História Colors; nomin - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Chenle, Haechan, Jaemin, Jeno, Jisung, Mark, RenJun
Tags Chensung, Gay, Jaeje, Jaemin, Jaeno, Jeno, Kpop, Markhyuck, Nct, Nct Dream, Nomin, Renjun, Yaoi
Visualizações 70
Palavras 572
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Fluffy, LGBT, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


explicação sobre a questão das cores:

preto: morte (muitas vezes não literal, porém também se refere a alguém que não tem mais vontade alguma de viver); isolamento; às vezes associada a elegância e sofisticação.

cinza: neutralidade; instabilidade; solidez; ausência de emoções; depressão; tristeza.

Capítulo 1 - Black


jaemin suspirou ao passar pelos portões da escola. não que ele estivesse insatisfeito com a volta as aulas, longe disso, ele apenas estava exausto e com sono, porém o fato de se encontrar novamente com seus melhores amigos o deixava animado.

ao longe o mais velho observava os dois loirinhos conversando entre si. jisung e chenle eram fofos em qualquer aspecto.


— bom dia princesas — o castanho murmurou chamando a atenção dos dois mais novos.

— bom dia hyung — os dois falaram em uma harmonia única.

— vocês são tão bonitos — apertou as bochechas dos dois garotos.

jaemin estava sendo sincero. jisung e chenle eram muito lindos. o coreano mais novo tinha um rosto bonito, o cabelo era lisinho e gostoso de pegar, fora sua boca rosadinha. já o chinês tinha olhos fofos e um sorriso angelical, chenle sempre tratava as pessoas da melhor forma possível, sempre ajudando em tudo o que podia.


— falou o homem mais lindo do mundo — brincou o chinês — é sério hyung, como você consegue ser tão bonito? sua beleza não te cansa?

— você só fala besteira, chenle — o loirinho riu abraçando jisung — ai que droga, vocês são tão fofos juntos.

— eu e o lele somos só amigos, hyung — jisung sussurrou e chenle apenas concordou (mesmo não querendo).

jaemin deu de ombros.


— venham, vocês vão se atrasar — pegou nas mãos dos mais novos.

— não somos mais crianças, hyung.

— são sim — o mais velho rebateu.

— mas nós já temos mais de quinze anos!

— cala boca, essa idade é fake, vocês só têm dois aninhos — riu baixo — agora vão pra aula de química, vão, vão, vão.

— você olhou nosso horário? — chenle perguntou e o mais velho desviou o olhar — você é louco, jaemin hyung.

jisung apenas ria dos dois. jaemin não era superprotetor, ele apenas brincava com os mais novos.


— vão logo.

[cσℓσrs]


na hora do intervalo jisung parecia um pouco aflito, talvez essa não fosse a palavra certa para o descrever, e sim preocupado.


— ji, tá tudo bem? — o mais velho perguntou.

— sim, eu acho — o mais novo mordeu o lábio — meu primo está vindo passar um tempinho aqui em seul mas não sei como vou me comunicar com ele.

— como não? ele não tem sua idade? — o loirinho negou — quantos anos ele tem?

— uns dezoito anos, ele parece ser maduro demais

— ele é da minha idade então — deu um risinho baixo.

— você pode me ajudar hyung! — jaemin arregalou os olhos e negou com as mãos em frente ao corpo.

— não, não, não jisung, você sabe meu problema com pessoas — negou — se ele for escuro eu nem chego perto.

— por favor jaemin hyung, eu realmente preciso de você agora — o loirinho fez un brinquinho.

— ainda bem que o favor não foi pra mim porque se o jisung pede algo desse jeito eu já digo um "tudo o que você quiser meu amor, quer a galáxia? eu te dou a via láctea, meu príncipe" — chenle resmungou e os dois riram.

o mais velho suspirou e balançou a cabeça murmurando um "ta bom" baixo fazendo jisung vibrar satisfeito.


— mas se ele for escuro eu não vou poder te ajudar — o mais novo apenas acentiu sorrindo.



Notas Finais


desculpem os erros (se tiver algum).

até o próximo capítulo sz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...