História Como conquistar seu ídolo - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Jikook, Namjin, Romance, Taegi, Yoonseok
Visualizações 59
Palavras 1.711
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


ATENÇÃO! ATENÇÃO!

MUITO IMPORTANTE!!!!!!!!!!

Oie, galera. Eu queria me desculpar pelo capítulo passado. Ele teve alguns erros porque quando eu escrevi eu estava meio distraída e dopada. Então se você leu no dia que eu postei, eu sugiro que você leia de novo, se tiver lido já pode ir direto pro capítulo.

Capítulo 15 - Capítulo 15


Tinha sido uma semana um pouco mais fácil para Hoseok. Sim, ainda era um pouco difícil fazer Jimmy se alimentar e dormir, mas se sentia muito mais próximo dele agora.

Eles passavam o dia inteiro na cama assistindo Outlander, agora o mais novo vício de Hoseok. Eles já estavam quase terminando a segunda temporada e Hoseok estava quase morrendo de ansiedade pelos acontecimentos da série.

ㅡ Poxa, eu sinto tanta saudade do Jamie. Cadê esse homem que não aparece? Aquele pedaço de mal caminho tinha que aparecer 99,9% do tempo e não sumir do nada! - Hoseok diz indignado.

ㅡ Ele já vai voltar, tenha calma. - Jimmy tentou tranquilizá-lo. 

Quanta ironia, era pra Hoseok estar ajudando-o e não o contrário.

Terminaram a temporada e o aperto no coração de Hoseok diminuiu.

ㅡ Amém, deu tudo certo. - Hoseok suspirou e Jimmy riu de sua cara aliviada, por dentro, é claro. ㅡ Acho que suas olheiras diminuíram, Jimmy. - ele disse animado enquanto sorria docemente para o de cabelos negros.

Jimmy olhou para baixo, constrangido, mas realmente se sentia aliviado por seus pesadelos não estarem mais sendo tão frequentes.

ㅡ Eu posso tentar uma coisa com você? - Hoseok perguntou, mas muito hesitante em tentar aquilo. Duvidava que o garoto dissesse sim.

ㅡ O que seria exatamente?

ㅡ Que tal um exercício físico? - Hoseok disse animado mas Jimmy já balançou a cabeça veemente.

ㅡ Não, não mesmo. Viver já é um exercício que demanda esforço demais de mim. - disse cruzando os braços.

ㅡ E se eu te fizesse uma massagem? Pra você relaxar?

ㅡ Não, eu já disse. Sem. Toques. - disse pausadamente.

Hoseok suspirou meio frustrado, como poderia animar esse garoto, Jesus Cristo?

ㅡ Que tal se nós fizéssemos uma meditação? 

Yoongi finalmente parece pensar a respeito e por incrível por pareça não disse não, só disse:

ㅡ Eu não sei fazer isso. - disse dando de ombros.

ㅡ Eu sei pouco também, não sei se está certo na verdade, é só o que eu faço quando quero me desestressar.

ㅡ Ok, mas só lembrando, sem toques. - ele alertou a Hoseok.

ㅡ Já entendi essa parte. Sente-se de pernas dobradas, uma sola do pé tocando a outra. - ele fez o que lhe foi pedido. ㅡ Muito bem, agora apoie as costas na cabeceira da cama e feche os olhos.

Jimmy não conseguiu obedecer ao último comando, sabia que se fechasse os olhos, aquelas imagens terríveis viriam, aquelas sensações que lhe davam enjôo. Aquelas mãos horrendas lhe tocando...

ㅡ Não dá, Hoseok. Não posso fechar meus olhos. - disse com uma voz tremida.

Pela primeira vez, Jimmy tinha chamado seu nome realmente, sem apelidos toscos como salsicha estragada ou molho de tomate vencido. Então ao invés de reclamar, ele tentou adaptar seu jeito meditar.

ㅡ Ok, então escolha um ponto para focar e não olhe para nenhum outro lugar, ok? 

Ele focou seu olhar no ar condicionado à sua frente.

ㅡ Agora, eu quero que você esvazie a mente, imagine cada pensamento como balões. Imagine cada um desses balões voando para o céu, partindo para longe de você. Não pense no ontem, nem no hoje, nem no amanhã. Pensa só no agora enquanto respira bem fundo.

