História Como se desapaixonar por Jeon Jungkook - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, TWICE
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jihyo
Visualizações 40
Palavras 7.167
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Ficção Adolescente, Fluffy, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hey manos e manas !!


Vou postar todos que já havia postado antes ...


Boa leitura !! 🍒

Capítulo 2 - Pen of Japan


-NÃO ! - Berrei após derrubar todo meu doce de morango no chão . - Merda !

-Ei senhora desastre tome cuidado . - Kai passou ao meu lado ajudando-me a recolher toda aquela baboseira que derrubei .  

-Odeio segundas feiras . - Revirei os olhos terminando de recolher os pequenos cacos de vidro .

-Isso justifica você ter derrubado ? - Disse debochado e eu neguei .

Tenho a plena certeza de que se meus pais e de Kai não fossem amigos nós não seríamos .

-Não idiota . Mas tem uma coisa que justifica ... Preciso lhe contar . - Taquei os cacos numa sacolinha e ele fez o mesmo .

-Segredos ? Saiba que duas pessoas só podem guardar um segredo se uma delas estiver morta viu ? - Ele e suas frases de PLL .


-Você tem visto muito Netflix esses últimos tempos . - Murmurei seguindo até um local mais afastado da escola e ele veio atrás de mim .

-Tá tá tá conte-me .

******************* história *****************

-Não . - Respondi na cara dura .

-É pessoal ... Não podemos forçar algo está bem ? - TaeTae interrompeu aquela guerra de olhares entre mim e Tzuyu  .

-Mas ela pediu desafio . Eu disse um e agora ela não quer cumprir ? - A garota disse entredentes e eu confirmei .

-Olha eu acho que seria legal . - Jungkook disse bêbado ao meu lado .

Credo !

-Para mim já deu essa festa . - Levantei-me deixando metade das pessoas com cara de taxo .

Segui para fora da casa e ... Como eu vou embora? Meu pai que me trouxe mas com certeza essa hora já deve estar com a cara enfiada no travesseiro.

-________ espere . - Taehyung proferiu saindo da casa sem blusa . Essa seria uma visão perfeita se eu não estivesse querendo ir para casa .

-Que foi ?

-Eu te levo para casa . - Disse sorrindo .

-Está louco ? Você é menor de idade e está bêbado . - Falei como se fosse óbvio e ele pareceu cair na real . - Muito obrigada mas não . - Sai andando até um ponto de ônibus próximo dali .


-Tá e ? - Kai perguntou após ouvir toda história .

-Tá e se eu tivesse beijado o Jungkook ? - Ele deu de ombros . - Lembre-me de nunca mais ir a festas sem você . - Querendo ou não ele sempre me ajuda em enrascadas .

-Estava todo mundo bêbado e se você tivesse dado uma bitoca ninguém mais iria se lembrar e o próprio Kim sempre diz que tudo o que acontece fica lá .

-Eu sei mas a Tzuyu não estava e se depois ela usa isso contra mim ?

-Ah essa garota é uma cobra .

-Quem é uma cobra ? - Park Forte Jimin brotou no espaço fazendo ambos tomamos sustos .

-Aishy menino quer assustar a gente ? - Perguntei e um sorriso safado brotou em Jimin .

-Não . - Sentou com aquela sua bunda gigante no meio de mim e de Kai .

-Se tem ciúmes dela é só falar . - Meu outro amigo disse e rimos .

-Tenho um comunicado para os meus dois melhores amigos . - Chim passou seu braço por nossos ombros o que nos fez ficar espremidos .

Só Park mesmo !

-Que comunicado é esse ? Você está namorando com .... - Fui interrompida pelo meu amigo .

-Não fale o nome dela . - Disse sério e desafiador .

-Está bem . - Enquanto isso Kai aquele lindo segurava o riso .

-Mas então como eu ia dizendo . - Fez um barulho com a garganta . - Nossos pais  irão jantar num restaurante hoje .

- Sério ? - Kai fez uma expressão nada feliz . - Só porque tinha programado ficar jogando . - Suspirou .

Sei muito bem os tipos de jogo do meu amigo cof cof .

-Temos que ir também ? - Perguntei e Chim assentiu .

-Onde é ? - O outro perguntou e ele deu de ombros .

-Não sei gente . Mas minha omma comentou comigo que eu tenho que ir arrumado para _____ gostar de mim . - Demos uma risada muito muito longa .

-A tia Park ainda tem esperanças ! - Kai berrou rindo muito .

-Pois é . - Ditei ainda rindo olhando para o chão .

-Appa também quer que eu vá de terno . - Revirou os olhos .

- Faça o favor de ir arrumado meu príncipe . - Disse brincalhona para Jimin que sorriu .

••••••••••

-Filha coloque este vestido . - Mamãe puxou um vestido mais velho que minha avó que eu havia usado muitas vezes .

-Mãe isso nem serve mais em mim . - Guardou a peça de cor verde . Falei enquanto estava deitada na cama com uma toalha em meu corpo e outra em meu cabelo .

-Então coloque esse . - Tirou uma peça amarela de dentro do guarda roupa qual eu nunca havia usado .

-Por que tem que ser vestido ?  - Fiz uma cara de tédio .

