História Colegas De Quarto - Imagine Gay Bang Chan - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Stray Kids
Personagens Bang Chan
Tags Bang, Chan, Gay, Homemxhomem, Imagine, Lindo, Marido, Meu, Stray Kids
Visualizações 168
Palavras 1.909
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OIN GENTEEN!!
Desculpa ter demorado pra postar ;-;
Tipo, como e já disse, eu tinha escrito tudo, mas ai a babaca foi la y apagou tudo diofjsiofjdsiofjsodif
Desculpem a demora mas prometo que tem CENAS FORTES nesse cap
Ou nem tanto
MAS TEM INTERAÇOES LINDAS UHUUU
Só isso, bjs y até o proximo cap :3

Capítulo 4 - 004


Até a aula terminar, não trocamos mais nenhuma palavra, mas ao terminar, Chris saiu da sala rapidamente com uma cara abatida. Ele parecia estranho, mas como eu poderia saber o que passava na cabeça na cabeça dele? Apenas perguntando. Arrumei tudo o mais rápido possível para correr atras dele, infelizmente havia o perdido, demorei muito para pensar no que faria. Como não tinha mais muito o que fazer, segui para minha rotina, não poderia ficar procurando Chris por todo canto, isso também seria invasão em sua vida, não quero pertuba-lo. Ando pensando muito nele, deveria parar, eu também tenho uma vida.

Mesmo falando que não, eu não deixei de pensar se Chris estaria magoado comigo, eu nunca consegui entende-lo mesmo, parecia que ele ficava muito chateado comigo, mas sempre voltava ao normal, como se nada tivesse acontecido. Isso me confunde muito, ele é uma pessoa muito confusa.~
~~

Já estava tarde, eu estava cansado de hoje, cheguei no dormitório mas Chris ainda não. Fui tomar um banho e colocar algo mais confortável, quando de surpresa recebo uma mensagem. Changbin.
Mensagens**
Putasso: Hey, amanhã, a festa, eu esqueci de falar
Vai rolar no campo de grama, sabe?
-Ah sim, quase me esqueço mesmo kk
Até amanha então
Putasso: Te espero la!
Boa noite! <3
**

Um coração? Que coisa meiga, nem parece ele escrevendo, de qualquer forma, quase estava indo para uma festa onde não fazia ideia de onde seria, só eu mesmo. Apago as luzes e me ponho para dormir, mesmo sem Chris ter chegado ainda, estou preocupado, mas vou pensar que não é nada demais.

Acordo no meio da noite com um barulho da porta sendo aberta, a luz do corredor ilumina todo o quarto e posso ver Chris entrando pela mesma. Ele a fecha calmamente, provavelmente achando que estou dormindo, e vou continuar fingindo.
~~

Os raios do Sol invadiram o quarto, me acordando, mas com uma pequena ajuda de Chris, chamando meu nome e me chacoalhando sem parar. Me levando rápido com uma cara que deveria estar linda, tão que Chris riu ao me ver. Fecho minha espressão na hora, e eles tenta se controlar o máximo.

_Tão cedo Chris? Porqueeee? - Pergunto fazendo uma voz de choro, eu apenas queria dormir até atarde no dia livre.

_Hoje a gente pode sair daqui, vamos dar um passeio! Sair um pouco daqui, né?

_Que tal um passeio pela terra dos sonhos? - Volto a me cobrir e Chris rindo de mim, voltando a me chacoalhar. - Eu só queria dormir, esta cedo!

_Cedo? S/N, são uma hora da tarde! - Ele responde, me fazendo levantar rapido e surpresa. Não sabia que já estava tarde assim. - Você esta sem comer desde ontem, vai passar mal. Vamos sair um pouco e comer fora!

_É, sim, sair um pouco não faz mal. Vou me trocar então.

Vejo a felicidade em seu olhar e seu sorriso se abrir. Chris concorda com a cabeça. Saio de la e vou passar uma água no rosto, ai que horror! Não demoro muito para me arrumar e sair do banheiro, ao fazer o ato, vejo Chris me olhar de boca aberta, fico um pouco envergonhado sentindo seu olhar tão pesado em mim. Sera que exagerei em algo?

_E então, estamos indo? - Ele pergunta, parando de me olhar fixamente.

