1. Spirit Fanfics >
  2. Como (NÃO) chegar chegando na Coréia!- ( Imagine Min Yoongi) >
  3. 'Deus me livre!'

História Como (NÃO) chegar chegando na Coréia!- ( Imagine Min Yoongi) - Capítulo 12


Escrita por:


Notas do Autor


VOLTEEI!

É isso aí, caralho!

Eu sei! Eu demorei um século mais umas pintugunhas (???) Para postar.

Mas tô de volta!

Vou tentar não sumi!

OK? OK! Até lá embaixo!

Capítulo 12 - 'Deus me livre!'


Fanfic / Fanfiction Como (NÃO) chegar chegando na Coréia!- ( Imagine Min Yoongi) - Capítulo 12 - 'Deus me livre!'

(...)

- Eu não acredito nisso! - Disse Min Suga sorrindo. Eu estava contando para o MEU MELHOR AMIGO, como eu e as meninas levamos um esporro da minha mãe. 

Ou seja;

Contando das minhas cagadas!

- Pois acredite! - Digo olhando para ele. - A Juliana deve ter uma minhoca no cérebro, só pode! - Comentei com o mesmo. - E você acredita que não me deixaram levar o carrinho!? - Perguntei Indignada. 

- Claro que acredito! Você atropelaria uma idosa se tivesse essa "arma" em sua mão! - Disse Yoongi fazendo aspa quando o mesmo falou arma. Fiz bico. 

- Chato! - Digo me virando para o lado oposto do dele. Ele riu me abraçando por trás. 

- Eu não posso dizer o mesmo sobre você. - Comentou o Min. Corei drasticamente. 

Cruzes! Deus me 'dibre'!

Afasto o mais velho com o ombro. 

- O que quer dizer com isso!? - Pergunto de frente para o mesmo. Yoongi sorriu. E puts, que sorriso!

- Quero dizer que você é legal, (S/N)! - Disse sorrindo. Corei fortemente. - Não precisa ficar com vergonha, boneca! - Disse fazendo carinho em minha cabeça. 

- Bobo! - Disse voltando à andar. O Min veio por trás de mim me abraçando. - Você tá muito carinhoso. - Digo tocando seu rosto. - Cê tá bem!? - Pergunto para o Min. 

- Só queria dar um pouquinho de carinho para o dragão que eu chamo de amiga. - Respondeu o mesmo. 

- Menino, tu me respeite! - Digo me soltando de seus braços para entrar no ônibus. - Duas passagens, por favor. - Digo para o motorista. Eu e o Yoongi sentamos em um dos bancos. 

O mais alto ficou me encarando, e quando eu encarava de volta ele sorria. 

Estranho! Fudidamente estranho. 

- O que você tem hoje!? - Questiono o garoto. 

- Um corpo, olhos, uma boca...- Disse ele sorrindo debochado. 

- Não, seu bobo! - Digo empurrando de leve o mesmo. - O que você tá me encarando toda hora! - Disse para o Min Suga. 

- Com os olhos!? - Perguntou Irônico. 

- Eu vou te dar uma tapa! - Ameacei meu amigo que riu de mim. 

(...)

- O que acha desse!? - Perguntei para o Min espirrando o perfume em meu pulso. Suga pegou meu braço e levou até seu rosto, inalando o aroma doce do perfume. 

- Enjoativo demais, não!? - Respondeu o garoto. O sorriso em meu rosto murchou. 

- Ora, se eu soubesse que seria desse jeito teria chamado outra pessoa! - Disse colocando o perfume de volta no lugar que estava. Cheirei meu pulso fazendo uma careta e logo depois espirrando. - Realmente, muito enjoativo! - Digo para o Min que sorriu vitorioso. 

- Além do mais, por que você quer tanto coisas assim!? - Perguntou meu amigo olhando para a loja de cosméticos de beleza. - Vai a um encontro!? - Perguntou com uma expressão desanimada. 

- Não! Deus me livre! - Exclamo para o Min que sorriu. - Minha mãe vai nós levar a uma festa de negócio. E toda a família vai! - Expliquei para meu amigo. 

- Olá, moça! Gostaria de experimentar um novo perfume que lançamos nessa semana!? - Disse a atendente. Olhei para o frasco em sua mão. 

- Pode ser! - Digo para a mulher. Quando ia estender meu pulso, a mesma borrifa o perfume em meu pescoço. O cheiro não era forte, mas nem muito doce. Meus olhos brilharam. - Incrível! - Comento e a atendente sorri para mim. 

- Irá levar!? - Perguntou a mulher. Eu esqueci de perguntar para o Min Suga. 

Olhei para os lados procurando meu amigo. Encontrei o mesmo observando uma estante. 

- Espera um pouco. - Disse para a mais velha que acentiu. Corri até Yoongi que me olhou sorrindo quando cheguei perto de si. - Min, o que acha desse!? - Perguntei para o garoto. Yoongi pegou novamente em meu braço, cheirando meu pulso. 

- Ué! - Disse o garoto desentendimento. 

- Ah! A moça borrifou no meu pescoço, não no pulso! - Digo para Yoongi. - Eu já...- Mas antes mesmo de eu terminar, Suga me puxa para perto de si, enquanto o mesmo cheirava meu pescoço. Ao se afastar, Min Suga sorriu.

- Vai querer levar esse!? - Perguntou meu amigo. Acenti com a cabeça envergonhada. Yoongi sorriu indo até o caixa comigo. 

(...)

- Pessoas, cheguei! - Anunciei para o pessoal de casa. 

- Tava aonde!? - Perguntou minha irmã de boca cheia. Ela estava comendo bolo.

Desgraçada! Nem para me chamar.

- Eu guardei um pedaço para você. - Disse Byanca enfiando mais um pedaço do bolo em  sua boca. Sorri empolgada. - Mas voltando ao assunto, onde estava!? - Perguntou mais uma vez minha irmã. 

- Comprando umas coisas com o Min Suga. - Respondi mostrando as sacolas que estavam comigo. Byanca sorriu maliciosa.

- Oh! Min Yoongi! - Exclamou ela. 

- Somos amigos! - Exclamei de volta. 

- Uhum! Sei! - Disse minha irmã rindo. 

Era só o que me faltava!

(...)


Notas Finais


Então foi isso!

Foi mal se eu demorei MUITO! mas eu vou tentar não sumi. Ok!?

OK!

Até a próxima!

FUIII


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...