História Como não se apaixonar - Simbar - Capítulo 22


Escrita por:

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Ámbar Benson, Personagens Originais, Simón
Tags Drama, Romance, Simbar
Visualizações 164
Palavras 357
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpem a demora

Capítulo 22 - Notícia importante


Fanfic / Fanfiction Como não se apaixonar - Simbar - Capítulo 22 - Notícia importante

Ámbar

Assim que cheguei a clínica subi diretamente até o consultório do meu pai. Assim que bati na porta ele me deu autorização para entrar.

- Oi filha.

- Oi pai, o senhor disse que precisava falar comigo, estou aqui .

Falo e ele pede que eu sente assim que me acomodo ele começa a falar sobre os exames e me explica e que e o amigo pesquisaram muito e já sabiam o que eu tinha.

- Ámbar o que você tem é uma deficiência no sangue quando você se esforça muito os seus globulos  vermelhos tem dificuldade de transportar o oxigênio, por sorte você nunca teve a crise grave. Bom com isso nós podemos resolver com um transplante de medula óssea, eu fiz uns exames para ver se sou compatível, como sou seu pai. Daqui a 10min eles entregaram o resultado e se tudo correr como o esperado você vai ficar bem.

- Sério obrigada pai, falo o abracando, o senhor sempre me ajuda, eu tenho muita sorte em ter você.

- de nada querida, meu trabalho como pai é garantir que você fique bem, sem falar que acabei de te descobrir como filha não ia perder você mesmo.

Assim que ele termina de dizer isso a enfermeira bate na porta entregando os exames.

- Bom aqui diz que eu sou compatível então nós já podemos marcar a cirurgia, meu amor. Filha eu preciso dar uns telefonemas e ver a junta de médicos que vai nós atender qualquer novidade eu ligo. Agora eu preciso voltar ao trabalho. - me dá um beijo na testa e me acompanha até a porta, assim que me despeço dele vou correndo para o carro, preciso contar isso pro Simón urgente.

Quando estou a caminho da casa do Simón, o sinal fecha bem em frente a praça, quando olho para o lado vejo o Simón e uma loira conversando, ela braça ele e se afasta olhando ele nos olhos e se aproxima beijando ele, sai rapido Dali com o carro e sinto meu coração despedaçado, lágrimas caem dos meu olhos como eu pude confiar nele ele acabou de se declarar pra mim e agora está se agarrando com outra na praça.


Notas Finais


Imagem do Simón e da loira misteriosa


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...