História Colégio Interno - Capítulo 12


Escrita por: e danielms97

Postado
Categorias A Guarda do Leão, Rei Leão, Supernatural
Personagens Beshte, Bunga, Dean Winchester, Fuli, Gogoi, Janja, Kiara, Kion, Kovu, Nala, Ono, Personagens Originais, Pumba, Rafiki, Reirei, Sam Winchester, Sarabi, Sarafina, Simba, Timão, Vitani, Zazu, Zira
Tags Kiuli, Kopani, Kovara, Rei Leão, Tlg, Tlk
Visualizações 50
Palavras 3.267
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eu: Ooooi gente, voltei com mais um capítulo!
Kopa: depois de dois séculos ela volta!
Kovu: pois é! 😒
Eu: Foi mal! Eu estava sem tempo para atualizar as histórias!
Kopa: você nunca tem tempo e deixa os leitores esperando!
Eu: então escreve você!
Kopa: não, obrigado! Kkkkk
Eu: Jasiri na capa, boa leitura! 😘

Capítulo 12 - E agora?????


Fanfic / Fanfiction Colégio Interno - Capítulo 12 - E agora?????

Zira P.O.V

Simba foi tão burro agredindo verbalmente meus filhos! Agora eu vou poder tirar todo o dinheiro dele com um simples processo, levando ele diante da justiça! Aahhhh, como eu estou feliz! Pelo menos para isso meus filhos serão úteis, vou fingir que mudei e que quero o bem deles, mas tudo não passará de uma enorme farsa para roubar o dinheiro de Simba!

Mas é óbvio que eu não poderia falar isso pra eles. Não, não. Devia dizer que estava ali para defendê-los, para combater aquela injustiça. Ahhh, que injustiça na hora certa!

-Mãe? - Nuka me acorda daquele devaneio que eu vivia parada na porta de entrada, logo após os três me cumprimentarem. Não pareciam muito receptivos... eu tinha um trabalho a fazer!

-Desculpem, crianças! Estava passando um filme na frente dos meus olhos aqui, me lembrando... de tudo! - forço alguma emoção - do tempo em que eu era... bem... aquela pessoa que não gosto nem de me lembrar - consigo um efeito de espanto no rosto dos três... excelente! Estava no caminho certo! - De qualquer modo... mesmo as lembranças mais tempestuosas do passado têm algo de bom... poder comparar vocês três quando crianças... e agora!! Kovu, como você cresceu! Está lindo com esse penteado! Nuka, meu rapaz... você está muito bem! - menos da cabeça, continua quase tão lerdo como quando tinha sete anos - E Vitani!! O tempo te fez um bem danado, hein?? - apelo ao ponto fraco de minha filha, sua vaidade

Os três ficam me olhando como se eu fosse a coisa mais inusitada que tinham visto aquele dia! Eu estava atuando muito bem! Logo meus filhos irão se aliar a mim e assim poderei tomar tudo de Simba! Seu dinheiro, suas casas, seus bens!

-Obrigado... eu acho - responde meu caçula- Vamos entrar? - convida

-Obrigada meu anjo! Se tornou um perfeito cavalheiro, hein! - O elogio - e falando em mudanças - finjo uma feição de arrependida - Eu cometi muitos erros no passado, crianças! Mas eu mudei! E por esse motivo não posso deixar barato tudo que Simba disse a vocês, entendem? Quero ser a melhor mãe, a mãe que sempre mereceram ter! Ninguém vai colocar para baixo um filho meu! - dito isso eu os abraço, mas eles ainda estavam desconfiados... Eu tinha muito trabalho pela frente até conquistar a confiança deles!

-Sério? E como foi essa mudança? - pergunta Vitani

-Foi... bem... Foi muito difícil - vendo que aquilo não bastava, vejo que precisaria aumentar o discurso - Muito difícil por que o que eu mais queria era me aproximar de vocês, de tentar resolver isso com a presença de vocês... Mas eu não podia!

-Serio? - Kovu parecia ter começado a se abrir

-Sim! - forço emoção novamente - Quando eu soube que vocês entraram no colégio de Simba... Eu quase surtei! Eu sei que muito do que fiz foi errado, mas Simba não é uma boa pessoa. Vocês viram! De qualquer forma... preferi me manter afastada, afinal, eu já havia prejudicado demais vocês, não queria estragar a chance que vocês tinham de serem felizes naquele ambiente que parecia estar dando certo

-E o que pretende fazer? - Vitani pergunta com cara de quem não tá muito feliz

-Pretendo oferecer apoio pra vocês agora! Eu sei que anos de falha como mãe não se corrigem do nada, por isso quero dar certo espaço a vocês... Mas quero que saibam que estarei aqui por vocês! - Ahh, como eu mentia bem! - e, no momento, filha - lhe toco o ombro - Quero lhes dar moradia e lutar com vocês contra a injustiça de Simba!

