1. Spirit Fanfics >
  2. Colinho >
  3. Quero colinho;

História Colinho - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Quero colinho;


Fanfic / Fanfiction Colinho - Capítulo 1 - Quero colinho;

Sakura, como a dona da casa e a responsável por convidar seus amigos em casa, andava ‘pra lá e ‘pra cá trazendo petiscos na rodinha que havia no meio da sala, no chão. E Sasuke era o mais afastado entre todos, como já deveria se imaginar. Sentado na poltrona, de braços cruzados no peito, cenho franzido e um sorrisinho no canto dos lábios, tendo o par de ônix bem atenta em cada pessoa ali presente.

Até que sua atenção se voltou para a noiva. Sakura e ele agiram precocemente em comprar um apartamento que mais parecia ser uma casa grande na verdade, só tendo a parte do apartamento como o corredor de outras moradias, o estacionamento e o porteiro, já que moravam no último andar, na cobertura. Ele a pediu em casamento recentemente, porém não conseguiam mais esperar para terem uma casinha só para eles. E contrariando toda a tradição das famílias Uchiha e Haruno, eles moram juntos há dois meses e meio, à espera do casamento marcado para daqui três meses. Sakura terminou a faculdade de medicina aos 24 anos e Sasuke está no ramo da empresa Uchiha como CEO há quatro anos, tendo ele 25 anos.

Sasuke pigarreou, chamando a atenção da rosada, esta que abriu um sorriso lindo em sua direção antes de lhe mandar uma piscadela e sair de sua visão após entregar um pote cheio de batatinhas só para o guloso do Naruto. Ele se mexeu, inquieto e sem ter o que fazer. Um tanto cansado daquele falatório todo. Contudo, ele gostava de certas visitas que recebiam vez ou outra, ao menos estava em casa e não em baladas - um lugar no qual ele abomina depois que conheceu Sakura, deixando a vida de playboy para trás. Só que agora, ele sentia que aquele povo todo, teria de ir embora. 

Era pedir demais aproveitar a noite fresca da sexta-feira só ao lado da noiva? Nem que para isso ele tivesse de assistir filmes melosos e dramáticos, e no fim ter que acalmar uma Sakura chorosa em seu peito enquanto acaricia seus fios róseos e tenta acalmá-la dizendo que era apenas uma história mal contada e que os atores de verdade não morreram.

Pôde ouvir os berros de Naruto cessaram para dar início à gemidos de engasgo por ter engolido no lugar errado. Ele teve de segurar uma alta gargalhada vendo a cara sofrida do melhor amigo, sendo batido nas costas por Hinata, sua esposa.

Observou Sui e Karin discutindo sobre alguma coisa entre si. Eles sim eram um casal estranho mas que, de certa forma combinavam e Sasuke agradecia aos céus por Karin ter desistido da ideia maluca de ser apaixonada por ele, dando-lhe muitas dores de cabeça no início do namoro dele e de Sakura.

Ino com toda certeza estava falando asneiras, por exemplo como fazer o perfeito sexo oral. Sim, Sasuke já teve esse privilégio de ser obrigado a ouvir quando ainda ele e Sakura estavam se conhecendo. E Sai, o cara do qual Ino estava saindo há mais de um ano mas sequer tinham um compromisso real.

— Sasu?

— Hum — Sasuke se virou para Sakura, admirando-a com um fio de cabelo caindo nos olhos.

Quero colinho. — diz ela estendendo os braços apresentando um sorriso sapeca.

Sasuke revirou os olhos, porém não tardou em puxá-la pelo gancho do shorts, sentando-a na coxa da perna.

Um detalhe de que ele amava nela, é os momentos nos quais ela mais parecia uma criança do que uma mulher adulta e bem feita na vida. Não, não é sobre papos bizarros como tais “Mommy” ou “Daddy” que o povo hoje em dia diz. Mas era o jeitinho dela para com ele. Doce e delicada. Isso quando não estava brava, claro.

Com ela em seus braços, aproveitou para ficar grudado nela, podendo assim, sentir o doce cheiro único de Sakura, no pescoço fino e delicado. Circulou seus braços fortes envolta da cintura um pouco à mostra pela camisa branca e curta. Fechou os olhos, apreciando aquele momento de estar com ela. Todavia, algo de estranho aconteceu no meio das suas pernas.

Uma perna atrevida de Sakura, mudou de lugar ficando presa na perna dele e prensando uma certa coisa.

— Sakura… — soltou o nome dela, entre dentes, quase como um gemido.

— O que foi, Sasu? — provocadora, era isso que Sakura era.

Sorrindo malandramente, Sakura dedilhou por cima da blusa de Sasuke, sua barriga desde a altura do umbigo até a clavícula exposta por ter um corpo bem trabalhado, consequência de ser viciado em academia - principalmente quando está irritado, usando os aparelhos como válvula de escape.

Sakura aproveitou a distração de Sasuke, que percorria todo o movimento de seus dedos e unha feita, e então firmou mais ainda a pressão sobre o membro preso por debaixo da calça social do Uchiha.

Sasuke, no entanto, mordeu o lábio inferior e lhe deu um olhar cheio de luxúria.

— Saiam todos.

— O QUÊ?

Sasuke esfregou a testa, tendo se acalmar e não olhar para a cara da noiva, que com certeza estava se divertindo com sua reação.

— Quero paz. Saiam da minha casa.

Karin revirou os olhos junto com Ino e ambas deram as mãos para seus parceiros, se levantaram e deram tchau para Sakura e Sasuke. Sem mais e nem menos, pois conheciam muito bem a temperatura de raiva do Uchiha. Mas Naruto e Hinata ficaram ali. Bom, mais Naruto porque Hinata tentava dizer à ele para deixar o casa em paz. Mas Naruto, é Naruto afinal.

— Por que isso agora, hein Teme? Nem deixar a gente conversar você deixa e…

— Naruto. Fora.

— Ora seu…

— Hina, Naruto-kun acho melhor vocês irem, Sasuke daqui a pouco vira uma fera e vai sobrar ‘pra mim.

O loiro bufou indignado e saiu levando a esposa consigo, depois de xingar o Uchiha de tudo que é nome.

— Agora que estamos sozinhos, senhora Uchiha atrevida…

— Mas eu ainda não sou uma Uchiha. — Sakura sorriu de canto, mostrando seus dentes alinhados e perfeitamente branco.

— Tsc.

Sakura gargalhou quando foi puxada e levada para os ombros de Sasuke, onde ele não perdeu a oportunidade de dar um tapa na bunda dela.

— Agora vamos curtir a nossa sexta-feira, como deveria ter sido.


Notas Finais


espero que tenham goxtado :)
kisses da Uchiha <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...