História Colégio Holicky - Parte 1 - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Novela, Original, Romance, Yuri
Visualizações 21
Palavras 985
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Incesto, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Mais um capitulo quente...

Capítulo 4 - Recepçao Prazerosa... Parte 3


|Sábado...|

 Tinha escutado uma voz pensei fosse coisa da minha cabeça, virei para outro lado e voltei dormir... Mais de repente meu celular começa tocar loucamente só agora que me lembrei que era hoje grande dia... Levantei da cama quando vi as horas cara dei aquele pulo corri para banheiro tomar banho.

 Assim que eu entrei ela estava de joelho vomitando até alma, nunca foi de beber ou na minha frente. Ela usava mesma roupa de ontem noite parece nem se troco e pelo cheiro forte álcool já não era de imaginar que isso fosse acontecer. Olhou para mim deixou passar e entrei no boxe.

Samantha: Senhora está bem?

Mãe: Ah...? Sim estou... Hoje não é?

Samantha: Que?

Mãe: Vai para aquele colégio?

Samantha: Sim, e hoje.

Mãe: Ligaram hoje pela manhã, ela deve estar aqui em breve.

Samantha: Ela?

Mãe: Hm... Er... Ah o nome dela Kim.

Samantha: Ah, sei quem é.

Mãe: Bem... Tome seu banho, fique pronta.

Samantha: Tá.

 Será que ela não lembra do que fez ontem? Tirei roupa e comecei tomar banho foi ai senti algo tocar a minha bunda. Olhei para trás era minha mãe passando mão, e eu fiquei sem reação isso estava ficando estranho não sabia que fazer. Quando me jogo contra parede ela tava tão gelada senti certo arrepio.

 Tinha quase mesmo olhar da Kim... Aquilo era como feitiço mais nessa situação eu não podia deixar acontecer. Consegui empurra-la peguei toalha corri pro meu quarto e tranquei porta. Só me faltava essa um incesto entre mim e minha mãe. Não sei que deu nela mais comigo não vai acontecer de novo.

 Enfim depois dessa bagunça toda estava na hora, meu pai me ajudou descer com as malas. Acho que duas seria suficiente mais coloque outras coisas na mochila pra caso eu precise delas. Kim tava estava para chegar eu também tava pouco nervosa e quase não acreditando estou indo embora pra realizar meu sonho. Entrei na cozinha lá tava ela tomando café da manhã até achei estranho por essa hora sempre está trabalhando olhei para meu pai pergunte que tinha acontecido.

Samantha: Pai?

Pai: Que foi querida?

Samantha: Que houve com mamãe? Ela anda pouco estranha?

Pai: Ah... Sabia estava esquecendo de alguma coisa, ela e irmã gêmea da sua mãe.

Samantha: Que?!... Mamãe tem uma irmã gêmea? Nossa eu nem desconfiava as vozes quase Idêntica.

Pai: Exatamente, ela chegou ontem de Madri. Queria ter avisado antes.

 Nunca iria desconfiar que ela fosse irmã. Cara ela tem mesmo rosto só que muda e a cor dos olhos. Na hora nem tinha percebido por causa da ação rápida dela ela pouco mais alta que minha mãe, única diferença segundo meu pai irmã tem marca pescoço de nascença, sendo minha mãe nas costas.

Pai: Não, é Mia?

Mia: Sim, verdade.

Samantha: Certo...

Pai: Ela já deve estar caminho então, boa sorte querida e me ligue assim que chegar lá está me ouvindo?

Samantha: Pode deixar eu ligo sim.

Pai: Ótimo, bem vou trabalhar cuidado lá em?

Samantha: Posso me cuidar sozinha.

Pai: Juízo.

 Agora que eu sei da verdade pude ficar mais tranquila, respirei fundo e eu entrei na cozinha meu café estava pronto puxei cadeira me sentei. Mia não parava de olha pra mim ela era muito parecida com Kim apesar dela nem chegar aos pés dela.

Mia: Então, tem namorada? Ou namorado?

Samantha: Não.

Mia: Está brava comigo? Por ter tocado em você?

Samantha: Não mais...

Mia: Sabe, acha que me engana? Penso não iria perceber estava me vigiando?

Samantha: Er...?

Mia: Masturbando vendo gente transando na mesa, você gozou bastante na escada e tive trabalho para limpar. Sua bunda tão gostosa que por pouco não chupo sua linda bela vagina.

Samantha: Onde quer chegar?

Mia: Vejo que não e mais virgem... Até imagino quem fez você gozar.

Samantha: Fique longe de mim...

Mia: Existe uma coisa que você não sabe.

Samantha: Mesmo?

Mia: Já transei com sua mãe mesmo sendo irmãs, e era como monstro na cama em toda minha vida nunca vi algo igual. Mais perdi ela quando se casou com Josh. Tive que ir embora por causa da faculdade.

Samantha: Que isso tem a ver comigo?

Mia: Nada e claro... Quase tive chance de provar seu gosto.

Samantha: Você louca...

Mia: Hahahaha... Gostei de você, que pena vai embora.

Samantha: Ainda bem...

Mia: Mais acho... Devo dar meu presente de despedidas...

Samantha: Que você?!

 Merda não tive tempo de reagir, ela me jogou no chão tirou minha saia com tanta violência rasgo minha calcinha. Tentei escapar mais ela lasco aquele beijo em mim parecia como aquela vez... Feitiço fosse lançado apenas com um olhar, seus lábios eram carnudos eram perfeitos para beijar.

 Ela abriu minha blusa arranco meu sutiã começou lamber meus peitos, queria parar mais meu corpo queria esse prazer. Quando ela tirou blusa seus peitos soltaram em meu rosto eram tão redondos perfeitos que eu chupei todinho era minha vez provar o sabor.

 Fiquei por cima dela e fui descendo devagar passeando língua em seu corpo lindo até chegar na aba da legging. Abaixei aquela calça e quando vi sua vagina lisinha eu enfiei boca lá comecei fazer. Usei tudo que sabia... Era tão deliciosa que não dava pra parar agora.

 Gente fez aqui mesmo no chão da cozinha sem medo de alguém aparece pega gente no flagra... Meu coração batia tão rápido pensei fosse sair pela boca, todo meu corpo tava pegando fogo que nem precisei dela fazer mesmo comigo... Acabamos gozando juntas... Soltei aquele gemido tão alto fiquei sem fôlego...

 Levo uns minutos para poder voltar ao normal, sentia tudo tremer quase que eu não consigo me levantar. Quando pude ficar de pé tinha alguém parada atrás do balcão e essa pessoa era nada mais do que Carol. Ela me olhava espantada e ao mesmo tempo surpresa com que acabou de ver.

Samantha: Você...?!

Carol: Mais que porra essa?!


Notas Finais


pega no ato.
que vai acontecer agora?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...