História Colorful Sky - Céu Colorido - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Adolescente, Amor, Cura Gay, Escola, Fofo, Gay, Lemon, Teen, Vida, Yaoi
Visualizações 3
Palavras 258
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Bishounen, Comédia, Festa, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi
Vamos ser amigos ae
Se gostar me adiciona
Se não também, porque eu também não gostei
Boa Leitura!

Capítulo 1 - Céu Azul - Parte 1


A minha vida começou com o raiar do sol, literalmente, nasci no mês de julho às 6:07 que coincidiu coincidentemente com nascer do sol. Provavelmente já deduzido por qualquer um que leia isso, nada do que estou falando agora eu me lembro mas já ouvi diversas histórias de papai (que será um grande personagem mas vou me segurar para não pular nenhuma parte da história). Meu nascimento foi dolorido e demorado, e posteriormente hilariante, praticamente a definição prática da frase “vamos olhar para trás e rir”.

Mais tarde, aos 3 ou 4 anos aconteceu que eu estudava numa escola que só recebia alunos até o Jardim, eu era mais reservado, não chegava a ser antissocial, apenas sabia escolher meus amigos. Entre os amigos mais próximos estava Gabriel, éramos inseparáveis de verdade, não era uma amizade que se acabaria por um brinquedo quebrado. Me lembro claramente de uma única cena, enquanto compartilhamos o lanche olhamos um nos olhos do outro e nos beijamos. Pode parecer assustador mas foi totalmente inocente. Afinal, éramos crianças.

Alguns anos depois, a vida estava ensolarada e o céu brilhava num azul profundo. Não que tudo estivesse perfeito mas o meu olhar de criança focava nas coisas boas e isso nunca foi ruim. As nuvens cinzentas começaram a se formar assim que todos tinham sua paixonite, nada sério, mais parecia que queriam pegar na mão de alguém que achavam legal ou bonito. Achava estranho como não “gostava” de ninguém e acabava me forçando a gostar de outras meninas automaticamente, ao menos isso não me prejudicava.

 


Notas Finais


Oi
Vamos ser amigos ae
Se gostar me adiciona
Se não também, porque eu também não gostei
Espero que tenha gostado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...