História Como ser um fracassado - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Five Nights at Freddy's
Personagens Balloon Boy, Ballora, Bonnie Hand Puppet (Bonbon), Bonnie the Bunny, Chica the Chicken, Circus Baby, Ennard, Foxy the Pirate, Freddy Fazbear, Fritz Smith, Funtime Foxy, Funtime Freddy, Golden Freddy, Jeremy Fitzgerald, Mangle, Marionette, Mike Schmidt, Nightmare, Nightmare Bonnie, Nightmare Chica, Nightmare Foxy, Nightmare Freddy, Nightmare Mangle, Phone Guy, Plushtrap, Purple Guy, Shadow Bonnie, Shadow Freddy, Springtrap, Toy Bonnie, Toy Chica, Toy Freddy
Tags Bonddy, Bonxy, Five Nights At Freddy's, Fnaf, Fonnie, Fronnie, Golddy, Lemon, Yaoi
Visualizações 188
Palavras 2.067
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Lemon, LGBT, Mistério, Orange, Poesias, Romance e Novela, Sci-Fi, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Slash, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi! Oi! Oi!
Tudo bem com vocês?
Comigo está ótimo!

Hoje eu trago aqui pra vocês um capítulo fresquinho e direto do forno de CSUF!

O capítulo de hoje tá bem simples e oarado mas eu por algum motivo gostei muito dele!

Bem, vamos parar de enrolar...

Boa leitura!

Capítulo 10 - IX. Por um grande milagre, tenha um dia normal.


Fanfic / Fanfiction Como ser um fracassado - Capítulo 10 - IX. Por um grande milagre, tenha um dia normal.

Eu não consigo acreditar nisso!


Que se foda o dia que é! Que se foda a hora agora! Que se foda literalmente tudo!


Eu simplesmente não consigo acreditar que o maldito do Freddy FazMerda era quem estava com esse maldito caderno o tempo todo!


Mano, mano, mano! Eu simplesmente não consigo descrever em palavras ou qualquer outra coisa quanto é o ódio eu tô sentindo desse filho de uma ótima mãe agora!


E além de pegar a porra do caralho do caderno ele ainda escreveu nele… okay, eu realmente não posso negar que ele até que escreve bem, mas que ele compre um caderno pra ele e escreva nele! Olha tia Eliza, é melhor você começar a tentar fazer outro filho porque o que você tem agora vai acabar sendo morto - e quem sabe você consegue fazer um um pouco mais inteligente e com um futuro melhor dessa vez né?


Ah! E esqueçam aquilo que ele escreveu sobre que ele vai voltar aqui e todo aquele blá, blá, blá, ele nunca mais vai por um único dedo nessa porra de caderno… bem, pelo menos é o que eu espero, do jeito que o FazMerda é, é difícil prometer que ele não vai acabar achando uma brecha pra acabar pegando o caderno e escrevendo nele de novo... e olha que esse nem é o meu maior medo aqui, na verdade, o que eu realmente tenho medo de acontecer, é de algum dia, seja o Foxy que acabe pegando o caderno, se o Freddy, que já é uma anta que nem eu conseguiu pegar isso, imagina como não seria fácil para o Foxy pegar também - eu posso até odiar esse riquinho de cabelo menstruado com todas as minhas forças, mas também não posso negar que ele é inteligente pra um caralho… se eu falasse que ele é burro vocês poderiam me dar um tapa na cara, porque eu realmente estaria mentindo para vocês.


Bem, de qualquer jeito, é melhor eu achar um lugar mais seguro pra guardar esse caderno para nenhum deles acabar achando, não posso mais levar esse caderno na minha mochila depois disso - e eu também preciso achar um jeito melhor de chamar esse caderno, porque “caderno” é muito sem graça.


Mas por agora, eu só quero achar um jeito de me vingar desse desgraçado do Freddy FazMerda, qualquer coisa, eu só quero me vingar dele, é só isso, mas é claro, eu não tenho nenhuma ideia do que eu posso fazer, e eu preciso achar uma ideia boa logo, que não corra riscos de no final, eu tomar no cu no lugar dele - o que é bem provável de acontecer.


O que eu poderia fazer?


Cara, eu realmente não tenho nenhuma ideia do que eu posso fazer pra me vingar, porra, e agora?


Bem, alguma hora eu consigo pensar em alguma coisa pra me vingar dele.


Só espere por mim Freddy FazMerda, você vai ter o que você merece seu desgraçado.



13 de Fevereiro de 2017

Vou escrever a data nesse lado agora porque sim.



São 05:23 da manhã e eu já estou arrumado pra ir pra escola. Eu só não sei mesmo porque eu estou arrumado pra ir para a escola.


Ah, é, eu já sim sim.


É porque o maldito do Freddy e o mimadinho do Foxy - o Golden e o Mangle também estão aqui mas eles não importam muito- simplesmente brotaram aqui na minha casa e me obrigaram a me arrumar pra sair daqui com eles, e porque? Eu não faço a mínima ideia, eles só me mandaram levantar - eles me jogaram no chão na verdade - e me deram o uniforme pra mim me trocar.


