História Como se livrar de um gay apaixonado - Capítulo 26


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Got7
Personagens Jackson, JB, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Xiumin
Tags Amor, Aventura, Bts, Chen, Colegial, Colégio, Drama, Jackson, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Kook, Luta, Romance, Yoongi
Visualizações 158
Palavras 1.781
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiiii... Vou ficar um tempo sem escrever e assim bolar melhor algumas ideias para o próximo capítulo e a história. Então... Aproveita o capítulo.... aaa
E para quem ficou desapontado pelo Jimin não ter ficado com a Beca... leia a minha mais nova fanfic.
Príncipe Libertino... Lá ele é o protagonista 😄😚😚
Bora lê... 😊😊😊😗

https://www.spiritfanfiction.com/historia/principe-libertino-park-jimin-13342714

Capítulo 26 - Traição..


Fanfic / Fanfiction Como se livrar de um gay apaixonado - Capítulo 26 - Traição..

-Deixa eu explicar, não é nada disso que você está pensando!

Jimin pula da cama agitado, colocando sua  cueca. Fecho os olhos para não ver sua nudez e também para controlar a vertigem que estava sentido. Jisoo faz o mesmo, sem olhar em minha direção e fala como uma criança que é pega fazendo arte... E que arte!

- Para Jimin, não adianta mentir. Beca não é cega!

Pela primeira vez vejo Jisoo envergonhada.

- Perereca azeda... Por que tinha que ser na minha camaaa? Agora vou ter que desinfetar isso ai... Não! VOU TACAR FOGO DE UMA VEZ!... Drogaaa!!!

Grito sem conseguir evitar arregalar os olhos

- Desculpa.. aconteceu!

Que cara de cínica ela fez.. Vou bater nessa garota!

- Des de quando isso vem acontecendo? JISOO!...

Não estava com ciúmes de Jimin, não sentia esse tipo de afeto por ele, mas, conhecia minha irmã e algo me dizia lá no fundo que isso era historia antiga.

-Quer parar de falar em português... Diferente de vocês só entendo coreano!

Quando estava nervosa, costumava perder o raciocínio e misturar tudo. Yumi sempre gostou que falece o português em casa para não perder o hábito, então Jisoo apesar de não possuir uma conversação perfeita, entendia tudo, então era comum misturar quando falava com ela.

- Ela que saber quando tudo começou!

Os dois se entreolham e vejo que o pânico e evidente. Merdaa... vinha bomba por ai!

- Por favor Beca!....Não..

- Desembucha Jimin!

Jisoo perdendo a paciência e se coloca de pé.

- Já fazem quase quatro messes... Tudo aconteceu depois da festa a fantasia, quando Jimin me salvou e estava me levando para casa... aiii. Rolou!...

Parece que essa festa era amaldiçoado, tudo de errado e complicado começou a parti daquela noite.

- O QUE?....

Meu pai celeste, estou pasma!

- JISOO!

Jimin grita desesperado.

- O QUE FOI JIMIM? É A VERDADE !

Respiro fundo, estou desapontada e aliviada ao mesmo tempo. Pelo menos poderia tirar das minhas costas o fardo de ter ficado com o ficam-te da minha irmã, por que a bruaca havia feito o mesmo comigo.

- Beca me perdoaa... Olha.. escuta, você não pode falar pro kook... Ele vai me matar!

- Claro que não vou falar... Quem vai falar é VOCÊ!- Jimin estava prestes a retrucar, porém não lhe dou chance.

- Por favor... me diga. Foi só uma vez?

Encaro Jimin e ele abaixa o olhar.

- Nnn.. Não!

Respiro fundo e contínuo.

- Quantas?

- A gente não ficou contando....

- Responde só o que eu perguntar JISOO!

Estava começando a perder a compostura. Jisoo se cala a contra gosto.

- Mais de duas? Melhor... De 0 a 20, quantas vezes?

Sei que era uma comparação ridícula, mas precisava ser feita. Se me lembro bem, fiquei com kook apenas duas vezes antes dele acabar com Jisoo . No dia da festa e no banheiro do colégio.

- Fala!

- MAIS DÊ 20, tá legal!

