1. Spirit Fanfics >
  2. Comemoração >
  3. Vídeo Chamada - Especial de 50 seguidores

História Comemoração - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Vídeo Chamada - Especial de 50 seguidores


(Casal quase nem um pouco shippado e história clichê só para iniciar)         

                                       

    (Bakugou x Kaminari)

[...]

Tinha viajado para outra cidade por causa de meus negócios e iria permanecer nela por um mês, e agora estava finalmente voltando para casa mas com uma semana de antecedência e isso sem que meu marido soubesse, afinal, tinha comprado vários presentes pois queria fazer-lhe uma surpresa quando chegasse em casa. Estava dirigindo de volta para minha residência quando recebi uma ligação de meu esposo, era uma chamada de vídeo, encostei o dedo na tela que era plugada ao painel do carro e atendi.

- Alô?

- Oi meu amor, como você está? - perguntou Kaminari deitado sobre a cama

- Eu estou bem, e você?

- Ah eu estou bem também - antes que eu pudesse dizer algo ele me interrompeu - Agora eu quero que fique em silêncio e não diga nada

- Ah... Tudo bem? - estranhei

"No que ele está pensando?"

- Muito bem, eu quero te mostrar uma coisa - ainda sobre a cama, ele ajeitou o celular e o colocou em lugar mais alto onde dava uma visão inteira de seu corpo, ele usava uma cueca lingerie jockstrap, a parte da frente era feita de tule de cor preta, da barra da lingerie descia uma faixa de cada lado de sua perna e ao final dela seguia-se mais duas faixas que faziam uma volta completa que apertava sua coxa de maneira leve - Vê? Eu comprei uma nova, faz tempo que não uso algo do gênero, então, decidi comprar - Denki virou-se de costas para câmera e mostrou estar usando uma cauda de Pikachu - Sim, eu também estou usando um plug em metal com cauda! - virou de lado e inclinou um pouco o corpo - O que acha?

-... - era uma tentação querer olha-lo enquanto precisava prestar atenção na estrada, senti meu rosto ficar levemente rosado e isso começara a me deixar nervoso, bufei um riso desacreditado e balancei a cabeça em negação

- Ah eu sei que gostou, você até está corado - agora sobre seus joelhos abriu suas pernas, levou o tronco para trás e com uma das mãos afastou a franja do rosto - Você esteve muito tempo longe, você sabe disso, não sabe? - ele fechou um dos olhos, provavelmente o plug tinha se movimentado - Ah... - sorriu perverso - Eu sei que está gostando, não adianta desviar o olhar

-... - Desviei de um carro e acelerei, tinha apertado meus lábios uns contras os outros, meu corpo estava ficando quente e ele começara a dar seus primeiros sinais de excitação. Kaminari continuou dizendo mais algumas coisas enquanto passava as mãos pelo corpo e mexia na lingerie, eu estava desviando o olhar o máximo que conseguia

- Isso não é o bastante - essa frase me deixou mais nervoso e ansioso, eu o vi retirar a calda e pegar um dildo transparente - Ele é menor que você mas vou usa-lo mesmo assim - começou a se posicionar, tinha se deitado, virado um pouco para o lado, levantou a perna e introduziu o objeto. Já estava ficando estressado, a velocidade do veículo estava super alta, eu suava e minha perna batia quase que descontroladamente no carpete do carro, e as vezes puxava a calça quando arfava pesadamente. Denki gemia alto e eu sabia que era de propósito, só conseguia pensar em chegar em casa logo - V-você está indo para uma r-reunião não está? - tinha aumentado a velocidade dos movimentos - Como você vai chegar n-nela de pau duro? - afinou a voz

-... - estacionei o carro, tinha chegado em casa

- Opa! - ele deu um pulinho, como se tivesse colocado muito fundo - Parece que você chegou ao seu destino - retirou o objeto de dentro de si e encerrou a chamada

- Idiota - sai do carro extremamente puto com ele, peguei meu celular, vi que tinha chegado em casa em quinze minutos e o desliguei. Adentrei o local e subi até o segundo andar, percebi que ele começou a ouvir barulhos na casa pois estava andando em círculos pelo quarto, conseguia ouvi-lo dizer várias vezes a palavra "atende" e "atende por favor", com certeza estava tentando me ligar, acabei por rir baixinho - Isso vai ser hilário - ouvi mais alguns barulhos, abri a porta e algo bateu em minha testa

- Ah! Katsuki!? - gritou assustado

-... - olhei para o objeto no chão e o peguei - Um dildo? Você me jogou um dildo?

