1. Spirit Fanfics >
  2. Como conquistar o multiverso sem ter que ir à faculdade >
  3. Interlúdio — O que fazemos com empregadas malcriadas

História Como conquistar o multiverso sem ter que ir à faculdade - Capítulo 13


Escrita por:


Notas do Autor


Yo
Foi uma semana longa e relaxante para mim, arrumei meu celular faz alguns dias mas segurei os capítulos para trabalhar nos futuros projetos que terei esse ano.
Em uma nota, Naruto o Herdeiro Renegado acabará no próximo capítulo, sairá no meio da semana.
Então focarei nessa fic o resto desse mês também diminuirei a velocidade de postagem, porque os 2 outros projetos são grandes e vocês gostarão.
Avisos Extras: Linguagem Vulgar, Orgias, Sexo, Servidão forçada, Rituais e Ofensas a moralidade? Eh, sim tudo que eu escrevo ofende a moralidade então wharever

Capítulo 13 - Interlúdio — O que fazemos com empregadas malcriadas


O que fazemos com empregadas mal-criadas?

Acordei sonolento e meio grogue, tirei alguns segundos para raciocinar aonde eu estava e o porquê de ter 5 mulheres desmaiadas a minha volta, e também descobri porque diabos tem um Rinoceronte armadurado me encarando fixamente.

Ah, também tentei lembrar o porquê de estar no meio de um diagrama sátanico.

Lentamente comecei a navegar em minhas memórias.


Flashback


Era segunda feira e eu terei aula normalmente na escola preparatória de Kuoh, onde sou reconhecido com o Cavalheiro Perfeito por todos os maneirismos que faço questão de ter.

Acordei na minha cama normalmente, com o corpo suado e cansando de Hana jogado ao meu lado depois que fiquei praticando [Eromancy] nela durante a noite, Ophis provavelmente está no quarto dela virando a noite, vendo ou Anime ou jogando MMO.

Desde que falei sobre o noivado ela teve a pior reação, tive que impedi-la de ir no submundo e obliterar todos os diabos de lá, Sensei apoiou a ideia, mas graças ao meu gigantesco Cha é fácil convencê-las de que não podemos criar guerras a toda.

Suspirei e me levantei, usei uma combinação de feitiços de água normal e fogo para fazer um banho instantâneo e equipei meu uniforme, uma camisa branca com gravata e blaser vermelho (ridículo eu acho).

Depois disso fui a cozinha onde Kuroka alegremente fazia ovos mexidos, com Shirone comendo cereais na mesa junto à Izami.

Como de costume me aproximei com meu [Stealth] ligado e me coloquei atrás da cozinheira.

Seu uniforme ficou bem mais curto já que ela cresceu, principalmente seu peito que está no tamanho que me lembro no Canon. Eu perguntei a Hana sobre o porque dela não mudar o uniforme, ela respondeu que “Kuroka só quer se mostrar mais para seu precioso Goshujin-sama”

E ela conseguiu mostrar mais, sua saia com babados deixa pelo menos dois terços de sua bunda suculenta para fora e a parte da frente parece que vai estourar a cada passo que ela da.

Então do jeito que ela gosta eu dei uma boa e forte palmada no seu traseiro saltitante.

Apesar da força que coloquei, ela apenas gemeu e sua cauda se enrolou em volta da cintura, um hábito que ela criou para deixar ainda mais espaço para eu bater, submissa até em questões fora do trabalho de empregada.. Ela se inclinou ainda mais no fogão e começou a roçar em mim.

Sem tempo para brincar, infelizmente, apenas dei outro tapa na outra nádega, assentindo em aprovação a marca vermelha que ficou na sua pele perfeita.

Me sentei na mesa circular e acariciei as orelhas de Shirone, ela soltou um ronronar em resposta, e dei um beijo propositalmente perto demais da boca de Izami.

Apreciei seu rubor furioso que se seguiu, ela está cada dia mais tensa com meus hábitos pecaminosos, ela tem um grande medo do que a sociedade julga errado.

Shirone é 100% mais liberal então ela aprecia meus toques e como pagamento me dá uma colherada de cereais. 

Uh, como diabos alguém vende cerais com gosto de peixe.

Suspirei e Kuroka veio e colocou meu prato de ovos mexidos, agradeci com um aperto na mama esquerda dela, ela gemeu e soltou um Nya alto.

Eu sou incrível simples assim. 

Depois disso sai com Izami e Shirone para irmos à escola.

No caminho encontrei Sakuya, sobre o que ela viu aquele dia decidi simplesmente [Obliviate] ela é é isso, tento descobri sobre sua Sacred Gear secretamente, mas sem resultado.

Mas deixarei isso para mais tarde, não posso matar ela só por curiosidade… pelo menos não até eu poder reviver pessoas aleatoriamente.

