1. Spirit Fanfics >
  2. Com o tempo tudo se resolve (Kim Taehyung)Gay? Segunda tpd >
  3. - Capítulo quatro -

História Com o tempo tudo se resolve (Kim Taehyung)Gay? Segunda tpd - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - - Capítulo quatro -


 

[...]

 

Chul - Tá sujo,Bunny. - Olha para o rosto da garota em sua frente,passa o dedo no canto esquerdo da boca rosada da mesma —limpando um pouco do chocolate que havia ali.

Os olhos dele se encontraram com o da garotinha em sua frente,ele soltou um sorriso de canto e ela suspirou.

Seus olhos brilhavam.

A menina o olhou por mais alguns segundos,colocou seus braços em torno do pescoço do corpo alheio e se encostou para mais perto do rosto do mesmo.

Chul tirou alguns dos fios rebeldes que caiam sobre o rosto da garota e os levou até atrás da orelha,ela sorrio meiga e ele fez o mesmo.

O menino segurou na cintura da garota que estava sentada em sua frete e avançou para um beijo,sentindo o gosto doce dos lábios rosados da mesma.

Minjee - Bem que você poderia ir lá em casa hoje. - Olha de canto para um dos potes de comida.

Chul  - Tem certeza que eles não vão chegar cedo? - Ele perguntava com um certo aflito.Duas semanas atrás quando ele havia visitado sua namorada,quase foram pegos.

Minjee - Eles não vão chegar cedo hoje.

Chul - Então eu vou,bunny. - Sela a ponta do nariz da sua amada e solta um sorriso.

 

(...)

 

Casa da Minjee×

 

Minjee - Eu sou tão sortuda. - O encara.

A menina olhava para ele com um olhar encantador,de muita paixão envolvida.Ela se sentia sortuda por ter ele ao seu lado.

Chul  - Por que? - A olha confuso se ajeitando na cama.

Minjee - O encara. - Todas as meninas só tem olhos para você. - Dizia com uma certa explosão de sentimentos. - Sabe que todas almejam por esse sorriso que você  sempre dá,não é?O sorriso que você dá  só para mim,todas querem esse seu sorriso.

Chul - E sempre vou sorrir assim só para você. - Beija a menina delicado.

Minjee - Sorri meiga e entrelaça suas mãos. - E-eu quero você... - Susurra e franzi o cenho,seus olhos estavam marejados. - Eu quero você... - Deixa escapar uma pequena lágrima de sentimentos. - Eu quero você só para mim.

Chul - Eu sou seu. - Cola suas testas,sentindo o hálito fresco da garota.

Minjee - Eu estou pronta...Estou pronta para me entregar para você. - Os corações de ambos se agitam. 

Chul  - Tem certeza? - A olha surpreso e com uma voz trêmula. - Somos muitos jovens ainda...não quero pressionar você,eu vou esperar o tempo que você precisar,Minjee. - Segura  o rosto da pequena.

Minjee - Tenho.... - Suspira e outra lágrima cai. - Tenho porque eu te amo.

Chul - Você o que? - Olha para mesma surpreso,seu coração estava ainda mais agitado.

Eu poderia estar alucinado?

Aquela era a primeira vez que ele escutava a doce voz da sua menina dizendo as tão sonhadas palavras que ele sonhou tanto em escutar.

Minjee - Eu amo você...eu sempre amei,mas eu não tinha coragem de dizer isso na sua cara. - Olha para suas mãos entrelaçadas em cima do colchão.

O rapaz sorri,segura na mão da pequena e deixa um selar na pele aveludada da sua mão delicada.

Chul - Eu amo você! - Susurra. - Eu também quero você,mas não quero fazer nada se ainda não estiver preparada.

Minjee - Eu estou...Já vamos completar dezesseis,a vontade de querer você fica  cada vez maior... - Desvia  o olhar ao perceber que queimava de vergonha. 

O menino segura em seu queixo o levantando e olha no fundo dos olhos da sua menina.

Chul - Tem certeza? - Sua mão estava trêmula. - Ela assentiu. - Eu amo você...você é meu mundo,Minjee..Eu amo você mais que tudo...Amo que chega dói.

Minjee - Eu também amo você. - Susurra.

Ambos se olham,então o mais velho se deita por cima da mesma delicadamente,ela engole seco e ele também.Eles nunca tinham chegado tão longe.

