História Como fui me apaixonar por Derek Hale? Sterek - Capítulo 35


Escrita por:

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Alan Deaton, Breaden, Brett Talbot, Cora Hale, Corey Bryant, Derek Hale, Hayden Romero, Jackson Whittemore, Jordan Parrish, Kate Argent, Kira Yukimura, Liam Dunbar, Lydia Martin, Malia Tate, Mason Hewitt, Melissa McCall, Natalie Martin, Paige, Personagens Originais, Peter Hale, Scott McCall, Sheriff Noah Stilinski, Stiles Stilinski
Tags Ação, Banshee, Cão Do Inferno, Kitsuni, Layden, Lobisomem, Magia, Marrish, Sobrenatural, Sterek, Thiam, Violencia
Visualizações 399
Palavras 1.309
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Voltei kkkk
Então gente o capítulo é bem pesado e vc provavelmente vão odiar o David mais ainda. Obrigado por comentarem, lerem e favoritarem. Obrigado ao Bruno por mesmo com a falta de tempo revisar o capítulo.

Capítulo 35 - Escolha


Fanfic / Fanfiction Como fui me apaixonar por Derek Hale? Sterek - Capítulo 35 - Escolha

STILES


A última coisa que me lembrava era da agulha da injeção na minha garganta me fazendo apagar.

Acordei em outra sala com uma luminosidade bem maior, que incomodava minha visão. Eu estava sentado no chão e meus braços estavam presos acima da cabeça, minha boca estava seca e eu sentia minha cabeça latejar além dos pontos pretos em minha visão.

O sangue escorria pela minha perna e deixava minha calça úmida. Eu olhei ao redor na sala e vi que no centro havia várias pessoas ajoelhadas, com as mãos presas ao chão. Havia também algumas pessoas em pé, entre elas estavam o David. Ele me viu e veio em minha direção, se abaixou e segurou meu rosto.

-Olha quem finalmente acordou pessoal! - Ele comentou com um largo sorriso no rosto e as outras pessoas em pé sorriram de volta. - Bem na hora de começarmos.

Ele soltou meu rosto e eu fiz um esforço para levantar a cabeça, minha respiração estava ofegante e eu estava ainda mais tonto. Eu reconheci meus amigos presos em um círculo com outras pessoas que eu não reconhecia. Eu não havia visto as garotas até aquele momento, elas não pareciam muito melhor que os garotos. Lydia estava caída no chão, Malia estava sentada, mas com a cabeça abaixada e os cabelos cobriam seu rosto, Kira também havia sido capturada, felizmente ainda estava viva, mas estava inconsciente.

David se aproximou de uma garota que estava presa próxima a Lydia, ele levantou-a puxando pelo cabelo e olhando para mim disse:

-Sabe o que é isso, Stiles? - Ele me perguntou mostrando uma espécie de faca com a lâmina branca, que lembrava um dente gigante de tubarão.

- Não. - Rosnei.

- Essa é uma lâmina feita a partir de um dente de dragão. - Eu achava que não podia ter ouvido direito e isso provavelmente ficou estampado na minha cara. - Sim Stiles, dragões eram reais e viviam entre nós como seus amigos aqui. Essa lâmina foi feita de um dente do último dragão que existia. - Ele falou administrando a lâmina.

De repente ele enfiou a lâmina na garganta da garota, os olhos dela brilharam e suas garras cresceram e emitiram uma luz azul. Eu já havia visto algo parecido, uma das quimeras possuía a mesma aparência. A garota que acabará de ser morta  provavelmente era uma harpia.

Ela caiu no chão, o sangue escorria pela garganta dela e ia em direção ao centro da sala onde havia meio que um pedestal com alguma coisa dourada em cima.

-E agora Stiles, quem eu devo matar? Um dos seus amigos ou um desses estranhos?

Ele se posicionou entre um garoto loiro que estava caído no chão desacordo e o Parrish que estava na mesma situação.

-Eu vou facilitar para você, esse garoto aqui é um wendigo, a família dele devorava humanos inocentes e tem o seu amigo Parrish que ajudou você inúmeras vezes. Então Stiles, quem? - Ele perguntou apontando com a faca de um para o outro.

- Eu não posso fazer isso. - Falei desolado.

Eu não podia escolher quem iria morrer antes ou depois, até porque provavelmente todos logo estaríamos mortos, mas eu não podia escolher mesmo assim.

-Talvez o Parrish não valia tanto assim para você, mas talvez o Scott ou o Derek tenham um relativo valor para você. - Ele falou sorrindo.

- David, pare de enrolação e conclua o ritual. - Uma caçadora que estava na sala com a gente finalmente falou o repreendendo.

- Naomi, me deixe brincar um pouco! - Ele falou sorrindo.

Ela suspirou, revirou os olhos e deu de ombros.