Eu criei um apego a sua personalidade Deredere.


Time Break


Depois de 6 horas de puro tédio, a única exceção do tédio foi Ed. Física, a professora me puxou para fora e me deu um boquete, sim eu transo com minhas professoras, me julguem.

Sou um demônio e um Eromancer, convencer alguém a foder é tão fácil quanto andar, principalmente se a mulher me achar fisicamente atrativo.

Por isso metade das garotas acima de 14 anos já recebeu pelo menos um tratamento oral meu.

Pôs a escola enquanto voltava tranquilamente para casa acompanhado das meninas, essa tarde eu não tinha nada para fazer.

Talvez eu treine mais [Eromancy] ou [God Water Slayer], por sinal eu basicamente me tornei um elementista.

Diferente dos Slayers de Fairy Tail eu trabalhei no controle em vez de criar golpes, então eu posso basicamente controlar a Água Vermelha, a cor da água da God Slayer, tipo Percy Jackson, e junto com as 6 orbs elementais e meu domínio completo de [Pyromancy] tenho acesso a todos os elementos naturais da magia, menos luz obviamente.

Uma pena que ninguém com que lutei até agora me forçou a usar meus novos poderes, apenas a [Cthulu Blood Sword] que se tornou a única espada que empunharei pelo resto da vida, simplesmente por que é forte demais para ser usada contra todos os seres.


[Cthulu Blood Sword]

A espada lendária do único escravo que conseguiu ferir o sacerdote dos Grandes Velhos, antes de ser torturado por 30 anos, porém a espada ficou com o sangue sagrado embutido nela.

Dano: 20 

Efeito: Tudo o que é cortada pela espada fica congelado no tempo por 5 seg (Se o alvo já está sobre o efeito o tempo muda para 2,5)

Raridade: Única


Apesar do dano ser menor que minhas bokutos o efeito me fazia cortar o alvo infinitamente, demoro 0,3 para realizar cada hit, então no tempo do primeiro efeito eu aumento o efeito em 41 segundos, tornando o alvo totalmente paralisado por tempo infinito, ou pelo menos até minha Sta acabar.

Oh sim! Minha [Golenmancy] é algo ridículo de upar, para o lvl 2 precisei fazer 200 Golens de Terra, e como não tenho acesso a muita Madeira não tentei evoluir ainda mais ela.

Mas eu deixei os 200 golens plantados na terra do quintal, caso alguém tente atacar a casa enquanto estamos fora.

Hora de arrumar algo para fazer!

Enquanto ando com Shirone, Irina, Izami e Sakuya reviso minhas quest mais uma vez, com a maioria sendo objetivos a longo prazo, mas a única missão que eu posso fazer sem ter que ser o melhor em alguma coisa é a [Harém Lord I] mas preciso fazer Sexo com 5 mulheres em conjunto, e apesar de transar regularmente com 5 mulheres duvido que elas aceitem fazer as 5 juntas…

A única forma de fazer isso seria com prostitutas…ou uma casa de swing, mas acho que eles não deixam pré-adolescentes entrar em um lugar assim.

Eu tenho 12 anos apesar de parecer ter 16 então provavelmente não conseguirei contratar 5 profissionais do sexo… 

Tenho certeza que Hana me bateria caso pedisse para ela fazer isso por mim… Yang também… Ophis não deve conhecer nada do assunto e Serafall e Grayfia não são íntimas o suficiente para isso.

Só me resta uma mulher…

Yasaka.

Nosso relacionamento está estritamente parcial na maior parte do tempo, durante os dias que ela vem visitar Kunou nossas conversas são estranhas e ela parece arrependida pelo o que ela fez, porém 1 vez por mês ela abandona o arrependimento e me leva para um Hotel 5 estrelas para fodermos igual animais por 2 dias seguidos, ainda mais que minha Vit agora aguenta mais de 50 rodadas.

Terminamos cansados fedidos e toda vez descobrimos um fetiche ainda mais estranho do que o anterior… tenho certeza que posso pedir para ela contratar 5 prostitutas Youkais para mim, quero dizer… é por uma boa causa, não por prazer pessoal ou algo assim.

Ao menos vai ser isso que vou dizer quando pedir esse favor.

Também seria incrível uma delas ser virgem… preciso de sangue da castidade de uma virgem, para meu ritual de pet.

O ritual de pet foi algo que desbloqueei depois de conseguir meu servo na floresta dos familiares, a cada pet que invoco os ingredientes ficam mais difíceis e raros, mesmo esse sendo o segundo que invocarei.

O primeiro foi uma fodenda barata! Tudo bem que usei chiclete já mascado como o item ‘core’ do ritual… mas porra! Uma barata! Não perdi tempo para matar ela, foda-se se eu invoquei, não vou ter uma barata na minha lista de pets.

