1. Spirit Fanfics >
  2. Como (NÃO) ser uma cupido >
  3. Estou no... Passado?

História Como (NÃO) ser uma cupido - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oiieee... Gente estou bem ansiosa pra fazer essa fic. Ela é a continuação do meu livro "7 dicas de como (NÃO) conquistar o crush e sim pagar mico".

Mas... Estará um pouco diferente, espero que gostem. Ksksk

Capítulo 1 - Estou no... Passado?


Era mais um dia normal para mim até.

Estava dormindo tranquilamente, até o despertador tocar me tirando a paz. 

- Huuum..._resmunguei virando pro lado e me cobrindo toda.

O despertador não parava de jeito nenhum, que saco. 

- Aaah... Fala sério.

Estava tudo tão bom, meu sono, mas o despertador parece não gostar de mim. 

Won-young levanta! _pude ouvir a voz da minha mãe assim ao abrir a porta.

- Aah mãe... Só mais uns dez minutinhos. _resmunguei

- Nada disso. Você se atrasará para a escola deste jeito mocinha.

Ela se aproximou de mim, e eu tirei a coberta do meu rosto a encarando. 

A mesma estava com a mão na cintura me encarando séria..

- Posso faltar hoje? _perguntei sorrindo na esperança de ouvir um "sim" mas ouvi a resposta ao contrário.

- Nada disso Won-young! Você já teve mais de duas faltas está semana.

- Mas estava com atestado... Só mais um diazinho mamis. Por favorzinho _a implorei

- Nananinanão. Vamos Won-young, não tenho o tempo todo. Ainda tenho que ir para o meu trabalho.

- Aaah que saco. _me levantei reclamando.

- Te espero na cozinha. _Disse por fim saindo.

Me despreguicei e olhei pra cama. 

- Por que vida? Por que és tão cruel comigo?

Entrei no banheiro, tomei meu banho, fiz minhas higienes e depois que terminei de me arrumar desçi. 

Ao entrar na cozinha vi minha mãe tomando o café da manhã. 

- Mãe...

Me sentei e ela me encarou. 

- Oi?

- Por que a senhora nunca fala do meu pai?

Logo a expressão de seu rosto mudou para uma... Não sei ao certo explicar, era meio tristonha. 

- Não quero falar deste assunto filha._Falou se levantando

- Ah mãe. Estou curiosa! Eu sempre sinto inveja das minhas amigas, elas tem um pai... Elas vivem me dizendo o quão ele é legal...

Minha mãe suspirou fundo e se virou me encarando 

Ela pegou em minhas mãos. 

- Filha... A verdade é que... Seu pai não te abandonou assim como lhe disse.

- Não?

- Não. Na verdade, eu não sei quem é o seu pai.

Eu fiquei surpresa. 

- Como assim você não sabe quem é meu pai mãe?

- E-eu não sei... Na minha época de escola, tive dois namorados.

- O que? Ah mãe. Com qual você ficou da última vez?

- E-eu não sei. _Falou desesperada passando a mão no cabelo e se sentando na cadeira

- Como não sabe?

- Teve uma festa na escola, um baile. Era comemoração dos estudantes que se formaram no segundo ano do ensino médio. Naquele dia, eu estava tão bêbada que acabei ficando com um deles... Mas não sei ao certo quem.

- Como não mãe?? E agora?

- Não sei...

- Você se lembra ao menos o nome deles?

Vi um sorriso se formar em seus lábios. 

- Sim, me lembro como se fosse hoje... O nome deles são Park Jimin e Jeon Jungkook. 

- E de qual você gostava?

- Pará ser sincera... Dos dois. Mas sempre gostei do Jungkook, ele foi meu primeiro amor. Acho que gosto dele até hoje.

- Aah... E você acha que qual deles é o meu pai?

- Não faço a menor ideia. Mas se for o Jungkook ficarei bem feliz.

Eu sorri. 

- Sabe onde eles moram?

- Sim, acho que eles ainda continuam em Seul... Eu tive que me mudar pra cá quando terminei meu segundo ano no ensino médio, por isso não deu tempo de contá-los sobre a gravidez.

- Aah... Se for o Jimin, a senhora ficará chateada?

- Não. Ficarei feliz também.

Eu sorri. 

- Eu prometo a senhora que vou achá-los! _Falei pegando minha mochila e vi o sorriso em seu rosto

Me aproximei dela e dei um beijo em sua bochecha. 

- Tchau omma.

- Tchau minha princesa.

Eu sai de casa e fui caminhando até a escola pensando nos nomes cujo ela tinha me dado. 

Jeon Jungkook e Park Jimin. 

Um de vocês é o meu pai... Quem será?


Na escola... 


Eu estava ainda pensando naquilo. Nem se quer estava a prestar atenção na aula. 

Eu vou descobrir quem é o meu pai! Ou se não, não me chamo Won-young.

Won-young?? No que tanto pensa? _Minju perguntou se virando pra mim.

Ela se senta na cadeira a frente da minha. 

- Meu pai não morreu e nem me abandonou.

- Sério? Como sabe disso? _Sakura perguntou

- Minha mãe me contou a verdade hoje. Ela disse que não sabe quem é meu pai, pois teve dois namorado na época...

- Ela te falou o nome de um deles? _Minju perguntou curiosa

- Park Jimin e Jeon Jungkook... Eu vou descobrir qual deles é meu pai.

As duas se encararam. 

- Como? _Sakura perguntou

- Eu também ainda não sei, mas se eu vou. Eu vou!



Um tempo depois...


- Tia, você tem alguma suspeita de qual pode ser meu pai? 

- Não... Mas... _minha tia se sentou na minha frente sorridente segurando um relógio na mão _ acho que isso pode te ajudar. 

- O que é isso? _Falei olhando o objeto, e iria pegá-lo mas a mulher não deixou 

- Esse relógio é especial.. Não é como os outros. 

- E como isso pode me ajudar tia IU? 

- Bem... Com ele você pode voltar ao passado e ir ao futuro 

- O que? _fiquei surpresa 

- Bem, eu te darei isso. _me entregou o objeto _faça bom aproveito disto mocinha. Espero encontrar sua resposta. 

Eu a encarei. 

- Tia... Por acaso a senhora sabe quem é meu pai? 

Ela sorriu de lado. 

- Não tenho esta resposta. Mas você pode ter, basta usá-lo. 

- Como faço isso? 

- Aperte este botão do lado dele. 

Eu apertei. 

- Agora corra! 

- O que? 

Quando percebi, ela tinha me empurrado a um buraco negro que havia aparecido ali do nada. 

Eu parei em um lugar totalmente diferente. 

Olhei em volta e estranhei. 

- Onde estou??? _perguntei a mim mesma 

Olhei pra uma lanchonete que havia ali e vi uma garota, aquela mulher se parecia muito com minha mãe. Tinha um garoto e garota com ela. 

Se pareciam muito com Hoseok meu tio, e Sana a melhor amiga da minha mãe. 


Espera...

Aqueles são eles! 


Estou no passado?



 

 






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...