-Ele ter nos chamado de ratos de esgoto foi muito cruel! - Fala o idiota do Nuka

-Exatamente, filho!! - concordo com ele - Sem que vocês não tivessem culpa alguma!

-Ele merece esse processo- concorda Kovu

-Com certeza merece! - digo - E quero que vocês tenham ao menos um pouco de justiça agora! Em breve a intimação chegará para ele é ganharemos a causa! Com o dinheiro reconstruiremos nossas vidas!

Quebra de tempo

Simba P.O.V

Levanto cedo. Aliás, tarde, mas há quem chamasse de cedo: oito da manhã. Minha cabeça parece ameaçar doer, e me lembro do dia anterior... Que rolo!

O problema daqueles malditos filhos da Zira eu já havia resolvido... Mas o dos meus filhos, dificilmente. Eles tinham amizade há muito tempo... a ponto de Kion defender eles mesmo depois de ser ofendido pelo mais novo... aquilo seria difícil de lidar.

Mas, sem problemas! Era um novo dia e eu tinha muito o que fazer. Vou à cozinha para o café da manhã:

-O que temos para o café? - pergunto a mãe de Fuli

-Temos frutas frescas e iogurte desnatado, além de café sem açúcar.

-O que? Isso lá é comida que se sirva no café? Isso não dá sustancia pra ninguém! Ainda mais para mim que malho! - já sinto a irritação me dominando

-São com base na dieta de sua esposa, senhor! - responde ela um pouco envergonhada

-DIETA?? - Nala já era magra, pra quê dieta?????

-Não sei dizer, senhor - força uma risada por educação - Só segui mesmo!

-Giovana!!!! - Chamo uma doméstica que trabalhava na casa - Quero que vá ao supermercado agora e me traga algo decente para comer! Não quero nada gorduroso, quero algo fitness, que dê músculos, ouviu? - falo em tom alto

-Senhor Simba, eu posso preparar algo pra você também! - diz a cozinheira

-Não, se vira aí com o café da Nala! - a corto com rispidez

-Tudo bem - diz enquanto se afasta

Que coisa!! Agora estavam querendo me privar de ter uma alimentação decente, na minha própria casa?? Mas era só o que me falta... - antes que eu completasse a frase, ouço o interfone. Já estava perto mesmo, decido atender

-Pois não?

-Intimação para o senhor Simba - responde uma voz meio rouca. Agora sim era só o que me faltava!!

-Intimação??- pergunto assustado

-Sim. O senhor Simba está?

-É o próprio - respondo - Já estou indo - digo ajeitando minha camisa e me preparando para enfrentar a situação. Intimação... será que era daqueles demônios?? Não... tinha sido ontem!! Como eles conseguiriam um advogado, tão rápido e tão bom para apressar a justiça assim?

Abro a porta e dou de cara com um cara de terno e gravata:

-Bom dia Sr Simba! - cumprimenta, mas não dou resposta, só permaneço com uma cara de bravo

-Intimação de quem? - vou direto ao ponto

-Em nome dos senhores Nuka, Vitani e Kovu

-Senhores uma ova... - balbucio - E qual o motivo?

-O senhor é acusado de cometer os crimes de injustiça social, abuso de autoridade, difamação, discurso preconceituoso, discurso de ódio, ofensa grave, além de perseguição familiar com antecedentes

-O senhor é advogado ou promotor? Delegado? Ou qualquer coisa relacionada? - pergunto

-Não, só entrego intimações! - Responde

-Ótimo! Então saia da minha casa, Agora! - aumento o tom pegando a porcaria da intimação das mãos dele

- Não antes de o senhor assinar aqui... - diz o homem enquanto pego a prancheta e a caneta amassada

-Feliz?

-E aqui... - ele vira a página

-Pronto? - pergunto nervoso

-Quase. Senhor Simba, a principio lhe sugiro guardar para si seus problemas, a menos que queira ter "desacato a funcionário publico" adicionado a essa... listinha. Mais que isso, no momento sou procurador da justiça, então trate de me respeitar! Agora sim: o tribunal será na quinta feira, 10:00h, no fórum da praça central. Preciso que o senhor assine mais este documento - me entrega outra folha -, o qual garante seu consentimento de que, caso não compareça, poderá ser submetido a uma prisão preventiva, tendo em vista as acusações registradas contra sua pessoa.