_É, pode ser...
~~

Estávamos andando calmamente pelo centro da cidade, trocando algumas palavras algumas vezes mas o assunto sempre fugia. Não sabiámos ao certo onde almoçar, só estávamos rodando a procura de algum lugar bom.

_Acho que estamos andando ah muito tempo, não é melhor sentarmos em qualquer lugar? - Chris murmura irritado, o que me faz dar um sorriso.

_Que tal ali? - Aponto para uma lanchonete que estava do nosso lado. - Pelo menos a gente come algo.

_Melhor do que nada, não?

Nos aproximamos da lanchonete e nos sentamos em uma das mesas de la, e rapidamente um atendente vem anotar nossos pedidos e logo sai. Ficamos sozinhos conversando um pouco, mas logo isso acaba quando uma pessoa inesperada chega à nós. Changbin.

_Ah ola vocês dois, não esperava vocês aqui! - Changbin se aproxima de nós e se senta em uma das cadeiras, vejo Chris revirar os olhos.

_Claro que não... - Chris murmura olhando para outro lado, Changbin o olha na hora para Chris.

_Oi Changbin, que surpresa, vai se juntar á nós? Que ótimo! - Eu estava tentando não fazer os dois brigarem. Sabia que se não se gostavam, mas achei que já estivessem mais amigos.

_Ele? Aqui com a gente? Nem pensar! - Chris já começava a ficar irritado e eu não sabia como conter toda a situação.

_Wow você não precisa ficar bravo, só queria passar aqui pra ver meu amigo!

_Você sabe que eu não te curto desde o começo, você deve estar aqui só pra me provocar! - Chris levantava a voz para Changbin, que já estava meio levantado da cadeira.

Não sabia o que fazer, estava totalmente atordoado, não sabia o que fazer com esses dois. Chris estava se levantando e apertando forte seus punhos, pronto para dar na cara de Changbin, mas seguro a mesma

_Gente, para! Vocês não vão começar a brigar agora né? - Ambos me olharam quando terminei. - Acho que já tem muita gente olhando pra ca né?

Sinto a mão de Chris relaxar e os dois pararem de discutir. Changbin da as costas sem falar mais nada e sai, nos largando la. Voltamos a nos sentar, porem Chris ainda estava segurando a minha mão, me deixando um pouco avermelhado, apenas soltou quando a comida chegou.

_Olha, desculpa eu ter perdido a cabeça. - Chris começou enquanto estávamos comendo, ele estava cabisbaixo.

_Não tem problema, com essa briguinha já deixou muita coisa clara.

Vi um sorriso brotar em seu rosto e fiz o mesmos. Ao terminarmos de comer, Chris pagou tudo, fiquei sem graça por isso, mas ele insistia, e voltamos a andar pela cidade conversando e rindo de coisas bobas da vida. Em todo caminho de volta, andamos de mãos dadas, devo ter ficado vermelho o caminha todo pois parecíamos um casal de namorados. Mas segurar sua mão era tão bom, sentia mais seguro assim...O que eu estou pensando?

Voltamos para a faculdade meio tarde, eu estava cansado, só queria deitar e dormir, e parece que Chris também. Eu havia deitado na cama para não sair.

_Já vai dormir? Achei que você fosse com o Changbin naquela festa. - Chris me acordou para a realidade, ainda tinha essa maldita have...

_Eu não estou com vontade de ir, Changbin deve estar muito putasso comigo agora!

_Ah mas você só vai por alguém? - Balanço minha cabeça positivamente. - Então vai por mim!

_Me diga que não me ama e estará mentindo!

_Eu te amo! - Ele diz e me da uma piscadinha, me deixando confuso.
~~

Já estávamos naquele campo, a musica alta e tudo ah céu aberto, uma bagunça. Quando olho para os lados não vejo mais Chris, aish! Vim por ele e ele me deixa sozinho! Comecei a andar pelo campo e cheguei até um bar no meio do campo, quem tem essas ideias? Me sentei em um dos bancos e pedi uma bebida, é claro que eu podia beber, eu sou maior de idade. Quando iria virar um gole alguém me impediu.

_Bebes não deveriam beber. - Era Chris, ele havia voltado. Sem responder virei o copo garganta a baixo. - Você na verdade é maior de idade?

_Engraçadinho, né Christopher?

