1. Spirit Fanfics >
  2. Como se fosse a primeira vez >
  3. Assim do nada?

História Como se fosse a primeira vez - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Hehe olha quem voltou nesses dias de quarentena para dar felicidade para kagehina stans

BOKUTO E IRMAO DO HINATA

Capítulo 1 - Assim do nada?


☀️Hinata☀️


Estou na casa do meu irmão mais velho e ele estava me zoando como já era de costume, só que dessa vez não era sobre a minha altura e sim por causa do meu namorado.



- Vocês tão namorando a quanto tempo mesmo?- Perguntou Bokuto enquanto mexia no fogão 


- Dois anos e 3 meses- Respondo ríspido 


- Dois anos e ele ainda não te comeu? Aí aí Shouyou, e o que ele diz sobre transar?- Disse Bokuto ainda rindo


- Ele disse que quer espera para depois do casamento, e ele não quer desonra meus pais e a nossa família- Digo tomando um pouco do café que Keiji (Akashi) tinha feito 


- Por Merlin, ele sabe que você deu para a metade do mundo?- Disse ele botando a mão na cintura e levantando a sobrancelha 


- Não, mas ele sabe que eu não sou virgem, e eu acho que ele que perder a virgindade sim, é tudo culpa da mãe dele, teve um dia que eu deitei a minha cabeça na perna dele e ela surtou e nos chamou de depravado- Digo surtando 


- Ainda bem que é a sua sogra não a minha, a minha e um amor de pessoa, ela que queria que a gente perdesse a virgindade- Disse Bokuto enquanto procurava algo


- Shouyou você tem idade pra transar por algum acaso? Pera seus pais deixam voces transarem mesmo sendo menor de idade?- Perguntou Keiji com os braços cruzados 


- Eles nunca proibiram a gente de fazer nada, eles só queriam que se fossemos fazer isso usar proteção para evitar doenças, e que a gente conta se pra eles, de resto eles sempre foram liberais- Falou Bokuto explicando para o marido


- A minha mãe só deixou a gente transar só porque ela te conhecia- Falou Akashi rindo


- Eu não sei mas o que eu faço, eu tô mais de dois anos sem transar- Digo reclamando e me sentando na bancada


- Porra na lua de mel quando vocês forem transar, aposto que a sua sogra vai tá na janela só esperando para atrapalhar- Bokuto ria da sua própria piada 


- Para de rir do menino- Disse Akashi rindo mais ainda


- Eu desisto- Digo fingindo de morto


- Você não vai na casa dele hoje?- Disse e eu apenas concordei- Então tenta conversar com ele explica que você tá na seca, vai que rola


🌑Kageyama🌑


Hoje eu fui conversar com meus pais sobre eu perder minha virgindade, e como eu esperava foi o caos 


- Eu sabia que aquele menino era má influência- Disse minha mãe irritada


- Não é culpa dele, eu já quero transar a muito tempo, eu não aguento mais essa sua regra idiota que não tem sentido nenhum-Digo mais irritado que ela


- Esse menino vai te levar pro inferno, o que vale mais, uma perna aberta durante algumas horas ou uma casamento?- Perguntou meu pai incredulo 


- Uma perna aberta por algumas horas- Digo falando a primeira coisa que veio não minha cabeça, e pelo jeito meus pais não se agradaram com a resposta 


- Kageyama Tobio você não é mais o mesmo, aquele garoto mudou você ele fez uma lavagem cerebral em você- Ela disse espantada 


- Eu quero fazer isso e eu vou fazer- Digo firme em minha resposta


- Ok Tobio, faça o que quiser só não venha chorando, porque eu tenho certeza que quando aquele garoto fizer aquilo com você, ele vai te abandonar- Disse ela saindo de casa e ainda reclamando com meu pai


Aproveitei a saída dos meus pais para fazer tudo que eu queria então chamei o Shouyou para vir aqui na minha casa.

Eu sabia que eles iam demorar mesmo então a noite era minha e do Shou, sem mãe e nem pai para atrapalhar.