Jimin estava em desesperado enquanto falava. Encosto na pequena cadeira da penteadeira para não cair para trás, também estava sendo enganada!!... E pensar que tentei esquece Jeon e ficar apenas com Jimin enquanto ele galinhava por ai.

- Essa é minha última pergunta. Quando foi que Kook terminou com você?

- No dia da competição, você sabe disso!- Jisoo fala a contra gosto.

- Que horas e local?

- PRA QUE...?

- Responde?

- Foi antes da gente brigar no refeitório. Quando ele terminou comigo e você insinuou, mesmo sem saber, que ele me largaria, fiquei irada!

Não acredito...... Então estava me martirizando a meses atou! Isso não retirava o meu erro e muito menos diminuía a minha traição. Jeon e eu traímos uma vez, na hora do impulso, mas Jisoo e Jimin não se contiveram e traíram varia vezes e nem se importaram em se afastar.

- Seusss.... !!

- Beca, por favor!

- Não chega perto!

Falo quando Jimin tenta me alcançar.

- Sabe o quanto me martirizei por ter traído você e minha irmã? Jeon e eu lutamos contra o que sentíamos, para não machucar os dois, entretanto, vocês não tiveram a compostura de fazer o mesmo!

- O que está querendo dizer?

Jisoo pergunta receosa.

- Estou dizendo que também fiquei com Jeon no dia daquela festa, mas as diferença e que fiz de tudo para me afastar e deixar de gostar dele!

- O que?...Sua vagabunda, traíraaa!

Jisoo tenta me atacar, mas Jimin a segura.

- Éee fiquei! E me senti a pessoa mais suja do universo, mas agora depois de descobrir todo esse lixo, não vou me importa maisss..... - Viro as costas, mas paro para finalizar.- Aaa... Fiquem sabendo que estamos namorando e ninguém vai atrapalhar!

Corro pelo corredor até está no primeiro piso. Pego minha mala e saio em direção a rua.

- Beca eu vou te matar!

Olho para a entrada e vejo Jisoo seguida por Jimin vindo em minha direção. Os dois nem notavam quem estavam apenas de roupa intima. Sorte que era noite e os vizinhos não saíam na rua nem para ajudar, se alguém estivesse morrendo. Continuo seguindo até o portão.

- Agora entendo por que ele me largou. Você se atirou para ele oferecendo sexo fácil como uma prostituta, lógico que te escolheria!

Prostituta! .. Odiava aquela palavra. Largo minha mala e viro tentando manter a calma.

- Prostituta? Sexo fácil?- Dou uma risada amarga em sua direção- Acho que está falando da garota errada... Diferente de você Jisoo, tive apenas um homem na minha vida e engano seu pensar que foi sexo que convenceu kook. Enquanto você beijou o planeta inteiro, meu primeiro beijo aconteceu acidentalmente e exatamente no dia dessa maldita festa a fantasia.

- Mentirosa! - Jisoo fala desacreditada e Jimin está do mesmo jeito.

- Isso que você ouviu.. O kook foi o meu primeiro beijo e meu primeiro é único homem ... E mais.. Enquanto você dormia com Jeon e com o melhor amigo dele... ISSO se não tiver outro homem escondido.. Eu era virgem... Isso mesmo, ERA por que deixei de ser a um dia atrás, mas isso não é problema seu. ENTÃO... APURANDO OS FATOS, SE ALGUÉM FOR PROSTITUTA AQUI, ESSE ALGUÉM É VOCÊ!

Viro às costas e abro o portão.

- Suaaaa...... !

Jisoo consegue largar Jimin e corre em minha direção.

- Cuidado BECA! Jimin grita.

Sinto meu cabelo ser puxado para trás e caio de bunda no chão. Jisoo aproveita minha posição e se joga em mim dando tapas e pontapés.

- Sempre você.... Sempre Beca é a melhor! Você consegue tudo o que é meu. Te odeio!...

Chegando ao meu limite agarro ela pelos cabelos e jogo para o lado. Rapidamente consigo ficar de pé mas Jisoo me ataca novamente. Ao loge vejo Jimin falando aflito com alguém, ele desligar o celular e corre em direção a briga. Nem vem tentar separa querido, hoje daria a Jisoo a surra que merecia a tempos!