Por isso planejo fazer a segunda invocação usando um [Crystal da Coragem] um item que aumenta temporariamente minha Str em 50, inútil já que o buff dura só 5 minutos, como é tido como um item Raro deve sair um pet legal…

Talvez depois da orgia eu possa ir na dungeon de Pokémon para capturar meu ‘inicial’.

Ok! Recapitulando os planos para o dia.

Pedir que Yasaka envie 5 mulheres dispostas a uma orgia, 1 delas sendo virgem.

Coletar o sangue do hímen quebrado da virgem.

Fazer o ritual. 


Flashback End


Uh… puta merda.

Que diabos de noite hein.

Bem, pelo menos tenho um Rinoceronte como pet! E o título [Harém Begginer].


[Harém Begginer]

Título dado a aqueles que buscam a glória de se tornarem Senhores do Harém, porém por sua falta de experiência você é apenas um iniciante.

(-50% de chances de uma mulher negar participar de um harém)


E a quest se atualizou também!


[Harém Lord II]

Uh? Então você passou da primeira parte é? Pois saiba que não é só poligamia que o torna um Harém Lord! Você deve ser forte o suficiente para proteger todas mulheres que aceitaram participar!

Objetivo 1: Lvl 150 (53 faltando)

Objetivo 2: 10 mulheres com 100/100 de afeição (3 restantes)

Objetivo 3: Transar com 10 mulheres diferentes (1 restante)

Recompensas – 

Título atualizado


Falha de conclusão 

Morte, pois uma vida sem harém não é uma vida senão um desperdício.

[Y]

(Quest automaticamente aceita)


Mostrar o progresso com os objetivos foi uma atualização pequena a qual agradeço muito System…

Mas infelizmente essa é outra missão que será arquivada na secção ‘com o tempo’ das minhas missões.

Para organizar todas as missões eu criei 3 abas para armazena-las, Main, Side e com o tempo, Main são aquelas que tenho que fazer rapidamente, que são basicamente missões criadas a partir de tarefas atribuídas por Venelana ou pelo System.

Side são para quando não tenho nada para fazer e fico com preguiça de grindar, e as ‘com o tempo’ elas se completaram sozinhas com o meu avanço, como a de Grayfia por exemplo.


[Novo Pet! Você gostaria de nomea-lo?]

(Pense no nome)


Huh, sem tempo para criatividade, vai ser Rhino mesmo.

Sinto sua irritação pelo nosso link apático que acaba de ser formado.

Meh, lvl 1 com 3000 de Hp, um possível tank se a armadura é algum indicativo, talvez eu leve ele para dungeons depois, agora volte para a aba Pets/Servos e se comporte com Hydra-chan.

Ah é.

Meu familiar é uma Hydra de 12 metros que gosta de ser acariciada na barriga e que leiam contos de fada para ela. Nada demais na verdade.

Agora limpar essa bagunça antes de Hana aparecer e enlouquecer por eu usar o círculo de teleporte como mesa de ritual, não que seja a primeira vez…

Se bem que eu me lembro de construir um altarzinho para sacrifícios no canto do quintal… provavelmente seria difícil.

Me equipei com roupas casuais e olhei para a porta que levava aos fundos aberta, com uma Kuroka corada e espantada encarando minha obra.

Quase como instintivamente usei [Imaginação Fértil], um feitiço de [Eromancy], para fazê-la imaginar como foi minha primeira orgia completa, e o quão bom eu sou para deixar 5 youkais da tribo coelho em um estado como aquele.

Coelhos são conhecidos por suas habilidades de procriação e por isso são popularmente conhecidos como monstros na cama, pelo menos as mulheres os homens são apenas rápidos.

Nenhuma pode combater o Eromancer, nem mesmo as 5 juntas.

Sorri provocativamente para minha empregada, nunca cheguei além de assédio com ela, talvez agora fosse a hora? Quero dizer são 6 da manhã, e o povo de casa só acorda no mínimo as 8.

“Bom dia! Kuroka-chan” sorri de forma maliciosa, sua cauda tremendo e chicoteando o ar aleatoriamente de excitação.

Minha voz tirou ela do meu feitiço e vi seu rosto esquentar rapidamente, ela ia soltar um gritinho de espanto mais me adiantei e avancei até ela.

Joguei meu corpo no seu efetivamente a prensando na porta de vidro atrás, coloquei uma mão na sua boca e fiz o gesto universal de silêncio com a outra, quando vi seus olhos mudarem de surpresa para um nervosismo controlado retirei a mão da sua boca e movi para suas fofas orelhas…

Eu tenho um fetiche por orelhas, mas somente se a orelha não for humana…

Maldita Yasaka por me fazer desenvolver fetiches novos.

