História Cold Girl - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Fogo, Frio, Garota Fria, Gelo, Inverno, Magia, Romance
Visualizações 4
Palavras 1.029
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Poesias, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Linguagem Imprópria, Mutilação
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Prólogo



           Blake era invadida pelos raios de sol que ultrapassavam as janelas iluminando os imensos corredores. Enquanto os alunos corriam de um lado para o outro a procura de sua sala, a diretora Mable entrava em passos apressados por um dos corretores desviando dos alunos. Enquanto isso , uma garota cujo a metade do rosto era coberto por uma capa branca com detalhes em azuis caminhava de Cabeça baixa apertando suas mãos umas nas outras. 


-Skyler?- Uma voz familiar lhe chamou.


-T-tia Mable ? -Levantou os olhos para a mulher vestida elegantemente sorrindo para a mesma.


-Que bom que está bem! Pensei que algo tinha acontecido com você. Quando me avisaram que você tinha sido solta ,eu me desesperei! Onde você estava? Como você está? Aconteceu algo?- Perguntou abraçando-a. 


-T-Tia.... Eu estou bem.-Disse timidamente, pois não estava acostumada com aquele tipo de afeto. 


-Que bom! Pensei que não se lembraria de mim. Como você cresceu! Está tão linda!- Disse enquanto a guiava para sua sala. 


-Sua mãe ficará feliz em te ver. Sabe onde vai ficar? 


-Ainda não sei. Tenho medo de machucar alguém.-Disse tristemente.


-Pode ficar aqui comigo.Minha proposta de te dar uma vaga de estudos aqui ainda está de pé.


Skyler pensativa respondeu: 


-Tia, eu adoraria ficar com você depois de tanto tempo presa. Mas eu não tenho controle dos meus poderes. Tenho medo de machucar as pessoas e...


-É justamente por isso que quero que estude aqui. Nossos professores são muito bons e vão te ajudar a controlar seus poderes para você poder ter sua vida cheia de liberdade! Já perdeu 10 anos da sua vida! Por que não aproveitaa enquanto é tempo? Você é jovem e bonita! Vai conseguir superar as dificuldades. 


O silêncio predominou por alguns segundos enquanto algumas lágrimas contornavam o rosto de Skyler.


-Está bem. Ficarei aqui!- sorriu ainda com lágrimas nos olhos.


-Ah, que felicidade! Venha cá! - disse puxando-a para um abraço no qual Skyler hesitou um pouco. 


-Vou ajeitar tudo para você. Roupas, materiais, quarto, tudo! 


Mable sempre quis ter uma filha . Já que em toda sua vida , teve apenas dois filhos que no momento participavam da guerra de reinos aliados. Ela já tinha se apegado a Skyler desde os seus 3 anos e agora cuidaria da mesma como sua própria filha, dando sua vida de presciso.


-Obrigada tia, eu realmente fico muito agradecida! 


-Enquanto eu arrumo suas coisas,o que acha de dar uma volta pela escola?

-E-eu posso ir?

-è claro Skyler. As coisas aqui são diferentes ! Voce pode ir a qualquer lugar.Quando era pequena,lembro que adorava observar sua mãe enquanto plantava rosas. Temos um jardim bem grande aqui se quiser dar uma visita. Se precisar de qualquer coisa ou se alguém te incomodar, pode me dizer está bem? 


-Está bem, eu direi. Obrigada novamente. -Sorriu. Levantou-se e saiu da sala respirando aliviada por não encontrar ninguém no corredor.


     Evitou deixar suas mãos muito perto de qualquer coisa. Não queria acabar congelando a escola inteira por acidente. Enquanto observava os quadros nas paredes atentamente. Um quadro de uma paisagem lhe chamou atenção.  Um campo com grama verde é uma rosa bem no centro era iluminada pelo sol. Skyler estendeu a mão levemente. Ao tocar suavemente sob a rosa,  o quadro começou a se congelar. Skyler rapidamente afastou sua mão apertando-a contra seu coração. Entristecida, respirou fundo e continuou caminhando. Olhou pela janela onde avistou o jardim. Sorriu. 


     Caminhou em direção ao jardim observando as rosas vermelhas e brancas. Uma rosa Azulada caiu no chão. Skyler se agachou pegando a rosa em suas mãos. Sorriu olhando para a mesma. Era a única diferente das outras e estava ali, no chão . A rosa começo a congelar, mas por algum motivo ,Skyler não sentiu a tristeza invadir seu coração como nas outras vezes em que não conseguia controlar seus poderes. 
Despertou do transe ao ouvir um barulho  do qual julgou sendo de um galho sendo partido.Ela virou assustada escondendo a rosa atrás de suas costas. Os olhos arregalados denunciavam seu desespero. 


-Desculpa, não queria te assustar.-Disse o garoto. Ele tinha  cabelo da cor Vermelho com os olhos esverdeados. Ele disse num tom calmo enquanto a avaliava a garota.


-N-não me assustou.


-Seus olhos dizem o contrário.-Sorriu vendo o nervosismo de Skyler.


-E-eu tenho que ir. -Saiu em passos apressados para dentro. O garoto não havia entendido a situação. Mas algo lhe tinha chamado a atenção. 
Skyler tratou de ir para dentro da escola. Fazia algum tempo que não tinha contato com tantas pessoas assim. Skyler estaria se forçando a tentar se enturmar sem que as pessoas saibam do seu poder de gelo. O motivo? 


       Skyler pertencia a classe elementar. Terra, água, fogo e ar. A habilidade de gelo faz parte da fusão de água e ar . Ou seja, prescisam de duas pessoas ou até mais para gerar gelo. Skyler nasceu como uma habilidade incomum de conseguir produzir gelo sozinha sem pertencer a  classe de água. Seu plano , era manter isso em segredo pois não queria que as pessoas a julgassem ou a chamassem de fria como a Chamavam desde seus 10 anos de idade. Isso era um tormento para Skyler. Não sabia o motivo,mas todas as pessoas falavam e repetiam que ela era fria. Seduziu ser pelo seu poder de gelo. Essa seria a oportunidade perfeita para sozializar e provar até talvez para si mesma de que as pessoas estavam erradas e que o helemento de seu poder não definiria quem ela era.


        Encontrou a biblioteca . Encantada , correu os olhos pelas imensas prateleiras a procura de um livro que lhe chamasse a atenção. Seus olhos automaticamente pararam no livro: "O garoto Do Sonho". Skyler o pegou e seguiu as escadas para o segundo andar sentado na janela observando a paisagem. Respirou fundo pensando se tomou a melhor decisão ao aceitar ficar com sua tia. E se os guardiões fossem atrás dela de novo? Isso ela não deixaria acontecer. 


Seu plano de conseguir se enturmar sem ser chamada de estranha ou fria era duvidoso. Não queria chamar atenção. Por isso esconderia seus poderes ao máximo. Ninguém poderia descobrir. Pelo menos, era isso que ela pensava.


Notas Finais


Continua?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...