-Prisão? Vocês sabem quem sou eu? E isso aqui é uma acusação muito grave! Quero ver eles provarem isso! Precisarão de um advogado tão bom quanto a mim... - Acabo a frase e vejo o nome do advogado deles, assinado em baixo da intimação... Era o Howard, o meu principal concorrente, isso só me deixou mais nervoso! Eu tinha de arrumar um advogado excelente, o quanto antes!

-Talvez eles tenham... - diz o sujeito - Aliás, eles têm uma equipe de advogados... E várias cabeças pensam melhor do que uma, não é? - Agora sou encarado

-Pois é! Mas mais vale uma cabeça inteligente do que um bando de burros tentando demonstrar sabedoria, não é? - Ironizo - Já fez seu trabalho? Se sim peço que se retire de minha propriedade!

-Assim que me entregar os documentos - diz ele estendendo a mão para pegar a prancheta

-Aqui estão! - Forço um sorriso, que até uma criança perceberia ser falso

-Obrigado! - este retribui com outro sorriso falso - Como de praxe, comunico que o senhor deve comparecer ao julgamento, sob pena...

-De bla bla bla - corto sua fala - Eu sei! O-bri-ga-do!

-Passar bem - diz o homem se retirando

Fecho a porta e grito:

-F.O.D.A... S.E!!!!! Malditos!!!!! - Meus gritos eram ouvidos por todo o bairro

-O que foi, querido?? - Nala me pergunta, vindo correndo da cozinha

-O QUE FOI??? O QUE FOI????? Aqueles demônios me processaram!!! - Grito

-Quem? - pergunta incrédula de que alguém tivesse tido essa ousadia - Os filhos de Zira??

-NÃO NALA!!! Quem mais poderia ser??? - A ironia agora se fazia presente em cada frase que saía da minha boca

-Simba, calma! - diz ela agora ficando nervosa - Um processo não é o fim do mundo!

-MAS É UM PROCESSO VINDO DA CADELA DA ZIRA!!! LÊ AQUI Ó!!! - Lhe mostro o papel - Foi ela quem processou!!!

-Ameaça, discriminação, violência verbal... - ela pega o papel e começa a elencar as acusações - Simba, eles têm prova disso??

-Provavelmente não - tento me acalmar - Mas quem pegou o caso foi o Howard! Isso é mais uma tentativa dele de querer ser melhor que eu! E da Zira querer pegar meu dinheiro!

-Amor... - diz minha esposa contribuindo na tentativa de me acalmar - No máximo ela vai ganhar alguns milhares de reais! Isso SE o processo for julgado procedente! Se acalma...

-Me acalmar? Eu estou correndo o risco de ir para a cadeia e perder meu diploma em Direito! - Respondo voltando a fase do desespero

-Ir para a cadeia por essas acusações, Simba?? - Nala ironiza - Isso aqui, na pior das hipóteses dá indenização. Ou você acha... que a Zira poderia...

-Aumentar a história? Manipular o processo? Fazer parecer outras coisas? ARRUMAR FALSAS TESTEMUNHAS? SIM!!! - perco a paciência com a ideia

-Amor, calma! Todos os juizes te conhecem e sabem que você jamais cometeria algum crime! - Incrível como minha esposa era calma

-É, mas acontece que eu cometi, Nala!! - grito - Eu cometi. Vários. Simplezinhos, mas cometi!! E tenho certeza que a Zira vai aumentar as acusações sobre eles...

-Amor! Não tem nem como ela provar que você cometeu os verdadeiros, imagina para ela provar os falsos! - Diz Nala

-Papai, mamãe... O que está acontecendo? - Pergunta minha filha Kiara

-O que está acontecendo?? Está acontecendo que os seus AMIGUINHOS estão tentando me tirar dinheiro na justiça! Isso que tá acontecendo!! - grito

-Isso que dá ofender! - Eu acabei de ouvir o que eu ouvi? Ainda mais de quem eu penso que falou?? O Kopa!!!

-O que foi que disse? - Arqueio a sobrancelha

-É, pai - responde ele, tranquilo - Vão tirar uns trocados em cima daquelas ofensas...

-Você está do lado deles, Kopa? - Pergunto fazendo o possível para não perder o pouco da paciência que me restava.

-Não... - diz ele - Mas como o senhor costuma dizer... O que é certo é certo...

-É LÓGICO!!! - grito novamente - MAS É A ZIRA QUEM TÁ ME PROCESSANDO, RAPAZ!! ACHA QUE ELA QUER O QUE É CERTO??? ACHA QUE ELA QUER QUE EU PAGUE PELO QUE FIZ OU PELO QUE ELA VAI INVENTAR???