-É um jantar de negócios entre os pais de Park e de Kim todos estão arrumados . - Sorriu colocando o vestido sob minha cama . - Arrume-se.


Tá bom né , já que é para ir vamos pelo menos decentemente .

Sequei meus fios que no momento estavam com cheiro de morango e logo fiz uma chapinha rápida só para não parecer um urso de tão armado que é meu cabelo .

Passei só um rímel e um batom rosinha mesmo ( minha mãe sempre quer que eu saia com um kilo de make na cara ) .

Coloquei o vestido que em cima é mais justo e em baixo armado , vai até metade das minhas coxas e é totalmente liso . Calcei os saltos nudes que ela pediu e coloquei apenas um brinquinho brilhante .

-Tô pronta . - Desci as escadas e meus pais estavam impecáveis .

-Vamos ? - Papai perguntou e eu assenti indo até a garagem entrando no carro .

-Filha o restaurante é um pouco afastado tá ? - Mamãe perguntou e eu apenas murmurei um “tá”.


Estávamos no carro faz pelo menos 30 minutos indo até esse bendito restaurante e nada dele .

- Mãe porque tão longe ? - Disse com uma voz molenga encostando minha cabeça na porta .

-Ah o pai de Kim conhece esse restaurante e disse que é muito bom . - Papai disse e meus olhos pesaram e mal pude respondê-lo .

••••••••

Acordei com minha mãe dizendo que já estávamos próximo do local longe para um caralho .

-Quanto tempo dormi ? - Perguntei e ela riu .

-10 minutos . - Aishy !

-Tá bom . - Cocei os olhos e .... Estou de rímel ! - Mãe me empresta o espelho ! - Berrei e ela deu-me .

-Está tudo bem ? - Papai perguntou e eu forcei um sim após ver meus olhos estava parecendo um urso !

-Caralho . - Falei baixo e lembrei que mamãe sempre traz um quite socorro de make consigo . - Mãe irei retocar o batom me dê por favor a sua bolsinha . - Pedi e a mesma passou sem olhar para trás .

Peguei o algodão e abri a embalagem que continha o líquido que tiraria todo o preto de meu rosto . Mas ... Uma coisa chamou minha atenção .

-Jeon's restaurante ?! - Perguntei incrédula após ver a placa do lugar .

-Sim é muito bem visto aqui em Busan . -Papai disse e eu terminei de limpar meus rosto às pressas .

Jeon ... Seria muita coincidência... Mas isso não aconteceria comigo .

Saímos do carro e minha pele estava intacta novamente . O lugar era muito C H I Q U E ! As mesas estavam impecáveis , tudo era impecável . Fomos dirigidos até a mesa qual estava os amigos e fomos recebidos com sorrisos .

Após cumprimentar todos de forma formal sentei-me entre os meus amigos que estavam parecendo o Ken de tão arrumados .

-Quantos potes de gel foi nesse seu cabelo Kai ?

-Muitos . - Passou a mão em seus fios que ao menos saiam do lugar rindo .  Já Jimin estava com seu cabelo de sempre mas sua roupa estava impecável .

-Gente só eu que achei o nome desse restaurante estranho ? Tipo Jeon ! - Falei baixo e eles arregalaram os olhos após ouvir que disse .

-Estava com tanta fome que nem vi o nome dessa bagaça . - Jimin deu de ombros .

-Eu também não . - Kai disse do meu lado direito .

-Kim Jong-in . - A mãe do meu amigo disse e ela só o chama assim quando está muito brava .

Nos entreolhamos e sorrimos quadrado .

-Sim omma . - O garoto até ajeitou sua gravata na hora de falar com sua mãe .

-Estávamos conversando e achamos que você e ______ formam um belo casal . - Kai e eu nos olhamos rindo muito e isso chamou atenção das pessoas .

Devem estar pensando : Ó meu Deus esses adolescentes de hoje em dia .

-Eu não concordo . - Tia Park disse e eu continuei rir ainda mais .

-Mas então ______ quem você escolhe , Park Jimin ou Kim Jong-in ? - Chim perguntou num tom brincalhão enquanto todos arregalaram seus olhos para mim . Esperando que eu dissesse o nome de seus respectivos filhos enquanto mamãe cerrava seus olhos para mim .

Na minha casa é ao contrário quem tem ciúmes de mim é minha mãe .

Estranho , eu sei .

Estava louca para gritar que preferia KIM mas Kim Taehyung - lógico , um pão daqueles - .


-Gente eu não gosto  ... - Fui interrompida por uma figura que ficou em minha frente e nas costas de minha mãe .

Nada mais nada menos que ele . Jungkook !

-Você por aqui ? - Disse sorrindo e todos na mesa olharam para o coelhinho .

-Ah oi . - Olharam para mim enquanto baixei  o olhar e todos voltaram sua atenção para ele .

-Não sabia que gostava daqui . - Disse sorrindo .

AGORA ESTÁ EXPLICADO O NOME DESSE LUGAR !

-Vocês estão namorando ? - A mãe de Park e de Kim perguntaram e inclusive a minha perguntou .

Estão de brinks né ?

-Estão ? - Os meus dois amigos arregalaram seus olhos para mim .

-Estamos namorando . - Jungkook disse e todos os pescoços voltaram-se para ele até mesmo o meu .

