História Colégio Interno - Capítulo 13


Escrita por: e danielms97

Postado
Categorias A Guarda do Leão, Rei Leão
Personagens Beshte, Bunga, Fuli, Gogoi, Janja, Kiara, Kion, Kovu, Nala, Ono, Personagens Originais, Pumba, Rafiki, Reirei, Sarabi, Sarafina, Simba, Timão, Vitani, Zazu, Zira
Tags Kiuli, Kopani, Kovara, Rei Leão, Tlg, Tlk
Visualizações 44
Palavras 1.833
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eu: Voltei!!!
Kopa: Nossa, não demorou pra postar o capítulo, que milagre!
Kovu: lógico, com o namorado ajudando a escrever não demora mesmo!
Eu: Viu só como meu namorado é incrível Kovu? Diferente de você, Kopa, Kiara e companhia que não me ajudam em nada!
Kiara: EI!!!
Kovu: nossa, magoou! Vou até dormir depois dessa!
Kopa: ô vida Boa!!
Eu: Enfim... Nala na capa, pessoal! Boa leitura! 😘

Capítulo 13 - É hora de decidir!


Fanfic / Fanfiction Colégio Interno - Capítulo 13 - É hora de decidir!

Simba P.O.V

É um absurdo o que estão fazendo com a minha pessoa! Estou sentindo meu coração pulando no meu peito como se fosse explodir pela tremenda raiva que estou sentindo nesse momento, minha vontade é pular no pescoço da Zira e a matar! Pelo menos assim eu seria preso por fazer algo prestativo! Mas melhor manter a calma, meu advogado, Malka é um expert em julgamentos e até hoje não perdeu uma causa!

-Senhor Simba, confirma a agressão contra o garoto? - O juiz me questiona em tom seco, sob aqueles óculos redondos característicos que me davam a impressão de estar em uma história, de tão surreal que a situação parecia

-Não! - Respondo firme, olhando diretamente nos olhos do juiz

-Nesse caso, determino que a situação seja estudada por parte da perícia, de imediato, a fim de verificar a veracidade do fato.

-Excelência! Se me permite - Howard começa a falar - os fatos estão bem na sua frente, olha esses hematomas!!!

-O caso será adiado até as duas da tarde - ordena o juíz - primeiro os garotos passarão pela perícia para confirmar as supostas agressões - dito isso ele bate uma vez na mesa, suspendendo a audiência.

-Não é possível! - grito internamete - A-ha-ha-ha-ha! IDIOTA!!! IDIOTA!!!! Saiu da faculdade sem aprender coisa nenhuma mesmo! Como esse animal acha que vai conseguir uma condenação desse jeito?? Agora é deixar a perícia fazer seu trabalho, e quem vai sair ganhando sou eu!! - O jogo parecia ter virado pra mim.

Saio daquela sala fria e vejo que era meio dia e meia... Resolvo ir à lanchonete que tinha no local, junto com minha família para comer algo. Após passar no banheiro, finalmente chegamos à rede de fast-food... É, pelo jeito a dieta de Nala ia vazar pelo ralo hoje!

Mal nos sentamos e a lanchonete parece ficar apertada demais quando vejo Zira seguida de seus filhos, e Howard se sentarem em uma mesa próxima à nossa!

-Dá para acreditar nisso? Tanto lugar para sentar e vem infestar o ar perto da gente! - Comenta Malka, meu advogado e amigo

-Pois é... - digo

-Não sei não, Simba... - ele continua, olhando com cuidado ao lado - Eles estão felizes demais pra quem fez uma besteira jurídica daquelas...

-O que quer dizer com isso, Malka? - Sinto meu coração parar por um segundo

-Seu oponente não é idiota, Simba! - ele parecia ter ouvido meus pensamentos! - Ou, ao menos, não o quanto pareceu ser. Podem estar tramando algo...

-Tipo chantagem? - Nala entra no assunto

-Não sei dizer... Mas que tem coisa aí, tem!

-O que estão discutindo? - pergunta Howard, com uma cara fechada

-Coisas que não lhe dizem respeito - responde Malka com rispidez, o cortando de imediato

-Ora essa, parece que ouvi meu nome! - retruca ele

-Ora, venha pra cá! Não se misture com essa gentalha! - Zira ironiza

-Acho que deve fazer uma limpeza no seu ouvido! - Falo com desprezo

-Isso é mais uma ameaça, senhor Simba?? Não quer falar mais alto?? - começa a escandalizar

-Ahh, claro!! - respondo à altura - Por que não joga esse ketchup no rosto e fala que te agredi, também??

