1. Spirit Fanfics >
  2. Colega de quarto do meu crush - Lee Jeno >
  3. My princess

História Colega de quarto do meu crush - Lee Jeno - Capítulo 23


Escrita por:


Notas do Autor


Demorei mas cheguei!!!

Obrigada pelos comentários do capítulo passado e por umas mensagens, sério, vocês me deixam felizes a cada capítulo novo 😍😍 Boa leituraaaa

Capítulo 23 - My princess


Entramos no ginásio barulhento. Todos estavam ocupados demais para nos encarar, aliás, já estava no ápice da festa.

- Vou falar com os meninos antes, tudo bem? - ele falou perto do meu ouvido para que eu pudesse ouvir, mas mesmo assim, só aquela atitude me fez ter calafrios.

- Vou ver as meninas. - disse em seu ouvido apontando para as meninas que olhavam para nós dois. Elas tinham notado nossa entrada, sim.

Jeno apenas confirmou sorrindo e eu saí em direção as minhas amigas. No mesmo instante, Jiho e Eunbi sorrirem maliciosamente. O local que elas estavam não tinha muito barulho, o que eu agradeci por poder conversar com elas normalmente.

- Você e o Jeno estão...? - Jinah abriu um sorriso fofo me olhando com certa expectativa. Mas eu não sabia se tínhamos algo.

- Não sei. - disse sincera pendendo uma de minhas mãos no meu outro braço.

- Por que você sabe? - Jiwoo disse agitada se soltando de seu namorado. - Você não passou todo esse drama para não saber se estão juntos ou não.

- Sun, o que aconteceu? - Jiho perguntou, mas antes que eu pudesse responder, Minji apareceu de braços dados com o Mark.

- Meu Deus, você veio! - ela gritou de forma eufórica e vindo me abraçar, mas depois deu um tapa em meu braço. - Vocês não sabem como eu insistir para fazer ela vim para cá.

- Mas acho que ela teve outro tipo de motivação. - Eunbi sorriu erguendo as sobrancelhas.

Minji estava claramente confusa, acho que ela não havia me visto chegar com Jeno, deveria estar beijando Mark nessa hora.

Minha amiga olhou ao redor e mirou no Jeno.

- O Jeno veio. - ela sussurrou. - Pensei que ele não ia vim, desculpa. - ela olhou para mim com uma cara triste.

- Minji. - eu a abracei bem forte e falei no seu ouvido. - Eu vim com Jeno.

- Quê?! - ela se afastou de mim olhando atentamente para meus olhos. - Como assim?

- Ele veio me buscar e deu uma desculpa esfarrapada dizendo que meu batom estava borrado, mas detalhe, eu não estava de batom. - falei para que todas as meninas e seus namorados, que também eram meus amigos, ouvissem. Mark já estava na roda de amigos com Jeno. - Enfim, eu que tomei a iniciativa e beijei ele. - pisquei para Jiwoo que sempre me incentivava a dar as iniciativas.

- Minha garota! - ela deu tapa na minhas costas com uma cara de orgulho.

- Acho que ele está falando a mesma coisa. - Miyoung falou apontando com a cabeça para a pequena roda dos meninos que estavam perto da entrada. Mark fazia uma troca de batidas com o Jeno enquanto sorria.

- Vamos falar com eles. - Minji segurou em meu braço e foi andando para nossos pares.

Não sabia como reagir em frente ao Jeno já que sabíamos o que sentíamos um pelo o outro e de certa forma estamos quase juntos. Mas não precisei fazer nada, dessa vez, ele tomou a iniciativa entrelaçando nossas mãos novamente.

- Por que não vamos lá fora? - Minji sugeriu e concordamos.

Saímos em direção ao estádio, fazendo nós quatro sermos os únicos naquele caminho. Mas no meio dele, Minji parou puxando Mark e o beijando. De início, eu e o Jeno ficamos perplexos, porém continuamos a andar ainda nos mantendo por perto, com nossas mãos ainda juntas.

- Por que você veio atrás de mim? - perguntei surpreendendo até a mim mesma, curiosa com toda aquela situação.

Jeno parou de andar e se encostou em um poste que iluminava aquele pequeno caminho que fazíamos em uma rotina comum.

- Eu soube que você chorou quando saiu do meu dormitório. - ele começou. Droga, Jisung! - E também fiquei sem reação alguma ao ver você falando tudo o que eu sempre sonhei que você falasse. Não sei porque esperei uma semana para falar com você, talvez por causa do CSAT que está se aproximando ou porque ainda não tinha o que fazer.

Não consegui dizer nada, apenas o abracei bem forte fazendo ele retribuir o meu abraço e reencostando sua cabeça na minha. Com o tempo, consegui ouvi as batidas do seu coração e o afago que ele dava em minha nuca.

Jeno foi se desfazendo nosso abraço, mas não o suficiente para que suas mãos não saíssem do local. A mão que estava na nuca, foi lentamente indo para minha bochecha acariciando de leve com seu polegar direito.

Os olhos dele fixaram em meus lábios. A mão dele que estava em minha cintura, foi me puxando para que nossos corpos ficassem tão colados como se ele quisesse fundir seu corpo ao meu.