 


-Estamos ? - Perguntei e ele assentiu .

Ele está louco , pirado , usou cristais só pode .

-Claro . - Piscou para mim e fiquei constrangida .

-Não acredito . - Disseram ... Gente é tão difícil acreditar que eu estaria namorado ( óbvio que não estou mas imaginem quando apresentar o Kim , eles irão fazer festa ? ) .

-Ele está brincando . - Disse quebrando o silêncio .

-Não , não estou . - Todos chocaram-se até mesmo eu . - Mas então o que vão querer ? - Perguntou retirando o bloquinho de papel de seu bolso .

-Trabalha aqui ? - Minha mãe perguntou.

-Não eu sou o dono mesmo . - Howwww mamãe você poderia dormir sem essa .

-Dono ? - Indagou .

-Sim meu appa é o dono . Me chamo Jeon Jungkook por isso o nome do restaurante .

-Ah sim . - Mamãe disse .

-Mas então , hoje temos especial do chef .

•••••••••••

-Você está namorando e nem me falou ? - Mamãe perguntou .

-Mas é claro que não , ele é louco . - Respondi .

-Sua safadinha . - Os meus amigos disseram e eu revirei os olhos .

Quer saber ?

Foda-se !

-Irei chamar Jungkook aqui e pedir para desmentir tudo o que disse .  - Levantei-me indo até onde aquele paspalho estava anotando algo em mãos .

-Jungkook ! - Bati na mesinha e ele assustou-se mas subiu seu olhar e assim que me viu começou a rir .

-Sim senhorita . - Disse provocativo .

-Que história é essa ? Agora eles pensam que eu namoro você ! E seu pai é dono de um restaurante?


-Ué eu vi que elas estavam te importunando . E sim meu pai é o dono . - Respondeu voltando seu olhar para o bloquinho .

-Por que fez isso ?

-É o que amigos fazem né ? - Deixou aquele bendito bloquinho de lado olhando para mim.

-Não eu acho. - Respondi confusa . - Vamos você tem que desmentir isso ! - O chamei mas ele negou .

-Deixa eu brincar de ser seu namorado vai ?


 

-Brincar de ser meu namorado ? - Perguntei fazendo uma cara de nojo e ele sorriu assentindo . - Está louco . - Confirmei .

-Ficarei sem graça se eu desmentir . - Brincadeira só pode .

-Jeon Jungkook com vergonha , essa é nova .

-Olha os pedidos já estão saindo e vá para mesa pois já estarei levando . - Me empurrou contra minha força e quase eu caio . Imagina o MICO !

Fui até a mesa com o maior bico na boca em passos longos pelo salão bem iluminado . Cheguei na mesa sentando-me sem dizer nada enquanto todos me olhavam com caras curiosas .

-Então ? - Mamãe perguntou .

-Então que ele não quer desmentir . - Disse dando ombros .

-Vocês estão namorando . - Chim confirmou e eu revirei os olhos .

Outro que está infectado .

-Não estamos vou ter que repetir ? Você sabe muito bem que eu gosto do Ta ...

Porra quase falo merda agora .

-Ta ? - Jungkook chegou na mesa com os pratos em mão , oh meu Deus porque esse menino sempre chega nas horas erradas ?

-Olhando bem para ele ... É bem bonito . - A mãe de Chim disse o que fez o garoto corar mas seu filho lançou um olhar de reprovação .

-Obrigado . - Jungkook agradeceu colocando nossos pratos sob a mesa .

-Pode ir . - Disse já pronta para devorar aquele prato de raviolis em minha frente .

-Não seja mal educada ______ ! Você quer sentar conosco Jeon ? - Mamãe perguntou e um sorriso brotou nos lábios de Jungkook .

Lancei um olhar meramente mortal para o mesmo e pude ver ele me desafiar com o olhar.

Mas quem ele pensa que é ?

-Não muito obrigado , tenho que terminar de arrumar algumas coisas . Fica para próxima . - Disse fazendo-se de bom moço logo saindo .

Até posso imaginar como seria caso ele ficasse .

O garoto iria inventar mil histórias enquanto todos acreditam e eu passo de mentirosa .

••••••••••

                    Mensagem : Só os Top de Busan


                    Kai : Alguém me tira daqui !

                   Chim : Chama o namorado da _____ para te tirar .

                  Você : Nosso vocês são tão engraçados .

                Kai : O Jeon tá olhando para cá com uma cara estranha .

              Você : Que tipo de cara ?

             Kai : Digamos que psicopata misturada com pervertimento .


Levantei minha cabeça e lá estava Jungkook com um sorriso estranho nos lábios direcionados a mim .


Eu hein !

Fiz uma cara estranha para o mesmo revirando os olhos e voltando para meu celular .

                    Você : Vamos lá fora ?


-Omma nós iremos lá fora tá ? - Kai perguntou e sua mãe apenas assentiu de tão concentrada  estava na história que mamãe contava .

-Já não aguentava mais . - Suspirei já fora do salão indo para um jardim do próprio restaurante que ficava nos fundos .

-Eu já não aguentava mais a cara do Jungkook . - O Park disse coçando os olhos .

-Isso explica a casa gigante do Jeon . - Pensei alto demais .

