História Como antigamente - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Exo, Luhan, Xiuhan, Xiumin
Visualizações 10
Palavras 659
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


*-* Mais um capítulo, espero que gostem... <3

Capítulo 4 - Lumin Pt 2...


Fanfic / Fanfiction Como antigamente - Capítulo 4 - Lumin Pt 2...

-  O que disse?  -  Ele diminui o tom e se aproxima de mim novamente. 

-  Me perdoa, Luhan. Mas o amor que sinto por você apenas não é maior que o amor que sinto por meu filho e por ele eu faria tudo outra vez, passaria mais dez ou cen anos longe de você apenas para o proteger, porque eu amo o meu filho, desde o dia que descobri que estava dentro de mim.

* * * * * *            

           *LUHAN*

-  Você só pode estar louco, qual é o seu problema?  -  Eu o olhava incrédulo.

-  Eu fui embora por ele, Luhan. A gravidez era arriscada e...

-  Está dizendo que engravidou alguém e fugiu por isso? Você me traiu e fugiu?

-  EU ENGRAVIDEI, EU GEREI O LUMIN, NÃO OUVIU?

-  Que ponto você chegou, Minseok.  -  Ri.  -  Tudo bem que uma mulher qualquer invente uma história como essa para mim, eu transei com muitas depois que me deixou, mas você? Um homem? 

-  Eu não sei explicar isso a você, mas eu posso gerar um filho. Talvez uma má formação quando minha mãe me esperava, não sei explicar.

-  Minseok, você enlouqueceu. Precisa urgentemente ser internado.  -  Eu não sabia o que dizer diante de tamanha loucura. Apenas queria ir embora dali.

-  Me explica, por que ele se parece tanto com você?  -  Ele chorava desesperado.

-  Você realmente achou que me convenceria dessa loucura toda achando uma criança parecida comigo?   O mundo é muito grande Minseok, muitas pessoas se parecem.  -  Respiro fundo.  -  Por favor, me deixe ir. Não me procure mais e eu esquecerei toda essa loucura que me disse.

-  O  que eu tinha na cabeça achando que acreditaria em mim? O que me machuca é ter que dizer ao meu filho que o pai não quer o conhecer.

Eu não tinha mais o que dizer, o deixei para trás e fui até meu carro entrando e saindo o mais rápido possível dali.

* * * * * *

Eu deveria ver minha esposa no hospital, mas no estado que eu estava vim direto para casa. Entrei e fui direto para o meu escritório. me sentei afrouxando minha gravata e abri uma pequena gaveta em minha mesa pegando uma foto antiga minha e de Minseok que guardo por muitos anos.

 -  Por que me abandonou? Por que enlouqueceu assim?  -  Fecho os olhos e me lembro dos nossos momentos juntos.  -  Poderíamos ser tão felizes hoje. Abro os olhos e guardo a foto na gaveta, mas antes de fecha-la lembro que guardei algo que o filho de Minseok deixou cair e o pego.

"De: Lumin... Para: Papai"

Abri o que parecia ser um diário e não queria acreditar no que via. Uma imagem de Minseok com a barriga grande. Desci meus olhos e li a legenda. 

"Dentro de mim, eu já te amava"

Passei para a segunda página e vi outra foto de Minseok, dessa vez sem camisa e a barriga muito grande. 

"Não vejo a hora de segurar meu bebê nos braços" 

Passei mais e mais páginas vendo fotos de Minseok com a barriga enormee legendas que descrevia seus momentos, até passar para as últimas onde sua barriga se encontrava grande e suas expressões não eram boas.

"Está difícil, mas está chegando a hora"

"Papai espera ansioso por você"

Minhas lágrimas já caíam, e me emocionei mais ao ver a próxima página onde Minseok estava no hospital, e a outra foto com um bebê muito pequeno nos braços e parecia emocionado.

"Finalmente você chegou para o papai, com muita dificuldade mas conseguimos"

As últimas fotos seguintes eram fotos de Minseok com o bebê, fotos de aniversários, fotos de datas comemorativas, fotos e mais fotos de Minseok e Lumin.

Fechei o álbum e me permiti chorar, chorar como nunca chorei antes, chorar mais até do que chorei quando fui abandonado. Voltei a ver as fotos uma por uma repetidas vezes caindo em desespero ao ver o quanto aquele bebe parecia comigo, e senti a emoção tomar conta de mim. 


CONTINUA...



Notas Finais


*-* Espero que tenham gostado, beijinhos e até breve... <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...