Eu já tinha comprado tudo, proteção, lubrificante, mais proteção, eu tinha pesquisado como se fazia as coisas, como se chegava ao ponto de prazer do parceiro e como não cometer "falhas" 

Depois de tudo preparado era só esperar o Shou, ele disse que só ia passar na casa do irmão e que já ia para a minha casa



☀️Hinata☀️


Cheguei decidido a falar que eu preciso transar, eu já tenho tudo programado, primeiro eu falaria com o Yama, depois eu vou falar com os pais dele, caso eu seja expulso eu choro.

Toco a campainha e em poucos minutos vejo aquela cabeleira preta na porta me esperando com a clássica cara de tédio. 


- Que cara de enterro Bakeyama- Digo dando um beijo nele- Cadê seus pais?


- Eles saíram hoje, só voltam mais tarde- Disse ele adentrando na casa


- Nossa então hoje eu vou poder encostar na sua perna- Digo rindo 


- Hoje você vai poder encostar em muita hoje Shou- Disse ele me arrastando para seu quarto 


🔞Hot🔞 


Kageyama me jogou em sua cama e eu não estava entendendo mas nada, ele começou a tirar a sua camisa e a jogou em um canto do quarto 


- Kalgeyama o que você está fazendo?- Boto a mão em seu peito e fico o olhando 


- Não era isso que você queria? Vamos transar, ou você não quer- Disse Yama ficando inseguro 


- Eu quero, mas assim do nada, se sua mãe souber eu que tirei sua virgindade, ela me mata- Digo mais inseguro ainda


- A minha mãe sabe, mas depois falamos disso, você quer ou não quer?- Disse ele tentando passar segurança 


- Eu quero mas você quer?- Digo achando que ele está se forçando a fazer isso


- Claro que eu quero, então eu posso continuar?- Perguntou Kageyama e eu concordei 


Ele continuou a tirar a suas roupas e logo em seguida tirou as minhas, então ele me deu um beijo e ele foi fazendo uma trilha até que chegou em meu membro, quando eu menos esperava ele abocanhou meu membro e começou a chupar, eu não esperava isso do Kageyama, pra mim ele era noob no assunto transar.

Ele subia e descia bem devagar, parecia que ele queria meu sofrimento, e esse desgraçado ainda olhava no fundo dos meus olhos, quando eu achei que ia me aliviar ele tirou a sua boca.


- Calma, você vai receber algo melhor- Disse ele sussurrando no meu ouvido 


Ele botou a cara na parte interna da minha coxa e enfiou a língua na minha outra parte íntima, aquilo era "novo" para mim nenhum dos garotos que eu tinha ficado tinha feito isso.

Ele começou a mexer a língua lá dentro, eu não sabia se eu agarrava seus cabelos, ou se eu gemia, ele começou a apertar a minha bunda enquanto continuava o movimento.

E sem muita enrolação ele tinha colocado o primeiro dedo, o primeiro era só algo que dava desconforto, mas aí ele colocou o segundo e começou a fazer tesourinha e não demorou muito ele colocou o terceiro, e começou a fazer movimento de vai e vem.

Depois de uns minutos no mesmo movimento, Tobio tirou os dedos e começou a colocar a cabecinha


- Se doer muito você pode morder ou descontar na minhas costas- Disse ele após ver minha cara de desconforto e eu só balancei a cabeça 


Quanto mais ele penetrava mais eu cravava minhas unhas em suas costas, depois desse sofrimento, seu membro já estava dentro da minha parte, eu começo a fazer leve movimentos dizendo que ele já pode ir.

Suas estocadas eram lentatas no começo aí aos poucos ele foi aumentado e os nossos gemidos ficaram quase sincronizados, até que o Yama acertou numa parte específica que me fez gritar de prazer, percebendo aquilo ele começou a apertar só aquele ponto, nos fazendo gozar.


🔞Hot end🔞


- Você tem certeza que você era virgem?- Pergunto enquanto ele ia jogar a camisinha fora


- Sim- Ele respondeu simplista 


- É que para um iniciante você foi muito bem- Assim que término a frase vejo ele ficar corado 


- Obrigado- Disse com vergonha


- Eu nem pude fazer as coisas que eu queria- Digo dando uma risada


- Essas coisas seriam o que?- Disse ele chegando mais perto


- Da próxima vez você descobre


Notas Finais


Hehe, vcs querem a reação dos pais do Kageyama?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...