-Você já foi na casa dele ? - Ambos indagaram com os olhos maior que a azeitona portuguesa que tem lá em casa .

-EU NÃO NAMORO ELE ! - Berrei e eles que estavam com olhos gigantes passaram a ficar pequenos assim como um botão .

-Mas e aquela história ? - Jimin perguntou confuso.

-Não sei o que deu naquela cabeça oca . Mas o único menino que irei namorar é Kim Taehyung .

•••••••••••

-Você parece uma criança brincando .

-Aí Jimin ! - Virei-me e só aí percebi ... É Jungkook.

-Jimin !? Não sou tão baixinho assim. - Sentou-se ao meu lado no banco .

-Cadê eles ?

-Foram para dentro . - Respondeu olhando para o chão .

-Mamãe já acha que estamos namorando .

-Minha sogrinha é bonita . - Disse provocativo e eu lhe lancei um tapa na cabeça .

-Sua sogrinha o escambau !

-Está brava comigo ? - Não , imagina .

-Sim . - Olhei para ele e fiz um bico .

-Como posso acabar com sua raiva bebê. - Meu Deus que medo do Jungkook fazendo voz fina .

-Que tal me levar para passear e pagar tudo ?

Eu sei . Brilhante ideia !

-Não . - Disse como se fosse óbvio .

-Não ? Lembra que eu disse " irei ter uma vingança " então está aí . Como vingança Você irá me levar para passear .

-Para onde ?!

-Ah lanchonete e shopping ! - Meus olhos brilharam só de pensar nos lanches que irei comer.

-Feito . - Esticou sua mão para mim , pensei mesmo em não apertá-la , porém resolvi não deixe o garoto no vácuo .

-E essa história de restaurante do seu pai ?

-Ah appa tem faz muitos anos , como eu já sou grande . - Apontou para seu corpo . Medo . - Resolvi ajudá-lo em coisas simples .

-Entendi , mas porque tãoooooo distante este restaurante ?

-Na época em que abriu minha família morava um quarteirão atrás daqui e aí meu appa resolveu não mudar o local já que havia muitos clientes por essa região .


-Amanhã tem teatro . - Encostei minha cabeça nas barras de ferro do balanço . - Que chato .

-Pense você estará com Jeon Jungkook .

Nossa estou 0,00001% mais feliz agora .

-Uau que incrível. - Suspirei .

-Você faz pouco de mim mas sabe quantas garotas dariam tudo para ser meu par na peça ?

-Não faço a mínima ideia . - Dei de ombros e ele pareceu ofendido .

-Todas dariam o que fosse preciso para ficar comigo . - Respondeu irônico .

-Todas uma vírgula , tira uma aí . Pois eu quero Taehyung.

-Até você se eu te desse brecha não resistiria a mim .

-Eu hein , tá louco ? - Levantei do brinquedo .

-Ainda não . - Piscou ajeitando seu cabelo .

Nossa Jungkook o gatão de Busan , uau !

••••••••••

-Vocês me deixaram sozinha com aquele pervertido lá fora , querem que eu arranque o brinquedinho de vocês ? - Falei baixo mas alto o suficiente para meus amigos escutarem .

Calma gente ... Eu não vou encostar no brinquedo reprodutor deles .

-Ah não faça isso por favor , preciso deixar descendentes na terra . - Chim colocou a mão sobre o peito fazendo uma cara sofrida (está pior que os atores de dorama)

-E eu também ! Não seja tão cruel . - Kai choramingou .


-Agora vocês querem piedade ? - Perguntei fazendo a bruxa .


-Ué a gente só veio para dentro já que a senhorita estava brisada e assim que o "pervertido" viu a gente entrando ele saiu correndo para fora .

-Ou seja a culpa não é nossa . - Chim completou a fala do Kim .

-Dane-se era para vocês terem ficado lá comigo . - Suspirei .

-Na próxima vez quem sabe isso ocorra .

-Vamos embora , já terminamos o assunto . - Nossos pais disseram e só faltou eu pular da mesa de alívio . Nunca quis tanto ir embora de um restaurante .

Saímos da mesa indo até o caixa ( e sim o caixa era o Jungkook ) .

Enquanto meus pais pagavam fiquei conversando com os meninos enquanto Jeon olhava-me muito estranho , ele estava tentando ser engraçado logo comigo que sou a própria palhaça .

-Boa noite e volte sempre . - Escutei o garoto dizer após fazer questão de nos levar até a porta .

-Obrigada Jungkook . - Disse sorrindo falso após passar por ele .

-Por nada madame . - Falou com um tom de deboche e logo fechou a porta do local .

Esse menino precisa de uma educação melhor sinceramente .

Despedimos de todos e após entrar no carro mamãe começa a falar sobre meu " namorado".

-Ah filha ele é um partidão , seu pai é dono de restaurante e ele é bonito . - Mamãe dizia enquanto eu quase dormia no banco de trás .

-Ele é só um colega maluco que fica me atormentando na escola . Apenas . - Suspirei .

- Pare de incentivar a garota namorar , é muito nova . - Papai disse com um tom meio bravo.

Uau papéis se inverteram ?

-Isso pai . - Falei com uma voz bêbada de sono .

