula. Entrando na sala de aula André se depara com as duas pessoa que avia salvado, além de haver na sua sala também a presença de Emma. “QUE MERDA!! PORQUE EU ESTOU SENTIDO UM CLIMA ESTRANHO!!?”. O olhar de André se encontra com o de todos os três. Que só consegue pensar no oque iria acontecer a seguir.


Notas Finais


Espero q vcs tenham gostado, podem deixar suas dúvidas nos comentários, opiniões também e sugestões...mas só se vcs quiserem comentar kkkk

Logo eu irei postar o próximo capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...