-Vocês ouviram isso??? Simba acaba de confirmar que agrediu Nuka!!!

-Como é que é?? - pergunto, incrédulo

-E disse que vai me agredir "TAMBÉM"!!!

-Adoro advogados da sua laia, Howard! Sempre fazendo mais drama que novela mexicana! - Diz Malka, tomando um gole de café

-Drama?? Drama você vai ver quando... É... com licença! - diz ele, se retirando como se tivesse quase soltado um "segredo de estado"

-Aaaah, Simba! - Diz Zira se aproximando de mim, até ficar praticamente colada com meu corpo - Você já perdeu!

-Dá licença, sua psicopata!! O que é que você está tramando pra achar que tem chance de vencer depois de uma burrada dessas? - Indago

-Tramando? - Zira finge estar ofendida - Não estou tramando absolutamente nada!! - Sussurra em meu ouvido

-Que palhaçada é essa aqui?? - Nala aparece de supetão - Será que você pode se afastar do meu marido, sua... sua... - ela se contém para evitar prejudicar no julgamento

-É... Claro! - Zira desliza as mãos pelo meu abdômen e morde o lábio inferior - Com licença! - Me lança uma piscadela sugestiva

-Eu já desisti de entender o que tá acontecendo por aqui, viu! - Malka comenta soltando uma gargalhada e virando o rosto - Só sei que isso não vai dar certo...

-O que essa maluca está pensando? - Minha esposa estava tão confusa quanto eu - Simba, ela estava te PAQUERANDO??

-Parece que sim! - solto uma risada - Não é possível uma coisa dessas! Não - é - possível!!

-Não se empolga, não, Simba... - Diz Malka - O truque pode estar nisso. Primeiro o Howard agindo estranho... Agora Zira... Não sei, não...

-Me empolgar? Com a Zira? Ahahahahhahahahahahahhaha - Não evito uma gargalhada, atraindo olhares das pessoas que estavam sentadas no local almoçando - Nem se ela fosse a última mulher do mundo - abaixo o tom

-Tá maluco, Simba?? - Malka ri - Se empolgar com a causa!! Parece ganha, mas, vai por mim, tem rolo nisso!!

-Aaaaaaah, entendi errado! - Começo a rir - o que será que estão tramando?

-Coisa boa não é... - ele parecia sério. Será que eu devia me preocupar?

-Bom... Espero que não seja nada mais que um péssimo pressentimento! - Tomo um gole de suco

Kopa P.O.V

Eu não estava acreditando naquilo. Não estava!! Papai errou e deveria pagar, mas aquelas acusações eram absurdas!! Como é que eles puderam fazer iss... - meus pensamentos são interrompidos quando quase trombo nos três

-Vocês! - Digo com certa decepção ao olhar Vitani, a menina que por mais que tente não consigo deixar de amar - Por que estão fazendo isso? Pensei que fossem diferentes da Zira!!!

-O que está dizendo, Kopa?? - Por que logo a Vitani tinha de me indagar assim??

-Ora - tento manter a pose de durão - as acusações são falsas!

-Ahh, é mesmo?? - Pergunta Kovu - É tudo mentira, então??

-Não! - Confesso - mas a parte de ameaça de morte e das agressões é pura mentira!

-Isso é o que veremos!! - grita Kovu - Seu pai é um louco!!

-O que foi que Zira fez com vocês? - Pergunto completamente perplexo ao ver as pessoas que aqueles que um dia foram meus amigos se tornaram

-Ela fez a gente abrir os olhos!! - Até o Nuka - O que não é nada fácil depois de... - Ele se silencia. Ao menos não foi capaz de mentir na minha cara.

-Meu pai tinha razão! Vocês são exatamente iguais à mãe de vocês! - Falo na cara deles, sem arrependimento

-Vai pro inferno, Kopa!! - Kovu grita, me dando um empurrão

-Pro inferno vai você assim que meu pai colocar sua mãe de volta na cadeia, de onde nunca deveria ter saído! - Eu estava pronto para dar um soco bem na cara do Kovu, quando alguém me impede

-Ficou louco, Kopa? - Era o Kion e a Kiara

-Vamos sair daqui, não vale a pena discutir, Zira já lavou o cérebro deles! - Kiara fala quase chorando, me puxando para trás

-Eu não vou recuar, não, maninha!! Me soltem, seus imbecis!! Olha o que eles estão fazendo! - protesto

-Não, Kopa! - Se impõe Kion - é exatamente isso que querem, que você use a agressão para depois te processarem!!