Eu eu não tô entendendo porra nenhuma.


— Vem logo oh caralho! — Freddy gritou lá da sala enquanto eu descia as escadas morrendo de sono.


— Não grita desgraça… minha mãe ainda tá dormindo o porra. — Falei indo até eles — E por que caralhos a gente tá saindo de casa às… — olhei meu celular — Às fuckings cinco e meia da manhã?


— Na verdade nem eu sei. — Freddy falou jogado no sofá.


— Que? — perguntei o olhando meio incrédulo com que o que ele disse. Como assim?


— Isso mesmo, ninguém sabe porque a gente tá aqui, a gente só decidiu vir.


— Boa noite. — falei subindo as escadas e entrando no meu quarto.


— Ei! — Freddy gritou da sala.


Eu joguei minha mochila no chão e me joguei na cama de novo, pronto para voltar a dormir quando minha porta abre, por que eu não estou surpreso né?


— Que quarto meio merda em? — Foxy falou invadindo meu quarto junto com Freddy.


— Tenha modos Foxy… — Golden disse entrando no meu quarto - antes de entrar ele bateu na porta, que já estava aberta, bem, pelo menos ele é educado.


— Que foi? Eu só estou sendo sincero ué, até o quarto do Freddy é menos merda que o dele.


— É porque o Bonnie é aquele típico gamer, otaku, virjão sabe? Por isso o quarto dele é bem bosta. — Freddy disse.


— E também é bem bagunçado né… — Mangle disse chutando de leve algumas coisas que estavam no chão.


— Você esperava o que? É o quarto do Bonnie! É claro que vai ser uma bagunça. — disse Freddy.


— Bem, pelo menos o quarto dele é bem mais bonito que ele mesmo. — comentou Foxy.


— Foxy! Coitado do garoto. — falou Mangle.


— Eu tô mentindo? — perguntou.


— Hum… errr… — Mangle optou por não responder. Legal. Eu estou tendo o resto do que sobrou meu orgulho, autoestima e dignidade massacrados na minha própria casa. Que maravilha.


— Vocês não acham que estão exagerando um pouco? E… falar assim do garoto na casa dele… e na frente dele é um pouco… ruim, né? — falou Golden. Pelo menos alguém me defende aqui!


— Por que você é tão certinho Golden? E como se o Bonnie não soubesse de nada disso. — falou Foxy.


— Eu posso dormir por favor? — perguntei.


— Não. — Freddy disse se sentando na minha cama e me empurrando ao encontro do amor da minha vida, minha alma gêmea, o chão.


— Que amor todo é esse pelo seu namorado? — Foxy disse segurando o riso.


— Que namorado o que? Eu tô desesperado mas nem tanto. — Freddy disse.


— E desde quando eu curto praticar zoofilia pra querer namorar com um jumento feito o Freddy? — perguntei.


Nesse momento Foxy, Golden e Mangle não aguentaram e começaram a rir. Muito. E enquanto eles riam, o Freddy ficava com cara de cú ali na minha cama.


— Vão se foder vocês quatro. — Freddy falou com cara de cu.


Ai, hoje vai ser um longo dia.



07:08



Finalmente estou no infern… na escola, finalmente estou na escola.


Dá pra acreditar que aqueles quatro ficaram lá no meu quarto até a hora de ir pra escola? E além de ficarem lá os desgraçados ficaram jogando no meu computador, comendo minha comida, assistindo minhas séries, mano, sabe quanto tempo eu vou demorar pra reorganizar os episódios que eu parei? Sabe quanto tempo vai demorar pra mim botar minha conta na Steam em ordem? E minha comida então? Sabe quanto tempo vai demorar para mim reabastecer tudo? Porra!


E eu ainda tenho que pensar em um jeito de me vingar do FazMerda, mas eu não tenho nenhuma ideia, e não tem ninguém pra mim pedir ajuda, Toy Chica e Golden não me ajudariam nisso, Foxy… ele me odeia lembram? Ele provavelmente contaria pro Freddy sobre o plano e os dois bolariam um plano melhor ainda pra me foder - não literalmente -, a Chica… não, só isso, talvez ela até tivesse bons planos, mas não quero ter que beija a Chica em trocar de foder com o Freddy - não literalmente, de novo-, e o resto… eu nem conheço direito, então não tem como pedir ajuda pra eles, e também, eles provavelmente iriam querer saber porque eu quero fazer algo contra ela, e eu não posso simplesmente falar “ah, é que ele roubou meu caderno/diário onde eu anoto todos os meus pensamentos e coisas meio que íntimas e escreveu nele”, ou seja, anula essa opção, eu não vou pedir ajuda pra ninguém.


Eu vou ter que me virar sozinho.


Mas como?


Porra, eu não faço a mínima ideia.