•••••••••••

-Amiga meus pais irão viajar sábado ... Posso dormir na sua casa ?

-Sim claro . - Confirmei para Jihyo que sorriu . - Qual destino da vez ?

-Japão . - Os pais dela sempre estão em viagem e ela sempre vai para casa e fazemos a maior bagunça . - Já pedi para que eles tragam muitos produtos para essa pele aqui . - Apontou para seu rosto que é completamente perfeito .

-Aí como você exagera . - Anotei uma coisa no caderno e virei-me para frente já que estávamos em aula .

-E como vai com Taehyung ? - Pütz nem lhe contei o que ocorreu na festa (melhor manter isso em segredo ) .

-Não sei , minha vida tem se resumido nisso ultimamente. - Rimos mas queria chorar .

Pois é .

-Depois diz que eu sou exagerada . - Deu com a caneta em minha cabeça .

-Formarei duplas para uma pesquisa certo ? - O professor disse . Eu apenas concordei já que ele direcionava seu olhar para mim , só porque eu " amo " muito ele e sua matéria .

-Park Jihyo e Park Jimin ... ______ e Xiumin .

AH NÃO !

Ele não !

Tenho uma história obscura com ele no passado , é longa mas irei contar .

Tudo começou no dia 13/05/2016 às 11:00 e o dia estava frio . Cheguei na aula e a sala estava vazia - Mamãe odeia que eu falte - também estava uns 8 ou 9 graus com a sensação de 5 ou 4 .

Fui para minha carteira esperar o professor de filosofia  , ele chegou a aula estava ocorrendo normal até que alguém me cutuca .

Tá bom né , quem se senta atrás de mim é Jihyo mas ela havia faltado . Então ... Um fantasma ?

Virei-me e ali estava o garoto de óculos redondos e cabelo meio bagunçado com sua típica cara de "olhe para mim , sou lindo " .

-Sim . - Disse para ele .

-Me empresta uma caneta . - Ele estourou uma bolha de chiclete . Menino mas isso é muita falta de educação , aprendi com minha mãe que nunca se deve estourar bolha de chiclete na cara de NINGUÉM .

-Só tenho uma e estou usando . - Iria me virar novamente mas ele segurou meu ombro .

-E aquela ali ? - Apontou para minha caneta marrom com um urso em cima . Ah essa não ! Ela é especial uso apenas em aulas que amo muito e no caso estava esperando para a próxima que é de história .

-Ah aquela ? - Virei-me e peguei minha preciosa . - O que tem ela ?

-Pode me emprestar ? - Perguntou sem paciência.

Se isso for além eu irei enfiar isso no orifício anal desse menino .

-Sim . - Me desculpem mas não consigo ser má com as pessoas ( só algumas ) .

-Valeu . - Começou a gastar toda a tinta do meu bebê com aquela letra horrível dele . Aí que ódio !

Tá bom ficarei calma .

Teremos só mais uma aula e irei pedir para ele me devolver .

-Podem ir embora . - A professora da última aula disse eu suava frio querendo minha caneta .

-Ei Xiu ...


CADÊ ELE ?

Meu Deus pai amado esse menino é mais rápido que flash . Ele simplesmente desapareceu com a minha caneta .

Após arrumar meu material rapidamente sai da sala a procura do ladrão de canetas . Ele estava com uns meninos desconhecidos até então por mim .

-Xiumin você pode me devolver a caneta ? - Aproximei-me dos bonitões da escola já com o cu na mão . Eles pararam sua conversa e ficaram me olhando .

-Ah eu quebrei ela sem querer .

Alerta : Irei fazer barraco .

-Como assim você quebrou ela ? - Perguntei e ele deu de ombros enquanto seus amigos olhavam-me.

-Ué eu quebrei .

-VOCÊ QUEBROU MINHA CANETA PREFERIDA ! - Gritei mesmo , aqui é coragem . Mentira , eu sou muito medrosa .

-Tá surtando por causa de uma caneta ? Eu compro outra relaxa . - A surtada da caneta .

-Não tem como comprar outra . - Essa minha caneta é a minha preferida pois eu a comprei numa viagem que fui para o Japão alguns anos atrás .

Quando irei voltar para lá ? Só Deus sabe .

Sai da rodinha desolada , sabe eu fui tão legal com Xiumin e ele simplesmente fala " ah eu quebrei sua caneta " .

-Ei espera você não é a garota filha de um homem que trabalha na empresa do meu pai ? - Um garoto alto e muito muito bonito lindo chegou em mim .

-Que ?

-Você é a ______ né ?

-Sim sou eu .

-Ah eu sou Kai . Meu pai é o chefe do seu . - Estendeu sua mão para mim eu fiquei olhando até apertar .

-Sou ______ como sabe . - Sorri de lado .

-Me desculpe pelo amigo ele é muito ... Idiota digamos .

-Ah pelo menos alguém reconhecesse isso .

-Você quer que eu compre uma para você ?

-Isso está muito estranho . Pense comigo está como nos filmes uma garota tem sua caneta estragada por um gostosão da escola e aí do nada vem um outro amigo dele lindo também que fica me oferecendo outra caneta . Isso é armadilha? -O garoto em minha frente riu como nunca , acho que ele está passando mal de tanto rir . - Ei por um acaso acha que sou uma palhaça ?

