História Como (não ) pegar seu Oppa - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Visualizações 111
Palavras 2.862
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Esporte, Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, Harem, LGBT, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oooiii meus amores! Demorei muito?
Espero q vcs gostem do cap❣
Gnt lembrando q quando a gnt chegar aos 100 favs vou criar um grupo só da nossa família ❣ ok? Bjs

Capítulo 20 - New boy?!


Fanfic / Fanfiction Como (não ) pegar seu Oppa - Capítulo 20 - New boy?!

Ah... Final das férias... Volta às aulas, na verdade eu não sei que tipo de sentimento sentir, desespero ou alegria. Não é que eu não goste de ir para a escola, eu gosto de voltar e ver meus amigos, a bagunça das salas, o que eu não gosto são as voltas das matérias e alguns professores, bom nada é perfeito. É aqui lá vamos nós, para mais um dia de aula.

- Vamos Mel, vou deixar você na escola. - Minha mãe falou passando por mim com um copo de café. Peguei a minha mochila e a segui, dessa vez não teve briga por quem iria na frente Jungkook passou ontem na casa de um dos meninos e de lá já foi para a escola.

Eu estava animada para voltar e ver as meninas, o Tae... Aí, enfim. Não sei o que pensar.

Como o Kook não estava minha mãe parou na porta da escola, desci já procurando com os olhos alguém conhecido.

Eu vi alguém familiar mas tinha algo diferente, me aproximei e meio que sentindo a minha presença ele se virou.

- Mel! - Hoseok falou com o seu típico sorriso que dá pra ver em quilômetros, eu sei que deveria o responder com a mesma felicidade ou sorriso, mas eu acabei fazendo uma careta.

- O que aconteceu com o seu cabelo? - Ele fez uma expressão de interrogação como se não soube-se do que eu estava falando até ele se tocar ( depois que eu sou lerda).

- Ah, eu descolori. O vermelho já tinha saído e tava meio laranjado, pensei em deixar loiro. Não gostou? - Fiquei mais alguns minutos analisando pendendo a cabeça pro lado, o cabelo dele tava mais loiro do que o do Tae, mas parecia mais uma mistura do vermelho que ficou e o loiro, lembrava um leve tom rosado, bem discreto, tom de pêssego eu diria?

Mas pareece que deixou ele mais delicado, parecia que o cabelo mais claro deixava suas bochechas mais vermelhas e o sorriso mais radiante ainda, com o cabelo bagunçado e a roupa preta lhe caiu bem, mas é claro que eu não iria falar isso para ele.

- Eu gostava do vermelho, mas loiro ficou legal também. - Eu achei que o seu sorriso não poderia ser mais radiante do que o normal, mas parece que triplicou e ele brilhava mais que uma estrela.

- Hm. - Alguém pigarreou, desde quando tem mais alguém aqui?

Olhei para o lado, eu não acredito.

- Que merda você fez no cabelo?! - Dei um leve pulo para trás, ok, era o Kook. Um kook de cabelo vermelho.

- Bom dia pra você também.

- Desde quando seu cabelo é vermelho?! - Ignorei plenamente seu comprimento.

- O Seok estava descolorindo o dele, depois dele muito ficar no meu pé eu deixei o Huyng pintar o meu cabelo. Mas acho que só tinha vermelho na casa dele, por que será né. - Ele revirou os olhos e suspirou alto. Visivelmente arrependido.

- Eu sugeri que nós dois pintasse de loiro, mas acho que ele não gostou muito da ideia de sairmos parecidos. - Seok fez um biquinho adorável como se tivesse triste o que me fez rir.

- Você está parecendo um tomate Kook, desculpa mas vermelho combina só com o Hobi. - Eu só reparei que elogiei o Seok quando o Kook deu um soco no peito dele ( não sei se foi forte ou se o Hoseok é muito dramático ) dizendo um " Ela é minha irmã" eu realmente não estava entendendo o que estava acontecendo, na verdade eu parei de prestar atenção quando o Taehyung acenou de longe vindo em nossa direção junto com o seu irmão Jin e o Namjoon.

Agora sim, podem dizer que é um bom dia.

- Bom dia Mel. Tudo bem? - O meu loiro favorito falou.

- Melhor agora. - O abracei e o mesmo me apertou. Foi um abraço rápido, e um dos poucos que eu já dei nele, mas acho que eu fiquei mais feliz ainda.

Bom, pelo menos até o sinal tocar.