E os meus planos conseguem ser piores até que os do Freddy, e olha que os planos do Freddy são umas belas merdas que sempre dão errado, imagina os meus então, eu provavelmente vou correr risco de morte na hora que tentar executar seja lá o plano que vier na minha cabeça.


Porra, e agora, o que eu vou fazer cara?



15:25



É, eu pulei um bom tempo depois que eu parei de escrever, e por que? Eu sei lá.


E de qualquer jeito, não aconteceu nada de interessante na escola, e também, por mais incrível que pareça eu não passei nenhuma vergonha hoje. E isso me dá medo.


Mas então, eu tô em casa agora, e é claro…


Eu não tô sozinho.


Dessa vez não é só o Freddy, o Foxy, o Golden e o Mangle que estão aqui… além deles também estão: SpringTrap, Puppet, meu futuro marid… digo, Shaddy e o vagabundo do Sannye.


E por que eles estão aqui?


Pra falar a verdade eu não faço é a mínima ideia.


Só sei que todos estão usando meu vídeo game para competir no Mortal Kombat - que o Foxy trouxe.


Quem tá lutando agora e o Freddy e o SpringTrap, Freddy está usando o Scorpion e o SpringTrap, o SubZero, e o negócio tá insano ali, aquela treta clássica.


É claro, que se eu estivesse ali eu conseguiria vencer qualquer um deles com o Shirai Ruy, mas eu não tô com vontade de jogar isso agora, prefiro ficar aqui no meu computador, jogando LOL, e esperar que eles voltem para as casas dele, para eu finalmente poder sentar ali no chão na frente da minha maravilhosa televisão, e continuar jogando aquele jogo maravilhos, aquele lindo jogo, Detroit: Become Human.


Alguém já jogou ou pelo menos viu esse jogo? Cara que jogo foda!


Tá, mas ninguém aqui quer saber dos jogos que eu gosto né? Vocês tão afim de ver eu me foder isso sim… fazer o que né?


— Não! Porra! — Spring gritou ao perder para Freddy — Droga… foi quase. — se levantou deixando um espaço para que o próximo pudesse jogar.


— Hey! Bonnie! Que tal uma partida? — Freddy disse me olhando com um olhar - avá - desafiador.


Ah, não, ele não está me desafiando… está?


— Você está me desafiando senhor FazBear? — perguntei.


— Talvez. — falou sorrindo de maneira irônica.


Vou dar uma lição nesse desgraçado.


— Okay então. — sai do meu computador e fui até ele.


Ele escolheu o Scorpion, e eu, o Shirai Ryu.


Espera, espera, espera.


Espera um pouquinho.


Isso tá parecendo aquelas Fanfics que crianças escrevem.


Tá, tá, pula essa parte toda, ninguém precisa saber quem escolheu quem, quem ganhou no jogo e todo esse blá, blá, blá inútil, vai, vamo pular logo isso.



21:32



Olha a mágica.


Enquanto pra mim demorou cerca seis horas pra mim voltar a escrever, pra vocês demorou cerca de uns dois segundos.


Isso se chama mágica pessoal!


Okay eu tô parecendo um idiota aqui, acho que eu tô assistindo Pyong Lee demais cara.


Bem, de qualquer jeito, a gente passou a tarde toda jogando.


E eu não posso negar… foi até que bem divertido, e por um milagre meu dia foi meio… normal? Nunca escrevi algo tão parado assim aqui desde o dia que eu tive que ajudar a limpar a casa da Toy Chica. Mas então… eu não me meti em nenhuma briga com o Foxy - exceto na hora de escolher os personagens, mas isso não conta-, não passei vergonha, e nem nada do tipo, eu simplesmente passei meu dia como um adolescente qualquer na sua casa jogando um jogo aleatório com seus… amigos? Okay, acho que eu exagerei nessa última parte, com seus amigos não, com seus… seus colegas, isso, agora sim, agora tá bem melhor.


Bem, como eu estava dizendo, foi até que bem divertido, não imaginei que passaria um dia tão normal assim com outras pessoas… talvez eu possa fazer isso mais vezes? Talvez. Quem sabe né? Vamos esperar pra ver.


Bem, agora eu vou aproveitar que todo mundo já foi embora e dedicar um pouquinho do meu tempo pra jogar Detroit antes de me afundar na madrugada naa minhas séries.


E eu ainda tenho que achar um jeito de me vingar do FazMerda.


Eu penso nisso depois.


Agora é hora de eu me concentrar aqui no Connor.


Notas Finais


Espero que vocês tenham gostado do capítulo! Como eu disse lá em cima, foi bem parado e tals mas eu gostei!

Ah! E deixem ideias para o que Bonnie pode fazer para se vingar do Freddy, a melhor ideia vai ser usada pela nossa querida Beringela ambulante, ah, e ele tem que se foder no final okay? Aksjakja.

Qualquer erro me avisem!
Beijos e até o próximo capítulo!
~✩


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...