-O que está acontecendo aqui? - Era só o que faltava, a Zira aparecer!

-Seus filhos, que parecem ter ficado tão lixuosos quanto você!! - solto meio sem querer

-Kopa? - Agora papai aparece - saia já de perto dessa gente!

-"Essa gente" é sua família, seu velho imundo!! - Kovu grita, me tirando do sério

-Ora seu... - Estava pronto para partir para cima de Kovu quando papai me segura

-Já chega! Vamos resolver isso como as pessoas civilizadas que somos, tente não cair nas armadilhas dessa gentinha - papai provoca Kovu novamente - meu filho, venham, vamos terminar nosso almoço em paz!

-É... - digo - Esses idiotas que se recusam a defender a lutar pela justiça e aumentam as coisas. Canalhas!! - digo olhando a todos eles, exceto à Vitani

-Esperava mais de vocês! - Ouço Kion dizer para os filhos de Zira, logo atrás de mim

-Gente, calma... - Kiara tenta apaziguar aquela discussão

-Calma NADA!! - grito - Essa vagabunda que manipula nossos amigos tem que voltar pra cadeia!!

-Você é muito estressadinho - Zira se direciona a mim - puxou ao seu papai!

-É, ele puxou, não é, filhão? - meu pai intervém - Não vamos estragar tudo, ok? É isso que eles querem! - Me pede ao ouvido

-Tudo bem, pai! - Respondo, ignorando Zira e aqueles que um dia me foram como que da família!

-Não esperava isso deles! - Diz Kiara desapontada

-Nem eu, irmã... Nem eu... - Respondo

Zira P.O.V

Era hora... de fazer a mágica acontecer . Afinal de contas, é assim que o jogo vira, é assim que o processo anda, e é assim que o juiz enxerga! A chantagem emocional com os meus filhos funcionou completamente! Agora eu só precisava chantagear o perito, para que ele afirmasse que Simba havia espancado meus filhos... Mas na verdade eu mesma bati neles, e eles concordaram com isso, só para ver Simba ser derrotado!

Mas como enganar o perito? Como chantagear? Simples! Segundo informações, o cara é viciado em sexo! Só preciso dar para ele o que ele gosta!

-Olá! - digo ao entrar

-Olá... é... com licença, dona Zira. Na verdade preciso do seu filho Nuka aqui

-Sabe... Eu preciso de um favor seu! - falo sugestivamente

-E em que posso ajudá-la? - Ele permanece sério

-Que não examine os hematomas do meu filho! Ele odeia que toquem nele - minto

-Não tem como eu fazer a perícia sem tocar, senhora - diz colocado as luvas - É meu trabalho, não posso fazer apenas uma inspeção visual

-Que tal tocar em outra coisa? - Dou início a chantagem

-O que? - ele para por um instante - O que é que quer dizer com isso?

-Você me dá os papéis dizendo que Simba é culpado... E a gente usa aquela sala desocupada ali do lado! - vou direto ao ponto

Ele parece pensar por um minuto, mas logo topa minha proposta e fazemos bom uso da salinha ao lado.

Depois de um tempo ele me entrega os papéis... Simba agora estava na palma das minhas mãos!

-Obrigada! - digo ao perito

-Volte sempre! - ele responde maliciosamente

Kovu P.O.V

A uma hora dessas, nem sabia mais o que pensar. Inacreditável!! Por um lado, Simba e os outros estavam exagerando. Por outro... aquilo não estava sendo justo! Mas mamãe parecia ter mudado, ela merecia uma segunda chance... E Simba havia nos ofendido! Mas não nos agredido, isso está tão errado! Sem falar que briguei com meus melhores amigos! COM A KIARA!!!! Estou tão confuso!

-Senhor Kovu, aproxime-se para fazer seu depoimento - O QUE?? AGORA?? Mas eu não estava pront... - Senhor Kovu?

-Sim, sen... digo, sim, meritíssimo - respondo rumo à frente daquele tribunal. Lá chegando, me ajeito e o promotor me faz jurar dizer somente a verdade.

E Agora??? Eu minto para agradar minha mãe ou falo a verdade para poupar Simba, que ofendeu tanto a mim e meus irmãos???


Notas Finais


Gostaram do capítulo? Deixem nos comentários!
Até a próxima! ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...