História Como Eu era Antes de Você (Jikook híbrido) - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé
Tags Amizade, Drama, Jikook, Koomin, Namjin, Taeyoonsuok
Visualizações 557
Palavras 2.580
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oieee meus mochis, primeiramente desculpas pela demora de capítulo 😅😅 mas tenho uma boa notícia minha criatividade voltou 😁 e espero que continue assim ksksk

Sem inrolação. ( até as notas finais)

Boa leitura ❤

Capítulo 11 - Capítulo 11 - Saudades


Fanfic / Fanfiction Como Eu era Antes de Você (Jikook híbrido) - Capítulo 11 - Capítulo 11 - Saudades

"Sorrir não significa necessariamente que vc é feliz. Às vezes isso significa apenas que você é forte"



∆ Jungkook on ∆ 



- Jimin! Park Jimin!  Va agora tomar seu banho - fala com o híbrido emburrado que estava com os braços cruzados em cima da cama. 


- Não quero! - faz bico. 


- Jimin! para de bira e vai logo. Tenho que trabalhar, e você tem ensaio hoje - tento pegá-lo, mas o mesmo escapa e se enfia debaixo da cama. 


- Me deixa Kookie - diz com voz de choro. 


  Respiro fundo tentando buscar a paciência que eu não tinha no momento. 


- Vem cá pequeno - o chamo, e vejo o mesmo sair de debaixo da cama e se sentar do meu lado. 


- Jimin, por que não quer ir tomar banho - tento falar o mas sereno possível. 


- O Jimin não gosta de água hyung - diz de cabeça baixa brincando com os dedos gordinhos e fofinhos das mãos. 


- Então vamos fazer assim, se você tomar banho agora te dou...- olha pro teto pensativo - 3 toddynhos. 


  Jimin o olhou animado e ao mesmo tempo pensativo.


- Jimin não quer só os toddynhos. 


- Então o que quer? - o olhei receoso. 


- Toma banho comigo hoje Kookie - abaixa a cabeça voltando a brincar com os dedos, tímido. 


- O que? não Chimchim, escolhe outra coisa. 


  Ele me pediu isso mesmo? É sério? 


- Então não vou! - cruza os braços novamente. 


- Como é teimoso... - passo a mão no rosto tentando achar alguma solução - ok Chimchim, tomo um banho com você..- Jimin ao ouvir as palavras do dono da pulos sobre a cama - ei, eu não disse agora. Por que estou atrasado pro trabalho, antes de dormirmos tomamos o banho. 


  Tá, eu mentir, mas oque você queria que eu fizesse? Chimchim não queria me obedecer, e eu estou atrasado pro trabalho! E aliás ele nem vai se lembrar dessa conversa... eu espero. 


  Chimchim asente sorridente e se dirigi ao banheiro pra tomar seu banho. 


  Com desafio comprido, saio do quarto e desço as escadas, já sentindo um cheiro de café delicioso. Ao chegar na sala, vejo a mesa com o café pronto. Puxo uma cadeira e me sento na enorme mesa. 


-Bom dia senhor Jungkook - diz Chin vindo da cozinha com um prato de omelete, servindo Jungkook. 


- Bom dia Chin - começo a tomar meu café - Chin e, Taehyung? ainda não veio tomar café? - limpo a boca com um guardanapo. 


- O senhor Taehyung ainda não desceu - olha pra cima botando a mão no queixo lembrando de algo - e pra falar a verdade, faz tempo que eu vi ele comendo alguma coisa, ele parece abatido - pega o prato sujo e o leva pra cozinha. 


  Ela está certa, também percebi um afastamento do Taehyung, já faz um tempo em que ele não rir mas, não sai mas, não enche mas meu saco com coisas idiotas como sempre fez, só fica trancado naquele quarto. Tenho que saber oque estar acontecendo. 


  Me levanto e subo as escadas indo em direção ao quarto do Taehyung, dou uma batida chamando seu nome, e não responde, bato de novo e chamo um pouco mas alto, e escuto sua voz lá de dentro. 


" Quem é? "


- Sou eu, Taehyung abre a porta. 


" Pode ir indo pra Agência, vou mas tarde"


- Abre a porta Taehyung, quero conversar com você - disse sério. 


  Ouso a porta ser destrancada. Entro no quarto fechando a porta, vendo um Taehyung voltando pra debaixo das cobertas. 