Acariciei suas orelhas bruscamente com minha mão e coloquei a outra por debaixo de sua saia extremamente curta, sentindo-me encher de orgulho ao notar a umidade presente em sua fenda, roupas íntimas são proibidas para quem ficar dentro de casa, não existe nenhum sutiã em casa além dos de Hana, e isso é porque não teria camisa que ficasse bem com as duas montanhas que ela chama de peito.

Mesmo com seus 18 anos Kuroka ainda não entrou no cio e sinceramente estou começando a me preocupar, mas sempre me esqueço de perguntar sobre… pelo que me lembro da novel Koneko entrou no cio com 16.

Retirei minha mão das suas orelhas e coloquei na sua cauda, dei um aperto forte e ela miou baixinho, me inclinei para mais perto dela e quando meus lábios estavam a centímetros dos dela parei.

Movi meu rosto para sua orelha humana e sussurrei

“Não podemos… relações entre patrão e empregada são desaprovadas” deixei meu tom rouco e dei um beijo em sua bochecha direita.

A soltei e ri maldosamente pelo olhar decepcionado e raivoso em seu rosto, parecia que ia explodir em um ataque de raiva a qualquer minuto. 

“Mas você sabe qual é sua sorte Kuroka?” falei no mesmo tom rouco e fiz meus olhos brilharem, um truque avançado de [Presença Mágica] e liberei um pouco do meu poder.

Sua excitação aumentou, a sensação de poder era algo prazeroso para ela e eu atualmente sou mais forte que ela, ela tinha um respeitável lvl 73.

Soltei meu sorriso mais provocante e avancei novamente em sua forma trêmula e excitada.

“Eu não dou a mínima para o que as pessoas desaprovam”

Com essa frase de efeito eu peguei um de seus seios e apertei com força, avancei para seu pescoço e comecei a mordiscar a região, a minha outra mão não ficou sem utilidade e ela foi para sua vagina carente e molhada.

Também usei o feitiço [Phantom Hands], obviamente de [Eromancy], para criar mãos invisíveis do ar e apertar/acariciar sua cauda.

“Nya~ pare de me provocar! Só coloca seu pau na minha boceta carente Goshujin-sama… por favor… sua gatinha está pedindo ~nyaa” sua voz estava alta então lancei um feitiço de privacidade para não acordar a casa toda.

Com a mão esquerda, a que acariciava seu clitóris, comecei a inserir dois dedos, entraram com facilidade é claro, ela já está pingando no quintal.

Abandonei seu pescoço e rasguei a parte de cima da sua roupa, liberei seus belos seios (pálidos, redondos com auréolas de um rosa pálido) e coloquei o que não acariciava na boca, seus gemidos aumentaram.

E para entrar no clima com um comando mental desequipei minha roupa, meu guerreiro já preparado para mais um combate, a prensei ainda mais no vidro da porta e deixei meu pau roçar em suas pernas enquanto a tocava em seus lugares mais sagrados.

Foi quando [Phantom Hands] deu um puxão desagradável em sua cauda que seu primeiro orgasmo saiu, oh, ainda bem que desequipei minha roupa, seus fluidos saíram em forma de um jato longo e prazeroso (se o gemido longo e prolongado dela foi algum sinal)

Finalmente uma squirter!

Depois que ela cessou seu orgasmo e arfou pesadamente cancelei [Phantom Hands] e as substitui pela minha mão esquerda, dessa vez apenas acariciando a base da cauda.

A outra mão movi para sua cintura e a levantei, deixando-a cair direto no meu pau.

Kuroka rapidamente entendeu a posição e cruzou suas pernas nas minhas costas e apertou os braços ao redor do meu pescoço.

Hora dela conhecer [Penetrate 2000] um feitiço que especificamente aumenta a velocidade da minha penetração.

“SIM! Isso Mestre! Eu estou esperando isso desde que te conheci! Estou esperando pelo seu pau a mais de 6 anos! Resisti a todos meus desejos por você, agora me use Goshujin-sama!”

Sua voz virou uma bagunça gritante com gemidos fortes e gritos estridentes todos misturados em um só tom.

Olhei para seu rosto, desviando a minha atenção das penetrações continuas e rápidas, o que vi se resumia em prazer.

Se o que ela disse tiver algo de verdade ela realmente estava querendo isso… não perco a oportunidade de provoca-lá

“E isso é tão bom quanto você estava esperando?” Perguntei em meu tom zombeteiro, reservado apenas para as mulheres com fetiches de degradação e para os meus inimigos.

Seu rosto se contorceu e tentou formar uma resposta, mas eu a impedi aumentando a velocidade das estocadas, seus músculos vaginais se apertaram e a boca se abriu em um grito silencioso.

Uma expresso Ahegao estampada no rosto enquanto a língua se contorcia.

Eu resisti ao aperto viciante da sua vagina e segurei meu próprio orgasmo… meu teste de Vit para Sexo ainda deve estar muito alto para aguentar mais que 2-3 rodadas.

