História Como não se apaixonar - Simbar - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Ámbar Benson, Personagens Originais, Simón
Tags Drama, Romance, Simbar
Visualizações 238
Palavras 541
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


volltei
outro cap pra voces desculpe a demora mas o ENEM me toma muito tempo

Capítulo 12 - Ótimas noticias, só preciso de um tempo


Fanfic / Fanfiction Como não se apaixonar - Simbar - Capítulo 12 - Ótimas noticias, só preciso de um tempo

Ámbar

- como assim você é meu pai – falo me afastando do abraço, ele me olha.

- Querida, eu juro que não sabia de nada, foi uma surpresa, mas quando eu vi seus exames notei que temos o mesmo sangue, isso não seria nenhuma prova, más o do seu “ pai “ Segundo a sua mãe não bate com o seu, além disso eu notei seus olhos são da mesma cor que o meu, você adora nadar, mas os cavalos e a praia – ele falou pegando nas minhas mãos – eu sei que devia ter consultado você mas eu fiz um exame de DNA e ele deu positivo, eu não sei porque sua mãe não me contou mas eu fiquei muito feliz com a notícia de que você é minha filha, estou te contando isso porque eu sei que você prefere a verdade, mesmo que ela seja difícil, e filha eu vou estar lá pra você sempre que precisar. Me deixa fazer parte da sua vida em minha estrelinha, deixa eu ajudar você a enfrentar tudo que está por vir.

Eu fiquei olhando pra ele por um tempo, que pareceu curto, mas pode ter sido longo, pensei nas vezes que ele me ajudou, em todos os momentos, ele cuidou de mim desde sempre, talvez por isso minha madrinha tivesse deixado ele por perto, ele me ajudou com a Valentina e pensando bem ele devia ser bem novo, quando a minha mãe engravidou, eu tenho 22 anos, e ele tem 39 anos, minha mãe tinha 26 quando me teve.

- Eu preciso de um tempo para digerir essa informação, mas a quanto tempo o senhor sabe sobre isso? – perguntei.

- Eu descobri isso a uma semana, eu não sabia o tipo sanguíneo do Logan (suposto pai da Ámbar) até, pedir as informações para saber se sua doença era genética ou se havia algum caso na família ou deficiência sanguínea - respondeu em um tom formal.

- Humm, eu já vou – falo meio sem graça e solto as nossas mãos, olho em seus olhos e eles mostram diferentes emoções.

- Ámbar eu sei que é pedir muito, mas não me deixe de fora da sua vida, você é um pedaço do amor que um dia sua mãe e eu vivemos, eu não pude acompanhar sua vida do jeito que gostaria, se você permitir eu quero fazer isso agora – falou serio olhando em meus olhos – Sobre seus exames por enquanto é o que eu falei, um amigo está me ajudando com o caso e nós temos leve suspeita do que pode ser essa sua doença, minha mãe tinha algo parecido, e eu vou tentar tudo que é possível, para não perder você agora que te encontrei minha filha, temos alguns indícios de uma possível cirurgia mas até lá continue com o medicamento e qualquer coisa me ligue ok? – falou ele como sempre, mandão.

- Ok, capitão Jackson, serio eu só preciso de um tempo, é uma ótima noticia serio mas é muito pra processar, se precisar de algo eu ligo – digo e o abraço, parecia o certo a ser feito me afasto e saio pela porta com mais essa bomba. Tenho que falar com a minha madrinha, preciso saber se ela sabe algo sobre isso.


Notas Finais


surpresas no proximo
eu ja tenho o final pronto e acho que pode ficar muito confuso mas vou fazer assim porque sempre foi a minha ideia inicial espero que gostem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...