História Como (não) ser trouxa - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, GD & TOP, Got7
Personagens Baekhyun, Chanyeol, G-Dragon, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Sehun, T.O.P, Tao
Tags Bangtan Boys, Bts, Exo, Got7, Yaoi
Visualizações 11
Palavras 1.202
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção Adolescente, Fluffy, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Então, eu encontrei uma fanfic, com o termo igual, se não me engano... O mesmo título ou sei lá, mas não... A estória que eu irei criar, não vai ser igual. Então, não é plágio, Beleza?

Capítulo 2 - 1. (Não) Entre em brigas.


1. (NÃO) Entre em brigas pelo idiota do seu crush.


"Mas como assim, JungKookie?"

Sim, fui trouxa ao ponto de proteger esse idiota. O popular sempre tem que arrumar brigas com o seu grupinho, mas depois, que sai ferido é ele. 

Mas, o motivo tão inesperado dessa briga, foi um completo diálogo desnecessário.


Acordo-me, sentindo um leve peso em cima de mim, Já sabendo quem pode ser, abro meus olhos devagar por conta da preguiça e do sono... Logo pude visualizar o rosto de TaeHyung com o seu sorriso quadrado estampado no rosto. 

— Sai de cima de mim... — Ordeno, e Taehyung se levanta, mas antes, me da um leve - não muito - Murro em minha barriga — A-aí! Fiquei sem ar agora. — Me Encolhi na coberta e coloco a mão em minha barriga Tentando recuperar o ar.

— isso foi por ter falado grosseiramente comigo e por ter me deixado sozinho ontem! — Diz virando o rosto. Ontem eu só o deixei sozinho, Porquê fui jogar com o Hoseok. — Cuidado para não perder o colégio, Bela adormecida. — sorri, puxa minha coberta e sai.

Que bipolaridade!

Eu sinceramente não entendo o Tae. Uma hora ele está bravo, mas em questão de segundos, ele está normal. Mas isso, já virou normal para mim.

Ele vai ver. Isso doeu.

Meu celular, estava na cômoda ao lado da minha cama, com - muita - preguiça me levanto e alcanço o celular. olho a hora, para ter uma próximidade de qual hora vou chegar no colégio.

Está cedo.

Me levanto com uma enorme preguiça, abrir as janelas e olhar o sol? Não mesmo. Não quero olhar para cara dos meus vizinhos não.

vou até o banheiro, iniciando minhas higienes frequentes. Me arrumo, coloco uma roupa normal; moletom azul, calça preta, e um tênis preto. Sim, meu colégio deixa entrar sem ser com a roupa escolar, eu não gosto muito dessa vestimenta do colégio, mas tem vez que eu não posso ir sem ela. 

[ • • • ]

— Eu quero te bater, ainda lembro da dor. — Coloco minha mão em minha barriga e encaro Taehyung que andava tranquilamente ao meu lado.

— Você mereceu, Kookie! Para de reclamar e me conta mais sobre o tão falado "crush" seu. — sorri malicioso. Me dando um tapa no ombro. 

Tadinho.

— C-contar o quê? Eu já disse tudo... Faltou só uma parte: Ele não sabe que eu existo. — Coço a nuca. E balaço a cabeça em forma de reprovação.

— Posso fazer com que ele saiba, mas você, vai ter que abandonar essa sua frescura e ir falar com ele. — me fita, e eu dou um leve sorriso debochado

— Não, Obrigado! Já reconheci que sou um tremendo trouxa, não quero ser mais ainda. — Sorrio e bato nas costas de Taehyung.

— Okay, você abandonando ou não, eu vou falar com ele. — TaeHyung Saiu correndo. Pude ouvir a risada dele a alguns metrôs para logo perceber o que ele falou.

— O QUÊ? TAEHYUNG! VOLTA AQUI! — Corro. Não sabia que Tae corria tão rápido, até hoje. Mas... Ele não vai correr mais que eu. Convencido? Não sou muito.

TaeTae para na frente ao colégio e me espera. Ele sabe que eu não vou deixar, não adianta. Ou eu não posso deixar ele ir ou eu simplesmente desisto e deixou ele falar.