-Hora de escolher. - Ele enfiou um dedo no machucado do Scott que caiu no chão uivando de dor.

Eu fechei os olhos, minha mente estava turva, minha vista embaçada e a dor era horrível. Além de todo os traumas físico agora aquele desgraçado estava querendo destruí o meu psicológico.

-Vou colocar logo um fim no sofrimento do seu amigo. - Ele ergueu a lâmina.

- O wendigo.

- Pode falar mais alto? Eu não consegui te ouvir. - Ele brincou colocando uma mão na orelha como se tentasse me ouvir melhor.

- O garoto wendigo, mate ele. - Eu respondi usando um pouco mais de força na voz, eu não conseguia levantar a cabeça, não podia assistir aquilo.

- Não, não, não. Por favor deixe ele, por favor deixe o Connor ir. - Um outro garoto implorou. Ele me lembrava o Derek com seu cabelo preto e os olhos verdes.

- Que lindo! - Exclamou David. - Ele está tentando proteger o namorado.

- Barry… - Connor finalmente começou a falar parecia está finalmente acordando. David o sentou. - Eu te…

Nesse instante ele foi interrompido pela bala que atravessou seu crânio e desfez a frente do seu rosto.

Barry gritou e começou a se transformar aparentemente ele era um jaguar. Ele tentou se levantar e puxar a corrente, mas a Naomi puxou a espada de sua cintura, ela era bem estranha além do cabo parecer que possuía algumas escamas a lâmina parecia molhada, ela passou apenas a ponta da espada na nuca dele e ele caiu paralisado no chão.

-Ah! Naomi querida, não precisa usar a espada do kanima para isso, mas já que usou obrigado. Como Barry me atrapalhou e eu odeio que me atrapalhem, o Stiles não vai precisar escolher dessa vez.

Todos na sala encaravam a situação calados e com pavor nos olhos, infelizmente não podíamos fazer nada.

-Luke, pode me emprestar seu bastão? - Ele pediu falando com outro caçador, ele estava apoiado na parede apenas assistindo aquilo tudo com um certo tédio.

Ele pegou o bastão e veio em minha direção se abaixando na minha frente.

-Sabe o que é esse bastão? - Ele me perguntou batendo o bastão na própria mão, ele não esperou que eu respondesse. - Isso aqui meu caro, é um bastão feito de ossos de berserkers, ele é extremante resistente e aumenta muito a força da pessoa que o usa. Consegue imaginar o que eu vou fazer com ele? - Ele sorriu de maneira diabólico e foi em direção ao corpo do Barry.

Uma outra garota que estava ali começou a se romper em lágrimas enquanto David se aproximou do corpo de Barry.

-Agora eu vou mostrar o poder desse bastão a vocês.

Ele ergueu o bastão, bateu com ele no crânio da Barry, espalhando sangue e pedaços do cérebro em várias regiões. A garota que estava próxima gritou aterrorizada.

-Nossa! Tem pedaços da cabeça dele até no meu rosto. - Ele comentou como se aquilo fosse extremamente natural ao limpar o rosto.

Ele entendeu o bastão de volta ao Luke, que o pegou girou e o colocou sobre os ombros.

-Só sobrou uma estranha. - Ele falou me encarando.

De repente um outro caçador arrancou a cabeça da garota com um facão, a cabeça da garota rolou e parou em frente às pernas da Malia que tentou se afastar. O sangue da garota escorreu em direção ao pedestal assim como dos outros.

-Pronto! Faça logo essa palhaçada, pois eu não aguento mais perder tempo com seu showzinho.

- Joshua sempre estragando a minha diversão. - David revirou os olhos. - Agora Stiles decida qual dos seus amigos vai morrer.

- Eu não vou fazer isso. - Falei ofegante, eu já havia perdido sangue demais, nem mesmo sabia como ainda estava acordado e até mesmo vivo.

- Você tem 3 segundos, para escolher quem vai primeiro.

- Eu não posso. - Eu sentia as lágrimas escorrem pelo meu rosto.

Como eu podia escolher quem morria primeiro sendo que todos ali eram importantes pra mim além de serem a minha família.

-ESCOOOOLHA!!! - David gritou próximo ao meu rosto.

Eu balancei a cabeça em negação enquanto as lágrimas corriam pelo meu rosto.

-3

- Eu não posso, por favor.

- 2

- David se um dia você amou o Derek, não faça isso.

- 1

- Por favor não!

Ele foi em direção ao Derek e suspendeu sua cabeça o puxando pelos cabelos e engatilhou a arma.

-Você teve a chance de escolher.



Notas Finais


Espero consegui posta o próximo até domingo. Quais são suas apostas para o próximo capítulo, será que Stiles e os outros vão sobreviver?? Será que vai ter alguma morte?? De qual lado seram as mortes?? Gostaram do capítulo?? O ódio pelo David realmente aumentou??


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...