-A ZIRA? - Meus três filhos perguntam em uníssono

-É!!! - digo - Ou acham o que??? Que aquilo foi do nada??

-Mas... Kovu, Vitani e Nuka não tem nada a ver com isso! - Se impõe Kiara

-Não é? Tá na cara que isso foi armação deles! Até cego vê isso, e seus amiguinhos traíram a confiança de vocês! - Digo indo rumo ao escritório ligar para um grande amigo meu, o Malka, que era um dos melhores advogados do país!

Pelo canto do olho vejo meus filhos pensativos, talvez enxerguem que os amigos na verdade eram inimigos tramando contra eles o tempo todo!

Fuli P.O.V

Ahh, finalmente o sino bateu. Eu não via a hora!! Quero dizer... não literalmente. Porque na prática o que eu mais via nos últimos trinta minutos era a hora, naquele relógio moderno que insistia em lerdear seu movimento rumo ao meio dia sobre a lousa de última geração. Mas, finalmente chegou... e o sinal foi pontual!

Saio da sala para o almoço. Segunda pausa do dia. Tá aí uma coisa legal do internato: tínhamos lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e até lanche da noite. Sobre o espaçamento dos horários, não tinha o que reclamar!

É que aquele dia em especial eu tava meio perdida no meio de todo mundo... e das aulas extensas. Kion, Kopa e Kiara são da minha sala, mas desde ontem não os vejo, nem a Kovu, Vitani e O maluco do Nuka! A última coisa que lembro é do Simba passando furioso pelo corredor com minha mala rosa na mão sendo, depois de uns minutos, acompanhado pelos três... O que será que aconteceu? Estou sozinha no meio desse colégio enorme e não fiz nenhuma amizade até agora! Nem minha colega de quarto cheguei a conhecer, já que ela faltou ontem e hoje... Mas segundo o diretor, ela chega hoje a tarde, tomara que não seja mais uma patricinha metida, que é o que mais se vê nessa escola!

Vou até uma mesa vazia e me sento para almoçar. Não demora muito e sou abordada por uma dupla que contrastava: um gordinho bem "forte" e um magrelo "só os ossos". O magrelo me diz:

-Com licença! Você se importaria se nos sentássemos aqui? - ele tinha um sotaque estranho!

-Não - respondo - podem se sentar

-Obrigado! - diz, agora acompanhado do amigo

-Você é nova por aqui? - Pergunta o gordinho

-Sou... - digo com algum receio - Me chamo Fuli!

-Me chamo Beshte, e esse é meu amigo Ono! - Se apresenta

-Muito prazer! - Diz Ono, até que eram simpáticos

-O prazer é meu! - dou um sorriso - Então... vocês estão...

-Na sua sala! - se apressa Beshte

-Notamos que você está um pouco tímida... isso explica não ter nos notado no canto direito! - Ono brinca

-Jura? - Pergunto espantada - é que estou um tanto perdida... Era para meus amigos me apresentarem a escola, mas eles sumiram!

-Quer dizer os filhos de Simba? - O magrelo questiona

-Eles estão encrencados... O amigo comenta

-Como assim, encrencados??? - pergunto com espanto no olhar

-Eles eram amigos dos filhos da maior inimiga do Simba, a Zira! E o Simba descobriu - responde Beshte

-E como sabiam que eram eles os meus amigos? - Pergunto

-Vi vocês chegando juntos ontem - fala Ono - Você namora o Kion, não é?

-O que??? - coro no instante - Ficou maluco??

-É que achamos que vocês seriam um belo casal! - Chega uma garota de lindos olhos azuis escuros - Prazer, sou Jasiri! Sua colega de quarto. - Me estende a mão

-Prazer, Fuli! Quero dizer... Já deve saber meu nome, né? - brinco, tentando ignorar o que haviam acabado de dizer

-Mas vem cá - diz a garota - Você está morando na mansão dos Landucci??

-Como sabe? - pergunto de supetão, causando espanto da mesma

-Os meninos da sala comentaram sobre isso, provavelmente Kion disse para eles! É que todos aqui conhecem os Landucci, são a família mais rica do país! - Fala Jasiri

-Ahh, sim! - pego mais leve - Não tem problema! E, sim, moro na mansão deles...