Os meninos se cumprimentaram, a atmosfera estava agradável entre os meninos, melhor do que antes das férias, toda via entre o Kook e o Tae parecia que uma nuvenzinha negra pairava já que o meu irmão ficava sem jeito, com medo de começar um diálogo e receber um coice e Taehyung agia como se ele não estivesse aqui. Era melhor do que os dois brigando. Caminhamos em direção a entrada, olha só eu rodeada de machos, quem diria que isso ia acontecer algum dia?

Seguimos para as aulas, na primeira eu não assisti com as minhas amigas, mas a segunda Chloe e Lisa estavam presentes. Agora estávamos sentando juntas.

- Como foi na Europa? - Chloe perguntou animada para Lisa, que já estava com doce na boca. Santa carie.

- Ah, foi ótimo. Eu tenho que te mostrar as fotos que eu tirei, acredita que... - Eu parei de prestar atenção na conversa delas, gente a Chloe e a Lisa conversando animadamente, nunca que eu ia pensar nisso. Eu tenho que admitir, eu estava um pouco ocupada com os meus devaneios, eu já estava bolando um plano para executa-lo, mas não acho que eu deveria anuncia-lo para os outros, melhor me certificar que vai dar certo, afinal o ano já está acabando e eu ainda não beijei ninguém! ( E quando eu digo ninguém isso se refere principalmente ao Taehyung Kim). Eu estava rabiscando nas folhas palavras soltas e fazendo um mapa mental que só eu entenderia, só para ter certeza que tudo e todos ficariam bem.

- Ei, Mel o que você está fazendo? - Chloe sussurou para não me assustar.

- Ah, nada, só elaborando mais algumas coisas para ano.

- Mais uma das estratégias para conseguir o Taehyung?

- Então você é realmente caidinha pelo Tae? - Lisa se debruçou contra a mesa, o mulherzinha enxerida.

- Desde o ano passado, mas existe a regra de que anos não se misturam, e também ele nem sabia da existência dela. Só agora que eles começaram a se falar. - Minha morena fez questão de colocar os babados em dias.

- O que? Ele não é o melhor amigo do seu irmão? Como ele não soube da sua existência por um ano?! - Exclamou e logou em seguida ganhou uma repreensão do professor. - Sorry.

- No momento acho são ex-melhores amigos e acredite ou não somos dois irmãos bens discretos. - entrei na conversa.

- Ele fazia de tudo para ninguém saber dela, ainda mais que ela insiste na história de "Oppas". - Nossa que amiga da onça eu tenho.

- Eu faria o mesmo se ela fosse a minha irmã, compreensível. - Já tá pagando pau pra ele, esqueceu que ele gosta da mesma fruta que você?

- Obrigada pelos comentários sobre a minha vida mais isso é perca de tempo e de saliva.

- Tá, mas e agora? Você já conversa com o Tae, não rola nem uma química? - Lisa perguntou e inacreditável ou não pela primeira vez ela fez uma pergunta que me obrigou a parar e a pensar.

- Bom... - comecei meio incerta. - Somos bons amigos, ele e bem compreensível e cavalheiro desde o dia em que o conheci, acho que já rolou alguns momentos assim, mas em questão de segundos. - Me lembrei do dia que ele foi no hospital para ler para as crianças que assim como eu tiveram câncer, e por elas fomos escolhidos como o príncipe e a princesa, até rolou um beijo, só que na bochecha. - Acho que nunca teve essa oportunidade. - Concluí.

- Nossa, que merda, o que você pretende fazer agora? - Chloe perguntou, acho que ninguém de nós três percebeu que a aula acabou, até sermos as últimas da sala, recolhemos tudo e seguimos para a última aula enquanto eu pensava nisso, antes de nós irmos para caminhos diferentes cheguei a uma finalização que considerei plausível.

- Eu não sei, só sei que vocês vão me ajudar a pelo menos não passar vergonha sozinha. - Ouvi algumas reclamações mas sai saltitante e pouco me importando para suas controvérsias.

Era aula de física, eu odeio física.

- Baby qual a resposta da três? - Tentei espiar sobre o seu braço, mas também estava em branco. Merda, maldita lista que vale quatro pontos.

- Eu vou pegar com as meninas da frente depois que elas terminarem. Fizemos uma troca, ela faz inglês comigo, eu ajudo e ela me ajuda em exatas. - Sorriu vitoriosa.

- Estou cada dia mais orgulhosa de você.

- Aprendi com a melhor. - Rimos. - Hm, Mel, ficou sabendo da novidade?

- Qual novidade? - Gente, mal voltamos as aulas e já tem babado?

