1. Spirit Fanfics >
  2. Como (não) conquistar o rei-kageyama Tobio >
  3. Prologue

História Como (não) conquistar o rei-kageyama Tobio - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


• Essa história será postado somente no Spirit, mas se estiver em outras plataformas, me avisem;
• Não aceito modificações ou adaptações de minha obra;
• Conterá gatilhos, e a história também irá abordar sobre problemas psicológicos, – que dá maior parte seram dá protagonista –;
• Não focará apenas no romance entre _____ e Tobio, e também não será um romance tão direto;
• _____ não usa os honoríficos japoneses, pois venho do Brasil, e nunca se acostumou com os honoríficos;
• A maioria dos personagens não são de minha autoria, mas a fanfic sim;
• Se quiserem, podem imaginar outra aparência para a _____.



—> C/C-cor do cabelo.
—> C/O-cor dos olhos.
—> Boa leitura minhas xuxus. ;3;

Capítulo 1 - Prologue


Fanfic / Fanfiction Como (não) conquistar o rei-kageyama Tobio - Capítulo 1 - Prologue

O calor escaldante dominava o quarto, a garota mesmo vestindo apenas um conjunto de peças íntimas sentia seu corpo pegar fogo, mesmo com o ar-condicionado ligado, sentia o suor quente escorrer pela sua testa, mas talvez não fosse apenas pelo calor dá noite, e sim seu desejo pelo seu colega de time, kageyama Tobio.

— Aahh... — Um gemido rouco escapou dentre os lábios – diariamente – secos dá garota de curtos cabelos C/C.

Seus 'longos' dedos – indicador e médio – massageavam seu clitóris de forma lenta, fazendo com que soltasse gemidos arrastados pelo "fraco" prazer que seus dedos lhe davam. Os dois dedos cobertos por duas finas camada de esparadrapo, desceram até sua entrada, fazendo movimentos de vai e vem, lentos, e trazendo a – pouca – sensação do prazer acumulados em suas digitais.

Sua outra mão – esquerda – foi-se para cima, até chegar no sutiã, adentrou o mesmo, logo tocando a carne de seu busto – um pouco grande para sua idade – logo passando a ponta do indicador em volta de sua auréola rosada, logo apertando levemente seu mamilo.

— Sra. yoshida? O jantar está pronto — Uma voz afeminada invadiu seus ouvidos, acompanhada de batidas leves na porta esbranquiçada.

— C-claro, mas não estou com fome — Agora a mesma suava frio, o nervosismo se apossou de seu corpo. — Talvez mais tarde.

— Tudo bem, estou me retirando. — Passos se afastando dá porta de seu quarto foram ouvidos, logo um suspiro escapou dos lábios dá C/C.

— Respira, respira, não ocorreu nada de ruim. Graças a Deus — A garota riu com seu comentário, rapidamente se levantando do chão coberto pelo carpete branco creme. — Cara, acho que nunca fiquei tão nervosa. — Novamente riu se direcionando até seu banheiro.

Retirou suas peças íntimas com a estampa de cerejas, diriam fofa, mas sexy. Adentrou o box, deixando a água cair por cada centímetro de seu corpo, seus pensamentos estavam apenas em um ponto, no caso em alguém, kageyama Tobio, o rei das quadras, e a primeira pessoa em que _____ sentiu um sentimento diferente.

— Caramba... — Murmurou a garota, com os pensamentos ainda no levantador. — Poderia fazer algo em respeito a minha "paixão", mas o que? — A C/C murmurava pensativa, com o polegar e o indicador no queixo.

Seus pensamentos sobre o Tobio agora se dissiparam, resolveu pensar em algo mais tarde, mas a ansiedade não a ajudava muito, mas tentou ignorar esse problema psicológico que lhe acompanhava desde a infância.




Sentada em sua cama, a mesma mexia no notebook em seu colo, pensando no que iria fazer para chamar a atenção do moreno, então, optou por pesquisar no 'Google', uma péssima escolha.

— O que?! — Gritou a garota. — Isso é tão balela! "Agrade-o, de presentes, elogie, faça coisas que ele goste." Quem fez isso?! Eu sou uma mulher, não estou no mundo para agradar homens! — Irritada com o site que escolheu, fechou o notebook. — Vou conquista-lo por minha conta, por quem eu sou!






                                         To be continued...


Notas Finais


Até o próximo capítulo ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...