História Como antigamente - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Exo, Luhan, Xiuhan, Xiumin
Visualizações 7
Palavras 659
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


*-* Mais um capítulo, espero que gostem... <3

Capítulo 4 - Lumin Pt 2...


Fanfic / Fanfiction Como antigamente - Capítulo 4 - Lumin Pt 2...

-  O que disse?  -  Ele diminui o tom e se aproxima de mim novamente. 

-  Me perdoa, Luhan. Mas o amor que sinto por você apenas não é maior que o amor que sinto por meu filho e por ele eu faria tudo outra vez, passaria mais dez ou cen anos longe de você apenas para o proteger, porque eu amo o meu filho, desde o dia que descobri que estava dentro de mim.

* * * * * *            

           *LUHAN*

-  Você só pode estar louco, qual é o seu problema?  -  Eu o olhava incrédulo.

-  Eu fui embora por ele, Luhan. A gravidez era arriscada e...

-  Está dizendo que engravidou alguém e fugiu por isso? Você me traiu e fugiu?

-  EU ENGRAVIDEI, EU GEREI O LUMIN, NÃO OUVIU?

-  Que ponto você chegou, Minseok.  -  Ri.  -  Tudo bem que uma mulher qualquer invente uma história como essa para mim, eu transei com muitas depois que me deixou, mas você? Um homem? 

-  Eu não sei explicar isso a você, mas eu posso gerar um filho. Talvez uma má formação quando minha mãe me esperava, não sei explicar.

-  Minseok, você enlouqueceu. Precisa urgentemente ser internado.  -  Eu não sabia o que dizer diante de tamanha loucura. Apenas queria ir embora dali.

-  Me explica, por que ele se parece tanto com você?  -  Ele chorava desesperado.

-  Você realmente achou que me convenceria dessa loucura toda achando uma criança parecida comigo?   O mundo é muito grande Minseok, muitas pessoas se parecem.  -  Respiro fundo.  -  Por favor, me deixe ir. Não me procure mais e eu esquecerei toda essa loucura que me disse.

-  O  que eu tinha na cabeça achando que acreditaria em mim? O que me machuca é ter que dizer ao meu filho que o pai não quer o conhecer.

Eu não tinha mais o que dizer, o deixei para trás e fui até meu carro entrando e saindo o mais rápido possível dali.

* * * * * *

Eu deveria ver minha esposa no hospital, mas no estado que eu estava vim direto para casa. Entrei e fui direto para o meu escritório. me sentei afrouxando minha gravata e abri uma pequena gaveta em minha mesa pegando uma foto antiga minha e de Minseok que guardo por muitos anos.

 -  Por que me abandonou? Por que enlouqueceu assim?  -  Fecho os olhos e me lembro dos nossos momentos juntos.  -  Poderíamos ser tão felizes hoje. Abro os olhos e guardo a foto na gaveta, mas antes de fecha-la lembro que guardei algo que o filho de Minseok deixou cair e o pego.

"De: Lumin... Para: Papai"

Abri o que parecia ser um diário e não queria acreditar no que via. Uma imagem de Minseok com a barriga grande. Desci meus olhos e li a legenda. 

"Dentro de mim, eu já te amava"

Passei para a segunda página e vi outra foto de Minseok, dessa vez sem camisa e a barriga muito grande. 

"Não vejo a hora de segurar meu bebê nos braços" 

Passei mais e mais páginas vendo fotos de Minseok com a barriga enormee legendas que descrevia seus momentos, até passar para as últimas onde sua barriga se encontrava grande e suas expressões não eram boas.

"Está difícil, mas está chegando a hora"

"Papai espera ansioso por você"

Minhas lágrimas já caíam, e me emocionei mais ao ver a próxima página onde Minseok estava no hospital, e a outra foto com um bebê muito pequeno nos braços e parecia emocionado.

"Finalmente você chegou para o papai, com muita dificuldade mas conseguimos"

As últimas fotos seguintes eram fotos de Minseok com o bebê, fotos de aniversários, fotos de datas comemorativas, fotos e mais fotos de Minseok e Lumin.

Fechei o álbum e me permiti chorar, chorar como nunca chorei antes, chorar mais até do que chorei quando fui abandonado. Voltei a ver as fotos uma por uma repetidas vezes caindo em desespero ao ver o quanto aquele bebe parecia comigo, e senti a emoção tomar conta de mim. 


CONTINUA...



Notas Finais


*-* Espero que tenham gostado, beijinhos e até breve... <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...