1. Spirit Fanfics >
  2. Colecionadora - SasuSaku >
  3. Kiba

História Colecionadora - SasuSaku - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Os primeiros capitão serão curtos por ser só um complemento pra história ♥️ Boa noite !

Capítulo 2 - Kiba


Fanfic / Fanfiction Colecionadora - SasuSaku - Capítulo 2 - Kiba

Chegamos ao 2° perigo do 'amor' Eficiência.

Já aconteceu de de se magoar sentimental e dizer a si mesma "eu nunca mais vou amar", comigo com certeza sim, mas eunao sabia que iria cair nessa tão rápido de novo.

Depois de metade da escola já saber o que aconteceu, tive que me acostumar com muita coisa, mas os rumores eram os piores, lembro que no outro dia um grupo de meninas comentavam "ouvi dizer que ele comeu ela e não gostou, por isso terminaram." Acredite, esse foi o boato mais leve sobre mim e Sasori, que não se importava nem um pouco.

Eu comecei a ficar fã de ir a biblioteca, quase ninguém usava, era o melhor lugar pra ficar na escola, então comecei a criar o abto de ler.

Um dia conheci Kiba um menino que procurava um livro e o ajudei a achar, nesse tempo eu ajudava vários alunos com isso, ele era tão gentil, e me ajudava nas tarefas, conversei com ele sobre o que realmente aconteceu ano passado prós boatos surgirem e me sentia segura. Tinha algo bom nele, eu podia estar já apaixonada mas me negava a pensar que era só eu a sentir isso, ele me olhava com algo a mais.

Eu não era de ir em festas pra evitar rumores, aliás ninguém fazia questão de esquecer o que 'aconteceu'. Kiba me chamou pra ir na festa na casa dele, e aceitei, ele era meu amigo, não faria mal.

Chegando lá, eu me senti uma nova pessoa, ninguém me olhava torto ou falava sobre o assunto, como se nunca tivesse acontecido, me atrevi até mesmo beber uma bebida, depois de um tempo Kiba me chamou pra conversar e me pediu pra entrar dentro do quarto dele, logo falou que queria transar comigo.

(Essa parte da história é um fato real o qual já denunciei a muito tempo.)

- Ei, Kiba somos amigos, não quer estragar isso né ? - Falei já tremendo nitidamente.

- Qualé! Sakura, não seja ingênua, qual a graça de ter uma amiga ? - aquilo foi o fim da minha noite, meus olhos se enchiam de água.

- Eu vou gritar, Kiba, se você me tocar, eu juro que vou gritar. - falei recuando meus passos tentando abrir a porta.

- Se você gritar eu vou te bater, tá me entendendo ? Você quer isso ? - falou apertando meu rosto, me pegou pelos braços e me jogou na cama.

Minha cabeça estava um enorme branco eu era fraca, estava lúcida, mas a bebida amoleceu meu corpo.

- Kiba. - Disse quase em súplica. - Tudo bem, mas usa camisinha.

- Boa rosada. - o mesmo saiu de cima de mim e foi até a comoda, nesse momento abri a porta e corri, não percebi que ele não veio atrás de mim, mas eu corri até não poder mais.

Chegando em casa liguei pras meninas que não estavam disponíveis no momento, então não disse nada nos dias seguintes, nada disso vazou, Kiba também não olhava pra minha cara, e tudo voltava como era antes.

Eu já não tinha mais tristeza, eu sentia raiva, raiva de relacionamento, pra aonde eu olhava via algo tóxico.

Kiba nunca me pediu nada ou me deu uma aliança, mas já me deu um pirulito de anel que eu guardo junto com o do Sasori pra me lembrar de ter raiva, agora eu ia virar lésbica, quem sabe assim ?

Mas tem coisas que não mudam, percebi isso ao ter um professor substituto chamado Kakashi.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...