Desvio do seu ataque e dou um soco ce seu olho direito. Mesmo sentindo dor ela ainda tenta me atacar, o próximo soco foi fatal. Jisoo cai no chão e subo em cima dela. Jimin tenta me tirar mas o acerto com um soco na barriga

Jisoo luta com os braços tentando me dominar, mas sou mais forte e seguro sua mão sobre a cabeça.

- Você é a pior irmã Do mundo!! Sempre fiz tudo por você e é assim que você me trata? Que se dane que não temos o mesmo sangue, a convivência e o laço criado por anos vivendo juntas fala mais que o sangue!

Olho para o rosto de Jisoo, com toda certeza ficariam hematomas horríveis.

- Te odeio mais... Eu queria que você nunca tivesse nascido. Você só atrapalha a vida dos meus pais e a minha!

Meu coração se aperta e minha raiva se transforma em uma tristeza profunda. As ameaças de Chen que estavam sumidas da minha mente por conta da alegria nas últimas horas, retornam. Estava feliz agora, mas minha historia facilmente poderia destruí a alegria da minha família adotiva, amigos e .... Jeon!

- Pois não se preocupe Jisoo, não vou mais incomodar... A parti de hoje não sou mais sua irmã, não piso mais nessa casa e vou ficar bem longe de vocês!!...

As lágrimas caem. Jisoo paralisa e me encara com olhar de desespero.

- Pra onde você vai BECA?

Jimin segura meu braço. Saio de cima de Jisoo e afasto seu toque. Talves era melhor eu ir embora para o Brasil ou fugir pra qualquer lugar.

- Não te interessa !

Puxo minha mala para saída e paro quando uma Bmw preta para abruptamente. Jeon pula do carro e vem em minha direção.

- Meu amor você esta sangrando!.. Quem fez isso com você?..............Por que jimin me ligou pedindo para vir rápido?

Meu vestido branco estava marrom e havia se rasgado na barra. Sinto o sangue em meus lábios e a dor no joelho que havia ralado.

- Jimin ... Jisoo!

Kook encara Jisoo que está sendo amparada por Jimin. Seu olhar percorre a vestimenta dos dois e pelo olhar ele entendeu o que havia acontecendo.

- Kook... Por favor..!

- Depois a gente conversa Jimin!

Sua voz sai forte, jimin apenas consente.

- Vamos meu amor!

Jeon me ajuda a entrar no carro. Lá dentro continuo a chorar como uma criança.

Jeon da a partida e acelera saindo rápido ele dirige assim até parar perto de uma pracinha a alguns metros da minha casa. Ele encosta o carro e logo em seguida me puxa para seu colo. Seus braços são acolhedores, meu choro contido se torna uma enxurrada. Ele afaga meu cabelo enquanto choro em seu peito. Aperto forte o seu pescoço e exalo o cheiro de creme de barbear, menta é o cheiro do seu perfume. Como aquele cheiro mexia comigo, mas também me acalmava quando era necessário.

- Vai ficar tudo BEM.... Nósss vamos ficar bem, ok?

Ele olha em meus olhos e quanto menos percebo estou devorando sua boca. Jeon era o melhor remédio para curar a minha dor. Parecia que nossos corpos necessitava a todo momento esta unido um ao outro. Respiro ofegante me desgrudando dos seu lábios.

- Enquanto você estiver ao meu lado, vai ficar tudo bem!

Sinto meu peito aperta quando ele fala àquilo. Eu concordava com Jeon, mas sabia que algo, melhor, alguém estava em nosso caminho. Não falaria nada, não quero envolver o homem que mais amo nessa confusão. Meu coração doía ao pensar como séria ficar longe dele! Se não conseguisse me livrar de Chen, teria que me afastar dele e com toda certeza....

Nada ficaria BEM!!


Notas Finais


Quero comentários...😍😍😍
Leiam a nova fanfic... Vai demorar um pouquinho, masss... favorita lá 😂😂😂

https://www.spiritfanfiction.com/historia/principe-libertino-park-jimin-13342714


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...