História Com um trabalho, tudo pode mudar - Pjm - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias AOA, Bangtan Boys (BTS), Big Bang, EXO, Got7, Jay Park, K.A.R.D, TWICE
Personagens B.M, Choa, G-Dragon, Jay Park, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jihyo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Somin
Tags Bangtan Boys, Bts, Jeon Jungkook, Jimin, Jung Hoseok, Kim Taehyung, Min Yoongi, Park Jimin, Taeseok, V-hope
Visualizações 33
Palavras 1.152
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Ficção Adolescente, Fluffy, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiii turu bom?
Gente comi muito hoje, socorro. Acho que saí da pizzaria rolando.
Me contem como estão!!
Vejo vocês lá embaixo

Capítulo 20 - Sentindo ciúmes


Fanfic / Fanfiction Com um trabalho, tudo pode mudar - Pjm - Capítulo 20 - Sentindo ciúmes

P.O.V. Kim Sophie

Hoje é sexta, vulgo, dia em que meu grupo do trabalho se reuni. O cinema com Jimin seria no sábado, amanhã. Eu vou passar mais tempo com o Jimin do que o normal por dois dias seguidos. Vocês devem imaginar o quanto eu estou surtando!! Antes que se perguntem " E você e o Jimin, como estão?", já vou logo avisando: nada aconteceu. Tá, beleza, a gente anda mais junto que o normal, mas fora isso continua tudo igual.

- Minha cria, tá na hora do intervalo, para de desenhar no caderno e vamos comer - Tae me puxa. Não tinha percebido que a aula tinha acabado.

- Vamos que eu tô morto de fome - Hobi sai da sala antes da gente.

  Enquanto conversávamos, nos dirigíamos à nossa árvore. Jungkook, Yoongi, Jihyo e Jay já se encontravam lá.

- Cadê o Jimin? - Pergunto assim que me aproximo deles.

- Tava conversando com uma garota lá na cantina. Acho que é da nossa sala, mas não lembro de já ter visto ela. - Jay fala.

  Os irmãos se adaptaram muito rápido ao grupo, principalmente Jihyo, que é bastante extrovertida. Jay é mais na dele, mas acho que ele fala mais comigo.

- A garota tava dando algo pra ele. Parecia um presente ou sei lá - Jihyo diz

- Ele não vai sentar com a gente? - Tae questiona

- Sei lá, nem vi quando ele saiu da sala. - Jungkook diz mexendo no celular

- O Biscoito tá desligado desse mundo. Ele tá tentando conquistar a nova vizinha dele. - Yoongi explica o porquê de Kookie estar tão concentrado no celular.

- Conquistar não, eu só quero conhecê-la melhor. - "Você quer é pegar ela" Yoongi murmura ao fundo - Estou tentando me enturmar na minha vizinhança, beleza?!

  O resto do intervalo passou e o Jimin não apareceu em momento algum. Só o vi quando cheguei na porta da minha sala e encontrei ele conversando com a Seulgi. O mesmo estava segurando um embrulho na mão, o mesmo que a garota tentou entregar para os meninos no dia em que fomos visitá-lo. Ela é de outra turma, por isso que, assim que o sinal bateu ela se despediu de Jimin, dando-lhe um beijo na bochecha. E, ao contrário do que eu imaginei, ele não fez cara de nojo nem nada, só se despediu dela como se fosse algo normal entre eles. Você não ideia de como meu sangue ferveu. Mas como qualquer pessoa faria, fingi não tinha visto e entrei na sala, não olhando de jeito nenhum para ele. Meus amigos perceberam que eu tinha visto aquilo e me seguiram.

- Mano, parece que você vai matar um, sério. - Hobi fala

- Se eu fosse você eu ficava quieto, se não o morto vai ser você - Tae ri do namorado

  Como eles viram que eu não estava para papo, não me incomodaram pelo resto das aulas. Eu vi que quando Jimin sentou, ele guardou o presente que ela havia dado, isso só me deixou mais pistola. Ele não pode jogar fora?! A não ser que ele queira o presente. Pensar nessa possibilidade só me deixava mais brava.

