1. Spirit Fanfics >
  2. Como acabar com um casamento >
  3. PASSO 1: SEJA CURIOSA Não revisado

História Como acabar com um casamento - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Aqui está o primeiro capítulo dessa fanfic curtinha <3
Espero que vocês gostem!

Capítulo 1 - PASSO 1: SEJA CURIOSA Não revisado


Naruto e eu nos conhecemos desde que éramos pequenos. Tia Kushina – a mãe de Naruto, me tratou como filha quando minha mãe morreu e, hoje me sinto parte da família de Naruto. Já cheguei a gostar dele quando estávamos no colegial, mas isso logo passou. Mas que ele continua um gato ele continua. Juro que nossa relação não ultrapassa a irmandade.

O tio Minato é o CEO da empresa Uzumaki’s Corporation e como futuro dono, Naruto teve que ficar três anos em Londres comandando uma das filiais. Dois meses atrás quando ele retornou para Tókio, Naruto voltou noivo de uma modelo muito famosa, e quando ele me contou fiquei extremamente chateada. Como o seu irmão noiva sem falar nada com ninguém? Tudo bem que depois de vários chocolates eu aceitei a desculpa do “não queríamos chamar atenção da mídia”.

De qualquer forma cá estou no aeroporto juntamente com o Naruto ansiosa para conhecer a modelo famosa que ele não tinha me falado o nome.

– Já estou com fome, vou pegar alguma coisa para a gente comer. Tudo bem? – pergunto para o Naruto que não parava de olhar para o celular conferindo se a “noiva desconhecida” mandou alguma mensagem informando que chegou no aeroporto.

– Tudo bem. – disse nem se importando em olhar para o meu rosto.

Já estava andando para ir comprar nossas comidas e gastar toda a minha grana economizada em comida caríssima de aeroporto quando um grito estridente soa na direção onde estava Naruto.

A noiva desconhecida chegou. Ela tinha cabelo rosa. Que modelo tem cabelo rosa?

Aí meu Deus, a noiva do Naruto é...

– Sakura! –gritou meu amigo antes de levantá-la no colo. Clássica cena defilme romântico barato....

Quando Naruto falou uma modelo famosa eu estava pensando em uma “Victoria's Secret”, meu amigo nunca foi de detalhes. Haruno Sakura é uma modelo da L'Oréal Paris, seu rosto estava estampando em qualquer propaganda, inclusive na embalagem do meu kit de shampoo e condicionador no banheiro[1].

 

...

 

Sakura parecia ser bem mais legal do que a garota da minha caixinha de shampoo. Além de muito bonita –apesar de ainda achar bem diferente o fato do  cabelo Ele levou a gente diretamente na casa da tia Kushina, seu pai não estava muito preocupado com o tempo que ele queria passar com a noiva, por isso ele logo se despediu porque tinha trabalho para fazer. Para a tia, essa foi a oportunidade perfeita para fazer um tour na casa Uzumaki e, principalmente para falar sobre todos os podres de Naruto que, inclusive alguns eu fiz questão de anotar mentalmente para conseguir algum favor dele um dia.

– Onde você conheceu o Naruto? – tia Kushina perguntou ansiosa.

– Em uma festa da empresa. Foi bem engraçado na verdade...

– Como assim, engraçado?

– Eu estava andando no meio do salão e de repente meu vestido branco ficou sujo de vinho tinto. – cara de Naruto essas coisas... – Então como pedido de desculpas ele me levou para a casa e nós não paramos de conversar desde então. Na verdade ele sempre me mandava flores, mensagens românticas e presentes, demorou um tempo para que a gente começasse a sair juntos.

– Por quê? – agora era eu que estava curiosa.

– Eu estava em uma relação complicada com outro rapaz. – disse tristonha. – Mas depois quando finalmente terminamos e com a insistência de Naruto, dei uma chance para conhecê-lo. Me apaixonei por ele.

Eu achei extremamente fofo e não pude deixar de sorrir, fui mais discreta do que tia Kushina que só faltou vomitar arco-íris. Sakura parecia estar sendo bem verdadeira, o Naruto é muito chato a primeira vista, mas ele é gentil e carinhoso depois que você conhece melhor, por isso que já me apaixonei por ele no colegial.