-Que legal! - Exclama Ono - dizem que o Simba é chato, é verdade? - Pergunta o garoto

-É, bom... - digo novamente com receio - Ele e a esposa são ótimas pessoas, sabem!? Ele só perde a paciência às vezes

-Entendo! - Diz Beshte

-Mas você e o Kion heim? Vi uma química entre vocês! - Começa novamente Jasiri

-Dá um tempo! - digo - O Kion é um bo... idiota - tento me conter

-É que a Jasiri tem uma queda pelo Kion! - Brinca Ono

-Tenho mesmo, ele é muito gato! - Responde a garota

-Do que adianta ser gatinho se não sabe respeitar ninguém? - Falo

-Hmmmm, então você também acha ele bonito heim! - Brinca novamente, enquanto me dá um toque no ombro.

-Pelo que percebi o Kion é bem metido, devia tomar cuidado com seus crushs, Jasi - exclama Beshte, que parecia ser o mais responsável dos três

-Não disse que acho ele bonito, e concordo com você, Beshte, ele é muito egocêntrico! - Explico - Já os irmao são mais tranquilos e educados!

-Hmmm, será que você prefere o Kopa? - brinca a garota, rindo

-Você devia ser mais mente aberta, Jasiri! - diz Ono, em tom de riso, o que tornava sua voz ainda mais diferente - Afinal de contas,

Kiara também está na pista! - agora os três riem

-É que eu não tenho a MESMA visão de mundo que você, Ono! - Jasiri brinca

-Qual é pessoal, olha o preconceito contra os gays! - Fala Ono

-Você é gay? - Deixo escapar

-Sou - responde ele - algum problema?

-Nenhum!!! Sempre quis ter um amigo gay! - Respondo super animada

-Que tudo, migaaa! - Fala ele com uma voz meiga e doce

-Então... - digo tentando preencher o silêncio constrangedor que estava se formando

-É... - diz Beshte - Nada contra, mas eu não sou, não... - diz sem graça

-KKKKKKKKKK, VOCÊS SÃO DEMAIS!! - E não estou brincando, foram as melhores pessoas que já conheci até hoje!

-Você mal nos conhece! - brinca Jasiri - Melhor não criar expectativas, não é?

-Ahhh, como as pessoas se enganam! - diz Ono em um tom irônico e risonho

-Vocês também não me conhecem! - Brinco também, e todos riem, depois disso ficamos conversando até hora de dormir!

Kion P.O.V

Quebra de tempo - alguns dias depois, no fórum mais famoso da região

-Leia as acusações - diz o "meretíssimo", sendo atendido de imediato.

Já era o dia do julgamento e estávamos todos no tribunal esperando para ver qual seria o resultado daquele processo. Eu e meus irmãos estávamos confusos, teriam nossos amigos traído nossa confiança para ajudar à Zira retirar dinheiro do nosso pai?

Fazia uma semana que estávamos fora da escola, papai queria esperar tudo acabar para nos mandar para o colégio em perfeita segurança, o que era uma atitude patética ao meu ver.

E o que se passava ali ia se complicando à medida em que o escrivão fazia a leitura. As acusações iam se agravando... até chegar a algumas recém adicionadas:

-Por fim, conforme adicionado no arquivo anexo... Simba é acusado de agressão física a vulnerável, que se observa inclusive pelos hematomas no rosto de Nuka, portador de deficiência intelectual, e ameaça de morte aos três adolescentes

-O QUE??? - Papai dá um berro na sala - ISSO É MENTIRA!!!

-Senhor Simba Landucci, peço que se mantenha em silêncio, senão vai acabar sendo preso! - Diz o juíz

-Estão acusando o papai por coisas que ele não fez! - Sussurra Kiara

-Meu Deus! Não acredito que foram capazes de fazer isso! - Digo

Kopa permanecia calado, não queria acreditar que a namorada estava metida nisso tudo.

-A justiça será feita! - diz Zira, olhando pra trás com aqueles olhos que pareciam se alimentar do sentimento de vingança que pairava no ar.

Neste momento, com certo receio Nuka se levanta e vai até na frente do tribunal, e apresenta a todos vários hematomas pelo corpo

-Estão vendo? Essa é a prova que precisávamos! Aqui estão os resultados das agressões de Simba Landucci, ao incapaz Nuka, que é portador de doenças mentais. E até onde sei isso vai o mandar para a prisão, certo meritíssimo??? 


Notas Finais


Eu: E agora? Será que o Simba vai ser preso? Descubram no próximo capítulo!
Kovu: para com isso! Tá parecendo o narrador da globo falando assim!
Eu: ficou bem parecido né? Kkkkkkkkkk
Kopa: ela tem que despertar a curiosidade dos leitores uai!
Eu: pois é! Até logo pessoal!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...