  Quando as aulas terminaram, Jungkook, Jimin e eu fomos para minha casa. Kookie e Jimin ficaram conversando, mas eu fiquei quieta a maior parte do tempo.

- Que bicho te mordeu? Tá muito quieta você hoje - Jungkook fala para mim

- Não tô de bom humor.

- Como não? Amanhã vai ser o encontro de vocês, e eu juro que se vocês voltarem encalhados eu mato os dois. - Ele ri. Como ele sabe que eu vou sair com Jimin? Aposto que ele contou. Kookie vai ficar me zoando o dia inteiro.

  Antes que eu o respondesse, chegamos na minha casa.

- Eu vou no banheiro, podem começar sem mim. Só não fiquem de namoro porque eu não tô afim de ficar segurando vela. - Jungkook fala assim que entramos na casa, indo em direção ao banheiro.

Eu e Jimin nos sentamos no sofá e começamos a preparar as coisas que usaríamos, as colocando na mesa de centro.

- Você tá brava com o que? - Jimin pergunta após um tempo de silêncio.

- O certo seria com quem - Digo. É claro que não vou falar que estou com raiva daquela cena no corredor, tenho medo dele me dar um fora, falando que não eu não deveria ficar me importando com ele.

- Com quem você tá brava? Tenho uma leve impressão de que é comigo. - Amarro meu cabelo e fingo que não o ouvi

- Coloca as almofadas do sofá no chão, para não termos que sentar no duro. - Falo e pego uma almofada e ele faz o mesmo.

- Você não me respondeu... Você tá brava comigo né?! Por quê? Ah sei... Você deve ter visto eu conversando com a Seulgi. Antes que você fale algo, ela ficou me prendendo, não consegui chegar até vocês. E sabe aquele presente que ela deu? Eu joguei fora. Acredita que ela me deu um chocolate vencido?! - Ele se explica

  Paro para pensar. Realmente, quando ele tirou seu material da mochila, eu não vi em momento algum a caixa que estava o presente.

- Por que você tem que ser tão perfeito hein?! - Bato nele com a almofada que estava segurando.

- Por que você diz isso? - Ele pergunta enquanto tenta se defender das almofadadas.

- Porque você é fofo, gentil e ainda é legal. E eu aqui fico me remoendo de ciúmes quando vejo você com outra garota - Ops... Acho que falei demais. Para disfarçar continuo batendo nele.

- Você me acha tudo isso é?! - Ele segura minha almofada, impedindo-me de continuar batendo nele. Coro com sua pergunta - Então nosso encontro ainda tá de pé?

- É um encontro então? - Sorrio e agora quem cora é ele. - É claro que tá, aguardo ansiosamente.

- Que casal mais lindo, meu amigos. Só quero que depois de aguentar vocês eu seja o padrinho do casamento. - Jungkook fala assim que chega na sala.

  Nos sentamos no chão para fazer o trabalho. Tudo seguiu normalmente, com eu e Jimin sentados um do lado do outro e Jungkook nos azucrinando o tempo todo. Assim que nós terminamos os meninos foram embora.

- Tchau So - Jungkook me abraçou e saiu da casa.

- Desde de quando vocês tem essa intimidade? - Jimin pergunta

- A gente é best friends, sabia não?!

- Não gostei, achei que eu era seu melhor amigo - Ele faz um biquinho que me dá vontade de morder.

- Você não vai ser só amigo dela, né perdão?! - Jungkook dá um tapa em seu pescoço - Vou indo na frente pra não ver a melosidade que é vocês dois.

- Ele tá certo - Jimin diz - Eu não quero e nem vou ser só seu amigo.

  Ele pisca, me dá um selinho e saí correndo para alcançar Jungkook.


Notas Finais


E aí?! Gostaram
O próximo capítulo vai ser o encontro.
Alguma expectativa?! Conta pra mim que eu vou adorar saber
2bju pra vocês


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...