-Não me desculpe é que você é engraçada .

-Passar bem Kaio . - Sai deixando ele rindo lá como idiota , já ia saindo da escola quando ele veio falar comigo de novo .

-É Kai sua louca .

-Eu sei . - Disse indo para o ponto de ônibus e o garoto estava ao meu lado .

-Então você mora em qual bairro ? - Perguntou e eu ainda fazia a egípcia .

-O que você quer ? - Parei de andar e resolvi perguntar , gente não é todo dia que um garoto lindo te para na escola né ?

-Vamos ser amigos ?


Sim eu confesso no começo tive uma queda por Kai que durou apenas alguns dias .

-Oi surtada da caneta . - O garoto aproximou-se de minha carteira .

-Oh olá garoto que destrói as coisas . - Sorri falsa e ele fez o mesmo .

-Vou pegar minha mesa e colocar do lado da sua . - Ele saiu arrastando pela sala o que fez maior barulho .

-Vocês terão de apresentar essa pesquisa . - Ah não uma apresentação com esse idiota era o que menos queria .

-Você sabe pelo menos o que estamos aprendendo em química ? - Perguntei .

-Não faço a mínima ideia .

-Já era de imaginar .

•••••••••••

- O que acha de terminarmos o trabalho lá em casa ? - Sorriu sugestivo . Eu hein !

-O que acha de terminar o trabalho na biblioteca ?

-Não . - Respondeu .

-Minha resposta para sua pergunta é a mesma . - Coloquei a mala em meus ombros saindo da sala .

A cara dele me dá até um enjoo .

-Vamos para o teatro minha atriz preferida? - Sana abordou-me e eu sorri em lhe ver .

Ela é uma menina muito legal e respeitosa .

-Claro ,  claro .

Subimos para as salas onde haveria o clube de teatro .

-Pessoal hoje vocês irão ensaiar o canto e a dança okay ? - Entramos na sala e Yoona já estava falando . - Por isso chamei Park Jimin que nos ajudará com o processo . - Chim saiu num sei da onde com um sorriso de orelha a orelha .

-Por que ele ? - Uma menina perguntou o que fez Park lançar um olhar não tão amigável para a garota .

-Jimin faz parte do clube de dança e de canto nada mais justo chamar o líder . - A professora disse como se fosse óbvio e a garota apenas balançou a cabeça . - Pois bem quero os protagonistas ensaiando com Park lá na sala de dança . Podem ir ! - A professora falou e assim segui para sala junto de Sana , Jungkook e Jimin .

Todos pareciam estar felizes . Menos eu !

 

•••••••••••

 

-Ah se liga nisso daqui . - Jimin estendeu-me seu telefone onde havia mensagem de pelo menos 6 garotas diferentes .

 

-Uau Monchi pegador . - Dei uma risada amarga no final e ele ficou duvidoso .

 

-O que foi ?

 

-Ah o que foi ? Irei ter de fazer o trabalho com o garoto que quebra as coisas e ainda ele sugeriu terminar na casa dele o trabalho .

 

-Que safado né ? - Jihyo brotou ao meu lado direito fazendo Jimin e eu nos assustamos .

 

-Com certeza . - Conclui .

 

-Jihyo e eu iremos na lanchonete, quer ir com a gente ? - Chim ajeitou a alça de sua mala sorrindo fofo .

 

-Ah obrigada . Você pegou muito pesado naquelas danças Jimin , irei descansar em casa . - Espreguicei transmitindo toda minha preguiça .

 

-Na próxima será mais pesado viu ? - Jimin e eu fizemos o famoso “ toca a aqui “ e com Jihyo fiz o mesmo ato .

 

-Até mais moranguinho . - Apelido qual Jihyo resolveu me dar .

 

•••••••••••••

 

_sexta feira _

 

@KimTaeTae30 - 3 publicações - 900 seguidores

 

Seguir ou não ?

 

Após perguntar-me muito isso decidi que não . Ele que me siga primeiro né ?

 

                        Mensagem : Jih❤️

 

                   Jih❤️ : Moranguinhooo , acorda !

 

                      Jih ❤️ : Irei sair com Chen com que roupa eu vou ?

 

Jih ❤️ : mídia - mídia

 

Haviam dois vestidos um mais solto e florido com detalhes de renda rosa e outro mais colado e brilhante .

 

Você : Para onde vocês vão ?

 

Jih❤️ : Acho que uma balada

 

              Você : Jihyo coloca o brilhante menina !

 

Jih❤️ : Aishy okayyy omma


 

Desci para a sala após meu cochilo da beleza , sempre que chego da escola faço isso .

 

Meus pais estavam trabalhando então porque não fazer brigadeiro né ? Adoça a vida !

 

-Vamos lá hehehehe . - Fiz um barulhinho estranho com boca e comecei pegando o chocolate em pó a panela e o leite moça , eu sei que é leite condensado mas todo mundo fala assim , mamãe sempre me corrige .

 

-Pronto ! - Coloquei tudo no prato de cor rosa e logo em seguida foi para geladeira . Ninguém merece comer brigadeiro quente né não ?