– E você, Hinata?

– Eu?

– Sim. Você namora alguém? –fiquei surpresa com a pergunta. Desde que terminei com Kiba não namorei mais ninguém, fiquei com vergonha porque pouco falava sobre isso. Me sentia uma velha solteirona que amava gatos.

–Não.

– Gosta de alguém?

– Não.

–Gosta sim. – afirmou Kushina com os braços em direção a cintura. – Você ainda gosta do Kiba.

–Quem é Kiba?

–Meu ex-namorado. Mas eu não gosto de ninguém. – fui sincera. –No momento só penso em terminar meus livros e pronto.

O forno faz um barulho. O bolo de cenoura de Dona Kushina estava pronto.

– Agora sim, vamos tomar nosso café. – disse alegre a tia indo pegar o bolo

Nesse momento outra coisa bem barulhenta começa a soar.

– Com licença vou atender meu celular...

–Droga onde que eu coloquei a luva? –resmunga a tia abrindo todas as gavetas do armário.  

Sakura sai da cozinha e eu fui ajudar a procurar a bendita luva nos armários de cima.

– Eu gostei dela.

– Eu também, mas confesso que estranhei o cabelo. – disse depois de fechar a ultima porta do armário.

– Puxou o gosto do pai. – olhei para a tia Kushina e eu ri. A mãe de Naruto não era bem tradicional. Talvez eu que fosse, com meu cabelo que nunca pintei, que sempre esteve na mesma altura... Talvez seja por isso que estou solteira... Eu era tradicional demais.

– Não vejo a hora de ver vários netinhos pela casa. – suspirou animada encostando-se à pia. – Eu sempre sonhei em ser avó.

– Olha tia, o Naruto ainda é noivo. Ele não vai ter filho tão cedo assim.

– Vou desejar que eles cruzem como coelhos então!

Aí credo! Imaginar a vida sexual do meu melhor amigo/irmão não era o ponto alto do meu dia.

–Hinata, para de me olhar com essa cara e vai lá em cima à dispensa e vê se você acha alguma luva. –disse praticamente me despachando da cozinha.

Então eu fui para o segundo andar da casa buscar a bendita luva, mas quando eu passei no banheiro ouvi a Sakura falando com alguém no telefone. Como não sou curiosa eu passei direto e fui para a dispensa, achei uma luva, peguei e novamente fui à caminho das escadas.

Sakura estava falando alto, não pude me conter. Coloquei meu ouvido na porta para ouvir melhor. Okay, ela não estava falando tão alto assim.

– Você não pode fazer isso com o Naruto!

Fazer o que? Quem? Quando?

– Sasuke, você me prometeu!

Naruto já me falou desse cara, mas eu não lembro direito quem seja...

– Você quer acabar com meu casamento?

Desencostei meu ouvido da porta . Eu não podia bisbilhotar, não podia mesmo. Segui em direção a escada e quando estava prestes a descer eu voltei. Tinha que saber o que estava acontecendo. Coloquei novamente o ouvido na porta.

– Nós temos uma história juntos, Sasuke. Você não pode simplesmente ir embora e fingir que nada está acontecendo!

– Hinata você achou a luva ou desmaiou outra vez por causa de rato? – gritou tia Kushina me assuntando.

Me afastei da porta e sai correndo em direção a cozinha.

– Porque você demorou? – perguntou tia Kushina impaciente pegando a luva da minha mão e indo retirar o bolo do forno.

– Nada, tia Kushina. Nada.

Sakura voltou depois e comemos o bolo de cenoura todas juntas.

Eu só conseguia pensar na conversa que a Sakura teve com o tal de Sasuke. Será que ela estava traindo o Naruto? Que história era essa juntos? Porque ele iria arruinar o casamento do meu irmão? Será que esse é o cara da relação complicada? Eu acho que Sakura está tendo um caso com esse tal de Sasuke... Eu preciso descobrir! Eu não posso deixar esse casamento acontecer se isso for verdade. Eu só tenho que ter certeza... Mas como?

 

 

 


Notas Finais


[1] Infelizmente L'Oréal Paris não patrocina essa fanfic.

Espero que tenham gostado. Até o próximo!
Beijos de menta!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...