História Come up to meed - Capítulo 23


Escrita por:

Postado
Categorias Daniel Alves, David Luiz, Gabriel Medina, Neymar, Thiago Silva
Personagens Neymar
Tags Ação, Futebol!, Romance
Visualizações 52
Palavras 1.072
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Esporte, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OIIIIIII BABYS!!! como vocês estão?
Apareci de novo! Com mais um capítulo quentinho para vocês ❤️
E meus amores, estou escrevendo uma fic nova aqui, venham ler! “ FOUND LOVE” com Gabigol!
Ela está tão linda ❤️

Capítulo 23 - Capítulo 23


Fanfic / Fanfiction Come up to meed - Capítulo 23 - Capítulo 23

A noite foi divertidíssima, chegamos em casa e eu já estava com sono e o Ney também, a galera ficou agitando para ficarmos na sala, mas decidimos subir.

Chegando no quarto ele foi tomar banho e eu fui ver uns e-mail, na caixa de entrada tinha um e-mail da FoxSports e eu pensei que fosse alguma coisa de pacote e ignorei, mas depois abri.

 

“Olá Alina, tudo bem?

Estavamos dando uma olhada nos seus trabalhos como repórter e estamos interessados em tê-la conosco. A emissora esta de portas abertas para você aqui no Brasil, se possível responda essa e-mail o mais rápido, estamos ansiosos para sua decisão. “

 

Aquele e-mail me deixou muito contente, eu ia voltar a fazer o que mais amo, e eu sinto que aquela era a minha oportunidade de mostras a excelente repórter que sou. Mas não respondi, fechei o notebook e aguardei o Ney sair do banho para conversarmos sobre.

Ele saiu sorridente e veio me abraçando.

- Te amo demais, que sorte a minha ter você aqui todos os dias, ele disse enquanto me beijava e aquilo partiu meu coração.

“ Como eu poderia abandoná-lo depois de tudo que ele fez por mim? Mas eu lutei tanto por essa faculdade, eu amo trabalhar e eu quero”... estava perdida em meus pensamentos.

-Ta aqui amor? Ele disse me olhando.

- Oi- oi, to sim, desculpa, só estou cansada, disse dando um selinho demorado.

- Então vai la tomar um banho e deita para dormir, ele disse saindo de cima de mim.

Me levantei e fui para o banho e não parava de pensar no que poderia acontecer, sai do banho coloquei o meu pijama e me deitei, abracei o Ney e dormimos.

Acordei pela manhã, mais cedo que todos e resolvi ir dar uma corridinha no condomínio para refrescar a mente e me decidir qual decisão tomar, corri por uns 45 minutos e em todo o percurso eu só pensava em como ia ficar meu relacionamento com o Neymar, já que eu estava decidida de aceitar e voltar a trabalhar no Brasil.

Cheguei em casa e ele estava se arrumando para ir pro treino.

- Bom dia meu amor, ele disse e eu dei um selinho nele.

- Bom dia amor.

Comecei a tirar a roupa para ir pro banho, ele se levantou e me abraçou por trás.

-To toda suada amor, eu disse.

- E qual o problema disso.

Me virei e o beijei, ele me puxou para seu colo, entrelacei as pernas ao redor da sua cintura e continuamos a nos beijar, ele nos guiou até a cama, e o clima começou a esquentar, tirei sua camisa e ele o meu top, começou a distribuir beijo pela minha barriga e logo estávamos fazendo amor, depois chegamos juntos ao ápice. Logo em seguida tomamos um banho juntos e claro que rolou de novo.

Depois do banho ele foi para o treino e eu fiquei em casa, fui até a área de lazer com um chá e fiquei sentada la fora.

Gil chegou:

-E ai branquela azeda, que cara é essa? Ele disse me cumprimentando com um beijo no rosto

- chora, eu disse rindo, não é nada, só estou pensativa.

- Posso te ajudar?

- Ah, eu vou te falar, mas não conta nada pro Neymar, eu vou contar a ele.

- Oxi querida, ta me estranhando? Soui fofoqueiro não

- Sei, eu disse em tom de deboche, então Gilmarzinho, eu recebi uma proposta da FoxSports me convidando para trabalhar com eles.

- Nossa que legal, e por que a cara de enterro?

- Porque é no Brasil, e eu vi quanto era difícil namorar a distância no início do meu relacionamento com o Junior, tenho medo de perde-lo, e nem sei como ele vai reagir.

- Alina, o Juninho te ama demais, ele ama ter você aqui, ele esta feliz como nunca eu tinha visto ele, ele esta realizado em todos os aspectos da vida dele. E eu sei que ele vai te apoiar, ele quer te ver feliz, mesmo que isso custe o namoro a distancia

- Obrigada Gil, vou falar com ele hoje, quando chegar do treino.

Ele se levantou e me abraçou, ficamos a manhã toda conversando, rindo.

Por volta de umas 14hs o Junior chegou, almoçamos e eu chamei ele para ir pro quarto.

- Amor, preciso te contar uma coisa, eu disse segurando em suas mãos.

- Isso é um pedido de casamento? Porque esta errado, você tem que estar de joelhos

Demos risadas.

 

(Recomendo ouvir a música The Scientist - Coldplay)

- Eu to falando serio, amor, eu recebi um convite para voltar a trabalhar como jornalista – ele deu um sorrisão - , mas é No Brasil. – O sorriso imediatamente saiu do seu rosto.

- Como assim Alina? Você pretende voltar a trabalhar em um lugar onde foi humilhada?

- Não, é em outra emissora. 

- Ma-Mas, ele disse gago, você tem certeza que quer isso?

- É a coisa que eu mais amo na vida, eu nasci para isso Junior.

- É a coisa que você mais ama na vida? E eu fico em que lugar?

- Calma, foi modo de dizer, eu te amo demais, mas eu preciso voltar a trabalhar, eu não quero ser bancada por você, eu quero ter minhas coisas e conquistar isso com o meu trabalho e esforço... eu te amo demais, e esta partindo meu coração tomar essa atitude, sabendo o que pode me custar.

- Eu te amo muito, mas eu já sofri demais com relacionamentos a distância, o tanto que isso desgasta, eu não sei se consigo passar por isso de novo, eu quero te ver muito feliz, do fundo do meu coração e eu vou te apoiar em todas as suas decisões, mas não sei se estarei aqui como seu namorado.

Eu percebi algumas lágrimas escorrendo em seu rosto e eu chorei também, ele me abraçou e desabamos em lagrimas.

- Você já esta certa da sua decisão né branquela? Ele disse passando a mão no meu rosto.

- Eu te amo, mas eu quero ir atrás dos meus sonhos.

Nos abraçamos e ele desceu, fiquei chorando muito e respondi o e-mail, teria uma semana para me apresentar na emissora.

Comecei a arrumar minhas coisas, e toda aquela situação dividia meu coração, o medo de perder o amor da minha vida, e o medo de deixar essas oportunidades passarem.

 


Notas Finais


Bom gente, esse é o capitulo de hoje. Tristinho né?

Será que acabou o Alimar? ☹

Comentem ai, a Alina tomou a decisão certa? O Ney esta errado em achar que não tem como continuar? Até a próxima babys.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...