Jimmy tentou bloquear os pensamentos, mas eram tantos, a maior parte negativos. Imaginou eles voando, indo pra bem bem distante dele.

ㅡ Agora, foque na sua respiração, inspire, expire. Inspire, expire. Imagine seus pulmões enchendo e esvaziando. - Repetiu isso durante alguns minutos e percebeu que eventualmente Jimmy fechou olhos sem querer.  ㅡ Agora, eu quero que você foque na sua propriocepção. Sinta a sensação do seu braço, da sua perna, da sua barriga enchendo e esvaziando. Sinta o tecido sobre o qual está em cima, sinta a cabeceira encostando em suas costas…

E assim Hoseok prosseguiu orientando-o por quase meia hora.

Jimmy abriu os olhos, nem lembrando de tê-los fechado. E se sentia muito mais leve, se sentia verdadeiramente bem pela primeira vez em meses.

ㅡ Lembre-se, Jimmy, pra você poder viver, você precisa primeiro respirar. - Hoseok lhe disse sorrindo carinhosamente.


》》》


Taehyung e Yoongi estavam fazendo um churrasco e bebendo naquela sexta feira 13. Taehyung grelhava a carne na churrasqueira do lado de fora da casa, enquanto Yoongi preparava alguns lamens na cozinha. 

Está virando o espeto de carne quando o celular de Yoongi começou a tocar em cima da mesa. 

Ele encarou a tela que com 5 letras conseguiram fazer seu coração ficar inquieto.

Jimmy.

Quem diabos é Jimmy? 

Não. Não, não, não, não.

Será que Yoongi o estava traindo? 

De novo?

Respirou bem fundo. Estava sendo ridículo, afinal, só porque nunca tinha ouvido falar de um Jimmy na vida de Yoongi, não necessariamente era um amante. Podia ser só um amigo.

Calma, Taehyung. Não se desespere.

Voltou a grelhar a carne tentando não pensar muito nisso.

Alguns minutos depois Yoongi chegou com a panela enorme cheia de lamen. Deixou-a sobre a mesa e abraçou Taehyung por trás.

ㅡ Como está a carne, meu amor? - Yoongi disse no seu ouvido e ao contrário do que normalmente faria, aninhar-se em seus braços, se afastou dele para grelhar a carne.

ㅡ Está quase pronta. - disse sério.

ㅡ TaeTae, o que houve? - Yoongi o olhou preocupado e pôs as costas da mão na sua testa. ㅡ Será que está ficando doente?

ㅡ Quem é Jimmy? - Taehyung disse ríspido. Toda calma já havia deixado o seu corpo.

Taehyung sentou-se mentalmente por ser sempre tão precipitado.

Yoongi entrou em desespero, mas respirou fundo.

ㅡ É só um amigo, Taehyung. Ninguém importante. - disse rapidamente mas parecia nervoso. Taehyung sentiu seu coração apertar, sentia que Yoongi estava mentindo. Algo no seu rosto evidenciava isso.

ㅡ Você está me traindo, Min Yoongi? - Taehyung falou alto com a voz recheada de raiva.

ㅡ O que? Não! Nunca! Eu jamais faria isso. - disse balançando a cabeça.

ㅡ Como assim? Você já fez isso antes, não se lembra? - Taehyung já estava com a visão meio embaçada por causa das lágrimas.

ㅡ Eu...aquele não era eu, 'tá bom? Aquele era outro Yoongi. Eu juro. - pôs a mão sobre o coração para dizer que estava falando a verdade.

Taehyung abaixou a cabeça e cobriu os olhos com as mãos, enquanto as lágrimas encharcavam-nas.

ㅡ Taehyung. - ele tentou abraçá-lo, mas Taehyung o impediu. ㅡ Por favor, olhe para mim.

Ele tira as mãos do rosto e o encara. Yoongi pega a sua mão e coloca sobre seu coração.

ㅡ Você sente isso, Taehyung? Meu coração bate tão forte quando estou com você, parece que ele quer sair do meu peito e ir se juntar ao seu. Eu te amo. Eu juro que não estou te traindo. - Yoongi puxa delicadamente a cabeça de Taehyung para cima e beija sua lágrima.