Não irei acabar tão rápido com o castigo da minha empregada impertinente.


Time Break


Quando foi umas 7:30 da manhã me vi obrigado a parar, não porque broxei ou algo tipo, eu simplesmente cansei de foder, meus quadris estão dolorido de tanto carne-bate-carne.

Aproveitei para acordar às Youkai e a guiá-las para Kyoto partir de Kuoh, infelizmente nenhuma delas queria partir, algum negócio sobre eu ser a reencarnação do Deus da fertilidade ou algo assim.

Então eu prontamente coloquei uma roupa de empregada nas 5 e usei [Slave Contrat] para ‘oficializar’. 

Agora tenho 6 empregadas gostosas que adoram o chão aonde ando, e quando estou com tesão basta só chamar uma ou curvar ela no meio do corredor!

E o melhor, cinco delas são lindas coelhinhas, ficaram fabulosas na roupa de empregada da casa, o mesmo modelo extremadamente curto de Kuroka.

Kuroka não ficou muito feliz de compartir suas tarefas com outras mulheres. “Vocês podem ser as empregadas, mas sou eu que é assediada por ele!” Foram as palavras exatas dela.

E como eu fiz algo imprudente e extremadamente carnal devo me esconder de Hana, sempre que faço coisas assim ela me bate  e me deixa de castigo, pelo menos até ela ficar excitada demais e ela precisa de mim para resolver seu problema… normalmente isso equivale a 2 dias.

Hm… acho que posso ir para a mansão Gremory para escapar de Hana, além do mais ninguém gosta de estudar nas terças.

Usei minha água vermelha para lavar os fluidos corporais que ficaram no teleportador e aumentei a temperatura ambiente com [Imolação] para secar. Gray-chan foi muito objetiva em dizer que qualquer coisa no círculo pode atrapalhar a magia e por isso deixá-lo limpo é uma obrigação.

Depois disso apenas banhei o centro da plataforma com meu Poder demoníaco e ativei o círculo.


Pov Rias


Haa! Merda, não consegui de novo…

Eu tenho que me esforçar mais, ou então não vou poder salvar Yin-kun do se casamento… e eu não vou desistir de nosso amor assim! Tenho certeza que ele derrotará Riser e é minha obrigação derrotar Sona como agradecimento.

Espere… esse é o teleportador ligado a casa de Yin-kun! Ele veio me ver!

Abandono meu treinamento imediatamente e corro para outra parte do jardim, diretamente para os braços do meu cavaleiro…

Oh! Lá está ele… seus cabelos estão bagunçados e ele parece um pouco cansado… mas ainda é perfeito! Tenho certeza que ficou treinando até tarde de novo…

“Yin-kun!” Eu chamei sua atenção e ele olhou para mim.

Droga! Eu estou toda suja de terra por ter destruído um pedaço do chão… espero que ele não fiquei triste de me ver assim…

Seus olhos brilharam e o azul dele ficou levemente mais forte, ele sorriu e num piscar de olhos meu mundo mudou de perspectiva.

E-ele… ELE está me carregando! Kyaaa ele está me carregando igual uma noiva…… Toma essa Sona! Ele pode ser seu noivo mas sou eu quem ele carrega!

“Minha Ojou-sama está se esforçando tanto…” ele sussurrou para mim com aquele tom tão quente.

Ele aproximou seu rosto do meu e parou de andar momentaneamente, t-tão perto… ele vai me beijar!

“Vou me certificar de limpar você toda e beijar cada um dos machucados que você tem” 

Ele desviou dos meu lábios e sussurrou no pé do meu ouvido… maldito provocador! Me fazendo perder a compostura assim…

“Onde está Akeno-chan?” Ele perguntou quando entrávamos na mansão pela porta da frente, enquanto as empregadas da casa se curvavam para nós.

“Ela estava treinando com Grayfia todos os dias! Hoje ela vai tirar um descanso já que Grayfia disse que ia fazer alguma coisa…  Akeno está tão empenhada quanto eu para nos ajudar a acabar com esses noivados” sussurrei em seu peito… admito que aproveitei para sentir todos seus músculos divinos

Eu pensava que ele ia me deixar no meu quarto… mas ele realmente estava falando sério sobre me limpar então aqui estamos na casa de banho particular da família.

Ele se certificou de me despir lentamente enquanto passava suas mãos suaves por todo meu corpo, nunca demorando em lugar algum, nem mesmo no meu peito em crescimento!

Não era incomum estarmos nus um em torno do outro, mas nunca deixo de corar quando ele tira sua roupa e  s-seu ‘amiguinho’ aparece…

Tenho um estremecimento só de me imaginar com aquilo dentro de mim um dia…

Mas assim que estávamos nus ele me sentou na beira da da água termal, eu queria que ele me segurasse por mais tempo… me sinto segura nos seus braços.