_Você me chamou pelo nome todo? Esta bravo ou algo assim? - Nem havia notado o que tinha dito até ele falar. - Você podia de chamar só de "Chan".

_Vocês tem quantos nomes por acaso? - Virei mais um copo, iria acabar ficando bebado, mas Chris me acompanhou e virou um também, soltando um risinho.

_Vários, mas só certas pessoas podem me chamar de certos nomes.

_"Chris" é para os estranhos e "Chan" para seus paqueras?

_E para os que eu já conquistei "Amor".

Desde quando estávamos flertando? Isso é estranho, mas não é como se eu quisesse parar. Estávamos conversando e virando os copos, estávamos completamente bêbados, igual a todos ali. Ao longo do tempo as pessoas foram indo embora e ficamos apenas em poucas pessoas, então decidimos fazer um jogo, o tão chiche Verdade ou Desafio. Estávamos em poucas pessoas, não seria algo tão ruim assim. Nos sentamos todos em roda um do lado do outro e uma garrafa de bebida no cêntro.

Funcionava normal, porem, duas verdades um desafio, se forem duas verdades seguidas, um desafio, se você se recusar a falar a verdade ou fazer um desafio, vira uma garrafa. Boas regras para pessoas chapadas. Começamos de leve, Ten perguntava para Seulgi o que ela queria.

_Vamos de verdade!

_É verdade que você é apaixonada pelo Jimin? - Todos fizeram um "ooooh" de suspence.

_Ah, mas é claro que não! Todo mundo sabe da minha paixão pela Iretera! - Nenhum dos dois estavam aqui, o que deixa tudo mais chato, Sulgi gira a garrafa novamente. Taeyong.

_Verdade ou desafio machão?

_O machão vai de desafio!

_Eu quero que você se declare para a Hwasa agora! - Todos voltaram a fazer os sons de "oooh" e Taeyong se levantou e se ajoelhou em frente a Hwasa. e começou a falar.

_Você, luz da minha vida, não tem outra flor tão bela quanto ti neste campo! - Ele parou um pouco para pensar e todos começamos a rir, inclusive ele. - Você concerteza não sera mais uma de minhas putas, te quero porra!

Todos começam a fazer sons fofos e os dois acabam de beijando no final, que coisa linda! Taeyong gira a garrafa e agora ela parou em Chan. Ambos se encaravam maliciosos, até Taeyong perguntar verdade ou desafio, e Chan responder verdade.

_Nos diga Chris, quais suas verdadeiras intenções com nosso novato? - Espera, eu? - Vimos vocês conversando no barzinho na festa inteira, rolou algo?

_Minhas intenções só as melhores amigo! - Chan falava com uma calma, como se eu não estivesse aqui! Estou perplexo.
~~

O jogo continuou e sem cair em mim nenhuma rodada, nesse meio tempo já haviamos bebido mais algumas e falado mais algumas besteiras. Estava muito tarde mas todos jogando ainda, estava esperando cair em mim, pelo menos uma vez. E claro que esse desejo se realizou, Momo foi quem girou.

_Verdade ou desafio?? - Ela perguntou.

_Desafio!

_Eu te desafio a dar um beijo no Chan, já que rolou um clima a gente faz acontecer!

Não acredito, todos começaram a fazer barulhos e a gritar. Me levantei e me dirigi até Chan, que fez o mesmo, estávamos frente a frente e todos nos olhando. Mesmo bêbado estava receoso, mas fiz. Segurei em seu rosto e puxei seus lábios aos meus e os colei. Foi um beijo lento porem gostoso, sua língua esfregou em meus lábios pedindo passagem e eu segui o fluxo. Nos separamos depois de um tempo e voltamos a nos sentar nos olhando sorrindo. O que eu acabei de fazer?? Todos a volta estavam fazendo barulhos e gritando. Voltamos ao jogo e ele seguiu, mas agora com mais dessa putarias, eu (in)felizmente não fui obrigado a beijar mais ninguém naquela noite.

Quando percebemos que era 5hrs da manhã, todos saímos e voltamos para nossos dormitório, inclusive Chan junto comigo, estávamos meio envergonhados pelo que rolou, mas não posso mentir, adoro.


Notas Finais


Espero muito que vcs tenham gostado ;-;
Aqui vai creditos a Bia que me falou da briga iasjfsodijfdsiojf
Te amo po :p


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...