   Me aproximo do mesmo e me sento na beirada da cama. O encarando. 


- O que estar acontecendo com você - pergunto. E vejo o mesmo se virar, fitando o teto. 


  Taehyung está pior do que eu imaginava! estava com os olhos levemente avermelhados, como se estivesse acabado de chorar, Tinha olheiras fundas, e também percebi seu imagressimento nas últimas semanas. 


- Me responde Taehyung! - grita. 


- Hyung... você já se apaixonou? - perguntou ainda olhando a tinta branca do teto. Ignorando a ação do irmão. 


  Não entendi o motivo da pergunta repentina de Taehyung. Será que ele ta apaixonado? e por isso ta nesse estado?


- Taehyung, você ta apaixonado? 


  Tudo que Taehyung queria era desabafar com o irmão e o contar toda a verdade. Mas conhecendo o gênio de Jeon Jungkook.. não poderia, certamente Jungkook despediria Yoongi e Hoseok e o proibiria de vê-los. Mesmo eles não falando com Taehyung, nem mesmo o olhando nos olhos, Tae precisava vê-los todos os dias, mesmo não sabendo dizer se isso o faz bem ou não. 


- Não respondeu minha pergunta - Tae o olha pela primeira vez. 


- Não quero falar sobre isso - Jungkook não gosta de entrar nesse assunto. Só teve uma namorada em toda a sua vida, que só serviu para o provar que o "Amor não existe"


- Vou interpretar isso como um sim - se levanta e se senta na cama. 


- Você não respondeu minha pergunta - disse vendo seu irmão se espreguiçar. 


- Você também não respondeu minha pergunta, então.. - se levanta e vai até a porta do banheiro - Jungkook vou me arrumar, pode indo pra agência se não vai se atrasar, mas do que já tá - e em seguida entra no banheiro. 


  Olho pro pulso e vejo que no relógio batia 8:05.


  Merda! - foi só oque veio na minha cabeça naquele momento. 


  Vou até o meu quarto pra ver se Chimchim já terminou de se arrumar, chego no mesmo avisto Jimin arrumado comendo uma fruta, sentado perninha de chinês em cima da cama assistindo televisão. 


  Como consegue ser tão lindo? - penso comigo. 


- Kook? - Jimin o chama ao notar que estava distraído. 


- Sim? - sorrio sem graça - então Jimin, vamos - o chamo, e me aproximo da cama vendo Chimchim assistir atento a TV, vejo que era o filme Beethoven, olho pro seu rosto e vejo seus olhos marejarem - que foi Chi.. 


  Antes que eu pudesse terminar de falar me assusto com o abraço apertado do Jimin, apertava forte minha cintura encaixando sua cabeça em meu peito, molhando meu terno com suas lágrimas que ainda saíam. 


- Que foi, pequeno - acariciava seus cabelos rosados. 


- Você nunca vai d-deixar o Jimin né Kookie - falava entre os soluços. 


- Nunca vou fazer isso Chimchim - retribuo o abraço - por que está assim ein - saio do abraço e limpo as lágrimas do rosto cheinho e fofo do Jimin. 


- No f-filme o dono do c-cachorro vai embora e deixa ele - falava tentando controlar sua respiração. 


  Sorrio e carício seu rosto, o fitando carinhosamente. 


- É só um filme, gatinho. E aliás, o dono do cachorro não o deixou por que ele quis - vejo Chimchim me olhar em dúvida - ele morreu, e teve que ser assim, mas tenho certeza que lá do céu o dono do cachorro estava cuidando dele. 


  Jimin sorrir e me abraça apertado, retribuo o abraço. Quando sinto Jimin se esfregando em mim fazendo movimentos de subir e descer ronronando. 


∆ Autora on ∆


 Jimin continuava os movimentos esfregando seu corpo e cabeça no tronco forte do Jeon, e com suas mãozinhas fazia os mesmos movimentos nas costas do dono que tanto gostava. 


  Não tinha maldade nenhuma no ato do hidrido, como um gato, para ele era uma forma de mostra a Jeon seu amor, e afeto ao mesmo. 


  Mas por outro lado, Jungkook estava adorando esse toque, sentia satisfação, e prazer nesse movimento do hidrido. 


  Por impulso joga sua cabeça pra trás saboreando aquele sensação deixando exposto seu corpo ao Jimin. O hidrido percebendo a expressão do Jeon com seus toques, põe suas mãos por debaixo do blaze do dono arrancando um arfar do mesmo. 


