História Colorful - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol
Tags Baekhyun, Baekyeol, Chanbaek, Chanyeol, Fluffy, Para O Samuel
Visualizações 37
Palavras 446
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Fluffy, LGBT, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


E aí amores, essa história fala por si só o que eu quero dizer do Baek do meu Chan, vulgo o Samuel (@angelsbyun)
Eu queria que tivesse mais palavras e fosse mais elaborada, mas é o que temos para hoje ):
Espero que gostem <3

Capítulo 1 - Black and white


∘∽∙❁♕∙∾

 

A cidade preta e branca, onde as cabeças baixas e rostos sérios concentrados em seus próprios problemas ou na música alta de seu fone de ouvido são a maioria. Cada um tão concentrado em si que não tentam olhar para fora da caixa, olhar para os outros. Tão vazios, tão egoístas, tão preto e branco.

 

Foi em mais uma noite fria e chuvosa que Chanyeol estava chorando encostado na parede sem qualquer guarda-chuva para protegê-lo até o garoto colorido aparecer. Inicialmente foi o primeiro apelido que o cinzento pensou para aquele garoto sorridente que parecia iluminar tudo ao seu redor.

 

Ofereceu seu guarda-chuva e se importou de verdade com o sentimental do garoto alto, olha que nem o conhecia e já fez muito mais do que qualquer outro em sua vida. Quando percebeu estava andando ao lado do colorido e se abrindo confortavelmente porque ele era assim, lhe dava segurança para ser sincero desde o dia em que se conheceram da maneira mais aleatória e imprevisível possível —porque, sim, ele trocou contato com o outro e eles continuaram a conversar— até a atualidade.

 

Convivendo mais com o baixinho que ele percebeu a sociedade alienada e vazia que vivia e até participava, tão sem graça. Mesmo com raras pessoas coloridas como o Baekhyun — sim, esse era o nome do baixinho colorido—, a maioria esmagadora precisava de um conjunto de tintas para se colorir, como o baixinho havia feito consigo.

 

Baekhyun pegou todas as cores existentes e até criou novas para pintá-lo e a ensiná-lo a fazer sozinho, quando percebeu, Chanyeol estava recheado de cores e sorrisos, sem contar o amor que florescia dentro si pelo garoto bonito. Como não se apaixonar por aquela personalidade única que, assim como pensou na primeira vez que o viu, iluminava tudo à sua volta? Era impossível, ele era apaixonante demais.

 

Talvez a intenção de Baekhyun era apenas ajudar mais um cinzento, talvez ele nem se deu conta quando agora era o antigo garoto vazio que o transbordava de várias cores. Ambos nem imaginavam os sentimentos recíproco que não só os enchiam, como os excediam, incapazes de controlar, nem se quisessem. Um fruto de amor verdadeiro pintado com duas mãos diferentes que, apesar de suas diferenças no modo de pintar, conjuntos criavam uma bela arte e explosão de cores prontos para pintar o que fosse.

 

Foi com esse pensamento que Chanyeol deu à seu pintor uma chance de florescer consigo, enlaçados pela ternura recíproca para que o relacionamento sério pudesse surgir e se manter por anos tão vivo quanto da primeira vez que Baekhyun coloriu Chanyeol.

 

Os dois se coloriam, se apoiavam e cresciam juntos, um passo de cada vez. 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...