 

Assim que fechei a porta da geladeira ouvi a campainha tocar … Seria aquele vizinho bonitinho aqui que mora ao lado ? Se não me engano seu nome é Sehun .

 

Assim que abri a porta deparei-me com uma figura alta e com cara de choro .

 

-Jungkook ? - Perguntei após ver o menino com olhos vermelhos e nariz vermelho .

 

-Ah ela está saindo com outro Cupido ! - Choramingou e eu revirei os olhos . - Como você é insensível .

 

Cruzou os braços como criança fazendo um bico .

 

-Quanto a isso eu não posso fazer nada . - Escorei-me na porta .

 

-Pode sim , lembra nós somos cúmplices ?

 

-Ah sim . - Ficamos num silêncio . - O que você veio cheirar aqui ?

 

-Vim ficar com você . - Dei um pulo para trás .

 

-Menino isso são horas ? Eu hein , volte para sua casa e veja Netflix que passa . - Já ia fechando a porta quando ele colocou-se dentro da minha casa.

 

-Sem planos então . - Fez uma cara séria .

 

-Aishy e se meus pais chegarem o que falo para eles ? - Perguntei .

 

-Hahahahaha se vire . - Fez uma voz de bruxa e logo indo em direção ao meu sofá .

 

-Mas que folgado você é . - Resmunguei .

 

-Sente-se vamos ver um filme .


 

•••••••••••

 

-Cupido … Você tem cócegas ? - Perguntou enquanto assistimos um filme de super-heróis que ele mesmo escolheu .

 

-Sim . - Respondi vidrada no filme .

 

-Então prepare-se Jeon Cosquinhas vai atacar .

 

Aquele louco pulou em cima de mim fazendo com que eu encostasse no braço do sofá e pode até parecer estranho mas ele estava por cima de mim com suas mãos em meu pescoço fazendo movimentos e eu ria que nem uma gazela .

 

-Jung...Kook para ! - Ria e no meio dizia frases desconexas . Até que ele parou e passou a observar-me .

 

-Jungkook está muito perto . - O garoto aproximou ainda mais seu rosto no meu com seus olhos penetrantes vidrados no meu que estavam totalmente arregalados .

 

-Mas eu quero . - Respondeu sorrindo .


 

Do nada ele colou sua testa na minha , eu juro , tentei afastá-lo mas ele tem o dobro do meu tamanho e eu não sou o super homem .

 

Jungkook colou seus lábios no meu e … O que ele pensa que está fazendo ?

 

-Jungkook não ! - Arranjei força da Virgem Maria e o empurrei .

 

Fui até o interruptor e liguei a luz e o garoto parecia estar meio inconsciente do que estava fazendo .

 

-Por favor vá . - Ditei e ele ficou bravo .

 

O garoto levantou-se do sofá com uma cara não muito amigável e veio até mim parando em minha frente .

 

-Olha nós dois sabemos que esse plano não dará certo . Jihyo e Taehyung estão nem aí para nós . Por que não nos damos uma chance ?

 

Eu simplesmente arregalei meus olhos e formei um belo O em minha boca .

 

-Jeon . - Isso foi o suficiente para o menino agarrar-me e começar um beijo . Meus olhos persistiram abertos até fecharem vagarosamente e aceitando que aquele beijo estava sim muito bom .

 

Seus movimentos eram calmos assim como os meus e a cada segundo eu estava mais entregue a aquele beijo .

 

Assim que paramos o beijo eu o empurrei .


 

Aí merda eu não penso não ? Caralho o que fiz ? Por que isso foi tão bom ?

 

-Saia . - Ditei olhando dentro de seus olhos . E ele pareceu não entender o motivo .

 

-E … Que ? - Perguntou e eu continuei forte .

 

-Tchau Jungkook . - O garoto revirou os olhos saindo .


 

Aí puta merda viu ? O que eu faço agora ?


 

Já sei !

 

Eu ainda não contei toda minha história para vocês mas eu tenho um “ confidente “ que faz consultas com seus amigos e nos aconselha com a verdade .

 

-Do Kyung-soo ? Posso me confessar ? - Assim que cheguei na casa dele que era apenas atrás da minha .

 

-Entre . - Abriu a porta e ele estava com sua cara de tédio . - Sente-se . - Sentei-me na poltroninha e ele sentou-se à minha frente .

 

-Então .

 

-Vamos direto ao ponto . - Colocou sua mão debaixo do queixo .

 

-Eu beijei o “ crush “ da minha melhor amiga , o que faço ?

 

-Conte para ela . - Disse sensato .

 

-Não posso , ela irá pensar que sou talarica !

 

-Mas você já é meu bem . - Respondeu deixando um silêncio na sala .

 

-Você tem razão .

 

-Eu sempre tenho razão . - Confirmou , uma coisa que acho muito icônica nele é que nunca o vi dando risada , sempre com sua pose . Aqui na rua o chamam de “ estudante da faculdade sério “ .

 

-Obrigada ! - Falei e estendi minha mão para o mesmo que atendeu meu cumprimento guiando-me até a porta .

 

-Até mais . - Disse o garoto e eu respondi seguindo até minha casa .

 

•••••••••••••

 

_ sábado _

 

-Mamãe Jihyo chegou . - Minha amiga e suas manias de sair com um milhão de malas sendo que vai passar apenas 3 dias aqui .

