1. Spirit Fanfics >
  2. Como seguir agora? >
  3. Depois do fim

História Como seguir agora? - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


PRIMEIRO CAPÍTULO IEEIII
to muito animada, esse eu juro que continuo kkk
é isso bjinhus <3

Capítulo 1 - Depois do fim


-JOUI ON-

 Depois de chegarmos em São Paulo e termos encontrado o Sr. Veríssimo, foi uma confusão, apareceu uma menina lá, Ágatha, depois de ser apresentada, a Liz-senpai gritou muito com ela e com o Sr. Veríssimo, mas eu realmente não prestei bem atenção no que ela disse, pela primeira vez. Meus olhos estavam vidrados na cadeira em minha frente, era onde Thiago-sensei estava sentado da última vez em que estávamos naquela sala, sinto uma falta enorme dele, as únicas vezes que prestava atenção no que a Liz-senpai dizia era quando ela dizia o nome do Thiago, o nome dele ecoava em minha cabeça e ficava cada vez mais alto toda vez em que ela falava o nome dele e me perdia olhando para a cadeira.

 Cesar-kun também estava bem ruim, não parecia estar ligando muito para o barraco que a Liz estava fazendo, pelo menos das poucas vezes em que olhei para ele. Arthur ao contrário da gente, estava prestando muita atenção, talvez por ser novo ou tudo não estar fazendo muito sentido ainda, acho que ninguém queria estar ali, é muito difícil ficar nessa sala depois de tudo, Cris e Thiago, Gaudérios, Kenan, é tudo muito novo ainda, faz apenas algumas semanas, estávamos bem, e tudo mudou.

  Cada um foi para sua casa, pelo menos eu acho que foi isso que aconteceu, Arthur e Ivete não moram muito longe de mim, espero que no futuro a gente não perca o contato. O Cesar-kun também não fica muito longe,chego em casa, olho para o lado, minha espingarda ali, só o cano saindo para fora da minha mochila jogada na sala, está ali desde que cheguei, não tenho coragem de mexer. Faz um tempo que não durmo bem, é bem difícil, as vezes tenho flashs da gente em Santo Berço, quando estava pegando fogo. Eu simplesmente fui meditar.

-JOUI OFF-

-CESAR ON-

 Foi difícil de me concentrar no que o Sr. Velocímetro dizia, nem é mais engraçado falar assim, depois que entrei no prédio Alpha, para ir na reunião, eu lembrei do meu pai me encontrando ali no saguão há algumas semanas, além que nos encontramos na mesma sala de quando nos apresentaram o caso. O Joui com certeza não estava bem, mas ele não era o único, a Liz gritando com a menina lá e com o Sr. Velocímetro, claramente ela não está nem um pouco bem, o Arthur só estava ali, assistindo, parecia meio animado, mas sei que também não estava bem.

 Voltei pra casa e vi que meu computador já estava ligado na tela inicial do LOL, provavelmente porque dormi jogando, sentei na minha cadeira para jogar, mas desisti, incrivelmente eu estou muito cansado para isso, não é um cansaço de sono, é só um enorme peso que estou sentindo no peito. Deitei na cama e recebi uma notificação= novo vídeo do "Você Sabia?"

O vídeo era sobre “11 monstros invisíveis que existem de verdade”, fiquei mais ou menos 10 minutos assistindo o vídeo e claro, deixo o joinha! Quando acaba eu pego meu celular e vou ver se tem alguma mensagem, nenhuma. Sento na cama e entro no WhatsApp vou no contato do Joui, ele não entra no aplicativo mais ou menos desde que a gente saiu do prédio, vou e quase clico no ícone do telefone para ligar para ele e eu hesito, não consigo ligar pra ele, mesmo que ele está abalado e que quero estar ali com ele, EU também estou abalado. Apenas desligo meu celular e deito na cama de novo, olho pro lado e vejo minha carteira em cima do meu criado mudo, tiro dali e pego a foto do meu pai lá dentro. Depois de um tempo, guardo de novo e quando vou colocar a carteira ali novamente, a foto da Equipe E cai em mim, olho fixamente para o Thiago e lembro dele me salvando do minerador que estava puxando meus cabelos e me chamando de irmão, olho para frente e vejo a porta do meu quarto, prontamente lembro da porta do Suvaqueira, e uma lágrima desliza pelo meu rosto. Olho de novo para a foto e me vejo, ao meu lado Joui, se eu estou sofrendo, ele deve estar muito mais, foi muito recente, eu disse para a Liz e o Thiago que eles não tinham empatia, mas agora quem não está tendo empatia sou eu.

Pego meu celular de novo, ligo e o contato do Joui já estava aberto no WhatsApp. Ligo para ele.

-TU TU TU TU...

JOUI= Alô?


Notas Finais


é isso, capítulo inicial terminado <3
até mais, quem sabe...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...