Ele entrou na água e se colocou na minha frente, para ser mais exato entre minhas pernas, sua cabeça alcançando o meu quadril pelo nível da água.

“ Hora de te limpar Rias-chan” aquele tom rouco e sexy vai me deixar maluca!

Não pode ser certo alguém tão bonito, fofo, esforçado ser tão sexy! É injusto com o resto dos homens, como eles poderiam competir com Yin-kun?

Ele lentamente começou a esfregar meus pés que estavam na água, não pude deixar de estremecer. Cada toque que ele da no meu calcanhar mais a água perfeitamente morna é como uma massagem completa, nem eu sabia que estava tão cansada do treinamento que venho fazendo.

Depois que ele terminou com os pés e foi para a minha panturrilha eu encarei seus olhos, eles brilhavam de alegria e prazer… apenas por ME dar prazer! Ele é perfeito demais para esse mundo! 

Como posso evitar me apaixonar por um garoto desses?


Pov Yin


Essa não foi uma situação que esperava, e nem estava totalmente preparado para ela sendo sincero, mas sou rápido em me adaptar e consegui disfarçar minha surpresa em um orgulho não tão falso.

Eu me apego facilmente com essas garotas fofas que se tornarão gostosas como o inferno depois.

E ver que Rias estava realmente treinando e se esforçando para se livrar do meu contrato de casamento foi algo legal, então devolvi isso com um ato legal para motiva-lá a treinar mais.

Se envolve um banho quente com massagem erótica incluída tenho certeza que ela começará se esforçar por mais recompensas semelhantes.

Agora após ter limpando-a de toda a terra, e feito uma massagem muito mais longa na área de seus seios, estamos apenas relaxando com a água quente, eu sentado e ela sentada provocativamente no meu colo.

Rias está literalmente sentada centímetros acima do meu pau, e como ela não é tão tímida com coisas assim ela está rebolando suavemente.

Eu em troca estou apertando seus seios em crescimento, também estou acariciando seu estômago liso com a outra mão.

Sua cabeça descansando no meu peito e todo o ‘romanticismo’ da cena é algo que eu com certeza irei me acostumar.

Estamos por aqui já faz 1 hora e Rias não mostra indícios de que quer sair da água, ela realmente é grudenta comigo.

Eu estou realmente gostando de fazer essas cenas românticas, principalmente porque na minha outra vida nunca tive nada do tipo.

Mas não se enganem! Se precisar sacrificar alguma delas pelo meu objetivo… eu… farei?

Que merda, estou ficando mole.

“Uh… desculpe Rias-sama! Venelana-sama está chamando Yin-sama para seu escritório” 

Uma serva interrompeu nosso momento e pela expressão irritada no rosto de Rias é melhor eu salvar a pobre coitada.

“Você pode ficar e terminar o banho, vou ver o que Lady Venelana quer… depois nos encontraremos certo?”

Perguntei para ela dando um abraço de despedida, sua raiva foi instantaneamente dissipada. Tirei-a de cima e me levantei, não tenho porque ter vergonha do meu corpo perfeito, ou decência (afinal eu estou no inferno).

Ignorei o rubor furioso da serva que se curvou e passei pela porta enquanto equipava meu traje para trabalhos que podem ficar bagunçados.

Uma camisa preta escura, calças jeans escuras e tênis de corrida padrão, perfeito para passar despercebido na maioria dos casos, e quando não funciona é só usar [Invisibilidade] 

Acelerei meu passo para chegar logo ao covil do dragão e quando estava atrás das portas de mogno respirei fundo, me preparando mentalmente para seus jogos de poder doentios.

Ao abrir…

MAS QUE MERDA? 

Por que? 

Quero dizer, como? 

Como Grayfia, a rainha mais forte, uma mulher orgulhosa e poderosa… como Venelana a fez se ajoelhar e lamber seus pés?

Como Venelana a fez vestir-se com uma roupa de empregada menor que a de Kuroka? 

E como ela tatuou o nome dela em sua bunda?

Tantas perguntas… porém graças a uma combinação da [Gamer Mind] e a habilidade [Poker Face] consegui segurar minhas emoções gritantes e apenas levantei uma sobrancelha surpreso.

Venelana sorriu para mim e com os dedos me chamou para entrar, prontamente entrei e fechei a porta atrás de mim.

“Eu vou querer saber o que aconteceu?” Perguntei zombeteiro e a mulher ajoelhada estremeceu enquanto a madame Gremory cruzou as pernas.

Notei que ela parou de lamber os dedos pequenos e muito bem pintados de Venelana

Me sentei no sofá à frente da poltrona em que Venelana está, observei que na mesinha ao lado estava uma taça do que eu acredito ser vinho (Ou sangue de Quimera, sério você nunca vai beber algo tão gostoso como sangue de Quimera) embaixo da taça um livro fino, um dos vários tomos que tem nas prateleiras gigantescas do escritório da mulher.

