1. Spirit Fanfics >
  2. Como seria se você namorasse Jeon Jungkook? (BTS) 1 Temp. >
  3. Cap.33

História Como seria se você namorasse Jeon Jungkook? (BTS) 1 Temp. - Capítulo 33


Escrita por:


Notas do Autor


Oie! Mais um cap!
Esse com toda certeza tem erros, assim como os outros, ne. Mas e pq esse eu nao revisei antes de postar pra vocês entao me relevem.
Aproveitem!❤🦁

Capítulo 33 - Cap.33


  Assim que terminei de comer eu subi vendo o mesmo sentado na cama com os cabelos bagunçados e olhos muito inchados.

- Oie...- ele olhou pra mim e suspirou

- Ela se pronunciou- ele abaixou a cabeça e eu fui ate a mesmo- Pediu desculpas por nossa amizade e disse que vai se manter mais distante de mim.- Neguei com a cabeça.

- Ridículo isso- ele assentiu fraco, segurei seu rosto com cuidado fazendo ele olhar pra mim- Continuem se falando, elas nao precisam saber- ele suspirou.

- Nao quero falar nisso agora- assenti e dei um selinho demorado no mesmo.

- Eu vou sair com Han hoje- falei tentando mudar de assunto- vem, vamos lavar seu rosto- peguei na mão dele e o conduzi ate o banheiro, ele comecou a lavar o rosto e eu sentei na bancada que havia ao lado da pia. - Ele vai apresentar o cara misterioso pra gente hoje- peguei uma toalha, ele se pôs entre minhas pernas e eu comecei a enxugar seu rosto com cuidado.

- Ficou mais sério?- assenti- Espero que ele nao se magoe de novo- o JungKook e o Han ficaram bem amigos de uns dias pra cá e isso me deixou bem feliz.

- Também espero- passei meus braços pelos seus ombros, abraçando seu pescoço deixando ele mais perto de mim- Eu te amo, Jeon JungKook.- Eu tinha me dado conta de que nunca haviamos falado um " Eu te amo" um pro outro mas nao era por vergonha ou por dúvida do que sentíamos, nosso "Eu te amo" era baseado em gestos e nao em palavras

Ele sorriu colocou suas maos na minha cintura, alisou a mesma com cuidado e colou nossas testas.

- Eu também te amo, pequena- Sorri e ele juntou nossos lábios. Isso era uma das coisas que eu mais amava fazer, os lábios dele tinham uma textura inexplicável, o jeito que sua língua se movia em encontro com a minha fazia eu me sentir única. Ele era incrível. Ele deixou o beijo mais urgente e aquele calor gostoso fui subindo pelo meu corpo, desci minhas mãos ate a barra da sua camisa, parei o beijo e tirei a camisa dele.

Ai como eu amava aquela visao privilegiada

Sem perceber eu mordi os lábios e ele tirou minha blusa, eu tinha corrompido muito ele e isso me chocava. Seus olhos caminhavam pelo corpo e eu sentia o mesmo queimar de tesão com o olhar intenso dele. Ele voltou a me beijar, segurou minha bunda me prendendo em seu colo, cruzei minhas pernas na sua cintura e ele foi, em passos cegos, em direção a cama. Minhas mãos corriam pelas suas costas definidas, deixei um gemido baixo escapar sentindo seus beijos irem pro pescoço.

O mesmo parou de andar e eu abri os olhos.

- O-O que foi?- disse ofegante

- Falaram pra mim que voce queria um sexo selvagem- ele sorriu de canto e eu engoli em seco.

Vem com tudo que eu sou tua, era a única coisa que passava pela minha cabeça.

- Fala pra mim, baby... onde voce quer?- ele passava o nariz pelo meu pescoço fazendo-me arrepiar. Quando abri a boca pra falar ouvi alguém bater na parte.

- S/a...?- ouvi a voz da malena e olhei pro JungKook desesperada, quando eu ia sair do colo dele o mesmo me segurou com mais força me impedindo que eu saísse. Ele me olhava divertido e negou com a cabeça, ele foi até uma parede de seu quarto e me pensou contra a mesma.

- Oi!- falei pra malena enquanto meus olhos observavam o Jeon tirar a calça apressadamente, fui abrindo a minha e desajeitadamente eu tirei a minha junto a caminha calcinha.

- O Hangul ligou- o JungKook foi me penetrando lentamente, eu revirei os olhos e mordi o lábio tanto nao gemer alto- Ele perguntou como o JungKook ta e se a gente vai mesmo.

Ele começou a dar estocadas lentas, fundas e fortes me deixando a beira do prazer.