Ainda olhando para meus lábios, ele umedeceu os seus e finalmente iniciou um beijo lento entre nós. Era lento mas fazendo com que nós pudéssemos aproveitar cada segundo dele.

Minha mão subiu até sua nuca acariciando os poucos cabelos que ali ficavam.

As mãos do Jeno desceram para o meu quadril, além de morder o meu lábio inferior com delicadeza. Abri meus olhos para olhar para o garoto que já estava sorrindo bobo com aquela atitude que fez.

Retornamos ao que estávamos antes.

- Pensei que vocês só iam conversar. - Minji apareceu fazendo com que o beijo terminasse ali mesmo. - Me sinto enganada.

- E você que chamou a gente e começou a beijar Mark de repente. - repliquei fazendo uma cara de deboche e deixando o outro Lee envergonhado.

- Ela não resisti ao maravilho Mark Lee! - o mais velho zombou da própria "quase-namorada" que deu um leve tapa em braço.

- Vamos dançar. - eu falei sorrindo e puxando a Minji para voltarmos a festa.

Passei boa parte da noite dançando com minhas amigas, enquanto nossos pares, juntos com os meninos do terceiro conversavam animadamente encostados na parede.

Foram vários estilos de música no repertório, de agitada até mesmo as sensuais. Minhas amigas sabiam dançar e de certa forma aquela pequena roda chamava muita atenção.

Após meus pés começarem a doer por causa dos saltos, fui me sentar deixando a roda das garotas para trás. Vi Jeno me acompanhar e fazer o mesmo ficando de frente para mim, tendo apenas nós dois naquela mesa.

- Por que parou? - ele sorriu me dando um copo com água no qual aceitei sem hesitação. Bebi todo o líquido e olhei para ele.

- Meus pés estão doendo. - eu fiz uma careta em meio a dor que sentia.

Jeno fez com que sua cadeira ficasse mais próxima da minha. Suas pernas estavam ao lado das minhas, e suas mãos faziam com que minhas coxas fossem uma espécie de tambor que ele batia no ritmo da música enquanto olhava para a festa.

O silêncio de certa forma foi confortável, sabendo que ele estava ao meu lado já era o bastante. Mas de repente, suas mãos pararam de batucar minha perna, ficaram imóveis. Olhei para ele confusa e vi que estava olhando para um ponto fixo.

Acompanhei seu olhar vendo, um pouco longe da pista principal, Yeeun beijando Jisung. Aquilo foi muito inesperado, nem sabia que Yeeun estava naquela festa.

- Sinto muito. - eu mordi o lábio olhando para ele. Não foi nem pela garota, e sim pelo Jisung.

- Por que você sente muito? - ele perguntou olhando para mim sério e eu não sabia muito bem o que responder. - A pessoa que eu mais queria está aqui na minha frente, então você não tem que sentir muito.

Aquela noite, era um tiro atrás do outro, pois após essas palavras, Jeno apenas se inclinou um pouco para me beijar pela terceira vez naquele dia.

- Olha eles se beijando, gente! - a voz da Chaeyeon nos fez se separar rindo com aquela situação.

As meninas estavam puxando Chaeyeon para voltar para a roda e dando a ideia de ela pegar algum menino por aí para nos deixar em paz. Aquilo só me fez rir mais ainda.

- Você quer sair dessa festa? - Jeno perguntou me fazendo confirmar na mesma hora. - Suba nas minhas costas.

Franzi minha sobrancelha e não iria subir nas costas dele no meio daquela gente toda.

- Não. - disse me encolhendo na cadeira. - Tem muita gente aqui, e também não tem motivos.

O moreno se levantou e colocou as mãos na cintura. Olhou ao redor e fez seus braços ficarem por debaixo de minhas pernas, me dando um leve susto, e tendo cuidado com a minha saia também.

- Claro que tem motivos, seus pés estão doendo. - ele faz uma cara de óbvio e eu apenas escondia meu rosto em seu peitoral.

- Jeno... - eu falei com vergonha de toda aquela situação. Não conseguia ver a multidão que nos olhava mas consegui ouvir algumas pessoas sussurrando.

- Vou levar a minha princesa para o dormitório. - tive a coragem de levantar um pouco meu olhar e ver para quem ele estava falando, vendo nosso grupo a nossa frente. Dei um sorriso sem graça mostrando meu polegar.

- Cuida bem dela, Vossa Alteza. - Jiwoo zombou dele rindo logo em seguida.

Ele saiu comigo ainda em seus braços do ginásio e após passar pela metade das pessoas, envolvi meus braço em seu pescoço.

- O que vamos fazer? - o garoto me perguntou.

- Acho que Minji não vai para o nosso dormitório hoje. - eu falei tirando uma pequena sujeira que estava em seu ombro.

- Tudo bem, então. - ele sorriu.

Espero que a Minji realmente não vá para o dormitório hoje.


Notas Finais


Antes de qualquer coisa, só terá beijos, até pq tbm tem a classificatória.

VOCÊS VIRAM O BEIJO QUE ELE DEU NA SUN QUANDO APARECEU A @??? EU AMO UM CASAL

Mas enfim, vocês já assistiram "School 2015"?? Esse dorama tá me matando 😔✊


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...