- Eu tava olhando no site da escola, parece que entrou uns garotos novos.

- Só trabalho com nomes bebê.

- Eu não lembro, acho que ele deve ser descendente de asiático, ele era o único com um nome diferente. E inacreditável, também para o terceiro ano.

O meu Deus, em todos esses anos nessa industria vital é a primeira vez que isso me acontece. Desde que o Kook entrou na escola são somente os sete. Será que agora o bonde dos asiáticos acolherá mais membro?! Eu não esperava por isso.

- Que merda o seu irmão fez no cabelo? - Olhei por cima dos seu cabelo, ela ainda tava no site e lá já tinha uma foto do Hoseok e do Kook com os cabelos diferentes, caraca vei esse povo é rápido.

Depois de um tempo a garota da frente de cabelo curto passou as respostas e entregamos a tarefa bem na hora que o sino bateu.

Saímos da sala de braços entrelaçados e caminhamos em direção ao refeitório, como em todos os outros dias pegamos nossos lanches e nos sentamos na nossa " nova" mesa, junto com os meninos.

Babi a minha esquerda, Chloe a minha direta e Lisa do seu lado, elas já estavam nos esperando.

Logo os meninos Chegaram, Hoseok se sentou do lado de Lisa, Kook na minha frente junto com Jimin e Yoongi, depois Tae, Jin e Namjoon.

- Olha! É ele! - Babi anunciou apontando para o garoto que andava meio perdido.

- Quem? - Chloe perguntou olhando para as várias direções.

- É aquele ali? - Lisa perguntou o analisando.

- Tamo falando de quem?! - Chloe escandalizou.

- Ali ó cega. - Apontei Babi segurou o rosto de Chloe e o levou para a direção apontada.

Um garoto de cabelos platinado de afeições asiáticas andava calmamente sem entender muito o porquê de tantos olhares e sussurros.

- Nossa que gatinho. - Lisa silabou em voz alta o nós três estávamos pensando.

- Para o que vocês estão babando? - Namjoon perguntou olhando para trás.

Até ele tomou um leve susto, um outro asiático.

- Ei, olha lá. - Nam bateu de leve no braço do Jin que fez o mesmo com o irmão que por fim atiçou a curiosidade de todos.

- Então, a gente o chama para se sentar com a gente? - Yoongi perguntou em uma careta.

- Ah, sei lá, ele também tem olhos puxados. Em tese dessa propaganda que as meninas loucas criaram ele deveria fazer parte do bonde. - Jin deu de ombros e voltou a comer.

- Eu conheço ele, a gente faz Francês juntos. - Jimin comentou. - Ele é legal. Conversamos na aula. Ele acabou de se mudar.

- Jimin, mais detalhes por favor, nome completo, endereço, descendência e tipo sanguíneo. - Falei interrompendo e pautando tudo que as outras iriam perguntar, acho que todas nós o olhamos de um modo assustador que até o assustou.

- Calma, suas loucas. Ele é só um garoto, não um sobremesa. - Hoseok falou um pouco irritado, bom foi o que pareceu, mas logo ele soltou um leve sorriso, só para quebrar o clima que sua voz meio rouca criou ao proferir uma frase sem sua alegria de sempre. O que acarretou a um arquear de sobrancelha do Tae meio sem entender nada e um riso abafado do Kook.

- Enfim, vocês vão chamar ele ou não? - Taehyung voltou a pauta principal.

- Ei, Jimin né? - As dez cabeça naquela mesa se viraram numa velocidade tão grande que deu até um ventinho. Então o nosso assunto falou, meio sem graça agora com um sorriso meio torto nos lábios.

- Hey! Jackson! - Jimin o levantou e o cumprimentou. - Senta aí com a gente.

- Hoseok, vaza.- Lisa proferiu rápido e se o enquanto Jimin o saudava.

- O que? por que? - O agora loiro quase se engasgou.

- Do meu lado só tem lugar para um loiro - Ela olhou para o seu cabelo meio cunfusa.- Ou pêssego. Sei la. - murmurrou- Entretanto, fique sabendo que não é você. - Aí, essa doeu.

- Valeu pela parte que me toca.- Revirou os olhos.

- Senta lá do lado do Hoseok, tá vago. - Ouvi a voz do Jin tão cavalheiro como a do irmão oferecendo o local para ele, Lisa e Hoseok ainda estava numa briga infantil para que ele saísse do lugar mas por final, Seok se agarrou a cadeira enquanto Lisa o ameaçava a chuta-lo, até que o tal Jackson se sentou ao lado dele e Lisa parou dando um sorriso falso. Ver a " simpatia" da Lisa e a temozia do Hoseok me fez rir.