Yoongi estava tão triste. Taehyung precisava acreditar nele. Era tão errado o seu amor por Taehyung, mas não conseguia evitar.

Taehyung o abraçou forte.

ㅡ Eu acredito em você, Yoon. Eu também te amo. 

Eles se beijaram profundamente, suas línguas tentando demonstrar todo o amor que sentiam um pelo outro. Tiveram que parar o beijo porque sentiam um cheiro estranho. 

Um cheiro de queimado.

ㅡ Merda, merda! - Taehyung exclamou enquanto olhava para a churrasqueira. Os antigos pedaços de carne agora estavam completamente pretos.

ㅡ Acho que vamos ter que fazer outra carne. - Yoongi disse se sentindo culpado pela discussão que tirou a atenção do moreno da carne.

ㅡ Está tudo bem, isso… - disse unindo suas mãos. ㅡ É tudo que importa.


》》》


Jimin e Jungkook chegaram ao portão da casa e antes de entrar já sentiam o cheiro de churrasco. Estacionaram o carro na garagem e viram Taehyung e Yoongi na varanda comendo carne com soju.

ㅡ Olha só, vocês cozinhando? Essa é nova. - Jimin exclamou para os dois que buscaram irritados.

ㅡ Nossa, se é assim, não vou nem te oferecer. - Taehyung brincou.

ㅡ Aquela carne queimada ali é a que eu comprei essa semana? 

ㅡ Bom… sim, desculpe. Acabou queimando. - Taehyung olhou para Yoongi e depois para Jimin.

Jimin suspirou e se voltou para Jungkook.

ㅡ É, fazer o que, né? Vamos comer a carne boa então. 

ㅡ Por mim tudo bem, 'tô morrendo de fome. - E como para defender seu argumento seu estômago roncou.

ㅡ Opa. - todos riram da cena e Jungkook começou a comer com pressa. ㅡ Ah, tão bom!

Jimin começou a se servir de soju e Jungkook pôs o copo dele para ele enchê-lo.

ㅡ Jungkook! Você não tem idade para beber. - Jimin brigou.

ㅡ Ah, por favor, hyung, só um pouco. Eu vou fazer 20 na virada do ano, que diferença faz?

ㅡ A diferença é que você não tem 20 anos ainda. - falou um pouco alto.

ㅡ Mas tenho quase! - Jungkook disse tão alto quanto.

ㅡ Mas não tem! - Jimin rebateu ainda mais alto.

ㅡ E daí? - gritou.

ㅡ E daí que não tem! Então sem bebida!

ㅡ Gente, gente! - Taehyung gritou. ㅡ Acalmem-se. Aqui, Jungkook. - ele entrega um copinho de soju a ele. ㅡ Mas só esse, hein? 

Jungkook assentiu e Jimin bufou.

Jimin estava estressado aquela semana, sentia que tinha que ficar de olho em Jungkook o tempo todo, andar com ele pra todo lugar e o pior, não haviam conseguido compor uma linha sequer de música. Estava na merda. 

Sem contar que a cada dia, Jungkook parecia conquistar um pedaço novo de seu coração e Isso lhe irritava demais.

Quando não estava com Jungkook, estava pensando em Jungkook. Era como se sua cabeça tivesse sido invadida pelo vírus Jungkook. E havia tentado tirá-lo, tanto, mas não parecia funcionar.

ㅡ Por que está tão estressadinho hoje, hein? - Taehyung disse e apertou uma de suas bochechas.

ㅡ Por nada. - Jimin bufou novamente e virou um shot de soju.

Taehyung preferiu não comentar nada e começou a conversar com Jungkook. Jimin não prestou muita atenção na conversa e continuou comendo em silêncio.

ㅡOi, cara. Está tudo bem? - Yoongi se sentou na cadeira ao seu lado. 

ㅡ Na verdade, acho que não. - disse desesperançoso.

ㅡ O que houve? - disse preocupado.

ㅡ Acho que estou começando a gostar do Jungkook. - ele sussurrou em seu ouvido.


Notas Finais


Então, espero que tenham gostado do capítulo hahaha, o Jimin finalmente percebeu né. Amém.
Bom, não esqueçam de comentar e favoritar que ajuda demais demais. Um beijo e até sexta que vem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...