1. Spirit Fanfics >
  2. Como (não) Sobreviver ao Ensino Médio (Imagine San) >
  3. Capítulo 04

História Como (não) Sobreviver ao Ensino Médio (Imagine San) - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Oi genty, entt, mt obrigada pela compreensão de você, tô bem melhor agora. Fiquem com o capítulo, espero que gostem❤❤❤❤❤

Capítulo 4 - Capítulo 04


Fanfic / Fanfiction Como (não) Sobreviver ao Ensino Médio (Imagine San) - Capítulo 4 - Capítulo 04

●Capítulo 04●

●Pov (S/n)●

Olha aí o motivo de eu manter distância do Choi. Justamente para não ficar igual a Yeri, e nem igual as outras cem garotas que já vi chorando e gritando com ele. Antes eu pensava que era só frescura dessas garotas, mas agora eu confirmei que Choi San é um completo babaca.

- Yeri - Adentro o banheiro e ouço um soluço vindo de uma das cabines.

•Yeri - M-me d-deixa sozinha p-por favor - Sua voz estava rouca de tanto chorar. 

Vala meu Deus, um cara vale tantas lágrimas assim? Credo.

Abro a porta da cabine e tenho a vista de uma Yeri encolhida, sentada no chão, abraçada em seus joelhos e com a maquiagem totalmente borrada. 

•Yeri - E-eu d-disse para sair - Ela me encara e eu arqueio a sobrencelha.

- Sou meio teimosa - Coloco as mãos em cada braço dela, levanto a garota de cabelos curtos e tiro ela de dentro da cabine. Olho para baixo e percebo que Yeri segurava um estojo de maquiagem. - Posso? 

•Yeri - Sabe fazer isso? - Funga e passa uma das mãos no rosto.

- Um pouco - Sorrio, pego o estojo e limpo o rosto dela com aqueles troços de limpar maquiagem, como é o nome? Demaquilante? É isso? Ah, foda-se o nome. - Seu rosto é tão bonito natural, por que usa maquiagem tão pesada? 

•Yeri - Ah sei lá, gosto de maquiagens assim - Ela dá de ombros. - E por que você não usa?

- Não vejo necessidade - Coloco seu cabelo atrás da orelha, faço uma maquiagem muito leve e viro Yeri para o espelho. - Não ficou tão ruim - Digo mais para mim mesma, porque se ela não gostou, pelo menos eu tentei.

•Yeri - Gostei - Sorri. - Obrigada - Ela se vira para mim. - Por me ajudar

- Não precisa agradecer e... nunca mais, quero ver você chorando por uma pessoa que não merece nem uma gota das suas lágrimas - Beijo a bochecha dela, sorrio e vou para a sala de aula.

Paro de andar no meio do caminho. Esqueci que vai ter teste de Física, dá tempo de fugir, né? Dou meia volta, mas o diabo do sinal da primeira aula toca. Resmungo, entro na sala e me sento no meu lugar.

Uma bolinha de papel acerta minha cabeça e eu automaticamente encaro Choi San com um olhar mortal. Ele faz sinal para a bolinha de papel, abro a mesma e vejo que tinha algo escrito.

"Desculpa♡ :("

É sério que ele está pedindo desculpas para mim? Eu vou deitar esse menino na porrada porquê não é possível que ele seja tão sem noção assim. Me levanto, vou até o mais alto, faço a bolinha de papel novamente, enfio ela na boca dele e sento no meu lugar novamente.

 O professor entra na sala e logo começa a distribuir os testes. Que mal educado, não dá nem um bom dia. Fico pelo menos uns trinta segundos encarando o teste, até finalmente resolver começar.

O sinal do intervalo final mente toca, depois das primeira aula. Fico na sala mesmo, coloco meus fones e fico ouvindo música no volume máximo enquanto desenho em meu caderno.

•San - (S/N) - Ele se abaixa ao lado da minha cadeira, enquanto eu faço o que sei fazer de melhor, ignorar ele. - (S/N) - O mais alto resmunga e tinha uma dos meus fones. 

- QUE FOI, ENCOSTO? - Olho para ele já me irritando.

•San - Não grita comigo - Faz bico. 

- O que você quer?

•San - Você 

Assim que o Choi diz isso, começo a rir. É cada coisa que eu ouço, é impossível não rir disso, cara.

•San - Do que está rindo? 

- De você - O garoto arqueia a sobrancelha tentando entender. Paro de rir e dou um peteleco em sua testa, o fazendo cair. - Você é engraçado as vezes

•San - Ai, estou falando sério 

- Eu também, é engraçado ver você perdendo a noção, mas se bem que você nunca teve, né? - Volto a rir, coloco o outro fone e continuo desenhando.

●Pov San●

Ai cansei, essa garota é irritante. Reviro os olhos, me levanto e vou para o refeitório com cara fechada.

•Jongho - Chegou a margarida - Me sento do lado do Yeosang e apoio minha cabeça na mesa.

•Wooyoung - Que foi, San? 

- Estou com raiva - Resmungo. 

Como aquela (S/N) consegue ser assim? Tão... tão... implicante, chata, enjoada, credo. Já cansei de tentar conquistar ela. 

•Mingi - Nós avisamos para você que seria difícil 

•Yunho - É, além do mais, a (S/N) não é qualquer uma 

- Percebi isso - Passo minha mão na testa. 

•Hongjoong - Desiste logo 

Solto um suspiro e olho para eles com cara de desinteresse. Esses dias estou tentando meu máximo para conquistar ela, mas sei lá, estou sentindo que preciso ir mais fundo nisso.

●Pov (S/N)●

O horário de ir embora finalmente chega, amém irmãos? Amém. Pego minhas coisas e saio andando até a saída, mas alguém bate meu contra meu corpo, me fazendo cair de cara de chão.

- Aii

Rosé - Olha por onde anda, garota? É cega agora? - Respiro fundo, me levanto e olho para ela. 

- Educação mandou abraços - Digo cínica. 

Rosé - Só uso com quem merece 

- Você não usa com ninguém, porque você não se importa em ser educada com a pessoas porque só pensa no próprio umbigo, não, espera, você é educada sim, com o professor quando está prestes a reprovar - Rio e sinto meu rosto arder. Ela me deu um tapa mesmo? - Feriu o ego? 

Sorrio falsa e saio andando para o ponto de ônibus. Eu podia ter revidado o tapa, só não fiz isso porque perderia a razão, não vou me rebaixar ao nível da Rosé. 

 Vou para casa, entro e vejo que não tinha ninguém. Subo as escadas, entro no meu quarto, tomo um banho, visto uma roupa confortável e me jogo em minha cama.

(S/P) - (S/N)? - Fala atrás da porta. 

- Eu 

(S/P) - O almoço está pronto, se quiser comer 

- Tá 

Abraço meu travesseiro e fico pensando. O Choi tem todas as garotas possíveis aos pés dele, então por que caralhos ele está atrás de mim? Tenho a absoluta certeza que ele só está entediado, sei bem a fama que aquele garoto tem. 

Só digo uma coisa, comigo isso não vai funcionar.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...