“Oh sim! Você adorará essa história, você vê, enquanto eu tomava meu café da manhã” enquanto ela começa explicar alegremente me aproximo do sofá ao lado da parede “ decidi vir ao meu escritório para pegar alguns documentos… imagine minha surpresa ao ver a rainha mais forte revirando seu currículo. Eu disse para você parar de lamber, cadela?” A última parte foi dito bruscamente enquanto cutucava a cara submissa de Grayfia com o pé.

Com meu currículo ela quis dizer os trabalhos que completei para ela…

Mas que empregada mal criada Gray-chan é…

Ok, explicação rápida sobre um ponto da sociedade dos diabos, se você é socialmente inferior a uma pessoa, e essa pessoa a pega praticado atos contra a privacidade ou tentando á ferir, automaticamente a pessoa prejudicada pode ser encadeada a magia da parte superior. É um contrato que você assina ao servir uma casa nobre, e isso se aplica a todos e todas empregadas, até a mais forte delas.

“E por esse motivo você me chamou para…” incentivei para que ela continuasse, mesmo que minha atenção tenha desviado para sua mini-saia que subiu lentamente enquanto oferecia o pé para a mulher albina.

“ Eu pensei que você gostaria de marcá-la! Quero dizer, apesar de ser um reencarnado eu não tenho as mesmas ferramentas que você é claro” seu sorriso falso e o tom de zombaria era algo que me acostumei.

Sorri levemente para o olhar fixo dela a minha virilha. 

“ E então o que? Você diz para seu filho que eu fodi a mulher dele? “ perguntei sorrindo de forma predatória.

Não vou me arriscar só por uma foda com Grayfia.

Não importa o quão curta sua saia seja e o quão rosa e deliciosa sua buceta aparenta ser. 

A cabeça de cima que controla essas situações! Pelo menos até eu ser a pessoa mais forte do universo…

“ Hahaha… é óbvio que não faria algo desse tipo Yin-kun! Eu só quero castigar essa vadiazinha intrometida “ seu sorriso perfeito me distrairia caso eu não estivesse acostumado com esse comportamento pela parte dela.

Apesar de suas garantias, tenho que ser mais ambicioso que uma foda leve. Afinal de contas estarei prestando um serviço para ela, não importa o quanto eu gostaria de fazer esse serviço.

“ E o que eu ganharia com isso? Tenho 6 lindas empregadas na minha casa, me esperando para uma orgia completa! Fora Yasaka e Ophis que posso foder a qualquer hora “ meu sorriso aumentou enquanto o dela se desfez e a sua máscara política começava a rachar.

Também é gratificante ver a maior dos políticos do submundo ter que me dar algo para que eu faça algo que farei com o tempo.

“ Ok… isso contará como um dos favores que você me deve e… hm… não sei o que mais você poderia querer?” ela perguntou com uma falsa inocência enquanto passava o braço por debaixo dos seios gigantes e os dava destaque.

Primeira lição dos jogos políticos do submundo, não foda (literalmente falando) com os seus adversários.

Não importa o quão tentador aqueles seios gigantescos sejam.

“ Que tal… um contrato? Você assina, eu ganho um pouco de poder e fico mais próximo da minha promoção” eu sugeri com uma malícia perfeitamente disfarçada.

Obviamente eu irei usar [Slave Contrat] caso ela aceite, eliminarei meu maior rival político e não serei mais restrito aos seus favores.

E também poderei ordenar que ela faça o que eu queira também.

Posso até fazê-la lamber os pés de tia Gray como vingança poética.

“ Ok! Você realmente quer aumentar seu poder rapidamente… pedir um contrato para um demônio Ultimate… ousado eu diria” Sua voz voltou ao tom calmo e falso de antes enquanto afastava Grayfia e se movia para se sentar ao meu lado no sofá.

Tentadoramente perto.

“ Venha minha cadelinha! Achei um cachorro novo e forte para procriar com você… tenho certeza que você adorará essa espécie de vira-lata” docilmente ela chamou Grayfia.

Mulher doentia do caralho.

Grayfia veio rastejando de quatro e pude ver seu rosto pela primeira vez, tinha um rubor forte e a expressão de vergonha padrão que qualquer um teria na mesma situação.

Ela rastejou até se apoiar nos meus joelhos, as suas mãos hábeis já começavam a baixar minha calça jeans…

Venelana é doentiamente poderosa demais para uma senhora de casa… seu controle de [PoD] é maior que o do próprio Sirzechs e seu nível é maior que o do marido, o do Zeoticus eu posso ver enquanto o dela é ???.

Pior ainda, para ela fazer meu coração ser obliterado para fora da existência basta eu parar de ser útil.

