História Color Tv - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Red Velvet, SHINee
Personagens Irene, Joy, Personagens Originais, Seulgi, Taemin Lee, Yeri
Tags Homossexualidade, Irene, Joohyun, Joy, Kpop, Lgbt, Lgbtq, Minho, Red Velvet, Seulrene, Shinee, Sooyoung, Taemin, Yeri, Yerim, Yuri
Visualizações 50
Palavras 742
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), FemmeSlash, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Universo Alternativo, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Transsexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura <3

Capítulo 6 - Six


Sábado, o dia predileto de todos os adolescentes que amam curtir, e ir encher a cara com os amigos. Naquele dia Seulgi não iria a nenhuma festa, afinal, não estava sabendo de nenhuma que iria acontecer. Naquele dia ela iria à casa de Joohyun, para que pudessem se livrar logo do peso que era ter que fazer um trabalho escolar.

Ding dong... - o jingle irritante que vinha da campanhia soou quase que de modo estridente, fazendo Seulgi apertar os dedos.

Um "já vai" rouco pôde ser ouvido, e a Kang resmungou descontentamento por ter se esquecido que alí naquela casa, aka mansão, morava não só Joohyun, como seu querido diretor.

A porta foi aberta, e então Seulgi ficou cara a cara com o Sr.Bae. Ambos não se davam bem, era óbvio.

— A Joohyun está lhe aguardando no quarto. - disse automático, quebrando o contato visual com a loira, que sentia uma imensa vontade de mandar o diretor ir tomar em um certo lugar, apenas por não a ter desejado boa tarde.

A Kang nada disse, apenas adentrou a residência, e quis se bater por ser tão orgulhosa a ponto de não perguntar aonde ficava o quarto de Joohyun. Agora ela estava perdida no meio de um corredor com várias portas. Abriu a primeira, mas tudo o que viu foi um quarto inteiramente bagunçado. Abriu a segunda porta, e percebeu que era um banheiro. Quando abriu a terceira, se arrependeu de imediato ao ver dois garotos transando, e ambos pareciam estar tentando fazer o menos de barulho possível, o que estava dando certo já que se Seulgi tivesse escutado algo, pensaria duas vezes antes de sair abrindo a porta. Os garotos pareceram notar a terceira presença no quarto, mas a Kang foi rápida o bastante para fechar a porta e sair correndo, abrindo a primeira porta que viu, não se importando se era o quarto de alguém.

— Você demorou. - uma conhecida falou de modo calmo, e a loira comemorou internamente ao ver de quem era a voz. Finalmente havia encontrado o quarto correto.

— Eu estava... perdida, essa casa é muito grande. - disse de modo quase que hipnotizado, analisando Joohyun. A morena trajava um casaco rosa e azul com a logo do grupo Seventeen, uma calça de moletom cinza e meias coloridas.

— Tudo bem. - sorriu doce, e puxou uma almofada para Seulgi sentar-se. — Vamos desenhar?

.————†————.


No tempo em que passaram tentando desenhar algo que ficasse bonito, e que a professora aceitasse, a Kang teve bastante tempo para analisar o quarto da Bae. As paredes eram de cor azul turquesa, e os móveis eram de cor lilás. Haviam vários livros espalhados em cima da escrivaninha dela, e de onde estava sentada, pôde ver vários pôsteres do boy group Seventeen, e alguns da cantora Ailee. Até que ela possuía um pouco de bom gosto musical.


— Mas que inferno, eu não aguento mais tentar desenhar, sendo que eu sei que tá uma merda, e não há motivos para continuar. - Seulgi bufou, retirando o caderno de artes de cima do colo.


A morena que estava sentada ao seu lado, segurou um riso, achando graça da birra de sua colega.


— Não precisa mais desenhar. Deixa seu desenho aí que eu dou um jeito nele. - Joohyun disse.


— Bem, eu iria ficar eternamente agradecida. - a loira disse, esticando os braços na intenção de se espreguiçar.


A Bae começou a juntar seus rascunhos, enquanto Seulgi permanecia sentada, com um dedo sobre os lábios. Ela estava "refletindo" sobre a vida.


— Hey, quem eram aqueles garotos transando lá naquele quarto, que fica na 3° porta à direita desse corredor? - perguntou, se lembrando da cena de mais cedo. Havia ficado com vergonha na hora, por ter sido pega de surpresa, por isso saiu correndo, mas agora estava curiosa sobre quem eram os meninos.


Joohyun se engasgou com a própria saliva. Que garotos? E como assim transando? O único garoto da casa era seu irmão que estava de visita.


— Ai meu Deus, você tá bem? - a Kang arregalou os olhos ao ver que a Bae ainda tossia. Tsk, claro que ela está bem, não vê, Seulgi? Esta apenas quase morrendo. Revirou os olhos com o próprio pensamento, e se esticou para dar alguns tapas nas costas dela.


— E-eu.... - Joohyun foi normalizando a respiração aos poucos. — Quero que me diga o que viu.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...