- Eh... Eu achei que era um assaltante!

- Você ia jogar um dildo na cabeça do assaltante?

- Sim...? - ajeitou a minha camisa que colocara e fez uma pose - Mudando de assunto, o que veio fazer aqui?

- Vim foder você - cheguei perto dele, segurei suas pernas, me levantei e o coloquei em meu ombro, como um saco de batata

- O que!? Não, espera! - esperneou e eu joguei-o na cama

- Você me provocou, agora é minha vez - engatinhei até si, tirei minha gravata e a amarrei forte em seus pulsos - Então, vamos começar - sorri perverso, ajeitei-me entre suas pernas, beijei seu pescoço e levantei sua blusa, meus beijos se transformaram em chupões quando cheguei em teu abdômen. Posicionei o dildo em sua entrada e sem muito aviso o adentrei, pude ver seus olhos irem para cima e voltarem - Como você - comecei movimentos de ida e volta lentamente - Acha que me senti?... Estava achando engraçado? - coloquei mais fundo

- Ai, ah... N-não eu s-

- Shii, quem vai ficar caladinho agora vai ser você - continuei com os movimentos enquanto olhava atentamente seu membro que estava dando mais sinais de excitação do que antes de eu chegar. Os movimentos que eu fazia eram lentos e tranquilos mas, as vezes, os movimentos eram fundos e rápidos - É bom não é? - ele levou os braços para baixo e encostou seus dedos na tentativa de que eu aumentasse a intensidade - Como se sente?

- Ka-Ka... Tsukii - a voz se arrastou - D-desculpa - riu - Ai eu.. V-vou - todas as vezes que ele apertava os olhos era sinal de que iria gozar a qualquer instante, então, retirei o objeto de dentro de si. Ele me olhou confuso com um misto de indignação - E-ei!

- Não, eu não vou continuar

- Ah Katsuki - parou para tomar ar - A punição não tem benefícios se você também está excitado - cerrei meus olhos e ele sorriu - Vamos, me perdoa vai - seu rosto ficou levemente rosado - Você sabe muito bem que prefiro você do que qualquer brinquedo, do que qualquer coisa na verdade

"Desgraçado" 

- Tudo bem - abri o zíper de minha calça - Isso é só porque eu quero - apenas coloquei meu pênis para fora, fiquei sobre meus joelhos, segurei seu quadril e o coloquei sobre minhas coxas, encaixei meu membro e o olhei antes de adentra-lo. Ele curvou as costas e levou os braços para trás, agora apertava os lençóis. Seu corpo não tão musculoso começou a tremer, estava sensível - S-só mais u-um pouco - aumentei a velocidade, o último gemido que demos fora porque tivemos um orgasmo juntos

-... Ui - riu, parecia feliz - Eu - levantou os braços para os céus - Consegui o que eu queria!

- Blá blá "consegui o que eu queria" - desamarrei-o

- He he... Nossa

- O que?

- Olha como você está suado - ele se sentou na cama e limpou seu peitoral com a blusa que usara - Está fazendo muito esforço, está ficando velho em

- Vai se foder Kaminari

- O que? Ha ha - abriu os braços - Me abraça

- Uh... - estendi meus braços e ele juntou nossos corpos - Você vai lavar essa blusa

- Ah que seja - ri - Eu te amo, sabia?

- olhei-o - Também amo você - nos beijamos 


Notas Finais


Os capítulos podem ser de qualquer shipp, aliás, podem pedir se quiserem, sei lá (e se isso não acontecer a gente finge que essa conversa nunca existiu kk)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...