 — Eu vou lá. — Diz sorrindo vitorioso. Mas é claro, eu não posso deixar ele fazer isso. Se fosse tão fácil e simples, eu mesmo iria. Mas não é.

— Debochado! Ainda me esperou só 'pra jogar na cara. — Digo cabisbaixo. Eu não gosto de tocar nesse assunto. Sei lá, sinto como se não estivesse preparado para o Jimin, sinto como se eu fosse "um qualquer". não que eu não seja.

— Hey? Não vai ficar chateado por isso não, né? — Me fita, e passa a mão pelos meus cabelos castanhos.

— Não... Só vou ganhar muitos apelidos das pessoas. Vou ser a vergonha do colégio, só por gostar de uma pessoa popular. Não tem porque eu ficar chateado com você, eu sou o culpado. Na verdade, meu coração é o culpado, por gostar de alguém que não dar a mínima 'pra mim. Maldito coração, que não podia ser apenas um órgão Comum do nosso corpo. — Encaro Taehyung por alguns segundos e entro no colégio, como sempre recebendo olhares. Mas hoje foi porque esqueci meus fones.

Eu sou um trouxa. 

Aish! — Me sento na minha banca e observo o movimento da sala. Normal como sempre.

Eu ainda me questiono: “Como vim parar neste ponto?”. Ainda, como se gostar do Jimin já não bastasse, ele tem que estudar em minha sala. Isso é doloroso.

É tipo; “Antes de dormir, penso em diversas coisas, mas todas elas insistem em envolverem você.” Em meio a esse pensamentos, pude perceber que tenho medo de sentir as coisas com mais intensidade... Por quê? Talvez, eu tenha mais medo ainda que isso não seja ou não possa se tornar recíproco.

Voltando ao mundo real, bosta... O professor entrou na sala que eu nem percebi. Hoje é aula de Química. Ótimo, sou vamos dizer, bem ruim nessa matéria.

— Só queria dormir... — ouvi a voz do Yoongi atrás de mim, pois o mesmo se sentada atrás de mim.

— Pena amiguinho, tem que vim para o colégio ver pessoas tóxicas. E presta atenção na aula — Não retiro o olhar do quadro. Falo em uma altura que desse para o Yoongi ouvir.

— Não precisa falar o que eu já sei. — boceja por conta do sono e sinto o mesmo deitando a cabeça na carteira.

Falando sobre o Yoongi, ele é bem nem aí para muitas coisas, mas não se engane, pode parecer frágil, mas não é. A mente dele é tipo, o universo inteiro... Ele sabe muito sobre tudo que você imaginar. Calculista, atencioso, irônico e sincero. Um toque à mais em tudo. Gosta de expor suas idéias, e importante suas regras.

Eu só queria um pouco do anti-romantismo do Yoongi, só isso mesmo. Já estaria feliz.

Uma aproximidade razoável à mente dele... Isso sim seria legal. 

[ • • • ]

Já no intervalo, ouço Taehyung me chamar pela milésima vez só hoje.

— JungKook? — Me olha, triste? Não sei definir essa expressão que ele está fazendo.

— Oi? — Respondo com curiosidade e interesse no que ele tinha para falar.

— Parece que estão batendo no Jimin... — Ele pensa que isso me afeta? Está certo.

— E o que eu tenho haver? — tentativa de fingir não está ligando... 100% que vou falhar.

— Sua oportunidade. Além de salvar o Jimin, você pode tentar puxar um papo com ele.

— Nossa, Sério isso, Taehyung? Eu não vou bater em ninguém não. — Bateria se precisar.

— Se por acaso você acha que não tem força, está totalmente errado. Força você tem, até demais. — Sorri e segura em meu pulso, logo me puxando.

— força de vontade. força física já não sei. — Vou com ele. Mas aliás, aonde estamos indo? — Aonde você esta me levando?

— se abaixa. — me puxa para baixo de uns arbustos — Eu não estava mentindo.

Consigo ter a visão de Jimin e dois garotos. Eles pareciam esta discutindo algo.

Mas 'pra que caralho*s o Taehyung me trouxe aqui? Ele acha mesmo que eu vou lá?



Notas Finais


... ⚓ Em breve ⚓ ...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...