- Tenho meus motivos para ficar aqui. - Ele protestou.

- A é? E quais são? - Lisa Esbravejou.

- Então... Aí! - A mesa mexeu um pouco, fiquei sem entender e até ver o Hoseok se abaixando um pouco para massagear a canela com um careta de dor.

- Já te falei pra ficar quieto besta. - Kook tomava seu suco calmamente como se nada tivesse acontecido.

- Então, por que se mudou de escola na metade do terceiro ano? - Babi se esticou sobre a mesa para admirar a nova peça rara.

- Ah, não foi bem por escolha. Meus pais viajam muito pelo país e querendo ou não eu tenho que segui-los. - Ele sorriu.

- Entendo. Que triste. Mas veja pelo lado bom, agora você conhece a gente. - Babi riu.

- Bom, na verdade eu só conheço o Jimin, ainda não sei os seus nomes. - Sorriu envergonhado. Quem menino lindo, ele sorri demais, eu gostei.

- Então deixa eu fazer as honras, eu sou o Namjoon, esse é o Jin e o seu irmão Tae. Depois temos o Yoongi, e do lado do Jimin e Kook.

Todos se cumprimentaram com um " E aí? Beleza? " Ou um " Jóia"

- Uhum! - Chloe limpou a garganta.- A gente também tá aqui mané!

- Essas são as malucas, ops, as meninas, Lisa, Chloe, Mel e Babi. - Yoongi, sempre com sarcasmo.

Respondemos todas um " tudo bem?" " Prazer " caraca olha a diferença entre meninos e meninas.

- Você é descendente de onde? - Perguntou Kook.

- Meus avós são chineses. - Um silêncio se fez na nossa mesa, acho que todos pensaram a mesma coisa.

- Erro 404, como proceder? - Hoseok indagou.

- Em todos esses anos nessa industria vital é a primeira vez que isso me acontece. - Recitou Kook.

- O que foi? - Jackson perguntou em dúvida.

- É que esses daí são tudo descendentes ou são coreanos, você é o primeiro garoto de outra região da Ásia. Mas é nois, sou descendente de tailandês. - Lisa explicou.

- Adoro diversidades culturais sabia? - Babi comentou vidrada no novato.

- Aí, elas não vão largar do seu pé. - Jin bufou.

Apenar de que aquele assunto poderia rolar vários diálogos ele foi interrompido pela coordenadora que chegou gritando silêncio chamando a atenção de todos, logo depois o Charles entrou com um sorriso amigável no rosto.

- Bom dia a todos, primeiramente estou que todos tenham tido um boa volta às aulas. Só passei aqui para tomar alguns minutos do seu intervalo para informá-los que dessa vez os jogos serão agora em janeiro. Assim como o baile de Halloween foi feito pelo comitê de eventos eles se encarregaram também de organizar os jogos internos. Esperamos que todos participem e ajude no que puder. Mais informações será colocado no mural de anúncios. Muito obrigado. - Assim que ele saiu várias cochichos dominaram o refeitório e a nossa mesa também.

- A gente vai participar né?

- O kook é um ótimo corredor.

- Hoseok é bom no tênis.

- Tae e eu podemos ajudar o Kook no revesamento e Tae é ótimo no vôlei. - Os meninos começaram um conversa frenética sobre os jogos e as modalidades que cada um podia exercer. Eu particularmente não estava nenhum pouco feliz em ter ficar correndo e suada, aparentemente as meninas não estavam também, pelo menos não tão animada quanto os meninos.

E nesse exato momento meio leque me acendeu mais uma das minhas brilhantes ideias.

- Ah não, ela tá com aquela cara de novo. - Chloe reclamou, murmurrando para só as garotas ouvirem.

- Como assim? - Lisa ficou confusa.

- Ela tem um plano, bem vinda ao grupo. - Babi relaxou na cadeira.

- Eu espero que vocês gostam de esportes, porque vamos começar uma maratona para alcançar o Oppa. - Sorri, uma tanto diabolicamente, eu diria.


Notas Finais


Meus amores, vcs gostam de história de época? Eu tô viciada! Eu acabei de ler o Duque e eu e ainda tô suspirando pelo Simon, que livro foi esse?!
Dsclp, eu precisava desabafar kkkkk
Alguém aqui já leu? Tem algum livro de época pra recomendar? ( Ou fanfic msm ) agradeço desde já ❣❣


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...