  Jimin levado pelo oque estava acontecendo, deixa selares no bochecha do mesmo descendo até o pescoço, fazendo com que Jeon se arrepiasse. 


  Quando a porta é aberta.



∆ Jungkook on ∆



- Jungkook! - Taehyung entra no quarto, arrumado devidamente com seu terno de luxo. 


  Me assusto e volto a realidade. 


- Oi? - digo meio desnorteado. 


  Oque foi que acabou de acontecer? 


- Ué, vai pra agência não? - arqueia a sobrancelha. 


- Puta merda - olho pro meu relógio de marca no meu pulso e vejo que era 8:45 - vem vamos embora. 


  Saímos do quarto e descemos as escadas, nos despedimos de Chin e eu coloco minha mão no bote de vidro aonde eu guardava as chaves dos meus carros, fomos até a garagem e o carro da vez era a minha bebê Lamborghini. 


∆ Hoseok on ∆


- Taehyung ainda não chegou, Yonne - ando de um lado pro outro impaciente. 


  Estávamos no camarim esperando a boa vontade dos Jeon's chegarem, sem eles aqui não podemos começar o ensaio de fotos, por que ainda não sabemos qual tipo de modelo de roupa vamos vestir. 


- YOONGI! - grito ao ver que o mesmo estava dormindo, dou um tapa em seu braço. 


- Que qui é - faz ignorância - eles chegaram? - me olha só com um olho por causa do sono. 


- Não - bufo. 


- Então por diabos você me acordou? - estava ivez tado, definitivamente Yoongi odiava ser acordado átoa. 


- Por que ele ainda não chegou - isso foi mas uma pergunta pra si próprio do que uma resposta ao Yoongi. 


- A para de palhaçada Hoseok, duvido que essa sua impaciência toda seja pelo fato do atraso do ensaio de fotos, coloque uma coisa nessa sua cabecinha de vento, ele não se importa com você, ele não liga, ele pode ter quem ele quiser de 4 em cima da cama dele, como você mesmo me disse não foi mesmo - coloca sua mão no queixo ironicamente como se estivesse se pensando - ele tava quase comendo a tal namorada dele, quando você aparece e estraga tudo! Você acha que fez, ou faz alguma diferença na vida dele? Claro que não! ele tem tudo! dinheiro, fama, mansão, mulheres e milhares de outras coisas, então para de agir que nem um imbecil e esquece ele de uma vez. 


  As palavras do Yoongi me atingiram como facas atravessando meu corpo, eu sei que ele ta certo, mas.. eu ainda o amo. Sinto meus olhos marejarem, me viro e fico de costas pro Yoongi, apoio minhas mãos num cómodo do local, aperto meus olhos deixando minhas lágrimas cair me lembrando da última vez que pude sentir os lábios macios e gostosos que tanto amo. 


  Ao nos separarmos vejo Hoseok distraído mexendo no celular, quando percebe nossa presença vem correndo em minha direção me pegando pelas pernas me levantando pra cima me roubando um beijo. 


- Nossa isso tudo é saudade - digo risonho. 


- Sim. 


  Me viro e encaro Yoongi que também me encarava. 


- Como consegue agir assim? - fungo - como consegue agir como se não sentisse nada pelo Taehyung? como consegue ser tão frio ao ponto de mentir pra si mesmo? Como consegue se apegar a qualquer coisa e esquecer oque realmente te faz feliz? 


  Yoongi levantou de onde estava abriu a porta e me olhou. 


- Qualquer felicidade é melhor do que sofrer por alguém que não pode ter, aprenda isso Hoseok, se não vai se machucar - em seguida sai do cómodo batendo a porta.


  Ele tem razão, mas eu não consigo, só consigo pensar em como Taehyung me faz falta, seus beijos, seus abraços, seu sorriso quadrado encantador. 


Sorrio bobo. 


  Mas logo esse sorriso desaparece ao me lembrar que não podemos ficar juntos, por que é tão difícil? por que Taehyung se importa tanto com a maldita da sociedade? Por que? 


- Hoseok! - Brena asenava em frente ao meu rosto - to falando com você. 


- Oi? desculpa Brena, estava distraído. 


