História Como (não) namorar um vampiro - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Abo, Bottompk, Híbrido, Jikook, Jimin!ninfetinha, Jungkook!pauzudo, Kookmin, Mpreg, Revelaçoes, Vampiro
Visualizações 853
Palavras 1.041
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Canibalismo, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá meu cheirosos. 🌷🌈

Eu sei que demorei um pouco mas tenho motivos. Eu havia apagado o capítulo seis, pois não ficou do jeito que eu queria. Prometo não demora muito para atualizar, okay? 😅🌈

Espero que gostem !🌷

Capítulo 6 - (Não) bata em Jeon


Fanfic / Fanfiction Como (não) namorar um vampiro - Capítulo 6 - (Não) bata em Jeon

PARK JIMIN             

Assustado. Era essa a minha reação, e intercalava meu olhar entre Jungkook e Yoongi. Jeon parecia que iria explodir a qualquer momento, e por ele ser tão possessivo, não iria demorar nada para isso acontecer. Antes que eu falasse algo, fui interrompido por Jeon. 

─ Jura, senhor Min? ─ Jungkook perguntou em um tom absurdamente irônico, me fazendo suspirar pesado. ─ Acho que o Jimin não ficaria contigo. Não é, Park? ─ o maior perguntou com um semblante sério. 

─ E..- ─ fui interrompido novamente, mas agora por Yoongi. 

─ Como você tem tanta convicção? ─ o branquelo rebateu no mesmo tom. ─ Jimin é livre para escolher quem quiser, certo? ─ perguntou sarcástico. 

Eu sabia que eles iriam continuar naquela confusão sem necessidade, então tratei de levantar brutalmente do sofá - atraindo o olhar dos mesmos. Andei até a entrada de minha casa e abri a porta, e olhei fixamente para as figuras em minha frente. 

─ Saiam ! ─ exclamei alto e Jungkook passou a encarar o Min com seu famoso olhar de "fúria". ─ Não ouviram? Quero que vocês dois desapareçam daqui. ─ gritei novamente e os dois levantaram contra gosto. 

Vi eles andar até a porta e me encara a a última vez. Fechei a porta com força e deslizei por ela, fechando meus olhos e suspirando fundo. Senti lágrimas rolarem por meus olhos e me xinguei mentalmente por isso. Eu estava assim pois o jeito que Jungkook me tratava, me fazia a sentir um lixo, um qualquer. Yoongi apenas disse que ficaria comigo pois ele sabia que iria irritar Jeon. Na verdade eu não entendia essa obsessão ridícula que Jungkook tinha sobre mim, era frustrante todas as vezes em que ele hajia como um babaca.

Tratei de levantar do chão e segui até meu quarto. Tratei de fazer minhas higiene antes de me deitar, peguei meu celular pela última vez e vir que tinha algumas mensagens de meus amigos - mas não era nada importante -. Não demorou para que eu adormecesse e caísse em um sono profundo, ou não tão profundo assim.

[...] 

Não lembro às horas ao certo, mas lembro que ouvi uma enorme gritaria do lado de fora de minha casa. Com uma imensa preguiça levantei da cama e calçei minhas pantufas. A confusão lá fora parecia bem pior quando eu me aproximava, fiquei receoso de ser alguma briga de gangue ou qualquer merda do tipo. Andei até a janela da sala e vi só havia duas pessoa na rua, e as mesmas faziam uma enorme confusão. As pessoas que estavam brigando pareciam querer se matar, pois se batiam, socavam e chutavam uns aos outro. Já irritado com aquela coisa, decidi fazer algo. 

─ Ei vocês. ─ gritei em um tom alto, mas mesmo assim os indivíduos não cessavam a baderna. ─ Dá para vocês brigarem em outro lugar que não seja aqui. ─ gritei alterado novamente e juro que quase cair duro quando vi que se tratava de Min Yoongi e Jeon Jungkook. 

Andei apressadamente até o lado de fora e corri para tentar separa a briga, que aqueles dois tinham. Puxei o braço de Jungkook, fazendo o mesmo sair de cima do Min. Jeon tinha sangue nos olhos e achei que o mesmo mataria o meu amigo ali mesmo. 

─ Por quê raios, vocês estão brigando em frente de minha casa? ─ praticamente berrei, ainda segurando o braço de Jungkook.

─ Eu vim conversa com você. Mas esse idiota chegou me agredindo. ─ disse Yoongi tentando não voar para cima de Jeon.

─ Cala a boca. Eu cheguei aqui primeiro, você que veio de conversinha. ─ disse Jungkook em um tom irônico. 

─ Tsc Tsc. Você não quer que eu diga ao Jimin quem é você. Certo? ─ em um tom sarcástico, disse Yoongi. Jungkook travou o maxilar e tentou avança para cima do mesmo. 

─ Você não ousaria, seu azedo. ─ insultou Jungkook com um semblante amedrontador. 

─ Jimin iria adora saber que você brinca com os humanos. ─ falou novamente agora rindo alto. 

Fiquei observando aquela conversa paralela dos dois, em um movimento rápido virei as costas para os mesmo e deixei que eles gritassem a vontade. Respirei fundo e entrei dentro de casa, e refletindo sobre aquele diálogo de Yoongi e Jungkook. 

─ Jungkook não seria um vampiro. Certo? ─ perguntei a mim mesmo e pensei um pouco mais sobre isso. Lembrei-me da vez em que sua orbes mudaram de cor. ─Não. Ele não é. Aí cristo. ─ fiquei encabulado com aquilo, mas com meus pensamentos fui dormi. 

Olhei novamente pela janela e vi que os mesmo não estavam mas ali. Agradeci aos céus e fui deitar em minha cama, olhei em meu celular e chequei algumas notificações, antes de dormi novamente. Era difícil descansar com tudo que estava acontecendo em minha vida, eu só queria dormi e hibernar por uns 100 anos. 

[...] 

Acordei logo pela manhã pelo meu (não) incrível despertador. Desliguei o mesmo e com muita má vontade, andei até o banheiro à procura de fazer minhas higienes. Tratei de prepara algo leve para comer, logo pela manhã. Hoje seria o dia em que eu saberia se passei ou não em meu colégio. Estava bem óbvio que eu estava nervoso e ansioso, pois eu não sabia nada sobre a matéria, eu apenas chutei todas as questões. 

─ Aigoo! Eu estou atrasado. ─ gritei comigo mesmo e andei apressadamente até a saída. Tomei um enorme susto quando vi que o famoso Jaguar de Jeon estava em frente de minha casa. 

─ Preparado para saber seu resultado? ─ olhei para frente e vi o maldito, trajando uma roupa casual. Tentei ignora o mesmo e andei em direção até o ponto de ônibus mais próximo. Senti a presença do mesmo logo atrás de mim, mas eu estava tentando mantê a calma, pois eu não queria surtar ali mesmo.  Algumas pessoas andavam pela rua e eu só queria me enfiar em um buraco fundo. 

Meu braço foi puxado e com tamanha raiva, virei um soco no belo rostinho de Jungkook. O mesmo me olhou incrédulo e encarei o mesmo fixamente. Meu corpo foi domado pela raiva e tratei de me soltar de seu aperto. 

─ Saia de perto de mim, vampiro. 


Notas Finais


Uhhhhh, vampiro?
Jimin já desconfia, pequeno Jeon😅

E aí, oque estão achando? Comentem, por favor. 🌷✨

Meu perfil: @Bottompk ♥🌚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...