- O J-Jungkook ta o-otimo- deixei um gemido escapar e o mesmo deu um tapa forte em minha bunda me fazendo morder o labio. Olhei pra ele e o mesmo negou comna cabeça.- V-Vou sim, ja ja eu vou me arrumar.

- Voce ta bem?- ela perguntou tentando abrir a porta e eu dei graças a deus pela mesma estar trancada, ele encaixou as maos no meu cabelos puxando os mesmo com força. Se fosse em outra situação eu ia dar um tapa na cara dele, mas agora? Era disso que eu precisava. Quando foi que eu tinha deixado ele desse jeito? Minha cabeça acabou indo de encontro com a parede e ele aumentou a velocidade e força das penetrações.

Minhas unhas foram aos seus ombros e se cravaram ali, tudo tava acontecendo muito rápido e eu nao tava nem conseguindo pensar direito. O cheiro e a pegada dele estavam e embriagando, eu nunca imaginei que um dia a gente fosse transar desse jeito e nessa situação.

Juntei todas as minhas forças pra conseguir falar um - To sim, amiga

- Tudo bem- ela disse antes de sair, olhei pro JungKook e o mesmo tinha seus olhos completamente negros tomando por pura luxúria e prazer, deixei um gemido alto escapar e recebi um tapa forte na bunda, novamente. Eu ia sair dali muito marcada.

- Sem gemer, baby girl- ele diz rouco no meu ouvido sem parar com os movimentos e eu mordi os labios fortemente tentando nao gemer, ele tinha um poder muito absurdo sobre o meu corpo.

Eu revirava os olhos e arranhava o mesmo tentando, de todas as formas, nao gemer. Senti o líquido quente do mesmo me preencher e escorrer pelas minhas pernas, ele soltou um gemido alto e eu puxei seus cabelos com forçar o trazando pra mais perto de mim se e que era possível. - Sem gemer, baby - vi um sorriso sarcástico e muito sexy se formar nos lábios do mesmo, ele continuou com as estocadas ate eu chegar no meu ápice.

Ele me pôs lentamente no chão e eu sorri ofegante.

- Vamos tomar um banho- fomos pro banheiro e tomamos um banho calmo, nao aconteceu nada, nao teve segundo round, a gente tomou um banho normalmente.

Assim que sai do banho eu olhei no celular do JungKook e ja era 18:00. Comecei a me arrumar pra ir ver o mistério de Park Han Gul.

- A gente nao usou camisinha- ele diz sem jeito me fazendo rir

- Nao se preocupe, eu tomo anticoncepcional- ele assenti e eu sorri. Penteei meu cabelo, passei perfume e suspirei.

- Vamos s/a? O Han ja ta la embaixo!- malena diz batendo na porta

- To indo!- dei um selinho no JungKook- Qualquer coisa me liga

- Tudo bem, tome cuidado, pequena- assenti, peguei meu moletom que estava no chão e sai do quarto. O Jeon nao tinha marcado meu pescoço e eu dei graças a deus se nao ia demorar muito pra esconde, mas em compensação minha bunda tinha o desenho de suas mãos por causa dos tapas.

Saimos do dormitório e o carro do Hangul estava estacionado logo na frente. Dei um beijo ma bochecha do mesmo e ele foi em direção ao restaurante, ele nao falou muito, parecia estar nervoso o que me deixou bastante confusa.

Paramos em um restaurante que parecia meio lotado, assim que chegamos na porta vimos uma fila de espera enorme, o segurança que ficava na porta olhou pro Hangul e nos deixou passar sem pestanejar, o que me deixou confusa e feliz, ja que nao teríamos que esperar.

Fomos andando e o restaurante parecia bem lotado, mas ele nao parava em nenhuma das mesas indo pra uma parte reservada, chegamos em uma parte onde nao tinha ninguem, parecia ter sido reservado só pra nós.

Olhei pra única pessoa que havia em uma das mesas e arregalei os olhos. Assim que o mesmo nos viu, sorriu e veio andando em passos largos ate nós.

- Voce ta brincando ne?- malena diz, ela parecia tão surpresa quanto eu.

- Vocês ta namorando o....

-To sim- o Han me cortou, parecia muito nervoso.

- Caralho- eu e a malena falamos ao mesmo tempo com os olhos vidrados no namorado do Hangul


Notas Finais


Gente! Fiquei muito feliz vendo o posicionamento de vocês em relação ao cap anterior e sabendo que a maioria de nós temos o mesmo pensamento.
Quem sera o novo namorado do Han?
Espero que tenham gostado desse cap❤🦁


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...