- Tá, tudo bem, vim avisar que os Jeon's já chegaram, senhor Taehyung pediu pra você entregar seus relatórios e fotos na mesa dele, peguei suas fotos, toma - me entregou uma pasta com minhas fotos. 


 - Pro Taehyung? mas sempre quando tenho que entregar fotos ou relatórios entrego pra Jeon Jungkook, ou deixo na Secretária - tá bem estranho isso. 


  Brena dá de ombros e vai embora. 


  Ok, ok, saio da sala e vou caminho ao último andar, chego em frente ao seu Insgritorio e bato duas vezes, ouso um "entre" lá de dentro, mas antes de entrar veio em minha mente a cena daquela cobra venenosa, vulgo namorada dele, aff. 


  Entro na sala e sou observado de cima embaixo pelo mesmo, que me incomodou bastante por sinal. 


- Senhor Taehyung, vim trazer meu relatório e minhas fotos como me pediu - digo sem fitar seu rosto. 


  Taehyung se levanta de sua cadeira vem até mim ficando ao meu lado, próximo até demais! Entrego meus papéis em sua mãos e o vejo os revisar. 


- Muito bom - coloca-os sobre sua mesa. 


  Eu tava dando meia volta pra ir embora quando sinto seus braços me imprensar na parede. 


- S-se afaste Taehyung, por favor! 


- Quero falar com você. 


  O sinto colocar seu rosto em meu pescoço deixando selares em toda região. Me causando arrepios. 


- T-taehyung aah - sinto-o morder meu pescoço. 


- Shh quetinho. 


  Taehyung me beija necessitado, um beijo selvagem e gostoso, coloco minhas mãos em seu pescoço e pulo em seu colo colocando minhas pernas uma em cada lado de sua cintura, sem parar o beijo Taehyung me leva até um imóvel onde com o braço tira tudo que estava em cima fazendo tudo cair no chão causando barulho um tanto alto. 


  Me coloca em cima e devora meus lábios como nunca tinha feito antes, nossas línguas brigavam por espaço enquanto nos apertavamos sentindo o prazer nos consumir por inteiro. Quando paramos pela falta de ar. 


  Colamos nossas testas e ficamos trocando carícias tentando controlar nossa respiração. 


- Eu estava com tanta mas tanta saudade de você - diz me dando selinhos e chupões no pescoço. 


- Eu também estava - o abraço, mas não um abraço comum, um abraço apaixonado e cheio de saudade. 


- Ei? - me chama, respondo um com "hm"- te amo. 


  Meu Deus, sinto meus olhos marejarem é a primeira vez que ele me diz isso. 


- Também te amo meu amor, muito, muito muito - dava beijo em todo seu rosto vendo aquele sorriso quadrado lindo que tanto adoro - agora tenho que ir - saio de cima do imóvel - Taehyung você tenque me dar a folha dos modelo para eu e o Yoongi vestimos - ele pega a folha e me entrega. 


  Quando eu ia me virar ele me pega pelo braço e me rouba um último selinho, dou um tapa no braço dele arrancando gargalhadas altas do mesmo. Saio de sua sala e vou caminho para meu ensaio fotográfico. 


∆ Jungkook ∆ 


  Eu estava em minha sala revisando alguns e-mail e assinando papéis, quando escuto uma gritaria do lado de fora da sala. 


" VOCÊ NÃO VAI ENTRAR! "


" VOU ENTRAR SIM, QUEM VOCÊ PENSA QUE É PRA ME IMPEDIR ALGUMA COISA?"


" SOU SECRETARIA DE JEON JUNGKOOK! E NÃO É PERMITIDO A ENTRADA DE NINGUÉM SEM A AUTORIZAÇÃO DELE! "


- Mas oque esta acontecendo? - me levanto, mas antes de dar um passo, a porta é aberta brutalmente se chocando contra parede. 


- A quanto tempo Jeon Jungkook! se lembra de mim? - dizia carismática. 


- VOCÊ! 











Notas Finais


Ficou grande neh 😂😂 queria recompensar vcs por terem esperado, espero que tenham gostado de verdade.

169 favoritos 😍😍 aaah amo vocês, é mas de 30 favoritos por capítulo tô surtando aqui 😂😂 continuem comentando e favoritando.

E me digam oque acharam por favor! Amo ler os comentários de vcs.

Oque acharam da nova capa da fanfic? Gostaram? comentem pra mim saber

Até o próximo capítulo. Xau ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...