 

-Jih que bom que veio . - Mamãe foi até a garota abraçando a mesma que retribuiu . - Filha leve as malas dela para seu quarto . - Ah sério isso mesmo ?

 

Peguei as malas rosadas de minha amiga seguindo até meu quarto .

 

Depois de umas 2 vezes subindo e descendo cheguei na cozinha e elas conversavam .

 

-Jihyo quem é o namorado da _______ ? - Mamãe teve a cara de pau em perguntar na minha frente .

 

E puta merda !

 

-Namorado ? - Jih perguntou confusa .

 

Virei-me ficando de costas para o balcão e sorrindo quadrado .

 

-Jihyo vamos subir ? - Puxei o braço da garota até meu quarto enquanto ela estava sem entender nada .

 

-Eu tava batendo um papinho com a sua omma . - Assim que fechei a porta ela disse .

 

-Minha mãe viu um vizinho meu e disse que estou namorando ele , doida né ? -Perguntei suando frio e sorrindo quadrado .

 

-Ela é uma figura . - Concluiu . - Noite das garotas?

 

-Noite das garotas ! - Fizemos um fighting , toda vez que ela dorme em minha casa fazemos uma noite onde fazemos nossos cabelos , pintamos as unhas , comemos e assistimos séries .

 

••••••••••••

 

-Tá eu vou te dar três opções . - Aconcheguei-me na cama . - SeokJin , Namjoon e Jungkook qual desses você casa , mata ou beija ?

 

-É … Caso com o SeokJin , beijo o Namjoon e mato o Jungkook óbvio . - Conclui engolindo em seco enquanto terminava de enrolar seus cabelos no bob .

 

-Você fez tudo ao contrário do que eu faria . SeokJin já beijou a Chaeyoung … Credo , mas é claro que eu casaria com Jungkook .

 

-Pronto ! - Terminei de arrumar seus cabelos colocando os grampos finais .

 

-Owww estamos lindas de bob , vamos tirar uma selca . Sorria , irei postar . - Jihyo sacou seu telefone batendo a foto qual saímos com biquinho .

 

-Agora vamos ver filmes ? - Perguntou e eu concordei pegando meu computador , desligando a luz e ajeitando-me na cama ao lado de minha amiga .

 

-Qual filme você quer ?

 

-Barraca do beijo ! - Sorriu .

 

-Um típico filme americano de colegial , gosto . - Rimos e eu apertei no play .


 

••••••••••••

 

-O que achou moranguinho ? - Perguntou após o filme acabar .

 

-Ah eu gostei mas esse menino tinha que ir para longe ?

 

-O filme foi tão clichê e às vezes o autor não quis deixar o final também . - Deu de ombros levantando-se . - Irei até o banheiro .

 

-Ei pode usar o meu . - Falei para ela que ia saindo de meu quarto .

 

-Gosto do cheiro do sabonete que tem o banheiro das visitas . - Jihyo e suas manias .

 

A garota saiu em direção ao corredor fechando a porta de meu quarto , levantei-me e fui organizar uma bagunça que fizemos no quarto . Até que um pedra é tacada na minha janela e por pouco não quebra .

 

-Mas quem foi o palhaço ? - Perguntei para mim mesma e vi ali de frente para minha janela Jungkook . O garoto qual não falei mais desde o beijo ontem .

 

-Jeon o que está fazendo aqui ? - Perguntei mas logo lembrei-me que Jihyo estava em casa .

-Eu vim falar com você . - Ele berrou e pelo jeito que disse , Jungkook está bêbado ?

 

-Jungkook eu não posso ! - Logo a porta do meu quarto foi aberta e fechei a janela numa velocidade tremenda .

 

-Está falando com quem ? - Jihyo perguntou .

 

-Ah com ninguém não .- Desconversei .

 

-Aham . - Fez uma pose de desconfiada .

 

-Quer mais refrigerante ? - Perguntei e ela assentiu , peguei o copo azul descendo até a sala e verificando se não havia ninguém acordado .

 

-Barra tá limpa . - Sussurrei para mim mesma indo até a porta e abrindo vendo que Jungkook estava ainda em frente a minha janela parado sorrindo e de olhos fechados . Mereço viu ?

 

-Jungkook ! - Falei baixinho e ele olhou para mim vindo até a porta em passos tortos .

 

-Oii Cupido . - Sorriu brisando .


 

-O que você quer ?


 

-Quero outro beijo . - Sorriu novamente fechando seus olhos .


 

-Jungkook não acredito que você bebeu , está louco ? É menor de idade .


 

-Eu fui afogar minhas mágoas sabe ? Foi tão bom aquele nosso beijo … - Suspirou .


 

-Jeon vá para casa . - Depois nós nos falamos .


 

-Eu só vou embora depois de uma coisa .


 

-Que coisa ? - Esse momento eu já estava agoniada e não parava de olhar para trás .


 

-Confesse que foi bom nosso beijo . - Sorriu .


 

-Mas você é um convencido mesmo né ? Tchau .


 

-Fale “ Jungkook Oppa  foi bom “ .


Notas Finais


Gostaram ??



me sigam 🔅 @lovechimchim76

-até mais- 🌸


-kisses- 💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...