Eu não perdi tempo e moldei minha magia para criar um [Slave Contrat] e revesti as letras e os avisos de que ela estava vendendo sua alma para mim com 12 camadas de [Magia de Ilusão] tenho que tentar o meu melhor para fazê-la submeter a mim.

Terminei de formar o contrato e invoquei uma caneta de sangue.

A única forma de oficializar o [Slave Contrat] é com o sangue.

“ Apenas assine na linha pontilhada e eu vou ganhar menos de 1% do seu poder e vai ser como uma recomendação para minha promoção” eu digo enquanto sorrio para Gray-chan, seu rosto ruborizado enquanto seu olhar era conflitante “Espere Venelana-sama assinar, depois disso farei o que ela pediu”

O que eu disse era arrogante e ambicioso, sugerir um contrato que serve como recomendação para um demônio de classe superior é um ato de arrogância e se fosse o caso o demônio pode tomar como ofensa e tem liberdade para me matar.

Ambicioso porque eu disse isso sem medo e com uma falsa expressão de confiança.

Fiquei mentalmente tenso com o quanto a mulher mais velha encarava o contrato, antes de sorrir e assinar com a caneta de sangue com seu nome de solteira.

Sorri de forma predatória quando a notificação veio.

[+100 de obediência com Venelana Bael, por ela vender sua alma para você 100/100]

Agora eu sou literalmente o dono dela. 

Grayfia ia baixar minha cueca quando a parei segurando suas mãos. Sorri para a expressão confusa de Venelana, ela percebeu que o poder dela não a deixou e então cancelei as 2 ultimas camadas de Ilusão que não foram destruídas pela sua magia de revelação.

Seus olhos se arregalaram em horror enquanto me encarava.

“Venha aqui Venelana, peça desculpas de joelho para seus mestres” ordenei com a voz dura enquanto erguia Grayfia para se sentar do meu outro lado.

Os olhos da albina confusos e assustados, sem entender a situação. Olhei para a outra mulher e ri de seu olhar horrorizado. 

“Eu não ordeno duas vezes! Se ponha de joelhos e peça desculpas a mim e Grayfia por tentar nos manipular” 

Minha voz saiu fria e ameaçadora enquanto usava [Presença Mágica], apesar de ela ser mais forte do que eu caso ela seja inferior a mim o efeito também funciona.

“S-sim, mestre” ela sussurrou, todas suas máscaras e polidez descartaras enquanto se ajoelhava humildemente a minha frente e colocava a cabeça no solo. “Perdão Mestres!”

Então ela entende como é ser escrava? Hm… provavelmente tem um plot dark por trás da mulher manipulativa e malvada que ela é.

“ Agora, tire os sapatos de sua mestra e lamba seus pés da mesma forma que a obrigou momentos atrás” sorri malignamente.

Todos os assassinatos e intimidações que ela me mandou fazer estão sendo devolvidos! Foda-se se eu também lucrei com eles, ninguém ordena Yin Hyoudou. Hoje é o dia do Karma atuar.

Olhei para Grayfia que estava confusa e assustada com a sensação da língua de Venelana em seus pés delicados.

“ Bem tia Gray… espero que goste do seu presente de aniversário antecipado! Eu consegui te salvar dessa vez, mas não procure problemas com seus superiores ok? Deixo ela sob seus cuidados, ja ne!”

Falei rapidamente enquanto saía da sala rapidamente, com uma sensação de justiça no peito.

Eu realmente desenvolvi algum tipo de amor pela Grayfia, e apesar de desperdiçar a oportunidade de transar com ela, me sinto contente por salvá-la do controle de Venelana enquanto lucro com isso.


[+20 de afeição com Grayfia Lucifuge, por salvá-la de uma situação desagradável 100/100]

[Parabéns! Por atingir 100 de afeição com Grayfia Lucifuge você ganha – 

[[Icykinesis] {Ativo} lvl 1/100 00,0

Você pode manipular gelo a sua vontade e criar ele do nada e fazê-lo fazer o que sua imaginação pedir

(Manipulação livre, sem custos e restrições)]

[Por adquirir uma magia de gelo superior a todas as outras, todas elas são excluídas em troca de xp para a dita habilidade]

[[Espinhos de Gelo] [Nevasca] [Estrela Gelada] [Congelar] [Cryogenesis] [Dragão Congelado] e mais 12 habilidades foram excluídas e convertidas em xp para [Icykinesis]]

[[Icykinesis] subiu ao nível 86]


Meu sorriso cresceu, sinto muito Todoroki… mas eu vou te plagiar e muito a partir de hoje…

Revisto meu braço esquerdo com gelo apenas para testar, e em uma nota lateral não relacionada…

Acho que entendo o que a Frozen quis dizer com o frio não vai mais me incomodar…


Notas Finais


Leia as notas iniciais.
Sim, passamos pelos interlúdios e o próximo começa o Cânon!
Espero que tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...