Chul - Bunny... - Faz carinho na garota com o polegar. - Tem certeza disso?Eu posso esperar.

Sem dizer ao menos uma única palavra,Minjee o puxa para mais perto e o beija tão suave como o por do sol.Ela entrelaça seus braços no pescoço alheio e continua o beijando tão profundamente.

Eles procuravam por ar,mesmo ter tido um beijo tão delicado,eles procuravam ar para respirar,eles não aguentavam seus próprios corações saltitando sobre o peito.Após se distanciarem,eles ficam apenas alguns milímetros da boca um do outro.

Chul - Você tem certeza?

Minjee - Sim,amor...eu tenho certeza. - Ela tremia novamente e olhava de canto escondendo a timidez.

Amor?Só posso estar sonhando.Ela me ama,minha garota,só minha,me ama.

Ele deu um selar na testa da garota e fez carinho em seu rosto.

Chul - Não quero que se arrependa.

Minjee - Eu não vou.  - Toca no rosto alheio com a mão vibrante.

O garoto se inclina novamente e a beija,beija e beija outra vez.

Ele se inclinou para trás,e se sentou,ela fez o mesmo mas tirou o vestido que cobria seu corpo.

O rosto de ambos se esquentaram.

Minjee olhou para o lado,então seu namorado se despiu,ficando apenas de cueca.Ele gatinhou até a mesma,que ainda mantinha seus olhos vidrados em alguma parte qualquer do quarto.Ele reparava no corpo da sua garota,percebendo o quão linda ela era assim,apenas de roupas íntimas.

Ficando colado nela novamente,o mesmo segura em seu rosto e o vira,eles se olham,ambos queimando de vergonha então ele a beija outra vez,e se deita sobre o corpo macio e quente.

Os beijos continuavam,até eles se separarem outra vez.

Chul - Você tem certeza mesmo,certo? - Ela assente.

Chul  beija a mão da garota,depois seu queixo,bochecha,pescoço,ombros e por fim sua testa.

Ele a olha no fundo dos olhos e faz menção em tirar sua calcinha,ela assente e então ele faz.

Minjee olhava para os lados novamente queimando outra vez de vergonha,seu namorado fica totalmente nú e se deita sobre o seu corpo.

Ambos engolem seco e se encaram.

Chul - Eu te amo,bunny....eu te amo muito. - Ele segura em seu rosto e beija delicado outra vez. - Eles se separam. - Está pronta? - A garota assente.

Chul susurra novamente que a ama,segura em seu membro um tanto quanto nervoso e pressiona contra a entrada da garota,que o olhava com uma carinha de dor.

Chul - Quer que eu pare,bunny? - Então ela nega.

O garoto continua tentando,até conseguir entrar,uma lágrima escorre do olho direito da menina.

Chul - Tudo bem?Eu te machuquei? - Perguntava preocupado.

Minjee - Tá tudo bem... 

Ele deposita outro beijo em sua testa e segura em sua mão,entrando com todo seu membro para dentro da garota,que apertava forte sua mão.

Ele a beija,beija e beija,até ela se acalmar  mais um pouco.

Minjee,assente para o mais velho continuar,então ele faz,indo e voltando.Suas bocas se abrem e fecham.

Chul - Eu te amo...

Minjee - Eu te amo... - Susurra.

Eles continuaram fazendo aquilo mais,até a vontade grande de gozar do garoto chegar,ele sai da mais nova.

Chul - Posso usar seu banheiro,bunny?Não posso gozar dentro de você. - Os dois estavam ofegantes e ela então assente.

O menino vai até o banheiro do quarto da pequena e goza lá,voltando rapidamente para a cama.

Chul - Está arrependida? - Olha para garota deitada do seu lado.

Minjee - Não,eu amo você...não tem o por que de eu estar arrependida,amor.

Ele sorri fraco e beija a testa da menina.

Chul - Eu também  amo muito você.Espero que você  tenha gostado.

A mais nova o beija e sorri.

Minjee - Foi perfeito....melhor do que eu imaginei.Eu te amo e sempre amarei.

Chul - Eu te amo e sempre amarei. - Passa a mão sobre o rosto da moça.

Eles ficam mais um tempinho fazendo carinho um no outro,até a hora do menino chegar e ele ter que  ir embora.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...